ISSTH – Capítulo 445 – Uma Gota de Chuva Violeta!


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                               PRÓXIMO CAPÍTULO


“Pelo Corvo Divindade!” Este foi o fim do hino fúnebre cantado pelos quase mil membros da Tribo dentro do escudo. Do lado de fora do escudo, seus companheiros da tribo rugiam enquanto lutavam, rindo loucamente.

“Pelo Corvo Divindade!” murmurou Meng Hao. Ele ergueu a mão direita e um brilho frio apareceu em seus olhos. De repente, ele olhou para Zhao Youlan, que ainda estava fugindo sob a proteção dos Élderes da Alma Nascente.

Seu rosto estava extremamente pálido, e os Élderes da Alma Nascente em volta dela tinham aparência de extrema vigilância.

Meng Hao olhou para ela friamente, depois desviou o olhar. Parecia que ela seria capaz de escapar da calamidade neste dia. Ele não tinha as mesmas vantagens de antes; portanto, seria muito difícil matá-la agora.

O corpo de Meng Hao cintilou quando ele atirou-se contra a força de quase três mil Cultivadores inimigos. A Formação Lótus de Espadas girou ao lado dele, emanando o poder do Tempo. Onde quer que ele fosse, o tempo parecia passar, e todos os Cultivadores do Ramo Aranha capturados dentro do alcance da formação subitamente ficaram mais velhos. Seus rostos imediatamente se encheram de espanto.

Desta vez, Meng Hao realmente causou um massacre. Ele vestiu a máscara cor de sangue, então acenou com a mão, enviando a Formação do Tempo de Espadas para um grupo de sete ou oito Cultivadores da Formação de Núcleo. Eles instantaneamente envelheceram e seus olhos se desvaneceram. Era como se um vento tivesse soprado para extinguir a chama de sua vida.

Meng Hao acenou com a mão novamente, e a luz chocante do Dedo de Sangue pôde ser vista. Qualquer um que o tocasse sentia seu sangue decaindo, e depois explodia em morte.

Meng Hao deu mais alguns passos para a frente, então apontou com o dedo esquerdo, apunhalando-o na testa de um Cultivador do Ramo Aranha esbravejante.

Ele matou de maneira limpa e eficiente. Com a levantada de uma manga, ele convocou o que restou de sua horda neo-demoníaca. Dez mil neo-demônios rugiram para se juntar à batalha caótica. Eles lutaram lado a lado com os membros das Cinco Tribos. Enquanto o som do hino fúnebre continuava a ecoar, eles lutaram até a morte com o Ramo Aranha!

O Morcego Negro não exibiu nada da estranheza de batalhas anteriores. Seus olhos brilhavam friamente enquanto desaparecia em um piscar de olhos, para reaparecer atrás de um Cultivador do Ramo Aranha. Ele envolveu as asas ao redor do homem, que lutou com espanto. Duas presas afiadas afundaram no pescoço do Cultivador, e a carne do homem instantaneamente murchou.

Toda vez que fazia isso, um brilho sangrento apareceria nos olhos do Morcego Negro, e sua estranha aura se tornava um pouco mais forte. No começo, procurou os mais fracos Cultivadores, mas gradualmente, seu olhar começou a cair sobre os Cultivadores no início da Formação de Núcleo.

Quando Meng Hao ocasionalmente olhava para ele, o mesmo de repente se continha, e não revelava qualquer indício sobre o que estava fazendo. No entanto, não demorou muito para que Meng Hao percebesse a vigilância mostrada pelo Morcego Negro a esse respeito.

“Há definitivamente um grande mistério em relação a essa criatura!” pensou Meng Hao. Agora não era a hora de pensar sobre tais assuntos. Depois de confirmar que a marca que o ligava ao morcego ainda estava intacta, ele continuou com seu extermínio dos Cultivadores do Ramo Aranha.

Nesta caótica batalha, não foi apenas o Morcego Negro que lutou de forma impressionante. Peludão, sua pele brilhando como prata, desceu para a luta como uma lua prateada. A nuvem de Demosquitos se espalhou, seus malditos órgãos bucais gorgolejando sangue fresco.

O crocodilo vermelho que agora tinha a forma de um Dragão Voador da Chuva, assim como o gigantesco lagarto, e todos os neo-demônios de Meng Hao experimentaram uma espécie de batismo por meio dos combates. Todos que sobreviveram continuavam a ficar mais fortes.

Alimentado pela loucura e ferocidade dos membros das Cinco Tribos, um impressionante massacre estava em andamento. A moral dos cultivadores do Ramo Aranha despencou. Uma vez que Meng Hao se juntou à batalha, a maré virou claramente em favor das Cinco Tribos.

Quando os neo-demônios apareceram, o Ramo Aranha experimentou um sentimento de devastação sem precedentes. Não demorou muito para que apenas mil restassem da força original de três mil. Sangue encharcou o chão, e o cheiro de sangue encheu o ar.

Foi então que um grito miserável pôde ser ouvido de cima. Exceto pelos dois Cultivadores da Alma Nascente que protegiam Zhao Youlan, o resto dos Élderes do Ramo Aranha estava agora em combate mortal com os sete Cultivadores com Almas Nascentes das Cinco Tribos. Agora mesmo, o grito veio de um dos Élderes do Ramo Aranha.

Ele era um homem de meia-idade cujo rosto estava pálido. Suas pupilas contraíram-se quando ele recuou para trás, uma ferida enorme no peito, dentro da qual seu coração pulsante estava visível. Diretamente à sua frente estava o Grande Élder do Corvo Sombrio, o cabelo despenteado, seu corpo coberto de ferimentos graves. Sua expressão chocante era de loucura, como a de uma besta selvagem.

Um estrondo encheu o ar quando o corpo do Grande Élder do Corvo Sombrio de repente explodiu quando outro Élder do Ramo Aranha se aproveitou da situação para exterminá-lo. No entanto, antes de morrer, ele ergueu a mão direita, dentro da qual estava a cabeça decepada do Cultivador da Alma Nascente de meia-idade.

Este foi o primeiro dos Cultivadores da Alma Nascente do Ramo de Aranha a morrer na batalha. Sua morte imediatamente chamou a atenção dos mil cultivadores remanescentes abaixo. A partir desse momento, parecia que qualquer vontade restante de lutar agora desaparecera completamente. Todos eles começaram a fazer tudo o que podiam para fugir.

Era como águas de maré. Seus rostos se encheram de pânico quando desistiram de atacar e se concentraram completamente na defesa e no voo em alta velocidade. Até mesmo os Cultivadores com Almas Nascentes remanescentes acima pareciam ter perdido a vontade de lutar, e estavam prestes a fugir.

Embora as Cinco Tribos agora tivessem a vantagem na batalha, o preço que pagaram foi incrivelmente pesado, muito mais do que o que poderia ser compensado pela captura do Ramo Aranha.

Portanto… como eles poderiam permitir que o Ramo Aranha fujisse?!

“Matem eles!”

“Matem eles!!”

Seus olhos vermelhos e cheios de frenesi e conforto de vingança, as Cinco Tribos dispararam em perseguição. Muitos membros da tribo ainda tinham lágrimas escorrendo pelo rosto.

Todos os membros da Tribo, tanto os Cultivadores comuns quanto os especialistas com Almas Nascentes, se juntaram à perseguição. Meng Hao não tinha como entender a dor que sentiam pela perda de seus amigos e familiares. No entanto, o que ele podia sentir era o desejo de vingança. Por alguma razão, isso também o fez pensar no Clã Ji!

De repente, outro Cultivador da Alma Nascente do Ramo Aranha morreu. Centenas de outros Cultivadores estavam sendo abatidos pelos neo-demônios de Meng Hao e os outros Cultivadores das Cinco Tribos.

Eles eram como uma avalanche, completamente imparável!

Foi nesse momento que, de repente, uma gota de chuva caiu sobre Meng Hao com um leve ruído. A cor dessa gota de chuva era um tanto estranha. Era violeta e, assim que pousou sobre ele, manchou sua roupa, encharcando-o para tocar sua pele.

Assim que a gota de chuva o atingiu, ele parou de andar. O lugar onde a gota de chuva o atingira era frio. A aura fria parecia ter o poder de exterminar força vital. No entanto, foi apenas uma gota, por isso, até onde Meng Hao se importava, ela era inofensivo.

“Chuva violeta?” ele pensou, franzindo a testa. Ele olhou para o céu e viu alguns pingos de chuva aleatórios caindo de cima.

“Não me diga que, porque tantas pessoas morreram aqui, a aura de sangue e ódio se fundiu e se transformou em nuvens? É daí que esta chuva violeta está vindo?” Depois de um momento de pensamento, ele suprimiu suas dúvidas. Olhando em volta, viu que pingos de chuva espalhados estavam caindo, não apenas sobre ele, mas sobre os corpos dos outros. Até mesmo alguns dos Cultivadores do Ramo Aranha estavam sendo atingidos.

Não parecia ser nada fora do comum, mas por alguma razão, Meng Hao não conseguia afastar a sensação de que a chuva tinha o poder de exterminar força vital. O pensamento disso rodou no fundo de sua mente.

Zhao Youlan também notou a chuva.

Mais cedo, ela estava mordendo o lábio enquanto observava seus companheiros da tribo morrerem. Não havia nada que ela pudesse fazer, infelizmente. Nenhuma ordem dela poderia garantir a vitória nesta batalha.

A luta decaiu em caos. Então o hino fúnebre começou, e Zhao Youlan entendeu. O Ramo Aranha… estava sofrendo uma derrota completa.

Ela sentiu como se seu coração estivesse se despedaçando. No entanto, o que mais se destacou em sua mente, a figura que a chocou mais do que qualquer outra coisa em sua vida, que fez com que sua provação pelo fogo se tornasse um completo fracasso, e quase a matou… era Meng Hao é claro.

No entanto, foi então que uma gota de chuva violeta caiu em seu rosto e, em seguida, desceu lentamente por sua bochecha. Ela era fria e fez um tremor percorrer seu corpo. Sem pensar, ela estendeu a mão para limpar a gota de chuva. Quando ela olhou para a água em sua mão, ela franziu a testa e de repente parecia ainda mais ansiosa.

“Chuva violeta?” Ela ficou boquiaberta.

A chuva violeta era muito leve e foi rapidamente esquecida por todos, exceto por Zhao Youlan e Meng Hao. Zhao Youlan teve o mesmo sentimento que ele teve. Algo sobre esta chuva… parecia estranho. De repente, seus olhares se encontraram no vasto campo de batalha, e eles puderam ver a vigilância nos olhos um do outro.

“Não foi ele.”

“Não foi ela.” Meng Hao e Zhao Youlan podiam sentir um ao outro hesitando. Seus olhares se separaram, e foi naquele instante que…

De repente, sons agudos podiam ser ouvidos vindos de longe. Este não foi o som de um hino fúnebre, mas sim, cornetas de guerra. O som instantaneamente elevou os espíritos dos Cultivadores do Ramo Aranha. Sua vontade de lutar de repente subiu novamente, e eles levantaram suas cabeças para o céu e rugiram.

Mesmo os Élderes com Almas Nascentes do Ramo Aranha acima não conseguiram esconder sua excitação. Os dois Élderes próximos de Zhao Youlan soltaram suspiros de alívio. Apenas Zhao Youlan parecia taciturna quando ela olhou para o céu.

Ao longe, podia-se ver uma faixa negra que parecia águas do mar enquanto assoviava pelo céu em direção a eles. Acima, aparentemente de pé dentro das águas negras do mar, havia um enorme escorpião vermelho, emitindo um chocante choro.

“O Ramo Escorpião!” gritou o Sumo Sacerdote, que atualmente estava preso em batalha com o Grande Pai da Tribo do Corvo Soldado. Quando o Grande Pai viu o que estava acontecendo, suas pupilas se contraíram e ele engasgou. Sua expressão agora estava cheia de pesar profundo. Se não fosse pela Flor Exótica do Coração Demoníaco, as Cinco Tribos poderiam ter sido poderosas o suficiente para aguentar essa guerra. Mas agora….

No meio do ar, os membros das Cinco Tribos cessaram sua perseguição e começaram a se agrupar. Seus rostos estavam cheios de loucura enquanto olhavam ao longe para o escorpião se aproximando!


Tradutor: Gafiam | Revisor: Delongas


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                              PRÓXIMO CAPÍTULO


Fontes
Cores