MGA – Capitulo 51 – A Bussola do Mundo Espiritual 


A atual Su Mei estava usando um cheongsam e seu cabelo preto longo estava espalhado por seus ombros. Em cima da cabeça dela, havia um grande laço. Suas roupas misturado com seu doce rosto era realmente refrescante, limpo, refinado e era uma festa para os olhos.

“O que é isso querida? Depois de a gente se separar por tão pouco tempo, você já esta pensando em mim?” Vendo Su Mei que estava vestida daquela maneira Chu Feng não teve o que fazer, além de provocá-la.

“Você acredita que se você me chamar de querida mais uma vez, eu irei rasgar sua boca ao meio?” Su Mei rangeu os dentes e, instataneamente, seu rosto doce se tornou violento.

Mas Chu Feng,visto que achava a Su Mei, que estava daquela maneira, era ainda mais bonita, então ele gargalhou e disse, “Por que você não permite que eu te chame de querida? Eu sou seu amante!”

“Seu bastardo!”

As mãos brancas como a neve de Su Mei agarraram o braço de Chu Feng. Seus dois dedos eram como um par pinças que apertaram repentinamente. O rosto de Chu Feng balançou instantaneamente, sua boca se abriu e então um grito que era como o gemido de um fantasma, juntamente com o urro dos lobos foi ouvido na taverna.

“Ah……………………….”

Depois de um momento, os dois apareceram na estrada da Cidade Antiga.

Então um monte de experts estão reunidos aqui. Alguns viram a oportunidade para negócios e como eles estavam esperando por novidades da tumba, eles tiraram tesouros estranhos, mas preciosos e venderiam.

Quando Su Mei soube disso, querendo aproveitar da sua curiosidade, puxou Chu Feng e foi lá olhar.

Nesse momento, os dois estavam nas estradas antigas. Um garoto estúpido como Chu Feng estava seguindo uma beldade como Su Mei e isso atraía muitos olhares de admiração e inveja.

Mas era óbvio que Chu Feng sabia que quando ele estava com sorte e ao mesmo tempo ele não estava com sorte. Olhando para a parte verde em seu braço, Chu Feng disse se queixando, “Maldição de garota, você é muito violenta. Está verde agora”.

“Humph, vamos ver se você se atreve a me provocar agora!” Su Mei curvou seus lábios por que ela estava satisfeita do fundo de seu coração, ela olhava pra todos os lados contente. Enquanto ela falava, ela agarrou as mãos de Chu Feng e correu na direção de uma barraca na rua.

Naquela barraca, os itens exibidos eram todos joias para garotas. Os materiais eram bem únicos e todas as cores que deviam estar lá, estavam lá. Su Mei estava profundamente atraída por isso e ela se ajoelhou na frente da barraca e começou a selecionar seriamente.

A velha senhora que abriu a barraca estava extremamente feliz e ela começou a introduzir realmente os itens para Su Mei. Olhando para o sorriso malicioso daquela velha senhora, Chu Feng fez uma avaliação. Mulher de negócios de ofício!

Como ele estava entediado, Chu Feng lançou seu olhar para o lado e descobriu um velho homem que estava deitado próximo.

Aquele velho homem estava bastante sujo. Ninguém sabia à quanto tempo os seus cabelos foram lavados pela última vez e estava todo desarrumado e fedendo.

Ele tinha o rosto cheio de sujeira, remendos por toda a sua roupa e nos remendos tinham mais remendos. Ele estava carregando uma bolsa de roupas e alguma coisa desconhecida estava se mexendo dentro. Uma das pernas de sua calça era mais longa que a outra. Ele estava usando um par de sapatos rasgados, que de frente revelava seus dedões e por atrás revelava seu calcanhar.

Sua tenda não era como a das outras pessoas que tinham publicidade por todos os lugares. Ao invés disso, ele estava deitado com uma perna cruzada sobre a outra e ele era como algum vagabundo. Ele nem mesmo olhava para os clientes que estavam passando por perto.

Embora aquele homem não estivesse vendendo propriamente, a pilha de livros na frente dele atraiu a atenção de Chu Feng.

Atualmente, na superfície os livros não pareciam especiais. Estavam danificados, gastos e havia ainda uma camada de poeira neles. Você não podia nem mesmo dizer qual era o nome dos livros.

Mas, o Chu Feng que tinha Poder Espiritual descobriu que naquela pilha de livros havia um que continha uma flutuação estranha.

“Velho homem, você está vendendo esses livros?” Chu Feng se aproximou e perguntou.

O Velho homem nem mesmo ergueu sua cabeça. Ele simplesmente estendeu uma figura na direção de Chu Feng, mostrando um 1.

“Uma moeda de cobre?” Chu Feng tentou.

“Há! Uma moeda de cobre é suficiente para a refeição de um mendigo?” Ouvindo as palavras de Chu Feng, o velho homem se sentou com um ‘whoosh’ e ficou bravo.

“Velho homem, então você quer um tael de prata?” Embora Chu Feng foi educado na superfície, por dentro ele estava xingando, “Com uma aparência como a sua, mesmo que você diga que é um mendigo isso seria um insulto aos mendigos”.

“Uma Pérola Espiritual e você pode levar tudo!” O velho homem disse as palavras claramente.

“Droga! Por que você não me rouba de uma vez? Um preço tão alto para uns livros estragados?” Naquele instante, Chu Feng também ficou bravo.

Mas o velho homem não se importou. Ele se deitou no chão novamente e disse uma sentença, “é pegar ou largar”.

Depois disso ele murmurou pra ele mesmo, “Meus livros foram passados pelo meu ancestral. Em alguns deles devem haver alguns tesouros, só que pessoas normais não conseguem ver a diferença. Se não fosse por causa que os dias são duros de suportar, eu nunca iria vender esses livros”.

“Ancestral? Você é bem ridículo. Quem é seu ancestral?” Justo naquele momento Su Mei também se aproximou.

“Meu ancestral veio de um lugar bem longe. Ele é um Espiritualista Mundano!” O velho homem disse orgulhosamente.

“Espiritualista Mundano? Que arrogância!” Su Mei obviamente não acreditava nele.

“Você pode acreditar ou você pode não acreditar. No final, alguém que sabe o que fazer irá comprar isso”. Enquanto ele falava ele fechou seus olhos.

Ouvindo as palavras do velho homem, o coração de Chu Feng endureceu. Se o que ele disse fosse verdade, então o que Chu Feng sentiu muito provavelmente eram os restos de um Espiritualista Mundano.

“Su Mei, você tem uma Pérola Espiritual? Me empreste uma!” Chu Feng rangeu seus dentes e disse isso pra Su Mei.

“O que você está fazendo? Você realmente vai ser enganado por esse velho homem?” Vendo aquilo Su Mei não queria permitir.

“Se você tiver uma, por favor me empreste!” Chu Feng esticou sua mão na direção de Su Mei.

“Seu idiota, eu nunca vi você sendo tão estupido”. Embora ela dissesse isso, Su Mei tirou uma Pérola Espiritual de sua bolsa na cintura e entregou pra Chu Feng.

“Obrigado”. Chu Feng pegou a Pérola Espiritual e a entregou para o velho homem, “Velho homem, eu irei comprar seus livros!”

“Wow! Isso realmente é uma Pérola Espiritual. Você é bem rica jovem senhorita”. O velho homem agarrou a Pérola Espiritual e começou a inspecioná-la cuidadosamente. Depois de bater na Pérola Espiritual por um tempo com sua mão esquerda, ele a abraçou.

“Parece que é a primeira vez que você vê uma Pérola Espiritual certo?” Vendo a excitação do velho homem, Su Mei estava bastante insatisfeita.

Por outro lado, Chu Feng não disse nada. Ele envelopou as dezenas de livros com roupas usadas enquanto estava na tenda na rua e os colocou em seus ombros.

“Hehe, irmãozinho, você tem bons olhos. Como minha admiração por você, eu irei te dar um presente”. Mas justo quando Chu Feng estava se preparando pra sair, aquele velho homem tirou algo de sua sacola de roupa rasgada.

Era um disco roxo. O disco foi criado com um tipo especial de madeira. Nos quatro lados, norte sul, leste e oeste estavam escritos. Na esquerda e na direita, vida e morte, sorte e azar estavam gravados naquilo. Havia um símbolo estranho que estava encravado no meio do disco de madeira.

“O que é isso?” Su Mei agarrou o disco e o acessou curiosamente.

“Hehe, senhorita. Essa coisa veio de um lugar distante. É essencial para Espiritualistas Mundanos”.

“Isso pode prever vida e morte, sorte e azar. É chamado de a Bússola do Mundo Espiritual!” O velho homem disse como se ele soubesse tudo sobre aquilo.

“Oh? Isso é bem incrível. Como se usa essa coisa” Su Mei perguntou.

“Isso….isso é uma coisa para Espiritualista Mundano, como eu vou saber? Hehe, vocês dois estudem isso por conta própria. Espero encontrar vocês novamente!”

O velho homem pegou suas migalhas de pão seco como se estivesse com medo que Chu Feng fosse voltar atrás de sua compra. Então ele se virou e correu.

“Olhe! Eu sabia que ele era um caloteiro!” Vendo os passos do velho homem que eram como um tiro, Su Mei bateu seus pés no chão com raiva.


Contribua com a Novel Mania!