ST – Livro 3, Capítulo 18 – A Cordilheira do Lótus Verde (1)


 

 

Montado em seus respectivos animais voadores, o grupo de quinze pessoas, incluindo Qin De, voava rapidamente em direção ao leste.

No fim das contas, acabei seguindo o pai. Essas coincidências da vida são realmente magníficas. Quando tentei ao máximo e não tive sucesso, quem teria imaginado que eu conseguiria meu desejo sendo o assassino Liu Xing? É assim como uma flor que está sendo observada nunca floresce, enquanto que um salgueiro sozinho, já havia crescido. Olhando para seu pai que estava montado no tigre voador branco à sua frente, Qin Yu deu um leve sorriso.

Ele não sabia qual havia sido o local escolhido para essa tribulação. Seu trabalho era ser apenas um guarda-costas.

Depois de voarem por quase 3 dias e três noites, onde pararam uma única vez para comer, finalmente chegaram ao primeiro destino — uma pequena cidade na fronteira com a Região Selvagem chamada de Qingshi.

“Vamos descer!”

Após dar as ordens, Qin De tomou as rédeas e desceu em direção à cidade. O pequeno grupo voando atrás dele, também o seguiu de perto. Aterrissaram diretamente em um local do lado leste da cidade de Qingshi. Qin Yu, todavia, podia sentir que, nesse momento, Xiao Hei os sobrevoava a uma altura de milhares de metros.

Aos sete anos, Qin Yu ficou com Xiao Hei quando ele era apenas um pintinho. Ele logo iria completar dezenove anos, assim, faziam quase doze anos desde então. Um garoto e uma águia, sem se separarem por todo esse tempo. Até mesmo uma misteriosa e basicamente indescritível telepatia, havia se desenvolvido entre eles.

“Senhor Ying, iremos passar a noite aqui, certo?” perguntou o élder Blue.

Os cinco especialistas da Rede Celestial que o élder trouxe consigo, eram leais somente ao seu chefe, mas nem mesmo eles sabiam que o chefe era na verdade uma pessoa do clã Qin. Para evitar que ocorressem acidentes dessa vez, Qin De disse para o élder Blue e Ge Min chamarem-no de Senhor Ying.

“Sim. Amanhã de manhã, todos iremos entrar na Região Selvagem, então vamos ter um bom descanso essa noite.” Qin De deu um sorriso e em seguida virou-se para Ge Min e disse: “Velho Ge, rápido, prepare refeição e hospedagem para todos.”

Ge Min respondeu com respeito: “Certo, Senhor Ying.”

À noite, todos comeram em uma casa consideravelmente grande, e depois, foram descansar ou dormir, afinal, já iam adentrar a Região Selvagem amanhã. Ninguém, seja da Rede Celestial ou da Flecha Oculta, tinha alguma queixa quanto à isso.

Mesmo que mandassem eles morrer, eles não teriam medo disso, pois desde quando começaram a serem treinados haviam sofrido uma lavagem cerebral. No entanto, um estranho estava indo com eles dessa vez, o assassino Liu Xing.

Nessa noite havia poucas estrelas com uma lua brilhante pendurada em um canto no céu. Qin Yu ainda não tinha ido para a cama e estava no pátio observando a lua.

“Nunca pensei que o pai escolheria um local na Região Selvagem para enfrentar sua tribulação.” murmurou Qin Yu em segredo. “Quanto mais fundo adentrar na região, mais fortes são as bestas demoníacas que se pode encontrar. Mas creio que o pai não escolheria um local tão fundo.”

De repente, ele franziu as sobrancelhas e parou de pensar. Alguém estava se aproximando.

“Senhor Liu Xing, você ainda está acordado a essa hora. Alguma coisa lhe preocupa?” disse Qin De com um sorriso cálido, enquanto caminhava na direção de Qin Yu.

Logo em seguida, outra voz surgiu: “Senhor Ying, existem bestas demoníacas na Região Selvagem, afinal. Mesmo que não estejamos indo muito para dentro, se encontrarmos alguma, será bastante perigoso. Talvez o senhor Liu Xing também consiga sentir que essa jornada será arriscada.” Fengyuzi também se aproximou.

Qin De continuou de maneira despreocupada: “Senhor Liu Xing, se achar essa missão muito arriscada, você está livre para desistir. Nós certamente não iremos lhe culpar ou rir de você. Todos sabemos o quão perigosa é a Região Selvagem.”

Qin De não havia contado nada a Qin Yu sobre o local que ele escolheu. A cordilheira do Lótus Verde estava situada meramente nas bordas da Região Selvagem. Quanto mais fundo, mais perigosa era. E essa cordilheira era apenas uma área formada por uma grande cadeia de montanhas perto da fronteira com a região, então, mesmo que houvessem bestas selvagens, Qin De e seus homens poderiam lidar facilmente com elas.

“Desistir? Claro que não farei isso. Estava apenas pensando se iremos encontrar bestas demoníacas após entrarmos. Algumas são do mesmo nível que especialistas Xiantian, enquanto outras são comparáveis com os Shangxian. Outras são até mais fortes que eles. Se encontrarmos uma besta do calibre de um Shangxian, imagino se eu ou ela sobreviveria a uma luta até a morte entre nós!” disse Qin Yu indiferente. (D: fiquem a esperar pois no próximo livro isso definitivamente vai acontecer.)

“Cavalheiros, irei me retirar primeiro.” afirmou Qin Yu apertando as mãos[1], cumprimentando-os.

“Você vai voltar para descansar? Então não iremos mais incomodá-lo, senhor Liu Xing.” Qin De e Fengyuzi gesticularam para que ele prosseguisse. Qin Yu então, retornou para seu quarto, deixando apenas os dois no pátio.

Fengyuzi balançou a mão, montando de imediato um feitiço de restrição que impedia a passagem da voz deles para o lado de fora.

“Irmão Feng, o que você acha desse assassino Liu Xing? Eu pude sentir a aura de Yu’er em seu corpo.” disse Qin De franzindo a testa. (D: Mas nem é, babaca! Seu apelido agora vai ser babaca. Tenho raiva dessas pessoas que acertam as coisas no chute, só lembro da minha mãe adivinhando o fim da novela quando ela não tava nem na metade. Que graça tem isso? Só lendo pra ver… a desgraça.)

Em seu nível atual, Qin De havia desenvolvido um sentido bastante parecido com o sentido sagrado. Ninguém poderia lhe enganar utilizando apenas a arte da Mudança Corporal. Pois qualquer especialista Xiantian conseguiria utilizar essa arte facilmente e, além disso, Fengyuzi ao seu lado, era um Xiuzenista com um sentido sagrado ainda mais poderoso.

Fengyuzi afirmou com um olhar levemente carrancudo: “Quando usei meu sentido sagrado para examiná-lo, pude perceber que a aura dele era bem parecida com a de Xiao Yu, até pensei que fosse ele. Mas depois descobri uma energia Xiantian extraordinária dentro do seu corpo. Aquilo era um tipo de energia terrivelmente destrutiva. O pequeno Yu é um especialista externo, portanto ele não possui energia interna. Já senhor Liu Xing, tinha sim uma energia Xiantian.”

Qin De disse, concordando: “Também senti isso com cuidado. A aura desse Liu Xing era bastante profunda e havia algumas diferenças com a de Xiao Yu.”

A aura de uma pessoa era ligada diretamente à sua alma. Após a Lágrima Meteórica fundir-se, sem seu conhecimento, com o corpo de Qin Yu, algumas quantidades bem fracas de uma misteriosa energia se fundiu com sua alma, melhorando-a lentamente sem ele perceber. Desse modo, Qin Yu passou por enormes transformações durante apenas o último semestre.

Essa era a razão pela qual, já que Qin Yu e Qin De não haviam se encontrado por um semestre, Qin De e Fengyuzi não se atreveram a confirmar que esse Liu Xing era Qin Yu. Além disso, no passado, ele havia lhes contado que um especialista externo só podia usar poder físico enquanto que o Liu Xing possuía energia Xiantian.

Qin De não sabia que Qin Yu adquiriu essa energia Xiantian roxa graças ao treinamento com o terceiro diagrama da Transformação Celestial.

“Entretanto… eu tenho um pressentimento que esse senhor Liu Xing é digno de nossa confiança.” Qin De deu um sorriso e então, olhou para a lua brilhante no céu noturno. Estava pensando em seu terceiro filho, que não tinha voltado para casa havia muito tempo. “Yu’er, eu devo muito a você, mas ainda terei a chance de lhe ver de novo?” (D: Culpa de quem?!)

Mesmo estando preparado ao máximo, ele não tinha certeza que seria capaz de vencer essas 4-em-9 Tribulações Celestiais.

No dia seguinte, cedo da manhã, as quinze pessoas partiram, com poucas bagagens e a pé. Até o mais fraco deles era um especialista Xiantian da última fase, então não tinham problemas para percorrerem as trilhas ásperas e íngremes das montanhas, usando apenas suas habilidades de leveza.

No caminho, Qin De conversava frequentemente com Qin Yu. Parecia ter uma ótima opinião em relação a esse misterioso senhor Liu Xing. A jornada era longa e sinuosa. Depois de três dias, por fim pisaram na Região Selvagem. No entanto, a região era imensurável, só a área da superfície era maior que todos os três reinos do continente Qian Long juntos.

Após entrarem, Qin De e seus homens seguiram extremamente rápido, de acordo com um mapa arranjado de antemão, ao longo de algumas trilhas que eram seguras. Cada besta demoníaca tinha seu próprio território na Região Selvagem. E o mapa de Qin De mostrava as brechas de caminhos entre esses territórios.

Claro, com seu poder e o dos outros, eles não tinham medo das bestas demoníacas que se encontravam nas bordas da região. No entanto, não queriam desperdiçar suas forças sem motivo.

Depois de andarem pelas longas trilhas por cinco dias, finalmente chegaram ao destino — a cordilheira do Lótus Verde. A enorme cadeia de montanhas que percorria uma distância de centenas de li. Obviamente, uma cordilheira dessa magnitude não era nada comparado à Região Selvagem.


Tradutor: Mathensley   |   Revisor: Delongas


[1] Também chamado Baoquan, a Saudação do Kung Fu, “Mãos em Concha”, ou “Punhos em Concha”. Uma saudação/cumprimento respeitoso(a) originado entre artistas marciais. Ver mais em: (http://novelmania.com.br/glossario-de-termos-wuxia-xianxia-xuanhuan/ )

 


Fontes
Cores