SOTR – Capítulo 6 – As preocupações do mordomo Jiang Zheng.



O ducado Jiang estava em desespero diante de uma competição brutal.

Restava apenas meio ano até o Teste do Dragão Oculto, e o desempenho anterior de Jiang Chen só poderia ser definida com uma palavra: desastrosa. Existiam diversos testes que precisavam ser concluídos antes da competição principal, mas Jiang Chen não havia nem mesmo começado eles.

Mesmo sem o acidente durante os Ritos do Culto Celestial, Jiang Chen tinha apenas de trinta a quarenta por cento de chances de ser aprovado na competição. Ele era um dos maiores candidatos para a reprovação.

Entretanto, o Jiang Chen de agora não estava nada desanimado. Na verdade, ele estava empolgado.

“O mais forte reina com supremacia. Parece que a lei da sobrevivência se aplica desde as posições mais altas até as mais baixas, sem exceção. Eu não consegui treinar na minha vida passada e, portanto, não pude experimentar isso, mas agora eu estou vivendo os melhores anos da minha vida, e isso eu não posso perder!”

Em sua vida passada, ele foi o filho do Imperador Celestial. Ninguém ousava ofendê-lo. No entanto, a sua Constituição Yin o impediu de treinar. Era impossível até mesmo esconder sua identidade para forçar algum combate.

Nesta vida, ele finalmente conseguiria treinar o quanto desejava, saboreando as glórias da ascensão ao topo do caminho do Dao Marcial. Este seria seu palco!

“Já que prometi a Dongfang Lu que irei ao palácio em três dias, para diagnosticar a princesa, preciso fazer um bom uso desse tempo, sem mencionar que minha identidade atual é a de um dos candidatos do Teste Do Dragão Oculto. Ainda faltam seis meses para os testes finais da competição. Como herdeiro do ducado de Jiang Han, mesmo que a posição de duque não tenha muito valor, eu deveria ganhar algum respeito para meu bom e velho pai, não deveria? Não posso deixá-lo perder o ducado.”

Enquanto organizava seus pensamentos, Jiang Chen percebeu que o tempo era essencial.

Ele teria que fazer isso, as pessoas que lhe surraram sabiam o que estavam fazendo. Deixando o antigo Jiang Chen de lado, mesmo os praticantes duas vezes mais fortes que ele teriam poucas chances de sobreviver.

O azar do antigo Jiang Chen resultou na sorte do novo, fazendo com que ele ganhasse um novo corpo, mas ele estava gravemente ferido. Se ele não fosse com calma e se concentrasse em curar seus ferimentos, ele poderia esquecer de entrar no palácio em três dias, para curar a princesa, ele provavelmente perderia até mesmo o pequeno teste da competição no fim do mês.

O Teste Do Dragão Oculto possuía pequenos testes durante todos os meses, e a pontuação seria acumulada no decorrer dos testes. Se alguém perdesse um desses testes no final do mês, ficaria completamente sobrecarregado de tarefas de casa.

O Jiang Chen anterior já possuía uma montanha de tarefas de casa. Se isso continuasse, ele iria ser desqualificado da competição antes mesmo dos testes finais.

Isso era exatamente o que Jiang Chen não queria que acontecesse.

Na sua vida passada, como filho do Imperador Celestial, ele passou milhões de anos pesquisando e aprimorando o Dao da Alquimia. Apesar de ter sido completamente inútil no cultivo marcial, ele foi um grande Mestre Alquimista, de grande renome. Muitos mestres o pediam para que lhes ensinasse sobre o Dao da Alquimia. Se esta fosse sua vida passada, qualquer pílula aleatória iria curá-lo completamente e o deixaria cheio de vitalidade.

Mas isso era na sua vida passada, não tinha como essa vida atual competir com isso.

Por sorte, Jiang Chen foi o responsável pela biblioteca de Tianlang por milhões de anos e, graças a isso, leu incontáveis livros e pergaminhos. Não existiam limites para o seu conhecimento, ele abrangia desde as pequenas coisas do senso comum até os modos dos próprios deuses.

Lidar com esse tipo de ferimento seria algo bem simples.

Após descansar por uma noite, Jiang Chen preparou uma lista logo pela manhã.

“Jiang Zheng!”

Ele gritou.

O Duque de Jiang Han colocou Jiang Zheng para ser o mordomo pessoal de Jiang Chen, ele era o responsável para cuidar de tudo que Jiang Chen precisasse. Jiang Zheng também recebeu a sua parte da punição pelo o que houve na Garça de Outono.

Ele esteve em problemas durante toda a noite. Dizem que um mordomo preferiria morrer do que ver o seu mestre sendo humilhado, portanto, Jiang Zheng deveria ter morrido por negligenciar seus deveres.

Mas ele realmente não conseguia aceitar isso. Ele havia sido um mordomo muito esforçado em servir o Jovem Mestre, mas o Jovem Duque não tomava jeito.

Os servos e mordomos dos outros ducados tinham uma boa vida enquanto serviam seus mestres, comendo do bom e do melhor, sendo bem recebidos em todos os lugares. Mas o mestre de Jiang Zheng era estranho, estava sempre alternando entre não fazer nada, perder tempo ou fazer loucuras.

Além do mais, o Jovem Mestre sempre pedia para Jiang Zheng assumir a culpa quando algo dava errado.

Portanto, ele já havia participado de confusões suficientes, levado uma boa quantidade de culpa e servido como bode expiatório nas loucuras do Jovem Mestre. Não apenas Jiang Zheng não notou nenhuma melhoria no seu status após ser promovido a mordomo pessoal do Jovem Mestre, como ele sentia que estava sendo forçado a trabalhar até a morte.

Por exemplo, dinheiro. Esse Jovem Mestre gastava dinheiro com a mesma facilidade com que respirava. Se um amigo dele tivesse algum problema hoje, ele resolveria com dinheiro. E se um outro amigo se metesse em problemas amanhã, ele resolveria da mesma forma, na mesma hora.

Apesar do Duque de Jiang Han ser generoso com seu dinheiro, ele não conseguia acompanhar o ritmo dos gastos do Jovem Mestre. Era apenas metade do mês, mas toda a mesada já tinha sido torrada.

Assim, Jiang Zheng só queria ser deixado de lado sozinho, e daria graças aos deuses se pudesse viver de forma quieta e pacífica. Sua cabeça começou a doer assim que ouviu a voz de Jiang Chen.

Mas ele não poderia recusar o chamado do seu Jovem Mestre.

“Jovem Duque, seu servo incompetente não cuidou direito de você. Por favor, sinta-se livre para me punir severamente. Mesmo se o senhor mandar este servo embora, este servo não teria nenhuma reclamação.”

Jiang Zheng se jogou no chão, se curvando, assim que entrou no quarto.

As palavras ‘incompetente’ e ‘punir severamente’ eram apenas palavras vazias. O Duque de Jiang Han não estava mais dando continuidade ao assunto, o que indicava que Jiang Zheng já havia sido absolvido de toda a culpa.

Mesmo se esse Jovem Duque fosse um bom para nada, sem desejo de crescer na vida, ele não era cruel com os seus servos.

Se fosse o antigo Jiang Chen, ele provavelmente não iria entender o verdadeiro significado por trás das palavras de Jiang Zheng. Mas o Jiang Chen de agora possuía a experiência de milhões de anos e uma boa compreensão da maioria dos assuntos, inclusive das dinâmicas sociais.

O significado de uma música pode ser visto em sua melodia. Ele podia ver que o mordomo Jiang Zheng havia sofrido muito nas mãos do antigo Jiang Chen, ele queria jogar tudo para o alto e ir embora.

Jiang Chen não revelou as intenções do mordomo e riu:

“Jiang Zheng… ah, meu pai queria lhe recompensar com riqueza e honras quando o mandou até mim. Infelizmente, você não pôde apreciar de riquezas e honras durante esse tempo e ainda trabalhou muito, para limpar toda a minha bagunça. Eu notei sua lealdade.”

Jiang Zheng ficou confuso, de qual direção o vento estava soprando? Onde o Jovem Duque aprendeu essas palavras de conforto e acolhimento?

“Jiang Zheng, a nossa mesada deste mês já acabou, certo?”

Jiang Chen não aguardou a resposta e perguntou com um sorriso que, ao mesmo tempo, não parecia ser um sorriso.

“Eh… um…”

Jiang Zheng nunca havia tido este tipo de conversa com o Jovem Duque, e por isso, não sabia o que responder. Ele quase quis bater no próprio peito e prometer:

Não se preocupe Jovem Duque! Eu, Jiang Zheng, darei um jeito nisso.

Mas então ele pensou:

Espere um segundo! Se eu fizer tal promessa, aonde é que irei arrumar dinheiro para tapar o buraco? O Jovem Duque está sendo gentil e está com uma fala mansa hoje, será essa a nova pegadinha dele pra mim?

Jiang Zheng ficou em alerta no mesmo segundo, sua desconfiança aumentou dez vezes.

Jiang Chen deu uma gargalhada alta ao ver Jiang Zheng hesitando e ficando assustado.

“Jiang Zheng, esta é a situação: eu tenho uma lista com alguns ingredientes medicinais nela. Vá conseguir tudo no Salão da Cura, de acordo com as quantidades listadas.”

Jiang Zheng aceitou a lista, ainda confuso, mas não se moveu. Ele tinha a lista, mas e o dinheiro? Os medicamentos não seriam gratuitos, seriam?

Não é como se sua família fosse a dona do Salão da Cura.

“Jiang Zheng, finja que nós não somos mestre e servo, apenas dois amigos batendo um papo casualmente. Como um mordomo, qual nível de experiência e de conquistas você diria que são ideais para um mordomo? Ou então, o que faz alguém ser o melhor mordomo para você?”

Melhor mordomo?

Esqueça sobre ser o melhor, Jiang Zheng queria chorar. De todos os servos dos cento e oito duques, ele ficaria muito feliz se não ficasse classificado como o último.

“Porque está calado? Me diga o que você está pensando.”

Jiang Chen o encorajou.

Jiang Zheng parou e reuniu toda a coragem que tinha.

“Você realmente quer que eu fale?”

“Fale. Você será recompensado se falar bem.”

Por conhecer o Jovem Mestre, Jiang Zheng não considerou que de fato seria recompensado. Por mais que Jiang Chen recompensasse os seus amigos ou servos com mil pratas hoje, amanhã ele pediria duas mil pratas emprestadas.

Mas diante da menção de ser o melhor, o mais admirável e reconhecido mordomo de todos, Jiang Zheng foi tocado.

Francamente, os seguidores dos nobres e dos poderosos, mesmo não sendo nobres ou poderosos, ainda possuiriam sonhos e ambições.

Existiam até poemas escritos sobre isso…

Jiang Zheng reuniu toda sua coragem após ver a seriedade no rosto de Jiang Chen e disse:

“Jovem Duque, existem alguns poemas populares na capital. Eles descrevem pessoas em trabalhos como o meu.”

“Oh? Me fale sobre eles.”

Jiang Chen falou, curioso.

“O poema é assim:

Se deliciando das iguarias da terra e do mar, vestindo as melhores roupas e montando os melhores cavalos, a casa cheia de prata e de ouro.

Conversando com os poderosos, sendo amigo dos nobres, esposas convivendo em harmonia, mimando os filhos e os netos.

Frequentando o Garça de Outono, financiando o Jardim do Retorno da Primavera, vadiando com duques e príncipes, bebendo na mesma mesa que os grandes oficiais¹ …”

Jiang Chen aplaudiu e gargalhou enquanto Jiang Zheng recitava todos os versos de uma só vez.

“Nada mal, nada mal. Bem interessante. Jardim do Retorno da Primavera, essa deve ser a terra da tentação?”

Jiang Zheng gargalhou junto ao seu mestre, mas sua risada estava secretamente cheia de desdém.

Não é como se você não houvesse frequentado esses lugares, pare de agir dessa forma inocente!

“Jiang Zheng, eu venho lhe observando já tem algum tempo e tenho total confiança nas suas habilidades. Agora, se você puder completar essa missão, não irá demorar, eu irei realizar os sonhos de riquezas e honras que você tem a tanto tempo. E nesse momento, você será o maior e mais bem sucedido mordomo de todos!”

“Missão? Qual missão?”

Jiang Zheng tomou a iniciativa. O seu primeiro pensamento era o de se manter em alerta enquanto o seu Jovem Mestre estava tramando algo novamente.

“A lista na sua mão, é claro. Cuide muito bem dela, é um tesouro que nenhum dinheiro pode comprar. Pegue ela e leve ao Salão da Cura, peça para falar com a pessoa no comando.”

“E o que eu devo ver com a pessoa no comando? Eu posso pedir para qualquer pessoa no Salão para pegar os ingredientes para mim. A pessoa no comando do Salão da Cura é um arrogante convencido. Não é fácil conseguir uma reunião com ele.”

Jiang Zheng disse com uma voz baixa e abafada.

“Heh heh, apenas faça como eu disse. Se a pessoa no comando não quiser lhe receber, apenas diga que irão se arrepender depois. Mesmo se eles se arrastarem aos seus pés e implorarem por reconsideração no futuro, tudo o que terão será o sabor amargo do arrependimento.”

Jiang Zheng estava quase querendo verificar a cabeça do Jovem Duque. Será que ele estava queimando de febre, e acabou estúpido por causa da surra? Será que ele estava tendo um ataque de sonambulismo?

Jiang Zheng estava bem familiarizado com o quão altos eram os requerimentos mínimos e o quão arrogantes eram as pessoas do Salão da Cura. Ele sempre era lembrado de como as coisas eram por lá quando ia buscar medicamentos para o seu mestre. As pessoas de lá simplesmente não tinham tempo para conversa fiada.

“Jiang Zheng, você deve estar me amaldiçoando por dentro, pensando que não estou falando coisa com coisa. Você deve estar pensando que estou lhe enviando numa missão sem sentido, ao dizer para ir buscar ingredientes sem lhe dar nenhuma prata. Deixe-me lhe dizer uma coisa, a lista nas suas mãos não é uma lista comum. É uma receita de pílula que está perdida desde os tempos antigos. Até mesmo dez milhões de pratas não seriam o suficiente para comprar esta receita em um leilão.”

“Receita de pílula?”

O rosto de Jiang Zheng se transformou em um sorriso que era mais feio que bater em mãe.

“Jovem Duque, por favor, não faça piadas às custas do seu humilde servo. Desde quando a nossa família Jiang possui uma receita de um medicamento ancestral? Você acha que o seu humilde servo ainda não está nos limites emocionais e o senhor deseja que eu seja levado à loucura?

Jiang Zheng gargalhou até seus olhos ficarem vermelhos. Ele realmente estava prestes a chorar.


Não deixe de avaliar SOTR e deixar um review, clique aqui!


Tradutor: Caio Ricardo   |   Revisor: John


Nota: Não deixe de comentar no capítulo, isso estimula todos os envolvidos no projeto para prosseguirem com o trabalho 😉


Nota 1: Nota Caio: Oficiais seriam as altas patentes dos exércitos, guardas reais, etc.

 


Alterar fonte
Cores