ISSTH – Capítulo 310 – Resplandecendo Tão Brilhantemente Como Sempre!


“MALDIÇÃO!” uivou a garota. Ela era muito linda e sua aparência antes de atacar era encantadora. Entretanto, seus golpes tinham sido tão explosivos como os de um dragão.

E agora ela estava uivando com um poder impressionante e com uma aura que a fazia parecer estar proclamando que ela era a pessoa mais importante do mundo. Ao ver ela assim, fez com que o escalpo de Meng Hao se arrepiasse; ele nunca tinha testemunhado antes uma mulher se comportando dessa maneira.

“MALDIÇÃO!” ela rugiu cerrando sua mão direita em um punho e o socando no chão. Não havia muito chão restante para isso, e seu ataque o fez desmoronar ainda mais rápido.

“Por que não poderia ser preto!?”

BOOM!

“Por que não poderia ser vermelho!?”

BAM!

“Por que não poderia ser violeta!?”

Após cada sentença, ela violentamente socava o chão em volta de Meng Hao, fazendo este chão começar a se desintegrar. Logo, somente o chão que estava diretamente abaixo dela sobrou.

Os socos avassaladores até mesmo fizeram o nada em volta dele começar a colapsar.

O escalpo de Meng Hao se arrepiou ainda mais. Essa garota era maluca! Tal poder bizarro era algo realmente além de sua compreensão. Ele tinha o pressentimento que mesmo se estivesse vestindo a máscara da cor de sangue, ainda não seria páreo para essa lunática.

Subitamente, Meng Hao lembrou-se em como Ji Hongdong tinha descrito essa jovem e concordou completamente com ele.

Vendo que ela estava deixando até mesmo o vazio em pedaços, Meng Hao rapidamente virou para trás e se dirigiu rapidamente para uma direção diferente do vazio. Enquanto se distanciava, ele escutou a mulher berrando raivosa.

“Por que tinha que ser verde!?”

BAM!

Seu rosto empalideceu ao ouvir isso, ele se preparou para se teleportar no vazio. Olhando brevemente para as costas de sua mão, viu lá a marca verde, ao qual estava gradativamente sumindo.

“Será que realmente tudo isso foi por causa dessa marca?…” ele pensou, hesitando por um instante. Ao lembra-se daquela assustadora garota maluca, ele estremeceu. Desde a sua infância até o dia quando ele cresceu e estudou para ser um erudito, até mesmo quando começou a praticar o cultivo, essa foi a primeira vez na vida em que se deparou com uma mulher tão assustadora assim.

Os olhos de Meng Hao começaram a se ofuscar. Quando se clarearam novamente, ele podia ver uma neblina negra adiante e também podia sentir uma aura familiar nesse ambiente. Tinha retornado a região da Caverna do Renascimento.

Nesse momento, o corpo do Imortal estava encolhendo rapidamente. Aparentemente, iria em muito breve retornar ao tamanho de um ser humano normal.

As pessoas estavam sendo teleportadas por todos os lugares em várias posições diferentes. No instante que Meng Hao surgiu, ele retirou o amuleto da boa sorte. Só levou um instante para testá-lo, o que o fez franzir o cenho. Como ele tinha antecipado, o amuleto não funcionou.

Guardando o amuleto da boa sorte, Meng Hao imediatamente disparou na direção da entrada da Caverna do Renascimento. Antes mesmo de ser teleportado, ele já tinha se decidido ir para lá. Ele sabia que ficaria preso nessa região, portanto, morto sem sombra de dúvidas. Não havia escapatória.

Sua única esperança de sobreviver estava na escolha de morrer… na Caverna do Renascimento!

Tal caminho, se levar em consideração sua atual situação, era sua única chance de sobreviver!

Ele não tinha mais nenhuma alternativa. Ele estava fazendo essa aposta após ter pensado em todo tipo de possível solução, portanto investiu imediatamente adiante.

No momento que ele foi teleportado retornando a bacia nebulosa, dentre um dos mais de dez pilares de luz, os olhos de um homem de meia-idade do Clã Ji abriram de uma vez.

“Ele está aqui!” falou gesticulando sua mão direita. Imediatamente, uma imagem brilhante se formou à frente dele, era a imagem de nenhum outro senão Meng Hao fugindo. “Ele está se dirigindo para o norte!”, ele falou tranquilamente, lampejando em sua perseguição. Os Élderes do Clã Ji do estágio de Alma Nascente o seguiram logo atrás adentrando na neblina da bacia, seus rostos estavam rígidos e repletos de intenção assassina.

Os doze ou mais de cultivadores do Clã Li também voaram pelo ar em rápida sucessão, seus rostos estavam repletos de intenção assassina quando iniciaram sua perseguição por Meng Hao.

Todas essas pessoas poderiam matar Meng Hao em um estalar de dedos. Entretanto, todos se juntaram na perseguição de Meng Hao; isso era algo que todos sentiram que precisavam participar.

Eles entraram na neblina, e assim que fizeram, nenhum deles pode sentir a presença do décimo Patriarca do Clã Wang. Este sorriu e também movera-se na mesma direção estando a plena vista de todos, mas ainda assim, ninguém o notou quando se juntou a eles entrando na neblina.

Os cultivadores do estágio de Alma Nascente dos Clãs Ji e Li prosseguiram atravessando a neblina negra e assim que fizeram isso, suas bases de cultivo foram lentamente restringidas. E logo, eles tinham suas bases de cultivo de volta ao grande círculo do estágio de Formação do Núcleo.

Apesar disso, cada um deles era poderoso o suficiente para imediatamente matar Meng Hao.

Eles se moviam em uma velocidade inacreditável. Já o homem de meia idade, que era o cultivador do estágio de Separação Espiritual do Clã Ji, teve sua base de Cultivo de restringida ainda mais. Ele podia resistir a isso, mas não por muito tempo. Nesse momento, sua base de Cultivo estava no estágio de Alma Nascente.

Ele era o que estava voando mais rápido através da neblina. Enquanto o ar silvava ao seu redor, ele subitamente ouviu uma tossida que soava muito antiga, vindo de algum canto próximo dali.

Essa tossida foi muito repentina; e imediatamente fez o rosto desse homem de meia-idade parar de se mover temporariamente.

“Quem é você?!” ele perguntou, com o rosto mostrando ansiedade e dúvida. Mesmo com a base de Cultivo restringida, ele ainda era um especialista poderoso do estágio de Separação Espiritual; sua habilidade de pressentir o perigo tinha sido ativada assim que escutou aquela tossida. Esta se tornou em um zumbido na sua mente e ele teve o pressentimento que o dono daquela voz poderia matá-lo imediatamente se assim desejasse.

“Que membro da geração sênior está aqui?”, ele perguntou, com seu escalpo se arrepiando. Ele lembrou-se da Caverna do Renascimento e foi preenchido um súbito pressentimento de crise que o fez começar a ofegar. “Senhor, eu sou do Clã Ji e….”

“Como que está o Ji Onze?” ele o interrompeu com uma voz arcaica, esta parecia estar repleta de emoção.

“O Décimo Primeiro Divino Patriarca…” a boca e a garganta do homem de meia-idade ficou imediatamente seca e seu coração começou a bater acelerado. Ji Onze era um nome que forasteiros não conheciam, era o nome de uma pessoa que pertencia ao grupo de membros mais antigos do Clã Ji.

Qualquer um naquele grupo era um ancestral que o Clã Ji inteiro tinha que ser prostrar em adoração.

“Senhor… senhor, eu nunca cheguei a ver o Décimo Primeiro Divino Patriarca…” o homem estremeceu; o que parecia ser uma imperceptível pressão, vinda do dono dessa voz arcaica, o fez sentir como se o mundo inteiro a sua volta estivesse desmoronando.

“Muito bem, então”, falou a voz que passava, semelhante a uma brisa, pelo homem de meia-idade. “Não irei lhe causar tantos problemas. Fique sentado aqui pelo tempo que leva um incenso queimar, depois disso poderá partir se quiser”. A voz estava repleta de seriedade que fez o rosto desse homem de meia-idade instantaneamente mudar. Ele hesitou por um instante, e então escolheu por se sentar de pernas cruzadas.

O décimo Patriarca do Clã Wang permaneceu bem na frente dele, olhando fixamente pela neblina negra. Porém, o homem de meia-idade não podia vê-lo de jeito algum.

“Criança, atrasei essa pessoa para você”, ele falou suavemente para si mesmo. “E com isso, lidei com seu maior problema. O resto deles estão restritos ao estágio de Formação do Núcleo, o que significa que você ainda não poderá escapar. Isso em contrapartida também significa que mesmo se eu lhe ajudasse a fugir, você ainda morreria lá fora. Se isso acontecesse, não teria outra alternativa, a não ser, remover prematuramente a perfeição de você.”

“Isso é uma pena. Desde tempos imemoriáveis, nunca foi possível forçar a perfeição a se desenvolver. Não sei ao certo que tipo de poder criou essa interferência… se não fosse por isso, eu poderia apenas levar você comigo e o deixaria crescendo sob minha custódia. Depois que você atingisse o estágio de Alma Nascente, eu poderia tomá-la de você. Bom, é melhor que você não me decepcione, certo?”, os olhos desse senhor de idade lampejaram com um brilho sinistro. Nesse instante, ele aparentava ser incrivelmente bizarro.

“São só sessenta quilômetros….” os olhos de Meng Hao brilharam reluzentemente. O lugar em que ele foi teleportado não era muito perto da Caverna do Renascimento. Normalmente, tal distância não seria nada para ele.

Entretanto, como estava cercado de perigos por todos os lados, essa distância de sessenta quilômetros representaria ou vida ou morte.

Ele estava atualmente se movendo na velocidade mais rápida que ele podia.

55 km, 52 km, 50 km… Meng Hao podia agora ver que o corpo do Imortal estava encolhendo. Ele estava prestes a ultrapassar por cima dele quando sua expressão subitamente mudou.

Uma explosão ressoou pelo ambiente e muitos membros das mais variadas seitas surgiram sendo teleportados para a neblina, esta se agitou em todas as direções, as expressões deles mudaram ao ver um grupo de velhos atravessando o ar disparadamente na direção de Meng Hao.

Nesse grupo estava Chen Fan, Han Bei, Chu Yuyan, Wang Youcai, Li Shiqi e também… Xu Qing.

Eles viram isso acontecendo; viram os velhos perseguindo e viram a quem eles estavam atrás. Pois ao longe estava… Meng Hao.

Por causa desse agitamento da neblina, esta subitamente se dispersou fazendo que Meng Hao estivesse agora completamente visível. Todo mundo podia vê-lo; além disso, ele não mais tinha qualquer intenção de esconder sua identidade. Portanto, todos os olhos estavam vidrados nele e somente nele.

“Meng… Meng Hao!” exclamou Chen Fan, fitando-o estupefado. Sua mente se agitou enquanto via boquiaberto Meng Hao. Ele o tinha procurado durante anos, mas nunca foi capaz de achar nenhum vestígio dele desde o instante em que desaparecera. Como ele poderia ter previsto que subitamente iria ver Meng Hao naquele lugar?

O rosto de Chu Yuyan empalidecera e seu corpo estremecia. Ela encarava vaziamente as roupas de Meng Hao. O rosto dela estava repleto de amargura, afinal ela tinha subitamente compreendido que… Fang Mu era Meng Hao!

Ele era um cultivador do Estado do Zhao com quem ela passou metade de um ano presa dentro de um vulcão. Essa revelação a atingiu como se fosse um raio. Na verdade, esse raio já tinha começado a fermentar dentro do seu reino mental, a preparando a si mesma para essa verdade; no entanto, nesse exato momento, ela não conseguia controlar mais suas emoções interiores. Seu coração foi irrompido com incontáveis complexidades emocionais.

Existia apenas duas pessoas na vida dela que lhe seriam consideradas como inesquecíveis. Uma delas era Meng Hao. Ela nunca poderia esquecê-lo por causa desses sentimentos conturbados causados por ele no passado quando estavam no vulcão. Aquele período tinha a preenchido com um ódio que era difícil de ser descrito em palavras.

E a segunda pessoa que ela achou que era inesquecível era Fang Mu. No instante que ela descobriu que ele era o Caldeirão na Pílula, descobriu a si mesma pensando nele diariamente, ainda que não soubesse ao certo o porquê disso. Tinha vezes que até a imagem dele aparecia na mente dela a fazendo dar uma leve bufada ou ocasionalmente, um leve sorriso. Em outras vezes, seu rosto ficava vermelho igual um pimentão.

“Fang Mu… Meng Hao…” dois rostos simultaneamente surgiram na mente dela e agora eles se sobrepuseram um no outro. No final, a única coisa que resultou disso foi uma profunda amargura e emoções complexas.

Wang Youcai olhava silenciosamente para Meng Hao. Seu coração estava calmo, mas bem no fundo, ele relembrou-se do passado de quando esteve preso escalando o Monte Daqing e ao levantar a cabeça para cima viu Meng Hao, o erudito, ali para ajudá-lo a subir.

Li Shiqi olhou para Meng Hao silenciosamente, lembrando-se da batalha que tiveram alguns anos atrás.

Han Bei suspirou ao vê-lo. Ela como era astuta e perspicaz, no instante que viu a expressão no rosto de Chu Yuyan, algumas pistas sobre o relacionamento deles surgiram em sua mente, apesar de que não tinha como ela completamente resolver esse quebra-cabeça só com isso. Meng Hao tinha, obviamente, lhe deixado uma impressão profunda no seu coração. Seus olhos semelhantes à de uma fênix o fitaram intensamente.

Meng Hao… esse era um nome que não apareceu no Domínio do Sul a muito tempo. E ainda assim, aqui ele estava, resplandecendo tão brilhantemente como sempre.


Tradutor: Devlin  |   Revisor: Bonadeo   |   QC: Devlin


Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores