RI – Capítulo 690 – Removendo a Casca



O tempo passou rapidamente, primavera acabou e inverno chegou, e outros cinco anos se passaram.

O inverno deste ano chegou especialmente cedo. Antes do inverno, uma grande quantidade de neve já cobria a terra. Algumas das folhas secas restantes nos galhos foram congeladas. Conforme o vento frio passava, as folhas e neve caíam juntas.   

Era como a expectativa de vida de uma pessoa. Embora cheio de relutância e obstinação para ir embora quando o vento nevado chegasse, não podiam deixar de serem levados pela brisa.

Nesses cinco anos, cinco pessoas idosas morreram e três novas vidas nasceram.

Era como se o ciclo de reencarnação tivesse começado a virar enquanto as pessoas não tinham consciência dele.

Sun Tai ficou ainda mais velho. Sua casa era bem ao lado de Wang Lin. Esta casa era brilhante, mas tinha um toque de penumbra. Como um mortal que sabia que sua hora estava chegando, ele não gostava de ficar dentro do seu quarto. Ele sentava no pátio, olhando para o céu. Ele estava acompanhado por suas memórias brilhantes.     

Wang Ping agora tinha dez anos, em comparação com as outras crianças no vilarejo, ele parecia que tinha apenas sete ou oito anos de idade. Contudo, seu rostinho tinha mais cor comparado com cinco anos atrás.

O Wang Ping de dez anos de idade era extremamente bonito e os moradores do vilarejo gostavam dessa criança bem comportada e bonita. Entre seus colegas, muitas das meninas estavam cheias de boa vontade para com o filho do carpinteiro.

Esta grande tempestade de neve fez o dia ficar muito frio. Sun Tai sentou-se tranquilamente no pátio. Ele usava um casaco grosso enquanto olhava para o céu e seus olhos estavam cheios de reminiscência.  

Ao seu lado, Wang Ping também usava um casaco grosso e olhava para o céu em um transe.

“Ping’Er, por que você veio aqui para visitar este velho ao invés de fazer companhia ao seu pai?” Os olhos de Sun Tai estavam repletos de bondade. Ele realmente gostava dessa criança do fundo do seu coração. Se não fosse por Wang Lin, que disse que não deixaria essa criança cultivar, ele teria ensinado tudo que sabia a esta criança.   

Wang Ping fez beicinho e disse com desagrado: “Eu não vou voltar, Tia Zhang está lá de novo.”

Sun Tai sorriu fracamente e balançou a cabeça. “Filho, você pode ficar tranquilo, seu pai não vai concordar.”

Wang Ping franziu quando contou com os dedos e disse: “Não necessariamente. Avô Sun, olha quantas vezes Tia Zhang veio nos últimos três anos. Eu estive contando, é um total de doze vezes! Doze vezes, ah! Por que a maioria das irmãs e tias tem seus olhos no meu pai?”    

Sun Tai riu quando olhou para fora do pátio e sorriu. “Não se preocupe com seu pai. Olhe lá, parece que a segunda filha da Família Zhou veio te procurar.”  

Wang Ping ficou surpreso quando levantou a cabeça e olhou para fora do pátio. Ele viu uma menina de sete ou oito anos com um rosto vermelho se aproximando gradualmente.

“Irmão Wang, está aqui?” A voz nítida da menina veio de fora do pátio.

Wang Pin franziu e gritou: “Não estou aqui, você deve ir!” Com isso, ele simplesmente saiu do pátio. Ele nem mesmo olhou para a menina com olhos lacrimejantes e correu para sua casa.  

Sun Tai viu isto e não pôde deixar de rir. A bondade em seus olhos ficou ainda mais forte.

Neste momento, Wang Lin estava em uma situação diferente de Sun Tai. Ele franzia enquanto encarava uma mulher jovem que se queixava constantemente. No rosto dele tinha um sorriso amargo.  

Wang Lin parecia ter ficado um pouco mais velho durante esses cinco anos. Assim como quando se transformou em um mortal. A fim de não assustar os mortais, sua aparência não era mais jovem e tinha entrado na meia-idade.  

A vicissitude em seus olhos lhe deu um temperamento estranho apesar dele só estar na meia-idade.

A jovem era muito feminina. Ela olhou para Wang Lin e disse seriamente: “Irmão Wang, olhe, Wang Ping já tem dez anos e teve uma vida amarga sem uma mãe. Se você não se importa consigo, então pelo menos pense na criança. A filha da Família Zhao na entrada do vilarejo é uma garota bonita e está disposta a segui-lo. Ela até prometeu tratar a criança como se fosse dela. Com o que você está insatisfeito?”     

O sorriso amargo de Wang Lin ficou ainda mais amargo quando disse impotentemente: “Este assunto… vamos esquecer.”

A jovem não desistiu e continuou: “Ah, Irmão Wang, por que deve ser assim. Eu sei que você nunca se casou novamente porque amava a mãe de Ping’er. Entretanto, você ainda tem que viver sua vida. Quando eu te vi chegar aqui há dez anos com um bebê, esta mãe… bem… eu não estava casada na época, mas olhe para mim agora. Meu filho já tem oito anos de idade.”    

Justo neste momento, Wang Ping empurrou a porta impiedosamente. Ele olhou para a jovem e sentou-se silenciosamente.

Vendo que a jovem estava prestes a continuar falando, Wang Pin gritou: “Pai, estou com fome!”

Wang Lin suspirou de alívio e disse: “Vamos parar essa conversa aqui.”

A jovem soltou um suspiro e balançou a cabeça. “Se não está disposto, não há necessidade de forçar. Mas Irmão Wang, se gosta de alguém, tem que lembrar-se de me contar!” Ela olhou para Wang Ping e estendeu a mão para esfregar a cabeça dele.   

Wang Ping grunhiu e esquivou para trás.

A jovem riu. “Esta criança tem um temperamento tão grande. Você deve aprender com seu pai. Seu pai tem o temperamento mais simpático no vilarejo; por que você acha que todas essas garotas bonitas querem casar com ele?” Com isso, ela virou-se e se retirou.    

Depois que a jovem foi embora, Wang Ping perguntou: “Pai, você…”

Sem esperar ele terminar de falar, Wang Lin sorriu e disse: “As crianças não devem se preocupar com essas coisas. Sua Tia Zhang está fazendo isso com boa intenção. Venha aqui e tome seu remédio.”  

Os olhos de Wang Ping alargaram-se quando ele olhou para seu pai e fez beicinho. “Mas ela quer encontrar uma madrasta para Ping’er. O pai de Er Huzi encontrou uma madrasta para Er Huzi. Como resultado, Er Huzi não come o bastante todos os dias e sempre é repreendido.”   

Wang Lin riu, então esfregou a cabeça de Wang Ping e sorriu. “Certo, eu prometo que não vou encontrar uma madrasta para você, tudo bem? Agora tome seu remédio.”  

Wang Ping alegremente pegou a tigela e bebeu todo o remédio em um gole. Desta vez, o remédio não tinha gosto amargo; em vez disso, havia um pouco de doçura. Esta doçura veio do seu coração, do seu amor pelo seu pai.  

“Pai, com Ping’Er te fazendo companhia, você não estará sozinho. Espere Ping’Er crescer e eu lhe servirei até você ficar velho.” Wang Ping abaixou a tigela e olhou seriamente para Wang Lin.  

Wang Lin sorriu e acariciou a cabeça dele. Ele saiu da casa para o pátio e começou a limpar a neve com uma vassoura. Assim que terminou de limpar o pátio, ele pegou suas ferramentas e começou a fazer seu trabalho de carpintaria.  

Wang Ping assistiu seu pai pela janela e ponderou silenciosamente. Sua memória era muito boa, muito melhor do que as outras crianças da mesma idade. Ele se lembrava claramente quando perguntou acidentalmente onde estava sua mãe quando tinha quatro anos de idade.  

Naquele momento, a expressão do seu pai foi muito estranha. Ele não entendia o que era aquela expressão, mas agora que cresceu, ele entendeu. Aquela era uma expressão abatida…  

Ele era uma criança sensível, então a partir daquele momento, ele nunca perguntou sobre sua mãe novamente.

Depois que o inverno chegou, muitas tempestades de neve vieram uma atrás da outra. Quando o inverno frio chegou, as pessoas do vilarejo ficaram menos ativas. Os dias frios do inverno passaram dia após dia e logo chegou a brisa da primavera. Ela levou gradualmente a frieza do inverno.   

A escola do vilarejo abriu na primavera. As crianças do vilarejo aprenderam a ler e escrever lá.

Os dias passaram assim calmamente. Eram calmos como água sem ondulações. Entre a tranquilidade, um toque de ternura lavou o coração cansado de Wang Lin.  

Conforme Wang Ping crescia, Wang Lin não buscou mais persistentemente a iluminação, mas assistiu silenciosamente a Wang Ping com o coração de um pai.

Durante esses dez anos, exceto quando estava expulsando o ressentimento de Wang Ping, ele não usou outros feitiços. Era como se tivesse esquecido de tudo.

No entanto, enquanto esquecia de tudo, uma compreensão do ciclo da vida e morte formou-se silenciosamente no coração de Wang Lin. Enquanto Wang Ping crescia, a compreensão tornou-se mais profunda.

Wang Lin tinha uma compreensão muito profunda da parte morte do ciclo da vida e morte, mas não tinha muita compreensão da vida. Conforme o tempo passou e seu Coração do Dao revelava sua exaustão, também ia lentamente em direção a conclusão.

Depois de uma vida e morte perfeita, o ciclo carma seria o próximo. O dao de Wang Lin evoluiu lentamente nesta vida pacífica. Se um cultivador poderoso visse esse tipo de mudança, ficaria chocado porque isto não era uma mudança simples, mas uma mudança enorme no domínio.  

Um domínio era uma compreensão especial que cultivadores tinham depois que os Reinos Celestiais foram destruídos. Pode-se dizer que o dao que um cultivador percorria era formado de seu domínio. A raiz de tudo isso era estreitamente relacionado ao domínio.  

Portanto, cada domínio era quase fixo para cada cultivador e era muito raro para um domínio evoluir. A razão pela qual Liu Mei chamou a atenção do Ancestral da Família Huan foi porque o domínio dela mostrou sinais de evolução. Isso fez o Ancestral desistir de prontidão de procurar pela Pérola de Desafiar os Céus e rapidamente trazer Liu Mei de volta para a Família Huan. O motivo para tudo isso, além de querer devorar o domínio dela, era que ele tinha medo de alguém como ela ser roubada por outra pessoa!   

Atualmente, Wang Lin percorria esse caminho. Entretanto, porque lhe faltava compreensão na parte vida do seu Domínio da Vida e Morte, apesar dele ter mostrado sinais de evolução no Domínio Carma, seu domínio não evoluiu ainda.

Como resultado, o presente era um momento importante na vida de Wang Lin; pode mesmo determinar suas realizações futuras.

Wang Lin entendia isso mais ou menos. Contudo, se tivesse uma escolha, ele nunca pagaria o preço por essa oportunidade que todos os outros cultivadores sonhavam.

Primavera passou e outono chegou, e outros seis anos se passaram. A hora de Sun Tai chegou. Pareceu ter chegado um pouco mais cedo do que o esperado.  

Quando ele estava deitado em sua cama, as pessoas que foram lá se despedir dele foram apenas Wang Lin e Wang Ping. Neste momento, ele era como as folhas secas que foram levadas pela grande tempestade de neve há seis anos.

Wang Ping já tinha dezesseis anos de idade e tinha começado a parecer mais e mais com Liu Mei. Esse tipo de aparência em um garoto lhe tornou excepcionalmente bonito.

No entanto, seus olhos eram puros e mostravam uma distinção clara entre preto e branco. Durante seus dezesseis anos de crescimento, ele veio a entender muitas coisas. Coisas como o fato que o Avô Sun conhecia seu pai de muito tempo e o respeitava muito. Esse respeito nunca foi mostrado por como conversavam ou na superfície, veio dos ossos e Wang Ping pôde sentir claramente.   

Wang Lin parecia ainda mais velho agora. Ele olhou calmamente para Sun Tai e disse lentamente: “Sun Tai, eu farei o que prometi naquela época.”


Tradução: DivineMelody | Revisor: Bczeulli

QC: Bravo



Fontes
Cores