ST – Livro 3, Capítulo 8 – Um Homem, sozinho (1)


1-

2-

3-

 

Nesse momento, passos apressados podiam ser ouvidos de repente fora do pátio. Junto com sons de vento, um homem velho vestido de azul liderava um grupo de pessoas para o pátio. Quando esse velho olhou para a cena no pátio, seu rosto mudou de cor. Qin Yu levantou a cabeça de leve e deu um olhar frio para o velho de azul. Vendo o rosto de Qin Yu, o velho ajoelhou-se instantaneamente e disse: “Terceiro Príncipe, seu subordinado chegou atrasado.”

“Atrasado?” Qin Yu repetia em voz baixa, mas seu coração estava cheio de indignação.

Se eles tivessem chegado um pouco antes, talvez seu avô Lian não tivesse morrido. Entretanto, o fato de que eles chegaram tarde demais não podia ser mudado. Além do mais, Qin Yu já tinha visto esse velho vestido de azul ao lado de seu pai antes, então ele sabia que esse velho era um dos subordinados de confiança.

“Todos vocês, levem tudo daqui de volta para a mansão do príncipe. E quanto ao vovô Lian, levarei ele eu mesmo.” disse Qin Yu friamente sem qualquer emoção.

Após colocar as cotoveleiras e caneleiras de ferro preto, ele abraçou Lian Yan em seu peito. Depois de dar um longo assobio, a águia negra desceu como um raio de luz negro. Com uma sacudida do corpo, Qin Yu pulou em cima das costas da águia.

“Xiao Hei, vamos voltar para a mansão.” disse Qin Yu suavemente.

A águia negra parecia sentir que Qin Yu estava triste e sem brincadeiras como de costume, então, balançando as asas, ela foi para a cidade de Yan a toda velocidade.

Depois de ver Qin Yu desaparecer junto com a águia no horizonte, o velho homem de azul franziu as sobrancelhas e ordenou seus subordinados: “Rápido, levantem o Smilodon e corram para a mansão do príncipe imediatamente.” O velho no entanto, pegou o segundo Diagrama da Transformação Celestial.

“Lian Yan já está morto mas Yi Qing Yu também, então não foi tão ruim assim. Mas Sua Alteza tinha muita afeição por Lian Yan…” O velho de azul franziu a testa profundamente. Ele claramente sentia que as coisas não eram muito encorajadoras.

……

Na mansão do príncipe na cidade de Yan.

Qin De e Xu Yuan estavam sentados um de frente para o outro debaixo de uma árvore velha, jogando silenciosamente um jogo de Go.

“Sua Alteza, você perdeu.” Xu Yuan colocou levemente uma peça de xadrez e disse sorrindo.

Qin De olhou por um longo tempo, e então balançou a cabeça e disse com um sorriso: “Xu Yuan, suas habilidades no xadrez estão ficando cada vez mais profundas.” Xu Yuan olhou para Qin De e disse também balançando a cabeça: “Não é que minhas habilidades no xadrez melhoraram, mas que hoje Sua Alteza não pôde acalmar a mente.”

Qin De disse com um suspiro: “Estás certo. Hoje meu coração está batendo muito rápido e não consegue se acalmar. Estou preocupado com o problema que o Tio Lian foi lidar dessa vez. Em teoria, com o poder atual do Tio Lian e mais dois especialistas Xiantian da última fase, ele não deveria ter problemas para resolver isso.”

“Não se preocupe, Sua Alteza. Senior Lian é extremamente poderoso. Não existe ninguém no lado de Xiang Guang que possa prejudicá-lo.” disse Xu Yuan com um sorriso.

De repente, Qin De levantou-se e olhou para o céu.

Uma águia negra descia na direção de Qin De extremamente rápida. Qin Yu estava sentado de pernas cruzadas nas costas da águia. Qin De começou a rir imediatamente. Ele estava esperando pelo retorno de seu filho. Qin Yu havia lhe deixado tanta Rocha de Ferro Flamejante, que era realmente um enorme tesouro para ele, então ele naturalmente queria recompensá-lo.

No entanto… a expressão sorridente de Qin De logo congelou-se, pois ele viu a pessoa que Qin Yu carregava no peito.

“Thud!” Qin Yu pulou da águia negra diretamente no chão.

Carregando Lian Yan, Qin Yu parou e olhou nos olhos de Qin De. Quando Qin De olhou, seu rosto ficou pálido imediatamente. Ele tentava se controlar para chegar ao lado de Lian Yan passo a passo. O pálido rosto sorridente de Lian Yan aparecia em sua vista.

“Pai, vovô Lian já está morto.” A voz calma de Qin Yu tinha um toque de extrema tristeza.

“Como isso é possível? Tio Lian tinha uma arma sagrada, não?” Os olhos de Qin De começaram a lacrimejar em um instante. Depois de um tempo, ele perguntou para Qin Yu de repente: “Yu’er, eu lhe pergunto, havia um homem chamado Ye Qing Yu do lado de Xiang Guang, certo?”

Qin Yu disse balançando a cabeça: “Eu não sei. Não conheço as identidades daquelas pessoas.”

Qin De olhou para os buracos no peito de Lian Yan, e disse com um suspiro: “Essas são feridas causadas por agulhas de bordado. A única pessoa do lado de Xiang Guang que pode usar essas agulhas e ferir o tio Lian com elas é Yi Qing Yu. Então o tio Lian finalmente foi libertado.” (Delongas: pra quem não entendeu, ele está se referindo ao sofrimento que o velho passou por todos esses anos em busca de vingança)

Qin De experimentou muitas coisas em sua vida, então naturalmente podia entender os sentimentos de Lian Yan. (Delongas: claro! Tu também tá atrás de vingança.)

“O assassino de Vovô Lian já foi morto por ele com um golpe de faca.” disse Qin Yu diretamente. Quando estava voando nas costas da águia negra ele foi atraído pela a aura da grande luta entre os dois, e ele desceu bem a tempo de ver Lian Yan matar seu oponente e em seguida, levantar a cabeça para o céu e dar uma longa risada.

Qin De respirou fundo e acenou de leve com a cabeça: “Tio Lian foi liberto. Yu’er, você não precisa ficar tão triste. Em vez disso, você deveria se sentir feliz pelo seu avô Lian.”

Qin Yu, no entanto, não falou nada e apenas olhou para Lian Yan em seu peito. Depois de um tempo, os servos da mansão vieram e tomaram o corpo dele. Qin Yu assistia eles levarem o corpo embora, mas ele permaneceu em silêncio por longo tempo. Depois ele disse com indiferença: “Pai, não estou de bom humor. Eu vou fazer uma pausa primeiro. Não deixe ninguém me perturbar.”

Ao terminar de falar, ele virou-se e foi diretamente para a casa no pátio que pertencia exclusivamente a ele. (Delongas: só quem pode tem casa exclusiva.)

Na casa do pátio.

Qin Yu sentava quietamente em um banco de pedra e olhava para o salgueiro na sua frente. Enquanto os galhos da árvore sacudiam, ele parecia ver a cena dele brincando ali com Lian Yan em sua infância.

Whizz!

Com um movimento do corpo, Qin Yu inesperadamente começou a dançar pelo o pátio. Ele estava usando os trinta e seis movimentos das imagens contidas no primeiro Diagrama da Transformação Celestial. Ele simplesmente não pensava em nada e apenas executava sem parar esses movimentos extremamente rápido.

As trinta e seis correntes de energia sagrada entrelaçavam-se e formavam um círculo ao redor dele, que parecia uma armadura que lhe cobria. E então essas correntes penetravam seu corpo.

Qin Yu chorava em silêncio.

Estava ficando cada vez mais rápido. Ele estava basicamente descarregando seus sentimentos em vez de praticar, então seus movimentos tornavam-se mais rápidos com o tempo. Qin Yu executava os trinta e seis movimentos cada vez mais rápido. Eventualmente, todo seu corpo parecia se transformar em uma rajada de vento correndo pela casa do pátio.

A energia sagrada ao redor de Qin Yu tornava-se cada vez mais vigorosa. Quanto mais rápido ele se movia, mais a energia sagrada se tornava vigorosa. Finalmente, quando Qin Yu começou a flutuar como um vento claro, as trinta e seis correntes de energia sagrada inesperadamente começaram a irradiar uma luz prateada fraca. Quando as correntes de energia que continham a luz prateada se fundiram com o corpo de Qin Yu, os músculos de todo seu corpo estremeceram de repente.

“Ah!!!”

Sentindo uma dor pontiaguda dentro de seu corpo, Qin Yu parou bruscamente. Seus músculos faciais tremiam e lágrimas escorriam de seus olhos. Sem qualquer constrangimento, ele levantou a cabeça para os céus e soltou um longo rugido. Ninguém poderia saber se ele estava rugindo por causa da dor dilacerante ou por causa da mágoa que sentia. Qin Yu continuava rugindo. Só quando não tinha mais fôlego que ele parou. Então ele começou a recuperar o fôlego alto.

“Yu’er…” A voz de Qin De ressoou do lado de fora.

Qin Yu respirou fundo, tentou se acalmar e disse: “Pai, me dê um tempo para me acalmar. Durante esse tempo, não deixe ninguém me perturbar. Só me dê um tempo, tudo bem?” Do lado de fora da casa do pátio o silêncio permaneceu por um longo tempo, e então os passos de alguém saindo lentamente podiam ser ouvidos.

 

Tradutor: Mathensley   |   Revisor: Delongas

 

 


Fontes
Cores