ISSTH – Capítulo 373: Como pode ser ele!?



Ninguém da Cidade Neve Sagrada entendeu o que Meng Hao estava falando. Eles pensavam que ele deveria ter algum tipo de passado relacionado com a Criança do Dao do Palácio das Terras Negras, porém eles obviamente não sabiam dos detalhes.

Entretanto, assim que essas palavras entraram nos ouvidos de Luo Chong, sua mente instantaneamente começou a trepidar. Por trás de sua máscara, seu rosto estava inteiramente repleto de descrença. Haviam duas pessoas que ele mais temia na vida, uma delas era Fang Mu do Domínio do Sul, a outra era o Lorde Demônio das Terras Negras.

Assim que ele ouviu as palavras de Meng Hao, ele instantaneamente entendeu. Suas pupilas se contraíram imediatamente.

“É ele! Definitivamente é ele! Ele é o único que conhece aquele acidente. Merda, mas como poderia ser ele!?” Luo Chong começou a tremer e seus olhos se arregalaram conforme ele relembrava da cena daquele dia. Seu coração estremeceu quando ele lembrou o pesadelo que sua vida havia se tornado após ele ter vindo para o Palácio das Terras Negras tentar dissipar o veneno.

Todo mês, havia um período de alguns dias em que seu corpo inteiro parecia estar sendo esfaqueado. Essa dor era muito difícil de suportar, a única coisa que ele podia fazer era gritar em constante terror. Mesmo seu mestre foi incapaz de ajudá-lo e até mesmo todos os alquimistas das Terras ao Leste também estavam impotentes. Todos esses pensamentos estouraram em sua mente, fazendo com que ele se oprimisse.

Sua mente ficou agitada e seu rosto empalideceu. Medo podia ser visto em seus olhos. Ele nunca teria imaginado que mesmo depois de todos seus esforços em evitar o Lorde Demônio, justo na primeira vez que ele foi até um local remoto, ele havia encontrado aquela criatura tenebrosa.

Ele permaneceu ali, totalmente pálido, seu coração estava repleto de um indescritível remorso. Ele desejava gritar se dizendo inocente, ele verdadeiramente não sabia que o Lorde Demônio estava nesse lugar. Se ele soubesse, mesmo que ele fosse espancado até a morte, ele jamais teria botado seus pés aqui.

Ele então pensou sobre todas as coisas que ele havia dito e feito, e também as ‘instruções’ de não se aproximar dentre trezentos quilômetros do Lorde Demônio, seu corpo inteiro começou a estremecer. Um inexplicável pavor surgiu do fundo de seu coração, quase como se fosse uma tempestade

Ele pensou sobre o quão temível era o Lorde Demônio, o sentimento que ele emanava parecia como se ele tivesse vindo das profundezas do inferno, e também em como ele poderia matá-lo com um simples pensamento. Todas essas coisas estavam afligindo Luo Chong, parecendo que uma gigantesca montanha estivesse o oprimindo.

Criança do Dao do Palácio das Terras Negras? Honra e glória? Face? Todo esses pensamentos se dispersaram da mente de Luo Chong. A coisa mais importante era a sua vida. Por causa disso, Luo Chong sentia uma extrema camada de medo.

“Merda, por que ele está aqui?!”

Conforme a mente de Luo Chong girava e o medo emergia de dentro dele, ele continuava ali, com um olhar totalmente empalidecido.

Os cultivadores ao seu redor estavam espantados. As palavras de Meng Hao possuíam um tom extremamente arrogante o qual fez com que os Cultivadores ao redor sentissem uma certa ansiedade. De repente, alguém deu um passo adiante e falou: “Como você se atreve?! Esse é a Criança do Dao do Palácio das Terras Negras! A única pessoa que irá fugir por trezentos metros serão aqueles covardes, seu alquimista insignificante! Você realmente se atreve a falar de tal forma?!”

Essas palavras atingiram Luo Chong igual a um relâmpago. Seu corpo tremeu, foi então que ele subitamente se recuperou de seu devaneio. Seu coração continuava repleto de terror, assim como também uma indescritível fúria. Entretanto, antes que ele pudesse liberar toda sua fúria….

Outro cultivador apressadamente avançou, exalando uma fiel e devota aura. Ele falou Irritadamente, “Quem diabos você pensa que é? A Criança do Dao ocupa uma posição extraordinariamente respeitosa. Essas suas palavras de agora o sentenciaram à morte!”

Essas afirmações foram ouvidas por Luo Chong, fazendo com que ele tremesse ainda mais violentamente. Sua fúria agora havia crescido até os céus, e um sentimento infindável de medo completamente o sufocou. A razão para isso, era o olhar frio nos olhos de Meng Hao.

Sua mente parecia estar prestes a explodir.

Mais um cultivador foi adiante dizendo. “Você…” Mas antes que ele pudesse terminar suas palavras, Luo Chong levantou sua cabeça até os céus e soltou um estridente grito enfurecido.

“CALA BOCA! Droga, vocês estão tentando fazer com que uma Criança do Dão seja morta!!” Ele disparou adiante e sem hesitar deu um tapa no cultivador que estava prestes a falar.

Um estrondo ecoou, e o cultivador estremeceu igual a um gatinho com a pata quebrada, sangue foi expelido de sua boca e um olhar confuso apareceu em seus olhos. Com uma fúria visível sobre seu rosto por de traz da máscara, Luo Chong girou e rapidamente fez um gesto de encantamento. Instantaneamente um brilho estrelado apareceu, envolvendo um dos cultivadores que havia acabado de falar.

Um grito miserável foi ouvido. Era como se esse homem fosse inimigo de Luo Chong, e ele iria fazer de tudo para que conseguisse matá-lo!

“Seu atrevido de merda!” gritou Luo Chong. “Como você se atreve a tramar contra uma Criança do Dao?! Você está morto!” Outra explosão ecoou no ar conforme um cultivador explodiu em pedaços, sendo exterminado diretamente por Luo Chong.

“Se você deseja me desrespeitar, então tudo bem. Entretanto desrespeitar o grande Lorde Demônio é o mais abominável dos crimes! Todos vocês merecem morrer!! Você pode ser insolente com qualquer pessoa no mundo inteiro, menos o Lorde Demônio!!” Com um rugido, ele avançou em direção a primeira pessoa que havia falado. O homem olhou espantado, com sua face empalidecida. Ele estava prestes a tentar se explicar, porém, iria Luo Chong possivelmente escutar? Tudo o que ele desejava fazer era matar esse homem, com a esperança que fosse evitado qualquer tipo de mal entendido com Meng Hao.

Ele rapidamente chegou a decisão de descarregar todo seu ódio nessas três pessoas. Ele tinha a esperança que o tenebroso Lorde Demônio entendesse que ele havia imaginado que as palavras desses três homens tinham a intenção de fazer com que Luo Chong fosse morto.

Sons de explosões ecoaram pelo ar conforme Luo Chong atacava com um
Inigualável poder. Ele se movia igual a um relâmpago, instantaneamente exterminando o cultivador que estava um passo de ter falado. Seu cabelo estava uma bagunça, e seus olhos estavam vermelhos conforme ele tremia e se virou para Meng Hao. Ele apertou suas mãos e se curvou profundamente.

“Junior presta suas saudações, grandioso Lorde Demônio,” disse ele tremendo. “Esses vermes insolentes de agora pouco estavam meramente falando besteira, junior já os exterminou. Lorde Demônio, eu imploro a você… por favor me perdoe, Lorde Demônio.” Ele disse apressadamente, sua voz estava trêmula e repleta de medo. Todo mundo ao redor foi capaz de ouvi-lo.

Um silêncio mortal apareceu dentro e fora da cidade.

Os quatro Grandes Élderes olhavam chocados, assim como Hanxue Shan e todos os outros cultivadores da Cidade.

Do lado de fora, os cultivadores circundantes olhavam para Luo Chong completamente empalidecidos. Ao longe, os cultivadores do Palácio das Terras Negras tinham esquisitas expressões em seus rostos. Eles claramente não sabiam como deveriam reagir a essa estranha maré de eventos.

Os olhos dos cinco cultivadores da Alma Nascente estavam arregalados. Luo Chong estava agora agindo de uma forma extremamente oposta a qual havia antes…

“Junior verdadeiramente não sabia que você estava nesse lugar, grande Lorde Demônio, eu realmente não sabia. Eu…. eu…..” Luo Chong tremia conforme um sentimento de iminente morte percorreu por todo seu corpo. Ele sabia que ninguém poderia salvá-lo, nem seu mestre, nem os alquimistas das Terras ao Leste e nem mesmo os cinco cultivadores da Alma Nascente.

Seu coração estava repleto de arrependimento, um completo e absoluto arrependimento. Ele jamais deveria ter saído do Palácio das Terras Negras…

 


Tradutor: Rhuan   |   Revisor: Bonadeo   |   QC: Delongas



Fontes
Cores