ISSTH – Capítulo 560: Antiga Seita do Demônio Imortal!


Meng Hao se sentiu um pouco estranho.

No entanto, o assunto estava completamente fora de controle. A mulher tinha flutuado e esbarrado nele, e não havia nada que pudesse fazer sobre isso. O mais vil de tudo era que estava bloqueando sua visão.

Agora, ele não conseguia ver nem um pouco do mundo lá fora.

Ela cheirava maravilhosamente e seu corpo era flexível e ágil. O rosto de Meng Hao lentamente se comprimiu na suavidade, que quase o enterrou completamente.

Seus olhos se arregalaram quando percebeu que, pouco visível quando olhava para baixo, era uma visão extraordinária que raramente tinha a chance de contemplar. E, no entanto, a única coisa que existia na mente de Meng Hao era fúria.

O que queria olhar não era essa mulher, mas o mundo atrás dela. Ser capaz de observar esse mundo antes do tempo era toda a fonte de sua vantagem. No entanto, a partir deste momento, sua vantagem estava sendo arruinada.

— Isso é ridículo! — Meng Hao resmungou para si mesmo. Então, respirou fundo da maravilhosa fragrância em torno de seu rosto.

“Extremamente ridículo!” Ele queria levantar a cabeça, mas era incapaz de mover seu corpo. Tudo o que podia fazer era respirar aquele aroma perfumado. Meng Hao agora existia num mundo, não de um céu estrelado, mas desta delicada fragrância que, independentemente de querer ou não, estava penetrando profundamente em sua alma.

Meng Hao não tinha outra opção senão fazer o melhor possível para memorizar a imagem do mundo exterior que havia visto brevemente. Gradualmente, uma imagem apareceu em sua mente.

A imagem foi toda baseada em suas memórias. Ela mostrava uma cadeia de montanhas que se estendia mais do que os olhos podiam ver. As montanhas subiam e desciam, na verdade ficando mais altas à medida que se estendiam à distância.

Parecia que essa cordilheira era, na verdade, um mundo inteiro. Se lembrasse corretamente, havia sete picos de montanha. O último deles parecia alto o suficiente para conectar o Céu e a Terra.

As montanhas mais altas que Meng Hao já havia visto nas terras do Céu do Sul tinham dezenas de milhares de metros de altura. No entanto, mesmo o menor dos sete picos das montanhas era tão mais grandioso que as duas coisas não podiam ser comparadas.

Cultivadores podiam ser vistos nas montanhas; eles pareciam tão pequenos quanto formigas.

Entre cada um dos sete picos das montanhas estendiam-se escadarias que ligavam os incontáveis edifícios luxuosamente decorados. Inúmeros pagodes e templos podiam ser vistos. Tudo isso foi preenchido com uma atmosfera profundamente arcaica. Estava completamente silencioso, mortalmente imóvel, como se fosse um túmulo.

Não havia vida.

Essa era a imagem que flutuava na mente de Meng Hao, baseada em seu único olhar. Esta foi a sua oportunidade.

Mesmo quando resmungou, o rio de estrelas mais uma vez tremeu. O tremor fez com que Meng Hao recuperasse repentinamente algum controle sobre seu corpo. Com o coração cheio de alegria, Meng Hao usou a cabeça para empurrar a suavidade à sua frente.

O que acabou acontecendo foi que seu rosto simplesmente afundou ainda mais na suavidade. No entanto, a suavidade parecia ter uma espécie choque, fazendo com que a mulher finalmente se afastasse dele. Era difícil dizer se era por causa da força da ação de Meng Hao ou da chocante agitação, mas a mulher parecia franzir a testa como se estivesse com dor.

Meng Hao limpou a garganta e depois olhou rapidamente para o mundo exterior. Montanhas antigas subiram e caíram. Os picos das montanhas se estendiam de maneira sublime. A imagem das sete montanhas não era muito diferente do que existia em sua memória. Meng Hao olhou novamente, e desta vez, notou que não havia nenhum pedaço de vegetação em toda a cadeia de montanhas. Elas estavam completamente nuas e emanavam uma forte aura de morte que permeava todas as montanhas…

Tudo estava em ruínas. Edifícios foram desmoronados. As estruturas elegantes estavam decrépitas. Não havia ervas daninhas presentes; claramente, a passagem do tempo assegurou que eles se transformassem em nada mais do que poeira, junto com todas as outras vidas.

O lugar inteiro estava em ruínas completas. As ruínas de uma seita!

A visão disso fez com que Meng Hao respirasse fundo. Demorou algum esforço, mas conseguiu levantar a cabeça, ao que notou que, esculpida na primeira montanha havia três personagens!

Esses três personagens eram vermelhos, como se tivessem sido literalmente pintados com sangue.

Seita do demônio Imortal!

No momento em que Meng Hao viu esses personagens, seu coração e sua mente tremiam. Embora há muito tempo especulasse sobre o destino final, agora podia estar certo… Este lugar era a Seita do Demônio Imortal. Ou, falando com maior precisão a antiga Seita do Demônio Imortal.

E esse lugar era naturalmente o Plano Imortal do Demônio Primordial!

Uma seita inteira. Um mundo inteiro!

Infelizmente, a seita tinha sido destruída. Esta outrora majestosa seita da Nona Montanha e Mar desaparecera há muito tempo no rio da história, uma seita que já foi ocupada por mais de um milhão de discípulos!

Meng Hao começou a ofegar quando notou que no topo da primeira montanha podia ser visto o cadáver de um Dragão Voador da Chuva. No entanto, esse dragão era muito maior do que o que ele havia visto na Seita da Confiança. Tinha quase dez mil metros de comprimento e era incomparavelmente chocante na aparência.

Meng Hao tinha uma afinidade especial com Dragões Voadores da Chuva. Quando ele olhou para este, se sentiu um pouco perdido por um momento antes de se recuperar e olhar para o segundo pico da montanha.

Quando olhou para o segundo pico, sua mente tremeu, e mais uma vez começou a respirar pesadamente. Mais cedo, quando olhou para os picos das montanhas, não os estudou com atenção. Agora, notou que havia um enorme cadáver nessa montanha também.

Este cadáver era em forma humana. No entanto, seu corpo era enorme, e em suas costas eram asas!

Era impossível ver de que cor eram as asas, porque o cadáver estava diretamente de frente para Meng Hao. As características faciais do cadáver não eram claras. No entanto, naquele instante, a imagem do Morcego Negro surgiu subitamente na mente de Meng Hao!

No terceiro pico da montanha havia três cadáveres, que por alguma razão pareciam familiares a Meng Hao. De repente, sua mente cambaleou. Esses cadáveres eram metade humanos e metade animais, e pareciam exatamente com a criatura da qual ele havia tirado a terceira espada de madeira da Terra Santa do Corvo Dourado!

No quarto pico da montanha estava um enorme dragão, com trinta mil metros de comprimento!

O dragão não era mais que um cadáver, mas ainda era completamente chocante.

Os dragões eram criaturas lendárias, mesmo no mundo do cultivo. Meng Hao os viu na forma de técnicas mágicas ou habilidades divinas. No entanto, um dragão real, ele nunca tinha visto um com seus próprios olhos.

O quinto pico da montanha ficava bem longe de Meng Hao, de modo que não podia ver claramente o cadáver que estava em cima dele. No entanto, o choque que sentiu ao ver as primeiras quatro montanhas foi completamente sem precedentes.

De repente, teve a sensação de que tinha algumas conexões muito fortes com este Plano Imortal do Demônio Primordial!

“Três espadas de madeira. Não me diga, todos elas vieram daqui? Tendo visto essa enorme Seita do Demônio Imortal, Meng Hao só podia imaginar o quão intrépido deve ter sido nos tempos antigos.

Mesmo com o coração e a mente tremendo, as pupilas de repente se contraíram. Isso porque acabara de ver uma pessoa na quarta montanha!

Era um homem de meia-idade, de costas para Meng Hao. Parecia estar cheio de uma infinita antiguidade, bem como profunda solidão. Meng Hao tinha certeza de que o homem estava parado no pico da quarta montanha, mas quando piscou, o homem se foi. Isso fez com que os olhos de Meng Hao brilhassem intensamente.

De repente, esta intrépida Seita do Demônio Imortal, que agora não passava de ruínas, começou a ficar embaçada. Era como se uma vasta neblina tivesse começado a cobrir o mundo inteiro.

Até mesmo Meng Hao e o rio de estrelas também começaram a ficar embaçados. O coração de Meng Hao começou a bater forte.

Ele agora tinha a sensação de que o ponto mais crítico na jornada para o Plano Imortal do Demônio Primordial havia chegado.

Seus olhos estavam fixos no mundo à frente enquanto girava sua Base de Cultivo. No entanto, tudo estava tão embaçado quanto antes. Meng Hao cerrou o queixo ao empregar a técnica de Visão Celestial que o papagaio lhe ensinara.

De repente, podia ver!

O que viu fez com que sua mente ficasse chocada. O que existia além do borrão ainda era a Seita do Demônio Imortal. No entanto, não estava mais em ruínas, mas sim, cheia de atividade!

Inúmeras figuras podiam ser vistas voando para lá e para cá dentro das montanhas. Havia inúmeros Cultivadores praticando o cultivo nas montanhas e o brilho das técnicas mágicas espalhadas em todas as direções. No céu azul, incontáveis itens imortais podiam ser vistas voando.

O Dragão Voador da Chuva no primeiro pico ergueu a cabeça e rugiu. De repente, moveu-se, fazendo com que um enorme vendaval surgisse. No entanto, para este Dragão Voador da Chuva, tudo o que havia feito era esticar o pescoço.

Quando viu o segundo pico da montanha, Meng Hao pensou no Morcego Negro. Com certeza, havia um enorme morcego de cor preta agora. Foi chocante na aparência e emanou uma aura intensa. Assim que Meng Hao viu, ficou abalado.

O mundo inteiro, toda a seita, não continha nem mesmo um fragmento de uma aura de morte. Tudo estava explodindo de vida. Na quinta montanha, vozes subiam e desciam, como se fossem proferidos sermões sobre as escrituras.

Um arco-íris em forma de ponte atravessava o céu, brilhando radiante. As pessoas sentavam-se de pernas cruzadas em todos os lugares, ouvindo as escrituras sendo recitadas ou ganhando a iluminação do Dao.

Todos esses Cultivadores tiveram aparências diferentes. Algumas eram pessoas, mas outros eram Demônios!

Mesmo quando Meng Hao cambaleou com o choque, de repente olhou para o quarto pico da montanha. Mais uma vez, viu o mesmo homem, de costas para ele. Irradiava a antiguidade e fez com que Meng Hao começasse a respirar pesadamente.

Parecia quase como se o homem pudesse sentir Meng Hao olhando para ele. E lentamente se virou para olhar para Meng Hao.

Ele não podia ver claramente como era o homem, mas o cérebro de Meng Hao estava cheio de rugido, no entanto. De repente, o mundo para o qual estava olhando começou a se despedaçar, camada por camada. E desapareceu rapidamente, como fumaça no ar. Em vez da florescente seita dos tempos antigos, tudo era agora destroços e ruínas.

Ao mesmo tempo, o rio de estrelas corria em direção às ruínas da antiga Seita do Demônio Imortal. Ao varrer as ruínas, todos os grãos de poeira se espalharam e começaram a descer sobre a enorme seita.

Meng Hao estava entre os pontos que caíam, assim como as dezenas de cultivadores das grandes terras do Céu do Sul. Todos eles estavam espalhados em diferentes locais.

Meng Hao, claro, era o único entre os que estavam acordados. Sua mente girou quando seu corpo, completamente fora de seu controle, disparou em direção às ruínas a uma velocidade incrível. As montanhas à sua frente ficaram maiores. Uma aura de morte e podridão bateu contra seu rosto, e então, estava disparando em direção ao segundo pico da montanha. Um rugido pôde então ser ouvido, e foi nesse instante que Meng Hao de repente recuperou o controle de seu corpo. O poder de sua Base de Cultivo explodiu e ele ergueu a mão direita.

Ele caiu no chão de joelho. Poeira se afastou dele em todas as direções, e seu cabelo chicoteava. Quando olhou para cima, seus olhos estavam brilhando.


Tradutor: Drago| Revisor: Delongas



Fontes
Cores