MGA – Capítulo 755 – Plano Detalhado



O lugar de residência de Su Mei estava repleto de estruturas que se adequavam ao gosto de uma garota. Descrever aquele lugar requeria apenas duas palavras: beleza e estéticas.

Naquele momento, a pequena beldade Su Mei estava sentando em seu quarto. Já que todos os servos em sua residência eram mulheres, assim, a roupa de Su Mei era bastante casual.

Uma longa saia rosa e roupas soltas não somente expuseram seus ombros brancos nevados, também expuseram metade de seus redondos picos gêmeos. Devia ser dito que Su Mei realmente havia crescido. As protuberâncias firmes e redondas em sua frontal, eram bastante próximas de suas formas exatas. Se um homem visse aquilo, o corpo deles se aqueceria de desejo e eles achariam difícil se controlar.

Normalmente, Su Mei não usaria roupas tão reveladoras. Apenas quando ela estivesse preparada para descansar que ela faria isso, pois usar roupas folgadas era mais confortável.

“Xiao Hong, houve alguém procurando por mim hoje?” Su Mei perguntou a uma serva em sua frente.

“Mestre, ninguém veio procurar por você hoje.” Respondeu a serva respeitosamente.

“Ele ainda não veio, huh?” As sobrancelhas curvas e esbeltas de Su Mei franziram involuntariamente. Um par de olhos, tão encantadores quanto um rio de estrelas, brilhou de preocupação.

Chu Feng claramente disse a ela para descansar pacificamente em seu próprio recinto, que ele rapidamente procuraria por ela. Um dia se passou desde que eles se separaram, na saída da Cidade Antiga Milenar, porém Chu Feng não havia retornado. Ela não pôde evitar de se preocupar devido a isso.

Mas pensando mais cuidadosamente, Chu Feng tinha o emblema de Taikou e, em adição, ela tinha visto a força atual de Chu Feng. Dentro da Academia dos Quatro Mares, não deveria haver ninguém que pudesse prejudicar Chu Feng. Como resultado, ela não estava tão preocupada quanto antes e continuou a esperar diligentemente.

Para uma garotinha inquieta como ela, esperar por um amor que ainda tinha de chegar era, de fato, um tipo de sofrimento.

“Xiao Hong, você mudou o incenso?” De repente, Su Mei aspirou algumas vezes, então perguntou para a serva.

“Mestre, eu…” A expressão da serva mudou grandemente após ouvir aquela pergunta. Não somente ela estava irrompendo de medo, ela até se ajoelhou no chão com um movimento rápido, como se tivesse cometido algum crime horrível.

Mas quando Su Mei viu a serva agindo de tal maneira, ela sorriu docemente e disse, “O que você está fazendo? Embora eu tenha lhe dito para não mudar o incenso em meu quarto sem minha permissão, eu não estou te culpando nem nada. Você não precisa ficar com tanto medo, então levante-se rapidamente!”

Enquanto falava, Su Mei se aproximou e quis levantar pessoalmente a serva.

Lágrimas caíram como chuva dos olhos da serva quando ela viu Su Mei tratá-la tão bem. Enquanto chorando, ela dizia, “Mestre, eu lhe desapontei, mas eu realmente não tenho escolha! Se eu não fizer isso, não somente eu não manterei minha própria vida, minha família inteira será atingida por um desastre!”

“Xiao Hong, o que aconteceu? Há uma pessoa oprimindo sua família? Quem? Você pode me dizer! Eu te ajudarei.” Su Mei perguntou furiosamente. Suas sobrancelhas se inclinaram quando ouviu aquilo e ela até pensou que sua serva estava sendo oprimida.

“Perdão, perdão…” Mas não somente Xiao Hong estava indisposta a responder, ela estava indisposta até de se levantar. Ela continuou se ajoelhando no lugar e continuou chorando silenciosamente.

*ta* Justo quando Su Mei sentiu confusão pelo que exatamente havia acontecido com Xiao Hong, ela repentinamente se sentiu um pouco tonta. Seu corpo inteiro aqueceu e uma sensação estranha nasceu em seu coração.

Embora Su Mei normalmente tivesse um coração puro, ela não era idiota. Após sentir que algo estava estranho consigo mesma, ela rapidamente procurou pela razão. Logo, ela lançou seus olhos ao incenso no quarto.

*whoosh* Estendendo a mão, ela agarrou o incenso e o segurou próximo de si. Examinando cuidadosamente, ela imediatamente ficou enraivecida. Depois de destruir o incenso com uma palma, ela gritou furiosamente com a serva, “Xiao Hong, você! Você me drogou!”

“Desculpe, desculpe…” A serva não negou a acusação de Su Mei e apenas chorou ainda mais alto.

“Cacete!” Su Mei nem mesmo se importou mais com aquela serva, pois ela descobriu que o veneno já tinha entrado em seu corpo e estava atualmente criando problemas por dentro.

Ela primeiro consumiu um antídoto, então rapidamente abriu a porta do quarto. Ela queria sair e pedir por ajuda.

Contudo, no instante em que Su Mei abriu a porta, a figura de um homem estava parada lá. Não somente ele bloqueou o caminho dela, ele estava inclusive olhando nela com seu olhar perverso.

“Você? O que você está fazendo em minha residência?” Su Mei foi grandemente surpreendida quando viu aquela pessoa. Enquanto ela recuava, ela arrumou sua saia e cobriu seus ombros brancos. Aquele homem era uma pessoa bem conhecida na Academia dos Quatro Mares, Qin Yu.

Su Mei temia bastante aquele Qin Yu. Ele tinha expressado sua afeição por ela, mas ela mesma claramente havia o rejeitado.

Porém, Qin Yu desavergonhadamente continuou com suas confissões. Aquilo colocou Su Mei em uma situação bem difícil, pois, com a posição e status de Qin Yu na Academia dos Quatro Mares, até mesmo sua mestra não podia fazer nada para pará-lo. Então, Su Mei pôde apenas suportar, de novo e de novo.

Naquele momento, ela foi envenenada por alguma substância desconhecida e, agora, Qin Yu repentinamente apareceu dentro de sua residência. Ela não tinha chances para notificar alguém sobre o veneno; então, ela teve um mal pressentimento sobre o que estava acontecendo.

“Hehe, minha pequena beldade. A roupa que você está usando hoje é verdadeiramente muito atraente. Será que… você sabia que eu me juntaria a você aqui, então fez tais preparativos?”

Quando ele viu Su Mei, cuja face estava um pouco vermelha e os olhos um pouco ofuscados, não somente os olhos de Qin Yu brilharam, saliva até mesmo começou a fluir dos cantos de sua boca. Um par de olhos perversos continuaram encarando por todo o corpo de Su Mei.

“Sênior Qin Yu, eu não compreendo o que você está dizendo. Eu tenho um assunto importante e preciso sair. Por favor, abra caminho.” Su Mei agiu como se ela não soubesse o que estava acontecendo e, ao falar, ela estava prestes a forçar seu caminho para fora.

“Ahh, minha beldade. Onde você quer ir? Que tal eu te carregar até lá?”

Porém, como poderia Qin Yu deixar Su Mei ir após um planejamento tão detalhado? Ele estendeu seus braços e cobriu a largura inteira da porta. Ao olhar na serva, ele até mesmo disse, “Por que você ainda está aqui? Saia! Lembre-se, não deixe ninguém entrar. Se alguém perturbar minha ocasião perfeita, sua família inteira pagará por isso com a morte.”

E a serva, é claro, não ousou hesitar de forma alguma. Ela levantou-se e saiu.

*whoosh* Su Mei compreendeu tudo quando viu aquilo. Como ela suspeitava, foi Qin Yu quem ameaçou sua serva próxima, a forçando a envenená-la, e foi ele quem quis agir contra Su Mei. Assim, Su Mei saltou adiante, voando em direção à janela do quarto. Ela queria escapar da boca do tigre.

*bang* Entretanto, ela claramente tinha chegado à janela e já visto o cenário afora, porém, como se tivesse colidido em uma parede de aço, Su Mei quicou de volta e caiu duramente no chão.

“Minha beldade, onde você está indo? Você acha que pode escapar?” Naquele momento, a voz sem vergonha de Qin Yu soou novamente atrás de Su Mei.

Virando sua cabeça, o rosto de Su Mei mudou grandemente. Naquele momento, Qin Yu já havia retirado suas roupas e revelado seu corpo nu na frente dela.

Ao olhar aquela cena, Su Mei rapidamente virou sua cabeça, não mais ousando olhar. Ela gritou furiosamente, “Qin Yu, se você ousar realizar atos tão imorais em mim, Chu Feng definitivamente não te perdoará!”

“Hahahaha! Chu Feng?”

“Aquele pirralho que depende do Emblema de Taikou?”

“Parece que você possui um relacionamento bem próximo com ele! Mas, infelizmente, seu Chu Feng não virá para te salvar.”

“Mesmo que ele ouse vir para te salvar, eu o farei se ajoelhar perante mim e o forçarei a olhar enquanto eu te forço abaixo — enquanto ele permanecerá completamente impotente.”

“Eu pegarei a mulher dele: O que ele pode fazer? Quem ele pensa que é sem Taikou? Ele quer lutar comigo, Qin Yu? Ele não é digno!” O semblante de Qin Yu também mudou instantaneamente quando ouviu as duas palavras ‘Chu Feng’, enquanto surgia com incomparável ódio e ressentimento.


Tradutor: GoldCrowZ   |   Editor: Vands



Fontes
Cores