SOTR – Capítulo 311 – Um massacre entre dois reis.



Era bom que a criatura espiritual extremamente forte não estava prestando atenção nos arredores e não havia percebido que um humano estava se escondendo nas rochas que o rodeavam.

Os sons de trovões ressoaram através das rochas enquanto a criatura se movia para longe, até desaparecer.

Jiang Chen suspirou ligeiramente.

“As criaturas espirituais do Vale da Destruição são realmente fortes. Mesmo que muitos encontros afortunados possam acontecer nesse vale, o perigo espreita por todos os cantos.”

Ele finalmente entendeu por que ninguém iria ser eliminado neste teste.

Havia alguma necessidade de eliminar algum candidato? Quantos conseguiriam sair vivos?

Qual era o sentido de eliminar candidatos se a taxa de mortalidade já seria extremamente alta?

Jiang Chen estava quase começando a se perguntar se mesmo três mil praticantes sairiam vivos do vale.

As quatro seitas disseram que iriam selecionar três mil pessoas para entrar nas seitas, mas Jiang Chen sentiu que nem mesmo três mil cultivadores sobreviveriam depois desse teste.

Mas é claro, essa era apenas uma estimativa pessimista.

“Eu não preciso me preocupar com essas coisas. Cada um tem sua própria fortuna, e todos estamos caminhando através de nossos próprios caminhos. Eu, Jiang Chen, devo me concentrar em meu próprio caminho.”

Jiang Chen não pensou mais nesse assunto depois de seus pensamentos alcançarem esse ponto.

No entanto, depois dessa enorme perturbação, Jiang Chen se tornou ainda mais cauteloso.

Não parecia que o mundo abaixo do solo fosse mais seguro que o mundo exterior. Aquele por trás dessa agitação não era mais fraco que o Rei dos Corvos Flamejantes.

Esse tipo de criatura poderia muito bem ameaçar sua vida, então era lógico que Jiang Chen estivesse se tornando cada vez mais cauteloso.

Uma videira de lótus se espremeu pela parede da rocha em um canto do penhasco, explorando as proximidades, enquanto Jiang Chen permanecia escondido.

Seu couro cabeludo se arrepiou com entorpecimento enquanto ele olhava para baixo com o Olho de Deus.

Tudo estava em cinzas ou carbonizado, como se fosse uma visão do Armageddon. Não havia nada de verde ou vida que ele pudesse ver com seus olhos.

Era como se a área tivesse sido abandonada pelos céus e tivesse se tornado uma terra deserta e infértil.

Jiang Chen olhou novamente para a montanha com a Flor da Nuvem Flamejante. A destruição ali era completa, e a flor tinha desaparecido.

O mais assustador de tudo era que tinham inúmeros cortes e golpes profundos na montanha. Parecia que um forte poder havia passado por ali, a vários metros de profundidade.

Jiang Chen ficou assustado com toda essa destruição.

Para fazer cortes tão profundos na montanha, seria necessário algo com um poder incomum.

Jiang Chen sabia que isso era algo que ele jamais poderia ter feito. Não era difícil fazer cortes nas paredes das rochas, mas era realmente difícil fazer cortes tão organizados, profundos e grandes.

Eles não pareciam ter sido feitos de propósito, pareciam mais com vestígios deixados por uma poderosa criatura que estava passando.

“O que aconteceu aqui?”

Jiang Chen olhou para o chão destruído enquanto murmurava para si mesmo.

Através do Olho de Deus ele poderia dizer que não restava vida alguma por perto. Era como se os Corvos Flamejantes e aquela outra poderosa criatura nunca tivessem existido.

Ou talvez, este forte poder tenha desaparecido com a chegada do que causou essa cena devastadora.

“Impossível!”

Jiang Chen não acreditava em seus olhos. Se esse poder pudesse acabar com todos os Corvos Flamejantes em um segundo, seria algo simplesmente muito assustador.

Jiang Chen saiu da rachadura na parede e teve a repentina sensação de que ele era o único que estava abaixo dos céus enquanto ele pisava da terra devastada e em cinzas.

Ainda havia um pouco de calor na terra sob seus pés, parecendo lembrar a Jiang Chen que não fazia muito tempo desde que o incêndio tinha acontecido.

O solo carbonizado aparecia diante de seus olhos, onde quer que ele olhasse. A vasta floresta cheia de imensas árvores tinha sido reduzida a cinzas.

As coisas mais próximas que ele podia encontrar que já tiveram vida eram incontáveis esqueletos. Ele poderia julgar pelo formato deles se eram de humanos ou de criaturas espirituais.

Quando ele olhou para esta cena de destruição total, Jiang Chen só pôde suspirar. Ele tinha visto pelo menos uma centena de esqueletos em seu caminho.

E essa era apenas a área por onde ele estava passando. Supondo que tudo no raio de cem li estivesse assim, então o número de cultivadores que morreu com certeza ultrapassaria três mil.

Jiang Chen analisou tudo rapidamente. Ele não percebeu nada e nenhum perigo em seu caminho.

Parecia que todos que estavam vivos naquele lugar tinham sido queimados até a morte, e toda a vida tinha sido enterrada rapidamente nas chamas flamejantes.

“A Flor da Nuvem Flamejante desapareceu e os Corvos Flamejantes também desapareceram… O que exatamente aconteceu por aqui?”

Jiang Chen estava com a mente cheia de perguntas.

No entanto, ele era uma pessoa de mente aberta, e mesmo que ele não tivesse conseguido a Flor da Nuvem Flamejante, ele não se sentiria muito abatido. Todos os ganhos e perdas estavam ao acaso da fortuna e da sorte.

Embora ele não tivesse conseguido a flor, não parecia ter sido algo tão ruim agora.

Quando ele olhou para a cena de miséria e sofrimento, com esqueletos espalhados por todos os lados, ele se alegrou, afinal de contas, ele ainda estava vivo.

Para ter a capacidade de se esconder no solo enquanto tudo isso acontecia, ele sentiu uma espécie de felicidade, uma felicidade que os esqueletos esparramados pelo chão jamais alcançariam —

A felicidade de viver.

Quanto à Flor da Nuvem flamejante, já que não estava destinada a pertencer a ele, Jiang Chen naturalmente não se importaria com isso.

Mesmo que ela fosse algo bom, não era algo tão bom quanto a vida.

Enquanto Jiang Chen caminhava um pouco mais, ele de repente sentiu um cheiro. Ele havia ampliado completamente a capacidade de todos seus sentidos e havia sentido o cheiro de sangue pelo ar esfumaçado.

Embora esse cheiro de sangue estivesse fraco, parecendo estar longe, Jiang Chen estava certo de que era sangue.

Os praticantes eram muito sensíveis.

“O cheiro de sangue está no ar, alguma luta está acontecendo?”

O pensamento passou pela mente de Jiang Chen enquanto ele sentia uma rápida palpitação em suas veias.

Os incêndios foram provocados em uma área de cem li de raio durante três dias e três noites, então logicamente não deveria haver mais nada nesse lugar. Sem criaturas vivas, como poderia existir uma batalha?

“Será que são os Corvos Flamejantes? Ou mais humanos chegaram?”

Ele considerou cuidadosamente e sentiu que não estava certo ainda. Os poucos que tiveram sorte e sobreviveram fizeram de tudo para fugir desta área, então como eles se atreveriam a voltar a ela?

“Hmm? O que é isso?”

Jiang Chen podia sentir o cheiro de sangue cada vez mais forte e pesado. O Olho de Deus de repente vacilou quando viu manchas de sangue por todo o caminho à frente de Jiang Chen.

Jiang Chen seguiu o rastro de sangue e de repente parou seus passos.

Havia um enorme número de cadáveres no caminho à sua frente – dos Corvos Flamejantes.

Cada Corvo Flamejante era do tamanho de um humano, mas esses Corvos Flamejantes estavam todos em um estado extremamente horrível nesse momento. Parecia que eles tinham sido atingidos por um enorme poder e tinham se tornado em imundície sangrenta.

Alguns inclusive tinham sido esmagados até o ponto em que se tornaram panquecas de carne.

Se não fosse pelas suas penas vermelhas e bicos afiados, Jiang Chen provavelmente sequer teria conseguido reconhecer esses cadáveres daqueles que há alguns dias eram orgulhosos Corvos Flamejantes.

“Os Corvos Flamejantes!”

O coração de Jiang Chen ficou rígido, as lembranças dos últimos três dias ressurgindo em sua mente. Quão arrogantes e seguros estavam os Corvos Flamejantes anteriormente?

Eles estavam espirituosos e cheios de vigor, considerando que não existia nada no mesmo nível que eles há três dias. Eles praticamente eram os grandes governantes desta área enquanto eram liderados pelo Rei dos Corvos Flamejantes.

No entanto, seus cadáveres foram jogados de qualquer forma no chão, e a julgar pelo aspecto das coisas, havia pelo menos trezentos ou quinhentos cadáveres ao longo do caminho.

Que tipo de poder assustador era esse que conseguiu matar cerca de quinhentos Corvos Flamejantes assim?

Uma sensação fria cresceu no coração de Jiang Chen enquanto ele admirava a cena.

Isso não interromperia seu progresso futuro. As coisas mais bizarras eram as que ele mais queria investigar profundamente.

Chirp chirp chirp chirp!

Gritos de perfurar os ouvidos de repente perturbaram os pensamentos de Jiang Chen. Ele já estava familiarizado com esses gritos – eram os Corvos Flamejantes.

Estes gritos pareciam extremamente ansiosos e até um pouco apavorados. Além disso, a julgar pelo número deles, parecia que um grande número de Corvos Flamejantes estavam gritando ao mesmo tempo.

“O que está acontecendo?”

Jiang Chen poderia adivinhar ao escutar esses sons que todos os Corvos Flamejantes estavam avançando na mesma direção, sem se importar com nada.

As coisas pareciam realmente urgentes.

“Eu vou dar uma olhada.”

Jiang Chen tomou esta decisão e também começou a se mover rapidamente naquela direção.

A aproximadamente trinta li de distância de sua localização atual, uma quantidade imensa de Corvos Flamejantes estava voando em círculos ansiosamente sobre um terreno destruído e desolado.

O Rei dos Corvos Flamejantes que Jiang Chen tinha visto da outra vez também estava neste lugar. A grande diferença é que ele estava com o corpo coberto de feridas, e muitas delas ainda sangravam. Suas penas orgulhosas, vermelhas e flamejantes também estavam quebradas, e ele parecia bastante esfarrapado.

No entanto, apesar de ter perdido a aparência de um rei, o Rei dos Corvos Flamejantes ainda era feroz. Suas penas estavam todas retas e seu olhar vicioso estava firmemente pregado no chão, um olhar brutal e implacável.

Havia uma enorme criatura espiritual no chão, com quase uma centena de metros de comprimento. Ela estava caída no chão enquanto ofegava.

Ela continuava bufando pesadamente e fazendo poeira voar por todos os lados.

A besta era enorme, e sua cintura tinha a espessura de quatro ou cinco baldes. Ela estava coberta com escamas vermelhas, e cada uma delas brilhava com uma luz fria e sinistra.

“Pássaro estúpido, eu apenas roubei uma Flor da Nuvem Flamejante, realmente há necessidade de lutar até a morte por causa disso?”

A enorme criatura ofegou enquanto resmungava.

O Rei dos Corvos Flamejantes estava inflamado.

“Idiota, você não sabe que essa Flor da Nuvem Flamejante é minha única esperança para atacar o Reino Santo? Você roubando minha flor é o mesmo que destruir minha única esperança de avançar. Eu quero que você morra agora, e depois eu irei engolir sua carne e seu sangue!”

“Pfft, você? Metade de seus filhos e descendentes já morreu e você está meio morto, e você ainda deseja me matar? Quando uma simples existência no pico de Reino Espiritual se atreveu a falar sobre me matar desta forma, uma criatura do Reino Santo?”

O tom da criatura enorme estava cheio de desdém.

O Rei Corvo zombou.

“Criatura do Reino Santo? Isso é certo, você está no Reino Santo, mas não pense que não estou vendo sua vida e seu cultivo se dissipando. É por isso que você jogou sua cautela fora na esperança de diminuir a velocidade de sua morte com a Flor da Nuvem Flamejante. É uma pena que sua força e linhagem nobre ainda não sejam compatíveis com sua idade. Você é velho, tão velho que nem sequer pode controlar alguém como eu, no pico do Reino Espiritual. Então, hoje será o dia de sua morte!”

O tom do Corvo Flamejante estava cheio de ódio e intenção assassina.


Tradutor: Little Fefe   |   Revisor: DrakeVanZ   |   QC: BravoEd


Nota: Não deixe de comentar no capítulo, isso estimula todos os envolvidos no projeto para prosseguirem com o trabalho 😉


Fontes
Cores