MGA: Capítulo 567 – Dormir Junto Com Você


“Festival Lunar? Que festival é esse?” Su Mei piscou seus grandes olhos nebulosos e perguntou, intrigada.

“Você descobriu que a lua dessa noite está particularmente grande, particularmente redonda e particularmente brilhante?” Yuhe sorriu levemente, respondendo com uma questão ao invés.

“Sim, Sim! A lua de hoje está tão bonita. Eu nunca vi uma lua tão bonita.” Su Mei curvou seus lábios, concordando.

“Heh, a lua normalmente não é tão bela. Cada ano, acontece apenas uma vez e para esse fenômeno, há muitos tipos de explicações. Porém, na Região do Mar Oriental, o mais difundido é uma lenda.” Yuhe disse.

“Lenda? Que lenda? Sênior Yuhe, me diga rapidamente!” Su Mei perguntou curiosamente.

“As lendas dizem que, em tempos antigos, apenas o sol existia e não havia lua. Também não havia estrelas que preenchessem o céu. Assim, durante o dia, o sol iluminava brilhantemente o céu, mas quando a noite chegava, era totalmente escuro, ao ponto onde ninguém poderia ver os dedos se esticassem o braço.”

“Em tempos antigos, havia um par de amantes. Ambos eram cultivadores.”

“Eles eram amigos desde jovens e não havia nada que eles não falassem. Eles tinham uma relação bastante forte.”

“O homem tinha até mesmo talento excepcional e era um raro gênio de cultivação. No mundo da cultivação, ele continuou fazendo avanços e se elevou poderosamente.”

“Mas nada pôde ser feito em relação à aptidão ordinária da mulher, assim ela foi lentamente deixada para trás, bem distante, pelo homem. Contudo, os sentimentos deles não dissiparam por causa da distância de cultivação deles. Ao invés, eles se tornaram mais e mais forte e deixou aqueles próximos a eles bastante admirados.”

“Todavia, com o passar do tempo, ambos ficaram mais e mais velhos. Embora a mulher pôde sempre manter a jovem aparência bela dela com medicina especial, o limite da vida dela gradualmente se aproximou.”

“O homem estava ciente daquilo e começou a pensar loucamente em métodos para salvar a mulher. Ele não se importava com a aparência dela, mas ele absolutamente não poderia perdê-la.”

“Finalmente, ele pensou em um jeito. Era de ficar mais forte, tão forte que ele poderia prolongar a vida da mulher.”

“E com o trabalho duro dele, ele finalmente pisou em um reino extremamente excepcional. Ele precisava de apenas um passo antes de entrar num reino que ninguém entrou antes. Era um reino que iria chocar o mundo. A fim de dar aquele único passo com sucesso, ele cultivou minuciosamente em isolamento.”

“Quando ele saiu de sua reclusão, o mundo estremeceu. Ele ganhou o poder para governar o mundo e já era invencível. Tudo estava dentro do alcance dele.”

“Mas o que ele nunca sequer pensaria, era que essa única cultivação de portas fechadas durou por várias centenas de anos. A amante dele não mais existia, ossos brancos eram tudo que restavam.”

“O homem perdeu todo entusiasmo. Ele possuía o poder de governar o mundo inteiro, se tornou um deus nos olhos de todos os vivos, mas ele não pôde fazer nada para salvar a pessoa que ele mais amou.”

“Ele chorou por um dia inteiro. Quando a noite caiu e ele viu o mundo completamente escuro, apenas então ele pensou em algumas palavras que sua amante disse antes para ele.”

“Ela disse que ela não gostava da noite, porque se não houvesse chamas, ela não poderia ver o rosto dele.”

“Ela disse o quão ótimo seria se a noite também tivesse o sol. Ela poderia então, a qualquer hora, ver a aparência dele.”

“O homem a amava tanto. Ele a amava tanto que sem ela, ele perdeu qualquer significado em viver. Embora ele tivesse um incontável número de anos restantes em sua vida e recebido a adoração do mundo, tudo aquilo era inferior à companhia da mulher.”

“Como ele já havia perdido quaisquer pensamentos de viver, como ele já tinha decidido acompanhar a morte da mulher, ele escolheu completar o desejo dela antes da morte dele, e ao mesmo tempo, fazer todos os amantes completos. Ele decidiu trazer luz para a noite.”

“Então, ele queimou seu próprio corpo como o preço de sacrifício, ele coletou muitas Singularidades Naturais e estabeleceu uma formação que cobria o céu inteiro. Condensou acima dos Nove Céus e finalmente, ele criou um objeto. Aquele objeto apareceria durante a noite para iluminar o mundo.”

“Além do mais, quando o homem estava formando tal coisa, ele a nomeou com seu suspiro final. Lua, o nome de sua amada.”

“É por causa da Lua que há luz na noite. Então, em lembrança da Lua, as pessoas nomearam o dia que a lua nasceu, como Festival da Lua, e hoje é esse dia.”

“Embora seja apenas uma lenda, é difundida e foi passada por gerações. Além do mais, um significado especial foi concedido sobre a lua. É para estimar aqueles próximos de você.” Yuhe narrou detalhadamente.

“Haha, besteira! O que é a lua? Há apenas uma nesse mundo e não importa quão mais forte um cultivador seja, eles não podem ser tão fortes para tornar o corpo deles em uma lua. É meramente uma lenda. Como isso possivelmente pode ser verdade?” Naquele instante, Jiang Wushang riu bem alto, sentindo que era asneira.

“Isso mesmo. Como pode a lua ser criada por um humano? Isso é absurdo demais. Venha, venha, venha, beba, beba, beba!” Zhang Tianyi também falou em desdém.

“Estimar aqueles próximos de você, huh?” Porém, a lenda como piada aos olhos dos homens, agitou pensamentos especiais nas mulheres.

Su Rou e Su Mei não puderam evitar de lançar os olhares cheios de amor para Chu Feng, que estava bebendo com Jiang Wushang e Zhang Tianyi. Não havia ninguém que soubesse o que elas estavam pensando.

Após o banquete, Chu Feng retornou impacientemente para seu próprio quarto e retirou o Filho de Magma, querendo refiná-lo. Afinal, atualmente ele tinha pesadas responsabilidades, assim, quanto mais cedo ele aumentasse sua força, melhor.

*dong dong dong, dong dong dong*

Mas justo quando Chu Feng se preparou para retirar o Filho de Magma, bateram na porta dele. Através do Poder Espiritual, Chu Feng sabia que quem havia chegado era Su Mei.

“Pequena Mei, nós acabamos de nos distanciar e você já está sentindo minha falta?” Chu Feng abriu a porta e descobriu que de fato, Su Mei permanecia ao lado de fora. Então, ele não pôde evitar de importuná-la.

“Sim, eu sinto sua falta.” Porém, surpreendentemente para Chu Feng, Su Mei que normalmente seria afetada pelas provocações dele, não apenas não foi nem um pouco afetada, ela ao invés saltou ao abraço de Chu Feng.

Aquilo nem foi tudo. Após Su Mei entrar no quarto, ela fechou as portas e na verdade, enquanto abraçava Chu Feng, empurrou Chu Feng mais além no quarto e o empurrou até a cama.

“Pequena Mei, você…” Quando encarando Su Mei que agia completamente diferente do normal, Chu Feng estava um pouco perdido no que fazer.

Embora Su Mei fosse frequentemente animada, alegre e fosse bastante íntima de Chu Feng, ela agia apropriadamente. Por exemplo, a coisa entre um homem e uma mulher ou dormir na mesma cama. Aqueles eram comportamentos proibidos, porém hoje, ela parecia estar fazendo ações tabu.

“Essa noite, eu quero dormir junto de você.” Su Mei engatinhou até o corpo de Chu Feng e novamente, colocou o belo rosto pequeno dela para encarar o rosto de Chu Feng, e com uma voz doce e calorosa, falou para Chu Feng.

*gulp*

Naquele momento, Chu Feng engoliu ferozmente um pouco de saliva, porque Su Mei em frente aos olhos dele estava encantadora demais.

Sob os cílios dela, um par de olhos grandes do tamanho de nozes, emanaram nebulosidade. No belo rosto dela, uma camada de rubor permeou. Era bastante enfeitiçador.

Especialmente enquanto Chu Feng deslocava seu olhar abaixo e passava os olhares sobre o peito dela, ele na verdade viu o branco como a neve. Os objetos esféricos originalmente firmes, e ainda macios, quando pressionados contra o peito dele, já se tornaram ovais, mas olhando do centro, ele ainda pôde ver uma ravina em forma de V. O tamanho daquilo não era para ser subestimado e simplesmente não poderia ser enxergado o fundo.


Tradutor: GoldCrowZ   |   Editor: Ryokusan000


Contribua com a Novel Mania!