MGS – Capitulo 6 – O Poder de Dois Tigres 

“Passagem de Trovão e Mover como o Vento!”

Dentro do riacho em uma montanha de um pequeno bosque, um frio distinto explodiu, se espalhando repentinamente.

Na floresta, uma figura viajava pra direita e pra esquerda, atirando mais e mais palmas, fazendo um som brilhante, mas também com urros explosivos de trovões.

“Peng!” Um som abafado. As madeiras que foram cortadas giravam no ar. Rachaduras que pareciam teias de aranhas apareceram nos lugares que as palmas atingiram.

E também, um som de ‘kua ca’. Essas três coisas caiam ordenadamente.

As quatro formas do Ataque da Mão de Trovão. Ye Xiwen já tinha praticado com uma proficiência excepcional. Casualmente lançando os ataques sem nenhuma obstrução, cinco dias tinham se passado num piscar de olhos. Toda a força do corpo de Ye Xiwen já tinha atingido 497,5 quilogramas, uma pequena diferença para avançar para 500 quilogramas e atingir o poder de dois tigres. Geralmente, somente guerreiros  de rank 5 tinham a habilidade de atingir a força de dois tigres, mas a força de Ye Xiwen já estava perto do poder de dois tigres. Ele era capaz de sentir isso, avançar do quarto estagio não era uma coisa distante.

Como resultado de sua força chegando perto do poder de dois tigres, em adição, o Ataque da Mão de Trovão de Ye Xiwen tinha finalmente atingido os seis ecos!

Nesses cinco dias, seu progresso foi grande. Tanto que ele tinha quase avançado do 4° Estagio do Houtian. Mas isso ainda não era suficiente. Estava longe de ser suficiente!

Ye Xiwen praticava o Ataque da Mão de Trovão de novo e de novo. O 4° Estagio do Houtian e o 5° eram divisores de aguas. A força de um guerreiro com 500 quilogramas, que possuía o poder de dois tigres poderia derrotar sem fazer esforço vários guerreiros possuindo a força de 499,5 quilogramas.

Por que quando a força de uma pessoa crescia repentinamente para 250 quilogramas, então não apenas a força do corpo aumentaria, até mesmo os ossos, e melhor que isso, a força era condensada em uma porção de energia. Sem mais dispersar, crescendo e se multiplicando infinitamente. O poder iria crescer varias vezes num piscar de olhos, tendo mudanças iguais a virar a terra e o céu de cabeça pra baixo.

Depois que a força de uma pessoa atingia 500 quilogramas, então um segundo Jin iria vir. Muito mais forte que o eco de antes.

Ye Xiwen praticou o Ataque da Mão de Trovão de novo e de novo, produzindo sete barulhos de estrondos abafados de uma vez só.

“Peng!”

Mais uma vez, o ataque de palma de Ye Xiwen explodiu no ar, já ensopado de suor da cabeça aos pés como se agua tivesse sido jogava em seu corpo. Os músculos estavam doloridos e dormentes, contraindo-se constantemente, parecendo como se ele já tinha alcançado o seu limite.

Ye Xiwen rangeu seus dentes, limpando o suor que quase caiu em seus olhos. Todo seu corpo estava dormente e sem forças, mas ele sabia que quanto mais ele ficava assim, mais ele não poderia desistir. A Escola Ying Yuan, embora fosse apenas uma filial da Escola Ying Yuan principal, essa Escola Yi Yuan era cheia de todo o tipo de livros antigos enriquecedores ou registros, o quais também tinham uma descrição detalhada da maneiras de avançar de nível escritas. A chave para avançar de nível era ligada e como conseguir crescer e multiplicar energia sem sim, infinitamente. Quando o corpo mortal estivesse em seu estado mais esgotado, sem descansar, isso daria nascimento a uma nova força, formando um ciclo, infinitamente.

“Ss……” Ye Xiwen deslocou os cantos de sua boca, sem pausar lançando o Ataque da Mão de Trovão novamente.

A figura incansavelmente indo da esquerda pra direita no meio da floresta, todos seus gestos e formas eram meticulosos.

Não sabendo quanto tempo tinha se passado, a figura de Ye Xiwen parou. Uma palma explodiu com o Qi Zhen em forma de trovão reunido, fazendo um som como se algo estivesse trincando.

“Honglonglong!”

“Honglonglong!”

………

“Peng!”

A palma de Ye Xiwen inesperadamente lançou sete sons explosivos de trovões.

Os músculos do corpo de Ye Xiwen começaram a latejar, os ossos começaram a colidir, trincando. Sua força estava no limite e, uma nova força apareceu de repente. A força de Ye Xiwen tinha avançado de nível novamente, balançando em um Jin, alcançando o poder de dois tigres. A força teve um tipo explosivo de avanço. A cultivação de Ye Xiwen também tinha sido puxada junto com o barco pela corrente, avançando até o pico do 4° Estagio do Houtian.

Nota: Ser puxado com o barco pela corrente = aproveitar uma situação para tirar benefícios.

Embora fosse apenas o pico do 4° Estagio, mas Ye Xiwen tinha alcançado o 7° eco do Ataque da Mão de Trovão contando com o poder de dois tigres.

Mesmo os guerreiro do 5° Estagio não eram adversários pra ele.

De repente, dentro de uma parte da floresta à frente, o súbito som de murmúrios foi ouvido. Depois daquilo, um grande porco mais de dois metros de altura, com o corpo coberto por longos espinhos, fez os sons de sopro e irritação pelo seu nariz, vindo pulverizando a floresta em seu caminho.

A mente de Ye Xiwen arrepiou imediatamente, essa era uma Besta Demoníaca do 5° Estagio do Houtian, Porco Flecha. Sua maior arma eram seus longos espinhos cobrindo densamente a parte de cima e de baixo de seu corpo, capaz de disparar os espinhos quando se sentia intimidado. Se você não fosse cuidadoso, então você seria atingido pelo Porco Flecha.

O couro grosso do Porco Flecha e sua carne dura eram difíceis de se lidar. Atacando com seu par de fortes e longas presas, que poderiam matar um tigre diretamente pela cabeça.

Somente um Porco Flecha tinha vindo, seus pequenos olhos estavam fixamente no pescoço de Ye Xiwen. Em um passo, os músculos do corpo do Porco Flecha se contraíram. Em um momento, dezenas de longos espinhos similares a flechas foram disparados na direção de Ye Xiwen, encobrindo o céu e a terra.

Ye Xiwen estava de alguma maneira assombrado. Ele também não sabia o que estava acontecendo, mas ele provavelmente deve ter ficado muito excitado e exagerado agora pouco, sem prestar muita atenção, e então invadiu o território do Porco Flecha. Mas as ações de Ye Xiwen não foram lentas, com um passo, o Qi Zhen surgiu abaixo de seus pés. Como se fosse um pássaro ele voou, desviando da maioria dos longos espinhos, e mandando pra longe a outra parte dos vários longos espinhos.

Esse Porco Flecha viu que seus ataques não mostraram resultado, e com toda a sua maldade ele seguiu na direção de Ye Xiwen como se estivesse voando, completamente diferente da maneira desajeitada e dura de antes. A velocidade era extremamente rápida. As presas buscavam a parte de cima, indo diretamente para a cabeça de ye Xiwen.

No meio do ar, o pé esquerdo de Ye Xiwen apontou para o pé direito, balançando seu corpo, mudando de direção. Mal conseguindo evitar o perigo das presas do Porco Flecha.

Ye Xiwen apenas caiu no chão, aquele Porco Flecha era como uma pequena montanha, que então veio para esmagar ele, não dando nem tempo pra Ye Xiwen respirar.

Ye Xiwen riu friamente. Não recuando, com um passo uma porção de Qi Zhen explodiu. Parecendo ter sido envolvido nos densos espinhos longos, ele lançou uma palma na figura que parecia uma flecha, , nuvens de vácuos de energia explodiram, impiedosamente colocando um fim no corpo do Porco Flecha. O poder de dois tigres de Ye Xiwen tinha sido completamente exibido.

“Peng!”

Esse Porco Flecha teve a carne dilacerada pela punição corporal de Ye Xiwen, varias costelas estavam quebradas, dando berros repetidamente. O corpo que era como uma pequena montanha continuamente se afastava de Ye Xiwen.

Não havia nada que ele pudesse fazer se o Qi Zhen atingiu o couro grosso e a carne dura do Porco Flecha. Sem mencionar que ele era uma Besta Demoníaca do 5° Estagio do Houtian e Ye Xiwen estava apenas no pico do 4° Estagio.

Mas a força de Ye Xiwen já tinha superado a de dois tigres mais cedo, não tinha chance de uma pequena Besta Demoníaca como o Porco Flecha. E ainda mais com Ataque da Mão de Trovão tendo atingido o degrau dos sete ecos.

Uma palma, um golpe de uma palma machucou e dilacerou o Porco Flecha, fraturando suas costelas, e o fazendo vomitar sangue sem parar.