ISSTH – Capítulo 394: A Pílula da Nutrição Demoníaca causa um frenesi!


CAPÍTULO ANTERIOR

Meng Hao continuou examinando a tira de jade.

“Neo-demônios são muito peculiares. Eles são basicamente divididos em nove níveis. Os três primeiros níveis são equivalentes ao estágio da Condensação de Qi. Os dois níveis do meio são similares ao estágio do Estabelecimento de Fundação, já os últimos três se equivalem a Formação de Núcleo…. Os neo-demônios que possuem poder equivalente aos Cultivadores da Alma Nascente são chamados de Neo-Demônios Terrestres!

“Neo-Demônios Terrestres são relativamente incomuns. Entretanto, ainda mais raros são os neo-demônios tão poderosos quanto os Cultivadores da Separação Espiritual. Esses são conhecidos como os neo-demônios Celestiais!” Meng Hao se lembrou do Dragão Alado da Chuva, e em como as pessoas haviam assumido que ele era um neo-demônio Celestial. Agora toda aquela situação passou a fazer muito mais sentido.

“Acima dos neo-demônios Celestiais são as criaturas do décimo segundo nível, elas são tão raramente vistas quanto penas de fênix e chifres de qilins. Neo-demônios desse nível são iguais aos totens, e eles são tão poderosos quanto alguém do Estágio em Busca do Dao, sendo que estão a apenas um passo de se tornarem imortais!”

“Os totens realmente se originaram dos Imortais?” Pensava Meng Hao. Ele então relembrou de todos os totens que havia visto e estudado em sua vida, bem como também da grandiosa árvore da Tribo do Corvo Batedor. De repente uma imagem apareceu em sua mente, essa imagem era um totem arcaico composto de símbolos mágicos do solo Celestial. Ele então balançou sua cabeça.

“Talvez essa seja a origem de apenas alguns totens. De qualquer forma, existem tanto totens fortes quanto fracos.” Meng Hao de repente tirou seus olhos da tira de jade e olhou em direção aos cinco pequeninos Lobos Virentes, o qual tremiam conforme permaneciam sentados em seus canis de madeira.

“Esses lobos recém-nascidos estão no primeiro nível na escala de poder dos neo-demônios. Eles possuem um ótimo talento latente; animais como estes seriam relativamente raros no Domínio do Sul. Parece que o Deserto Ocidental é realmente o lugar apropriado para a existência desses neo-demônios. Foi então que Meng Hao fechou seus olhos e entrou em meditação contemplativa.

Tarde da noite, Meng Hao repentinamente começou a ouvir vários sons lamuriantes e chorosos. Esses sons logo se transformaram em uivos que soavam quase como a birra de uma criancinha. Eles surgiram inicialmente de forma lenta, entretanto quando o amanhecer irradiou sobre o céu, esses latidos ficaram ainda mais intensos.

Esses latidos eram agora de tristeza, como se estivessem sofrendo com a coisa mais injusta em todo o Céu e a Terra.

Meng Hao franziu a testa e abriu seus olhos. O céu acima estava nebuloso conforme ele olhava para os canis de madeira a sua frente. Os cinco pequeninos filhotes de lobos virentes estavam arranhando freneticamente a porta do canil. Eles estavam até mesmo roendo a madeira, e um brilho verde podia ser visto em seus olhos. Eles obviamente estavam com fome!

Eles soltavam uivos angustiados sem parar e seus corpos estremeciam fracamente. O mais melodramático de tudo isso foi o fato da porta estar meio roída!

“Ah, calem a boca!”, disse Meng Hao conforme olhava para eles.

Os cinco filhotes de lobo instantaneamente recuaram, olhando ansiosamente para Meng Hao com seus enormes e brilhantes olhos. Eles pareciam estar se sentindo injustiçados e também famintos. Desde o momento que eles haviam nascido até agora, eles jamais haviam passado sequer um único dia com fome! A sensação de fome os preenchia assim como também um singelo medo.

A repreensão de Meng Hao fez com que eles se sentissem completamente maltratados.

Cinco lobinhos e uma pessoa permaneciam olhando um para o outro debaixo do céu azulado e nebuloso acima.

Depois de ter passado cerca de dez respirações de tempo, os cinco pequenos lobos mais uma vez começaram a soltar uivos pesarosos. Eles estavam sendo maltratados! Eles estavam famintos! Eles nunca haviam passado um dia sequer sem comida e agora eles estavam sendo repreendidos por Meng Hao. Seus soluços estridentes ecoaram sob o céu e seus pequenos corpos estremeceram como se estivessem sentindo frio. Alguns deles até mesmo possuíam lascas de madeira na boca. Vendo isso, Meng Hao levantou-se e se aproximou deles. Ao se aproximar, os pequenos Lobos Virentes recuaram até a porta do canil de madeira, eles olhavam ansiosamente para Meng Hao e lamuriaram o mais alto que podiam.

Meng Hao estendeu sua mão e pegou um dos pequenos lobos. Os outros quatro lobinhos subitamente pareceram estar extremamente nervosos, eles então decidiram voltar aos seus canis.

O pequeno lobo Virente que Meng Hao havia agarrado tinha uma marca branca em sua cabeça. Ela não era muito notória no começo, mas se você olhasse atentamente, era claramente visível.

Depois de pegar o lobinho, ele começou a chorar miseravelmente e tremeu de medo. Seus olhos arregalados estavam repletos de desamparo e medo.

“Ainda continua uivando? Eu acho que você estava uivando mais alto agora pouco.” Meng Hao olhava imponentemente para o pequeno lobo.

O pequeno lobo virente com a cicatriz branca na testa não parou de soltar seus ganidos vitimados. Meng Hao pôde ouvir o estômago do pequeno lobo roncando. Ele estendeu sua mão e tocou-o, finalmente descobrindo que o estômago do pequeno lobo realmente parecia estar completamente vazio.

Ele limpou sua garganta, e disse de forma embaraçada. “Parece que eu me esqueci que eles não são o Mastim de Sangue. Eles realmente precisam comer…” Meng Hao havia completamente ignorado essa questão em sua mente até agora.

O Mastim de Sangue não precisava comer, e Meng Hao já havia chegado a um estado onde ele se abstinha de comida. O lobinho podia sentir que a atitude de Meng Hao havia mudado e ele instantaneamente começou a uivar ainda mais alto. A expressão aflita em seus olhos tornou-se ainda mais evidente. Meng Hao de repente se sentiu um pouco culpado.

“Ok, ok, pare de chorar”, disse ele, acariciando a pele do pequeno lobo. “É minha culpa, tudo bem? Apenas espere um pouco, eu vou pegar algo para você comer.” Meng Hao o colocou de volta no canil e então imediatamente se virou e correu para fora do pátio. Recordando as palavras ditas pelo velho homem quando o mesmo havia saído, ele dirigiu-se para até as montanhas próximas.

Ele retornou ao meio-dia, um sorriso forçado era perceptível em seu rosto. Depois de entrar no pátio, ele viu os cinco pequenos lobos que ali permaneciam enfraquecidos perante sua fome. Meng Hao se apressou, indo de canil em canil. Depois de acordar cada pequeno lobo, ele pegou suas tigelas de madeira e depois produziu alguns alimentos que ele tinha adquirido naquela manhã e colocou-os dentro da tigela para que eles comessem.

Assim que os pequenos lobos sentiram o cheiro da carne fresca, toda a energia latente em seus corpos parecia ter explodido de forma abrupta à medida que eles avançaram e começaram a devorá-la.

Meng Hao permanecia de pé ao longe assistindo essa cena. Ele basicamente não tinha feito nada a manhã toda além de ir procurar alguma comida para os filhotes. Isso ia ser um problema.

“Não tenho certeza de como os outros Cultivadores vão criar seus neo-demônios, mas se eu continuar fazendo isso, vai ser muito inconveniente…” Meng Hao franziu a testa. No entanto, pensando nos uivos melancólicos dos pequenos lobos, ele percebeu que não poderia permitir que eles morressem de fome.

Ele observou que os pequenos lobos rapidamente devoraram toda a comida que ele passara a manhã inteira adquirindo. Eles então começaram a uivar novamente. De repente, ele sentiu uma dor de cabeça chegando.

“Vocês agem como se fossem pequenos Patriarcas…”, disse Meng Hao suspirando. Ele rapidamente produziu um pouco de água para dar a eles. Depois de terminar de bebê-la, as expressões dos pequenos lobos eram satisfeitas. Eles imediatamente ignoraram Meng Hao e começaram a brincar.

Meng Hao olhou para o céu entardecido, depois voltou para sua cabana de madeira, onde se sentou de pernas cruzadas a fim de refletir. Depois de um momento, seus olhos repentinamente se arregalaram e neles um brilho luminoso emergiu.

“Apesar de serem neo-demônios, eles ainda sim possuem bases de cultivo. Bem, já que eles possuem isso… então eu posso começar a alimentá-los com pílulas medicinais sempre que eu quiser! No Deserto Ocidental, eles veem as pílulas medicinais como tesouros preciosos e não as usam com frequência. Obviamente, eles não iriam usá-las em neo-demônios de baixo nível.” Foi nesse momento que ele lembrou da Pílula daNutrição Demoníaca do Clã da Neve Frígida¹.

A fórmula dessa pílula era muito esquisita. De fato, as plantas medicinais apenas constituíam uma pequena parcela da fórmula. O resto dos ingredientes requeriam o refinamento do sangue e da carne de vários neo-demônios de alto nível. Originalmente, Meng Hao havia achado isso um pouco confuso, mas agora tudo fazia sentido.

“O Clã da Neve Frígida costumava ser um dos clãs mais poderosos no Deserto Ocidental. Eles produziram geração após geração de Sublimes Dragonários. Isso certamente tinha a ver com a sua secreta técnica Dragonária, juntamente com algumas pílulas medicinais especiais.

“A Pílula da Nutrição Demoníaca usa o sangue e a carne de vários neo-demônios diferentes e pode ser preparada em vários níveis.” Meng Hao deu um tapa em sua bolsa de carregamento e trouxe à tona o enorme cadáver de um Dragão Inundado.

Anteriormente no campo de batalha nos arredores da Cidade da Neve Sagrada, Meng Hao havia aproveitado essa oportunidade para coletar alguns corpos de neo-demônios com a intenção de estudar e usá-los de alguma forma. Este Dragão Inundado possuía uma base de cultivo no estágio da Formação de Núcleo; de acordo com o sistema de classificação dos neo-demônios, ele deveria ser do sétimo nível.

“Vou compor algumas Pílulas da Nutrição Demoníaca e experimentar a secreta técnica Dragonária nesses pequenos lobos, eles devem ficar bem.” Meng Hao olhou de volta para os canis, e ele viu os pequenos lobos brincando de luta uns com os outros.

Ele fez um gesto com sua mão e o cadáver do Dragão Inundado começou a retorcer. Momentos depois, o cadáver havia se transformado em uma névoa de sangue. Foi nesse momento que Meng Hao trouxe à tona sua fornalha de pílulas negra.

O rosto juvenil que existia na fornalha de pílulas parecia estar apático. Ele olhou para Meng Hao e, desta vez, ele não se atreveu a demonstrar qualquer rancor. Ele obedientemente desapareceu, de forma que não obstruísse Meng Hao e o permitisse usar a fornalha de pílulas em sua plenitude².

Ele enviou o sangue para a fornalha de pílulas. Quanto às plantas medicinais, ele não tinha vastas quantidades delas, entretanto somente algumas delas seriam necessárias. Se ele fosse um alquimista comum, ele estaria preocupado. Entretanto, sendo um Grão-Mestre da Alquimia, ele era capaz de extrair propriedades³ medicinais de outras plantas afins de combiná-las para satisfazer os requisitos da fórmula.

Planetas medicinais emergiram e Meng Hao continuou a compor até tarde da noite. Ele segurava uma fornalha de pílulas em sua mão direita, aquecendo-a com a Chama Eterna à medida que a olhava enquanto ocasionalmente fazia ajustes na mesma.

Essa era sua primeira vez no ato de compor a Pílula da Nutrição Demoníaca, então o tempo foi se passando vagarosamente. Na manhã seguinte, ao amanhecer, os cinco pequenos lobos começaram a uivar de fome mais uma vez. Os olhos de Meng Hao brilharam conforme ele bateu em sua fornalha de pílulas. Um som estrondoso ecoou, e então uma pílula medicinal avermelhada emergiu.

No instante em que ela apareceu, a imagem de um Dragão Inundado rosnante também pôde ser vista de dentro dela. Parecia que o Dragão Inundado queria tomar o controle sobre a pílula, e logo após iria voar sobre os céus. No entanto, Meng Hao estendeu sua mão e agarrou a pílula. Não importava o tanto que ela tentasse, ela era incapaz de escapar do aperto de Meng Hao.

“Oitenta por cento de efetividade medicinal. Ainda é possível refiná-la!” Meng Hao então jogou a pílula de volta para a fornalha de pílulas e começou a usar o Encantamento de Transmutação do Dao alquímico para refiná-la. Depois de duas horas, surgiu uma pílula da cor vermelho profundo que não emitia aroma medicinal.

Porém, assim que a mesma apareceu, um cheiro começou a baforar sendo que os Cultivadores eram incapazes de detectá-la, apenas os neo-demônios conseguiam. Eles podiam claramente sentir esse cheiro, e assim que o aroma apareceu, os cinco pequenos lobos pararam de uivar e repentinamente concentraram seus olhares. Eles se empurraram contra a porta do canil, olhando através das fendas em direção à pílula que estava na mão de Meng Hao. Seus corpos estremeceram e eles estavam à beira de enlouquecer. Eles começaram a bater contra a porta, como se estivessem dispostos a morrer para pegar essa pílula.

Ao mesmo tempo que isso acontecia, em todas as áreas circunvizinhas da Tribo do Corvo Batedor que eram dedicadas na criação dos neo-demônios, o qual incluía cerca de cem pátios, rugidos começaram a ecoar pelo ar. Todos os neo-demônios do nível 1 ao 6 começaram a enlouquecer. Seus uivos se elevaram chegando a agitar o Céu e a Terra. Em seus olhos, essa pílula medicinal era aparentemente como se uma indescritível bênção tivesse abruptamente emergido.

Centenas de neo-demônios estavam rugindo. A intensidade desses rugidos imediatamente chocou todos os Neo-Criadores Demoníacos nos vários pátios vizinhos. Uma clara expressão confusa apareceu em seus rostos, e eles começaram a lançar vários feitiços sobre os neo-demônios a fim de controlar as suas insanidades.

O velho que agira tão arrogantemente para Meng Hao antes estava ofegante, e seus olhos estavam arregalados. Ele olhava para os neo-demônios de quarto nível que ele estava criando, seu rosto estava repleto de espanto perante em quão louco eles estavam agindo agora.

Uma multidão de vozes ecoou das redondezas.

“O que está acontecendo…?”

“O que aconteceu?”

“Os neo-demônios estão se rebelando?”


Tradutor: Rhuan   | Revisor: Delongas


CAPÍTULO ANTERIOR

1 – A ‘Pílula da Nutrição Demoníaca’ aparece anteriormente na batalha do capítulo 370.

2 – Nota do Deathblade: Meng Hao adquiriu a fornalha de pílulas durante a prova de fogo do Lorde da Fornalha Violeta (capítulo 281). A fornalha resistiu a ele inicialmente, fazendo com que fosse impossível para que ele a utilizasse. Algum tempo depois, ele a entregou para a geleia de carne (capítulo 295). Ele eventualmente conseguiu subjugá-la quando ele compôs a Pílula do Núcleo Dourado Perfeito (capítulo 336).

3 – Vocês devem ter entendido, porém vamos deixar os pratos limpos; ‘Propriedades Medicinais’ está no sentido de: “Característica de uma substância que lhe confere uma particularidade; qualidade inerente aos corpos: a porosidade é uma propriedade da matéria” (FÍS-QUÍM).


 


Fontes
Cores