ISSTH – Capítulo 407: Quinta Geração dos Seladores Demoníacos!


“Dao Ancestral; Desejo Tenaz de Selar os Céus; Beneficência para Todos nas Montanhas; A Inevitável Tribulação do Dao Deve Vir para as Nove Montanhas e Mares; Meu Destino é Perenal.”

“Dao Ancestral; Estudo Demoníaco das Variações Miríades; Não Trilhe o Caminho dos Imortais! Enfrente a Tribulação das Nove Montanhas e Mares; Meu Dao é Eterno; As Massas Erraram, porém Meu Dao é Verdadeiro; Meu Destino é Perenal!”

A voz ancestral crepitou na mente de Meng Hao igual a um trovão. Os olhos de Meng Hao brilharam à medida que ele respirava fundo. Ele olhou para a enorme mão estendida do Ente a sua frente, e então seus olhos se encheram de determinação. Ele caminhou adiante diretamente até a palma da criatura.

Assim que ele pisou na gigantesca mão, o Ente ergueu sua cabeça em direção ao céu e rugiu. Seu rugido estremeceu o Céu e a Terra, fazendo com que as nuvens no céu se dispersassem. O azulado céu apareceu acima, junto também com um vórtice, aonde outro mundo agora era visível.

Ao mesmo tempo que isso ocorria, o Ente fechou suas mãos de tal forma que não machucasse Meng Hao. Então seu corpo se transformou em um feixe de luz verde que disparou em direção aos céus. Em um piscar de olhos, ele havia entrado no vórtice. Seu corpo começou a se expandir. Meng Hao observava o enorme Ente ficar cada vez mais largo. Em um piscar de olhos, ele havia se transformado em uma gigantesca árvore do Céu e da Terra.

No instante que a Árvore apareceu, a mente de Meng Hao crepitou com um estrondo. Sua consciência parecia ter se expandido; o Tempo fluiu e os Céus se estilhaçaram. As estrelas começaram a avançar em direção a ele.

Conforme ele olhava acima, ele viu que o Céu já não mais era o céu, mas sim, firmamentos. Olhando mais abaixo de onde ele estava, ele podia ver as vastas terras do Deserto Ocidental. Entretanto, eles não estavam separados do Domínio do Sul. Do outro lado do índigo Mar Via Láctea, as Terras Orientais estavam tremendo, e uma grande tempestade turvava entre eles e as Ourelas do Norte.

Essas eram as terras do Planeta Céu Sul, uma cena de quem sabe quantos anos atrás.

As vastas terras abaixo não eram planas, mas sim, esféricas.

A ecoante e arcaica voz do Ente repentinamente reverberou em sua mente.

“Esse lugar é…. o Planeta Céu Sul!”

“Contíguo a Nona Montanha e Mar estão quatro planetas perpétuos. Céu Sul, Triunfo Oriental, Junco Norte e Ventura Oriental. De acordo com a vontade primordial, eles orbitam perpetuamente ao redor da Nona Montanha…

“Já em relação a mim, eu vim de uma ilha do Nono Oceano chamada Luz Verde. Eu sou o mestre dos Virentes da Ilha Luz Verde!”

Meng Hao respirou profundamente. Conforme o Ente falava, ele viu as terras abaixo se contorcendo até que tomassem a forma de um planeta. Ao mesmo tempo que isso acontecia, ao longe no horizonte, ele viu….

Uma imensamente gigantesca e infinita montanha!!

O tamanho dessa montanha excedia largamente ao do Planeta Céu Sul. Era como a diferença entre um gigante e um inseto! No instante que Meng Hao o viu, sua mente começou a cambalear. Ele sentiu como se sua consciência estivesse sendo rasgada. Bramidos preencheram seu coração e mente.

Embora ele não tenha entendido completamente a Nona Montanha e Mar, ou o Planeta Céu Sul, ele não era um completo ignorante. Nesse momento, ele estava realmente olhando para … a majestosidade da Nona Montanha!

Ele observava a Nona Montanha, assim como também os quatro planetas que a rodeavam, incluindo o Planeta Céu Sul. Em ambos os lados da Nona Montanha, nas estrelas estendiam-se eternamente… dois mares enormes!

Talvez esses mares não fossem feitos de água do mar, entretanto, grandes ondas eram visíveis em sua superfície, ondas das quais pareciam grandes o suficiente para esmagar até mesmo planetas.

Essa cena fez com que a mente e o coração de Meng Hao estremecessem com uma intensidade sem precedentes.

Ao mesmo tempo, ele viu um raio de luz verde voando de dentro de um dos mares. Dentro do raio verde, ele viu uma enorme árvore verde que parecia capaz de lutar contra o próprio Céu.

A árvore saiu do grandioso mar, atravessando o firmamento e indo em direção ao Céu Sul. No entanto, ao se aproximar, um som estrondoso ecoou na mente de Meng Hao. De repente, um enorme rosto apareceu no Planeta Céu Sul.

Esse rosto tinha a aparência de um velho de olhos fechados. Era como se o Planeta Céu Sul fosse seu corpo, enquanto que sua cabeça era algo ilusório que sobrepassava o planeta. De repente, sua boca se abriu e ele disse algo para a iminente árvore. Meng Hao não foi capaz de entender exatamente o que ele disse.

Assim que a palavra saiu de sua boca, uma Árvore Virente dentro do feixe de luz começou a se desintegrar. Os fragmentos resultantes dele começaram a cair em direção ao Planeta Céu Sul.

A maioria desses fragmentos foram transformados em cinzas à medida que eles se aproximavam. Entretanto, um pequeno fragmento foi capaz de sobreviver. Ele então disparou através de Meng Hao, fazendo com que seu corpo se agitasse. O fragmento então se fundiu com ele e ambos caíram no Deserto Ocidental. Em seguida, uma raiz apareceu.

Meng Hao estava um pouco confuso. Ele não sentiu dor; ao invés disso, ele sentiu uma sensação de que havia se transformado naquela árvore. Inúmeros anos se passaram e ele acabou se tornando uma Árvore Virente.

À medida que os anos iam e vinham, um lobo branco, uma cobra colorida e um pequeno morcego faziam seus lares sob a árvore. Alguns anos se passaram. Finalmente e em uma noite chuvosa, uma pessoa começou a se aproximar.

Era um homem de meia-idade segurando um guarda-chuva. Ele parou na frente da árvore e olhou para ela.

“Então, outro ser veio para o Céu Sul a fim de confirmar seu Dao. Seu corpo e espírito foram destruídos, entretanto, uma singela parte de sua alma foi deixada para trás, apenas para provar a si mesma no Céu Sul…”

“Muito bem. Já que estamos no Deserto Ocidental do Céu Sul, eu usarei o poder da minha Liga a fim de abençoá-los com a habilidade de emitir totens. Assim como a Pílula do Dao Demoníaco do Domínio do Sul…. O caminho do Dao Ancestral, meu destino é Perenal.” O homem suspirou, ergueu sua mão e a colocou sob a árvore. Depois de muito tempo se passar, ele se virou e foi embora.

Conforme ele o fez, inúmeros feixes cintilantes foram emanados dele. Eles eram escuros e fracos, mas cada um deles parecia estar ligado ao seu corpo. Eles circularam e desapareceram no ar. Esses feixes pareciam não ser nada além de feixes de Carma.

“Eu sou a Quinta Geração de minha Liga, o Mestre Daoísta da Quinta Geração Demoníaca. Meu Dao é diferente daquele encontrado na Nona Montanha e Mar. Com diferentes Daos, acordos não podem ser firmados. Se eles estão certos ou errados, bem, não importa. Meu Dao existirá para toda eternidade!”

“Eu enfrentarei a Tribulação das Nove Montanhas e Mares.” O homem olhou para trás de volta a Árvore Virente. Conforme o fez, aparentava para Meng Hao quase como se ele estivesse olhando diretamente para ele. Sua mente de repente começou a zumbir. O homem continuou: “Encontrá-lo antes de minha partida… é o destino. Parece-me que nossos destinos se tornarão um ponto de iluminação para um dos meus sucessores no futuro.”

“Não é que a linha da Liga dos Seladores Demoníacos não pode ser quebrada. Se a geração mais nova puder ganhar iluminação, então ela continuará. Senão, então a Tribulação do Dao das Nove Montanhas e Mares chegará, e então as pessoas apenas se lembrarão da vontade dos Seladores Demoníacos.”

O zunido na mente de Meng Hao durou bastante tempo. Quando ele finalmente desapareceu, tudo que ele havia visto estava lentamente desaparecendo.

Ele … permanecia de pé na palma da mão do Ente. O céu estava cheio de nuvens como havia sido antes, e os cantos dos membros da Tribo do Corvo Batedor não mais ecoavam. Tudo o que ele tinha acabado de experienciar parecia ter acontecido em um mero instante. No entanto, o que Meng Hao havia experienciado durou uma eternidade.

Seus olhos se encheram com uma expressão vazia. Calibrando tudo ao seu redor, ele então desceu da mão do Ente e sentou de pernas cruzadas no altar. Meng Hao então fechou seus olhos.

Um brilho verde gradualmente começou a emergir de seu corpo. Dentro desse brilho verde, galhos podiam ser vistos. Eles se submergiram na superfície de pedra do altar; Meng Hao quase aparentou estar se tornando o próprio Ente.

Quando os integrantes do Tribo do Corvo Batedor viram isso, seus corações e mentes começaram a estremecer, eles permaneceram ali olhando em silêncio. O Sacerdote da Terra e o Sacerdote do Céu começaram a arfar e seus olhos se encheram de descrença.

Foi nesse ponto que um raio de luz se aproximou ao longe. Esse raio de luz então se transformou em um arcaico homem de meia-idade. As ondulações de sua base de Cultivo colocaram-no no estágio médio da Alma Nascente. No instante em que esse velho apareceu, seu olhar pairou sob Meng Hao, assim que o fez, sua expressão cintilou.

Depois de se passar um longo momento, o velho homem disse: “O Ancestral Virente está concedendo um totem…” Os dois Sumos Sacerdotes da Tribo do Corvo Batedor olharam para esse homem chocados. Expressões sérias apareceram em seus rostos conforme eles assentiam.

“Considerando o fato que ele está recebendo um totem do Ancestral Virente, cancele todas as investigações sobre ele. Não importa de onde ele veio, nem o quão verdadeiro ou falso eram suas palavras. A partir de agora, ele é um vassalo permanente da Tribo do Corvo Batedor!”

O tempo fluiu devagar. Quando os olhos de Meng Hao se abriram novamente, sete dias haviam se passado.

Ele viu que os membros da Tribo do Corvo Batedor em volta haviam se dispersado. Era noite e nem uma única pessoa estava à vista. Ele estava sozinho no altar no pico mais alto da montanha.

Seus olhos estavam cheios de confusão. Ele olhou para seu corpo e viu inúmeros galhos ramificados a ele, espalhando-se em todas as direções, como se ele fosse agora uma árvore.

Depois de um longo momento ter passado, ele respirou profundamente. Os galhos das árvores começaram a se retrair, lentamente, fundindo-se novamente ao seu corpo. Até que eventualmente, ele se levantou.

Sua expressão estava bem calma conforme ele olhava para o céu, foi então que ele soltou um suspiro absorto.

“Existem três mil Daos. O Dao Alquímico. O Caminho dos Demônios. Totens. Várias técnicas e métodos. Todos os profundos Daos. Seja os totens ou os Seladores Demoníacos, até mesmo o Talismã Celestial que fez as Terras Negras….

“É como as três páginas de artes secretas que eu adquiri. O primeiro é sobre catalisar e compor pílulas medicinais. O segundo, sobre a criação de tesouros Temporais. O terceiro, são as artes Dragonárias, a qual podem transformar demônios. Todas essas três páginas se conectam em vários aspectos, mas na realidade, todos eles vêm da mesma fonte!”

“Tudo possui algo a ver com o selamento Demoníaco!” Os olhos de Meng Hao começaram a brilhar com uma luz estranha. Conforme ele ganhava iluminação, ele finalmente percebeu que não importava se você estava falando sobre o Domínio do Sul ou o Deserto Ocidental, quando se falava do Céu e a Terra, tudo se tratava sobre os Imortais e os Demônios!

Se alguém quisesse algum exemplo claro sobre Imortais, não haveria ninguém melhor como exemplo do que o arrogante Clã Ji do Planeta Céu Sul. Se alguém quisesse um bom exemplo sobre os Demônios… o melhor exemplo seriam os misteriosos e multifários Seladores Demoníacos!

“Algo incomum é o fato de que os demônios são caracterizados por suas diversidades. Portanto, nas grandiosas terras do Céu Sul, eles são representados pelo Dao alquímico no Domínio do Sul. Eles são os símbolos talismânicos nas Terras Negras e são os totens no Deserto Ocidental. Certamente as Terras Orientais e as Ourelas do Norte têm suas próprias variações Demoníacas.”

“No final das contas, todos são demônios!”

“Eles são diferentes dos imortais. Os imortais têm sua dignidade, mas os demônios têm suas variações. Para os Imortais existe apenas um caminho, qualquer outro caminho miríade são os Demônios!” A mente de Meng Hao zumbiu como se um relâmpago estivesse em seu interior, ele de repente auferiu essa iluminação sem precedentes.

Assim que seus pensamentos chegaram nesse ponto, embora seu corpo estivesse no pico da montanha na Tribo do Corvo Batedor, sua consciência expandiu-se, ascendendo até as mais altas camadas do céu. Seus pensamentos começaram a fluir em sua mente desde a primeira vez que ele havia entrado nas Terras Negras, foi então que seus pensamentos começaram a coalescer em uma única conclusão.

“Tudo tem a ver com o Qi das Nove Montanhas e Mares. Imortais chamam isso de Qi Primordial. No entanto, a Liga dos Seladores Demoníacos a chama de Qi Demoníaco. Nesse caso… talvez a Nona Montanha e Mar sejam, na verdade, um inacreditavelmente massivo e poderoso Demônio Celestial!” Os olhos de Meng Hao começaram a brilhar intensamente.

“Se a Nona Montanha e o Mar são coletivamente um Demônio, então seu Qi preencheria os planetas que cercam a Montanha. Independentemente do Clã Ji ou de alguns outros especialistas poderosos, todos esses Imortais desejariam adquirir a Essência da Nona Montanha e Mar, e assim, eles se tornariam seu Senhor.

“Bem, do outro lado da moeda, o Selamento Demoníaco é apenas um outro caminho para o cultivo, e não tem nada a ver com adquirir o Qi da Nona Montanha e Mar. Se ele for um Demônio, então, ele pode ser selado ou reconhecido perante minha vontade!”


Tradutor: Rhuan   |   Revisor: Bonadeo   |   QC: Delongas



Fontes
Cores