ISSTH – Capítulo 314 – A Arte do Consentimento Justo


Nos anos que virão, os cultivadores que estavam do lado de fora da bacia da Caverna do Renascimento não seriam capazes de esquecer dos acontecimentos que eles testemunharam.

Em suas memórias sempre estaria a imagem de uma estrela cadente voando para fora da neblina da bacia. Esta estrela parecia estar inflamada com um fogo capaz de rechaçar os Céus, e emitia um brilho reluzente que nunca seria capaz de ser esquecido.

E dentro daquela chama e de seu brilho estava, obviamente, Meng Hao.

O Aprendiz do Legado da Seita Destino Violeta; o quarto Grão-mestre do Domínio do Sul, Caldeirão na Pílula; o portador da Escritura Espiritual Sublime; herdeiro do Legado do Imortal de Sangue. Qualquer um desses títulos isolados era o suficiente para deixar qualquer Cultivador já famoso.

Contudo, para todos esses títulos serem incorporados em uma única pessoa… isso certamente fazia essa pessoa se tornar uma lenda no Domínio do Sul.

Pois agora, Meng Hao era absolutamente uma lenda. Apesar de sua base de Cultivo não ser muito alta e ele não ter ficado muito tempo no Domínio do Sul, nada disso importava de verdade. Ele não poderia evitar de brilhar intensamente; desse dia em diante, ele seria como um sol no céu do meio-dia!

Ninguém iria ser capaz de esquecer aquela estrela cadente, nem a enorme imagem de uma Roca que surgiu em volta dela, fazendo que Meng Hao parecesse ter se tornado seu núcleo. Enquanto disparava para fora da bacia, voando por cima dos cultivadores que a olhavam fixamente.

Eles assistiam ele passar pela bacia, atravessando o bloqueio feito pelos cultivadores do estágio de Alma Nascente dos Clãs Ji e Li, e estilhaçando as magias de selamento que giravam pela região. Esses selamentos colapsaram assim que essa estrela cadente e a Roca voaram através dos Céus e da Terra!

Até se distanciarem atingindo a marca de mil quilômetros de distância, e então desapareceram da região da Caverna do Renascimento, desvanecendo em direção horizonte.

Logo após isso um vórtice semelhante a um buraco negro surgiu, ao qual Meng Hao adentrou e em seguida ele realmente havia partido de fato.

Os cultivadores da Seita Destino Violeta, incluindo os dois Patriarcas do estágio de Separação Espiritual, assistiam ao longe Meng Hao desaparecer. Ao verem com seus próprios olhos que ele tinha partido em segurança fez com que bem no fundo de seus corações, eles suspirassem de alívio.

Wu Dingqiu permaneceu congelado onde estava, seu rosto expressava conflito ao refletir tudo que presenciara nesse dia. Ele suspirava emocionadamente em seu coração, relembrando-se de Meng Hao quando o encontrava pela primeira vez no Estado de Zhao e os acontecimentos que se sucederam após isso relacionados a lança de ferro.

Tudo isso era como se fosse um sonho. Enquanto ele refletia sobre tudo que acontecera, quase não podia acreditar que foi real.

Já o Excêntrico Song olhava para o céu com a expressão tão emotiva quanto a de Wu Dingqiu.

Ao lado dele estava Song Jia, esta que depois de ter sido teleportada retornou para seu lado um tempo depois. Ela silenciosamente olhava para o horizonte. Enquanto assistia aquele homem que supostamente era para ser seu marido, apesar de eles, na verdade, nunca terem trocado uma única palavra um com o outro. Sua sobrancelha cerrada fazia revelar uma amargura que ela não tinha sido capaz de dissipar durante todos esses anos.

O Patriarca Luva Violeta também assistiu a isso em silêncio. Ele meneou a cabeça com um sorriso amargo. A Seita Luva Negra conhecia bem Meng Hao, afinal devido ao que ocorreu na Terra Santificada e a questão de Meng Hao ter conseguido fazer a Vexação Suprema o aceitar como mestre. A Seita Luva Negra estava em um verdadeiro impasse sem muitas esperanças com relação a ele.

No entanto, independentemente de tudo isso, Meng Hao, utilizando-se da identidade de Fang Mu, havia ousado retornar a Seita Luva Negra e combatido lá uma batalha alquímica. E além disso, até mesmo criou pílulas para eles.

Quando o Patriarca Luva Violeta refletiu sobre tudo isso, não podia deixar de sentir por ele uma admiração profunda em seu coração.

Os membros da Seita Espada Solitária, da Seita Geada Dourada e do Clã Wang tinham todos expressões diversas em seus rostos. Felizmente, Wang Tengfei não estava presente; pois se ele tivesse, as emoções complicadas que teria, iriam sobrecarregá-lo como se tivesse sido levado por uma enxurrada.

Durante todos esses anos, todas as cinco grandes Seitas e três grandes Clãs tinham sem nem perceber se relacionaram de alguma forma, seja com Meng Hao ou com Fang Mu.

Han Bei suspirou resignadamente. As imagens de Meng Hao e Fang Mu circulavam pela sua mente e gradativamente uma foi sobreposta com a outra até formar a imagem de um homem vestido em um manto vermelho, com uma máscara no rosto, erguendo a cabeça e rindo para os Céus. Isso criou uma verdadeira impressão profunda dentro dela.

Wang Youcai também permanecia em silêncio se relembrando do passado, quando se encontrou com Meng Hao no Monte Daqing e sua vivência no Condado de Yunjie.

Chu Yuyan mordia seu lábio, incapaz de determinar o que exatamente ela estava sentindo. Parecia que ela sentia em seu interior uma dor interna, uma melancolia e desapontamento consigo mesma. Era como se algo estivesse escapado pelos seus dedos. Ela sentia como se… subitamente tivesse perdido alguma coisa importante.

Ye Feimu abaixou a cabeça se recusando a olhar para o céu. Entretanto, dentro de seus olhos havia um brilho de determinação. Ele tinha fê que Meng Hao iria ascender até o topo em algum outro lugar do mundo e isso significava que ele não podia relaxar. Haveria um dia no futuro em que os dois iriam se encontrar novamente; quando esse dia chegasse, ele iria com todas as forças conquistar a vitória sobre Meng Hao no Dao da Alquimia.

Chen Fan suspirou suavemente. Ele agora sabia que o caminho que seu pequeno Irmão Júnior da Seita Confiança tinha começado a trilhar, havia a muito tempo se diferenciado vastamente de seu próprio caminho.

Em seu coração, ele guardava uma profunda admiração por Meng Hao. Ele não invejava a sua identidade, mas sim admirava a vida que ele trilhava. Para ele a vida de Meng era… vastamente mais maravilhosa que a sua própria.

“Talvez ele seja realmente um Cultivador de verdade…” murmurou Chen Fan.

Já Li Shiqi estava com uma expressão de estupefação no rosto. Ela recordou-se do que o misterioso Patriarca tinha dito no dia que ela saiu de sua Seita para vir até esse lugar.

“Será que nos encontraremos novamente?” Ela pensou com uma risada leve.

Há alguma distância deles, Xu Qing estava olhando para o horizonte. “Nós definitivamente iremos nos encontrar novamente”, ela murmurou internamente. Sua personalidade era simples e suas feições eram frias. Ela não era muito inteligente, mas sua persistência determinada era mais profunda que de uma pessoa normal.

A determinação dela era tanta que se transformou em uma promessa para toda a vida.

“Eu esperarei por você…” ela firmou esse comprometimento em seu coração e então suspirou.

***

O Mar da Via Láctea dividia os territórios do Céu Sul em duas partes: Leste com Norte e Oeste com Sul.

E as peculiaridades desses territórios, respectivamente eram: o Grande Tang das Terras Orientais, a flauta do Qiang Di dos Territórios Nortenhos, os impressionantes heróis do Domínio do Sul e os totens do Deserto Ocidental.

O Grande Tang das Terras Orientais era conhecido pelo seu amplo poder, os Territórios Nortenhos por seus bárbaros intrépidos e o Domínio do Sul pelos seus muitos heróis extraordinários. Já o Deserto Oriental era conhecido também por ser o Oeste Bárbaro com seus Diabos do Ocidente. Na verdade, esse nome representava a insanidade deles.

Pois era no caos que o Deserto Ocidental seguia sua normalidade. Não haviam Seitas lá, apenas incontáveis Tribos. Algumas Tribos formavam alianças e essas então formariam coalizões maiores de poder.

Devido à infertilidade da terra deles, a escassez de recursos e também a condição do ambiente ser deplorável, os Cultivadores do Deserto Ocidental viviam uma vida de matança impiedosa. Eles cultivavam o poder de seus totens, esperando o dia em que iriam invadir e conquistar o Domínio do Sul.

As duas grandes guerras entre oeste e sul haviam ocasionado que grandes magias de selamento delimitassem as terras desses dois poderes. As regiões que não foram seladas se tornaram Terras Negras. Estas pertenciam tanto ao Domínio do Sul quanto ao Deserto Oriental. Portanto, como havia mais liberdade lá era também um ambiente mais cruel.

Algumas regiões das Terras Negras eram inférteis, já outras era o oposto disso, criando com isso um efeito de polarização. Mortes ocorriam por motivos mínimos, fazendo a terra estar constantemente preenchida com o cheiro de sangue.

Nesse exato instante em um local, onde demoraria cerca de um dia de viagem do Domínio do Sul para as Terras Negras, havia uma vasta planície repleta de ervas daninhas. Era meio-dia e um vento lúgubre soprou por dentre as folhas, as fazendo farfalhar levemente.

Até que subitamente, um vórtice surgiu com uma boca aberta semelhante a um buraco negro. Ele apareceu no meio do ar não emitindo nem um ruído sequer.

Uma súbita aparição de um vórtice como esse iria normalmente atrair bastante atenção. No entanto, haviam poucos Cultivadores do Domínio do Sul que passavam por essa região.

Instantes depois, alguém emergiu de dentro desse vórtice de buraco negro. Ele cambaleou para frente e virou-se para olhar para o vórtice, isso fez com que seu cabelo branco chicoteasse o ar em volta de sua cabeça.

Na sua testa podia ser visto uma marca que parecia com ambas, uma escama de peixe e uma pena.

Essa pessoa não era nenhum outro senão Meng Hao.

Usando o poderoso impulso que a Roca tinha lhe dado, ele ativou seu amuleto de boa sorte para se teleportar para fora da região do Caverna do Renascimento reaparecendo nesse lugar.

Ele permaneceu pairando no ar, assistindo o vórtice desaparecer com uma expressão de confusão preenchendo seu rosto. Tudo ao redor estava em silêncio, com exceção do som do vento.

Depois de algum tempo ter se passado, ele retirou uma tira de jade e abaixou a cabeça para analisá-la com uma expressão séria no rosto. Depois de confirmar sua atual localização no mapa, ele soltou um suspiro resignado. Ele virou-se na direção da Seita Destino Violeta e fez uma reverência profunda.

Ele ficou inclinado pelo tempo de algumas respirações. Quando ele voltou a olhar para cima, a confusão no seu rosto havia desaparecido e foi substituída por determinação.

“Eu passei cerca de dez anos confortáveis na Seita Destino Violeta”, ele murmurou baixinho. “Eu quase esqueci como é seguir a vida como um Cultivador Solitário errante”. Ele gesticulou com sua mão direita, fazendo com que uma semente de cor violeta se enterrasse no chão. Foi então que subitamente a terra se ergueu e dela voou videiras grossas que circulavam em volta de Meng Hao.

Ele sentou-se de pernas cruzadas bem no seu meio. Com os olhos brilhando, ele transmitiu sua ordem para as videiras e elas se adiantaram em frente o carregando em direção as Terras Negras.

Ele fechou os olhos enquanto viajava o mais rápido que podia para fora do Domínio do Sul. Ele não iria permitir quaisquer atrasos. No entanto, nesse momento sua base de Cultivo estava instável e ele também estava gravemente ferido. Sua força vital e longevidade tinham sido um pouco restauradas pela escama-pena. Porém, o que lhe restara era um tempo de vida ainda menor que um ciclo de sessenta anos.

Há não ser que fosse absolutamente necessário, Meng Hao não tinha qualquer desejo de gastar ou consumir mais de sua longevidade para se curar.

“Eu estarei logo nas Terras Negras; assim que chegar lá, encontrarei um local adequado para tratar meus ferimentos. É impossível de saber ao certo quanto tempo demorá até as pessoas do Clã Ji virão atrás de mim para me matar.” Sua expressão estava tranquila enquanto viajava sentado de pernas cruzadas em cima das videiras. Ele permitiu que elas se movessem o mais rápido que podiam, e com isso poderia gastar algum tempo tratando de seus ferimentos.

Ele acionou sua bolsa de carregamento para retirar o espelho de cobre. Ele o fitou por um instante e então o guardou de novo. E refletiu:

“Assim que eu alcancei a Formação do Núcleo. Eu tinha a sensação que tudo que tinha que fazer era me acalmar e lançar meu sentido no espelho e com isso seria capaz de fazer o espírito que estava dentro dele acordar… Infelizmente, devido as circunstâncias estarem muito calamitosas não me atrevi a fazer isso antes”. Ele não tinha certeza do que aconteceria quando o espírito do item emergisse. Como nesse momento, sua mente não estava em paz, não era a melhor hora de tentar se comunicar com o espírito; ele teria que esperar até estar completamente curado.

Em seguida, ele retirou a bolsa de carregamento de Ji Hongdong. E a primeira coisa que percebeu era que havia uma marca de um selamento mágico em sua superfície. Então não seria fácil de se abrir. Depois de um instante de consideração, ele a guardou de volta. Com um gesto com a mão, ele em seguida retirou um sino pequeno.

Esse sino era o item mágico que Ji Hongdong havia usado antes. Meng Hao o examinou por um instante, então fechou os olhos e focou-se em tratar de seus ferimentos.

Enquanto o anoitecer do dia seguinte chegava, ele não tinha encontrado nada muito surpreendente ou perigoso pelo caminho. As videiras os carregavam para as Terras Negras, esta que era uma região de fácil identificação. Pois o chão dali era preto e também era pretas todas as plantas que cresciam naquela região.

Essa era a razão de que era chamada de Terras Negras.

Entretanto, no instante que Meng Hao adentrou nas Terras Negras, a voz arcaica da Jade de Selamento Demoníaco subitamente surgiu em sua mente.

“Um Imortal da Nona Montanha; no ápice da pincelada; símbolos mágicos em todas as criaturas; o Colapsou dos Céus… Seu poder foi fundido dentro dessa terra e transformado em destruição e está repleto de força vital Demoníaca. Nessa terra… pode ser cultivado… a Arte do Consentimento Justo!”

A mente de Meng Hao estremeceu com isso e seus olhos imediatamente se abriram do nada.

Ele retirou abruptamente a Jade de Selamento Demoníaco e assim que a tocou, uma frieza gelada jorrou sobre seus dedos percorrendo-o até preencher sua mente. Essa frieza se transformou em uma mnemônica, uma única habilidade divina da Liga dos Seladores de Demônio!

Consentimento Justo era uma transmissão de poder Demoníaco a qualquer criatura viva!


Tradutor: Devlin   |   Revisor: Bonadeo   |   QC: Devlin


Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores