RI – Capítulo 985 – Garrafa Preciosa


As portas do palácio se abriram de dentro. Wang Lin sorriu quando olhou para a tímida Ling’Er e riu. — Qual é o problema para você vir aqui tão cedo?

Depois que viu Wang Lin, ela soltou um suspiro de alívio, então acariciou seu peito e rapidamente disse: — Sênior, o nascer do sol no Planeta Espírito D’Água é muito bonito. Ling’Er quer perguntar se o Sênior gostaria de vê-lo. — Enquanto falava, seu rostinho ficou vermelho. Embora Wang Lin fosse um sênior, na sua opinião, ele não parecia muito mais velho do que ela. Tal convite óbvio fez com que seu coração batesse ainda mais rápido.

Após Wang Lin ouvir essas palavras, o sorriso desapareceu e ele franziu.

Ling’Er estava observando a expressão de Wang Lin e, quando viu seu franzido, o coração dela caiu em um buraco. Ela ficou parada lá, mordendo o lábio e não sabendo o que fazer.

— Senhorita Ling’Er, ainda tenho que cultivar. Se está com medo, farei Ta Shan ir com você. — Seu olhar caiu em Ta Shan e ele calmamente ordenou: — Ta Shan, acompanhe a Senhorita Ling’Er e a proteja.

Terminando de falar, ele não olhou mais para Ling’Er e voltou para o palácio.

Ele sorriu ironicamente em seu coração. Como não poderia entender a intenção dela? Embora poderia ser um exagero chamá-lo de velho monstro, já que só cultivou por um pouco mais de mil anos, chamá-lo disso ainda era apropriado dado seu nível de cultivação.

Além disso, sua idade real era mais de mil anos de idade, o que era muito mais velho do que ela. A única razão pela qual ele foi gentil com ela além dela ter uma raiz espiritual da água era um sênior sendo gentil com um júnior. Não havia outro significado.

— Ling’Er não tem outra intenção. Só quero ver o nascer do sol com o Sênior. O Sênior não pode concordar com um pedido tão pequeno? — Seus olhos eram cristalinos. Ela não sabia o porquê, mas no momento que acordou, ela queria encontrar Wang Lin. Ela queria descobrir a resposta para seu sonho. Ela tinha um pressentimento que teria sua resposta com Wang Lin.

Wang Lin estava de costas para Ling’Er e ele não parou de andar. Ele acenou as mangas e a porta lentamente fechou.

— Sênior, Ling’Er quer saber sobre aquele gigante que apareceu ontem a noite. Ele… o que é ele… — Ela estava prestes a andar.

Os olhos de Ta Shan iluminaram e ele deu um passo. Uma ondulação propagou e atingiu em Ling’Er, empurrando-a algumas dezenas de metros para trás.

A cultivação dela não era muito alta, então enquanto recuava, seu rosto empalideceu. A energia espiritual em seu corpo ficou instável e, junto com sua extrema ansiedade e noite em claro, a energia espiritual dentro do seu corpo entrou em um completo caos. Sangue subiu por sua garganta e ela tossiu um bocado.

Wang Lin soltou um suspiro. Ele franziu quando seu corpo desapareceu de dentro do palácio e ele apareceu ao lado dela. Ele acariciou gentilmente as costas dela e enviou energia origem. Apenas um ciclo fez com que a energia espiritual dela estabilizasse e seu ferimento leve desaparecesse.

— Garota… vamos. Este velho vai acompanhá-la para ver o nascer do sol. — Wang Lin estava desamparado. Embora tivesse alguma boa vontade para com ela, não era suficiente para afetar sua decisão. A razão pela qual ele ia era porque viu que ela realmente tinha algumas perguntas para fazê-lo.

— Sênior, você concorda com o pedido da Ling’Er? — Embora seu rosto ainda estivesse pálido, alegria encheu seus olhos grandes. Seus olhos brilharam e eram extremamente adoráveis.

— Apenas desta vez. — Wang Lin soltou um suspiro. Ele só tinha visto o nascer e pôr do sol com Li Muwan durante os últimos anos dela. Isso se tornou uma memória eterna para Wang Lin. Desde então, ele não viu com mais ninguém.

Se houvesse outra, foi na Seita Refinação da Alma, onde ele e Liu Mei estavam separados por uma parede e, ainda assim, os dois assistiam o pôr do sol.

Ling’Er revelou um sorriso brilhante quando assentiu e tocou os sinos em seu pulso. Um ponto branco apareceu à distância. Era uma garça que sobrevoou e pairou sobre Ling’Er.

Ling’Er saltou para as costas da garça. Quanto a Wang Lin, como ele se sentaria com uma garotinha nas costas de uma garça? Ele simplesmente deu um passo e andou para o ar.

Enquanto Ling’Er sorria, ela afagou a cabeça da garça e disse: — Sênior, me siga. — Com isso, a garça voou para o céu em um belo arco.

Wang Lin seguiu com um sorriso amargo e desapareceu no horizonte.

No caminho, Ling’Er estava muito feliz e ria constantemente enquanto a garça voava. Os sinos em seu pulso continuavam a tocar e fundiu-se com sua risada para formar um som quase celeste. Wang Lin ficou muito confortável ouvindo-o.

Olhando para Ling’Er nas costas da garça, Wang Lin soltou um suspiro. Ele podia ver que ela estava realmente feliz. Além da sua infância, ele mal teve momentos onde ficou tão feliz quanto essa garota.

Não levou muito tempo para a garça chegar num pico muito alto que perfurava os céus. Tinham nuvens rodeando o pico. Uma lasca de vermelho do nascer do sol tocava o pico, produzindo uma cena espetacularmente linda.

O pico estava escondido entre as nuvens e repleto com uma vegetação verdejante. De relance, parecia muito natural.

Atrás do pico havia uma escuridão flutuante. Esse era o oceano sem fim do planeta.

A garça soltou um grito quando atravessou as nuvens e voou para o pico. Não levou muito tempo para ela chegar no pico e pousar.

Ling’Er saltou e flutuou como uma borboleta. Enquanto os sinos tocavam, ela aterrissou em cima de uma rocha azul.

— Sênior, venha, rápido. — Enquanto o vento da montanha passava, soprou o cabelo dela que cobriu uma pequena parte do seu rosto.

Como resultado, exibiu sua beleza incrível. Seus cabelos pretos fluindo e seu rosto perfeito caíram nos olhos de Wang Lin.

O encanto interno que ela tinha com uma raiz espiritual da água inadvertidamente se revelou quando o vento da montanha passou.

Isso por si só não significa muito. Contudo, o sol nascia do leste e a escuridão desaparecia lentamente. A luz laranja vasta apareceu no mundo como incontáveis espadas perfurando a escuridão que dissipava gradualmente.

O sol nasceu atrás do rosto requintado de Ling’Er….

A luz suave definiu o humor e o nascer do sol se tornou o plano de fundo. A cena do sorriso dela enquanto seu cabelo cobria parte do seu pescoço permanecerá para sempre na mente de Wang Lin.

Admiração encheu os olhos de Wang Lin quando ele deu um passo e pousou em uma rocha. Ele olhou silenciosamente para o nascer do sol, mas seu coração estava em um estado extremamente estranho.

Paz.

Ling’Er não falou, mas colocou seu cabelo atrás da orelha. Ela olhou para Wang Lin, que estava olhando para o nascer do sol e revelou um sorriso.

Não foi até o sol nascer totalmente que Ling’Er soltou um suspiro e suavemente disse: — Antes da Irmã Xue chegar ao planeta, eu vinha aqui sozinha para assistir o nascer e pôr do sol…

Enquanto olhava para o nascer do sol, Wang Lin lentamente disse: — É muito bonito. — Nesse momento, ele acidentalmente ficou imerso em um estado muito estranho. Apesar de curto, foi inesquecível.

Nesse estado estranho, ele viu vagamente algo, mas após pensar cuidadosamente sobre isso, foi como se não visse nada. Era um sentimento muito estranho e foi a primeira vez que Wang Lin teve isso.

O som do mar veio de longe e fundiu-se completamente com a tranquilidade na área. Não existia nenhum desconforto aos ouvidos quando escutando esse som.

Depois de um bom tempo, Ling’Er disse: — Sênior, Ling’Er quer saber o que era aquele gigante que apareceu ontem à noite…

Wang Lin olhava para o horizonte. O sol já tinha nascido e, após ponderar um pouco, lentamente disse: — É apenas o espírito de um dos meus tesouros.

Ling’Er mordeu o lábio enquanto olhava para Wang Lin. Ela balançou a cabeça. — Sênior não precisa tentar me enganar. Eu sei que não era um espírito de tesouro, mas uma existência extinta de muito tempo atrás. Eles eram a existência mais forte entre as estrelas.

Wang Lin estreitou os olhos e calmamente disse: — Por que diz isso?

Ling’Er abaixou a cabeça e ponderou por um bom tempo. Depois de um bom tempo, ela cerrou os dentes como se tivesse tomado sua decisão. Havia um sentimento estranho misturado quando ela olhou para Wang Lin e suavemente disse: — Júnior sempre teve um sonho desde a infância e eu me perdia dentro dele muitas vezes… no sonho, eu vi… o gigante que apareceu ontem à noite! Embora não fosse o mesmo, eles tinham estrelas entre suas sobrancelhas!

Ling’Er nunca contou a mais ninguém sobre isso. Ela inconscientemente não queria contar a ninguém. Contudo, quando encarando Wang Lin, ela tinha uma sensação estranha e lhe contou seu maior segredo.

A expressão de Wang Lin era neutra, mas ele ficou chocado em seu coração. Ele gradualmente franziu quando olhou para Ling’Er. Ele não acreditava completamente no que ela disse.

Ele obteve a herança de conhecimento de Tu Si e não existia nada nas memórias de Tu Si sobre interações com mortais. Não havia nada que poderia explicar o que ela disse.

“Sonhar com um Deus Antigo é muito absurdo.” Wang Lin não olhou mais para ela e continuou a olhar para o horizonte. Depois de um bom tempo, ele claramente disse: — O nascer do sol passou e eu respondi sua pergunta. Você pode ir embora. Vou ficar aqui e compreender um pouco, e não quero ser perturbado.

A expressão dela instantaneamente ficou pálida e ela deu alguns passos para trás e olhou para Wang Lin. Ela sabia que ele não acreditava em suas palavras.

Depois de ponderar um pouco, Ling’Er revelou um olhar decisivo. Ela não era tão fraca quanto parecia por fora. Uma vez que tomasse uma decisão, ela não desistiria facilmente.

Sem hesitação, ela ajoelhou-se no chão sobre um joelho e formou o formato de uma garrafa preciosa com as mãos. Ela ergueu a cabeça, revelando seu pescoço esbelto e fez o gesto que tinha feito milhares de vezes em seus sonhos!

De repente, Wang Lin estreitou os olhos e foi como se um raio de trovão tivesse explodido em sua mente.


Tradução: Divine   |   Revisão: Bczeulli & Delongas



Fontes
Cores