ISSTH – Capítulo 258 – A Grande Matriarca Fênix



“Três folhas de Pérolas Celestiais. Uma raiz de Poeira do Vento, uma muda de sessenta anos de idade do Fluxo Espiritual…” Meng Hao lentamente listou cerca de cem diferentes variedades de plantas medicinais. Zhou Dekun, que estava ao seu lado, imediatamente retirou as plantas da bolsa de carregamento e as entregou para ele.

O cristal de fogo mundano incendiou explosivamente e a flutuante fornalha de criar pílulas imediatamente tornou-se em uma cor vermelha brilhante. Um forte aroma medicinal se espalhou vindo da fornalha de Dez Mil Refinamentos, Meng Hao a alimentou com plantas medicinais de acordo com as interações adequadas para a criação, as pondo cuidadosamente tendo certeza que nada seria desperdiçado. Então fez um corte em seu dedo e colocou uma gota de seu sangue nessa fornalha de criar pílulas.

Ele exerceu o máximo de controle sobre todo o processo de criação, que demorou cerca de três dias para ser concluído.

Depois de três dias terem se passado, uma pílula medicinal de uma cor vermelha brilhante emergiu de dentro da fornalha. Sem hesitação, Meng Hao a colocou na boca do jovem.

Assim que a pílula entrou na boca dele, o corpo do jovem começou a ter espasmos. Ele não gritara dessa vez, mas seu corpo tremia-se por completo, uma expressão vazia preenchia seu rosto. Ele começou a debater-se ainda mais intensamente, prolongando-se essa luta por um tempo que leva um incenso queimar. Até que finalmente, seu corpo vibrou-se e subitamente parou de se mover.

Ele estava de cabeça abaixada e não se movia. Um tempo de dez respirações se passou, depois disso um Qi horripilante começou a se espalhar pelo seu corpo e finalmente ele levantou a cabeça. A expressão vazia não mais era mostrada em seu rosto, mas sim, seriedade.

“Muito obrigado, Grão-mestre,” falou o jovem lentamente. Suas palavras foram de agradecimento, mas foram faladas com uma arrogância imensa, como se estivesse com suas palavras dando esmola para um mendigo. Ele levantou-se do chão e, ignorando Meng Hao, virou-se para caminhar para fora da residência.

Zhou Dekun franziu o cenho de desagrado por essa atitude.

Já a expressão de Meng Hao era a mesma tranquila de sempre, mas em seu interior ele ria disso friamente. Aparentemente o equilíbrio foi restaurado entre o corpo do jovem e a alma desencarna em seu interior, no entanto, por causa do sangue de Meng Hao adicionado a pílula, ele agora tinha o poder supremo sobre o corpo daquele jovem; se for necessário ele poderia instantaneamente destruir aquela alma desencarnada.

Uma única gota de sangue de um Selador de Demônios pode completamente exterminar uma alma desencarnada!

O Patriarca Luva Violeta, a bela mulher de meia-idade e o velho de rosto rosado estavam esperando pela jovem na fronteira limitante do Pico Negro de Boas Vindas. Quando o viram se aproximar, eles começaram a respirar mais pesadamente. Rapidamente juntaram suas mãos em uma saudação com bastante reverência.

“Parabéns pela sua recuperação, Patriarca Menor!”

Obviamente, eles não esperavam que nenhuma pessoa visse essa cena, já que a muito tempo a região inteira em que estavam tinha sido selada.

O jovem olhou para os cultivadores do estágio de Alma Nascente e respondeu. “Aquele corpo de outro mundo que caiu do céu realmente nos causou alguns problemas. Até mesmo nosso Senhor teve que novamente entrar numa hibernação profunda por causa disso. Nós estamos de volta ao mundo dos homens, mas ainda não cumprimos a missão ordenada pelo nosso Senhor… Entretanto, vocês três fizeram um bom trabalho em utilizar-se daquele alquimista. Afinal, ele foi capaz de tornar possível minha recuperação. E agora, nós ainda temos mais uma chance de cumprir nossa missão.”

“Providencie para que as almas desencarnadas dos outros Patriarcas também sejam recuperadas. Quanto à hospedeira que está possuída pela Grande Matriarca Fênix, não pode haver quaisquer erros com ela. Se não houver nenhum problema com os outros, mandaremos ela também.” Depois de ele terminar de falar, o corpo do jovem piscou se transformou em uma fumaça negra que quando desapareceu se fundiu de volta à própria terra.

O Patriarca Luva Violeta e os outros o saudaram reverenciadamente quando ele partiu. Então eles permaneceram onde estavam trocando olhares amargos entre eles. Em seguida, partiram para providenciar que as outras doze pessoas fossem mandadas até Meng Hao, uma de cada vez.

O tempo passou-se lentamente. Meng Hao fez o tratamento de outro desses chamados Patriarcas Menores. E consequentemente, o Pico Negro de Boas Vindas agora tinha se tornado um dos lugares mais importantes da Seita Luva Negra.

Qualquer pedido que Meng Hao requisitava seria atendido imediatamente. Obviamente, como ele não poderia fazer uso dessa oportunidade? Tudo que ele precisava fazer era nomear uma planta medicinal e esta seria-lhe entregue prontamente. Muitos dos ingredientes que ele precisava para desenvolver o Núcleo Dourado Perfeito começaram a ser coletados em sua bolsa de carregamento. Zhou Dekun ficou com um pouco de inveja disso e também começou a requisitar algumas plantas medicinais de seu interesse.

Enquanto criavam pílulas, ambos lentamente começaram a colher frutos disso.

E também foi dessa forma que Meng Hao também foi capaz de coletar bastante coleções de sangue de ancestrais de três gerações passadas. Obviamente, eles não tinham nada a ver que as pílulas que ele estava criando; ele precisava disso para criar clones de sangue e não perderia naturalmente a oportunidade para conseguir isso.

Mas se o sangue de um dos ancestrais não lhe estivesse disponivel, Meng Hao não insistiria muito no assunto. Ele apenas estenderia o tempo que seria necessário para conclusão da pílula.

Até que finalmente um dia, Zhou Jie de rosto pálido entrou na residência. Essa era a primeira vez que Meng Hao o vira desde aquele incidente do dia que chegou na Seita Luva Negra. Zhou Jie sentou-se com as pernas cruzadas e esperou. Meng Hao não falou nada e começou a criação da pílula.

Depois que Zhou Jie partiu, foi a vez de Han Bei entrar. Ela tinha uma expressão de cautela em seu rosto. Quando ela sentou-se logo a sua frente, Meng Hao olhou para ela e deu um sorrisinho.

“Grão-mestre Fang….” ela respondeu com um sorriso. Subitamente, ficou muito nervosa, pois a voz do Patriarca do Clão Han repentinamente ressoou em sua mente.

“Tenha muito cuidado com essa pessoa! Ele não é alguém tão simples como aparenta ser, é muito provável que possa sentir a minha presença dentro de você!!” Essa não foi a primeira vez que ela ouviu sobre isso vindo do seu ancestral. A razão que ela tinha ficado tão nervosa no primeiro dia que se encontrou com Fang Mu do lado de fora da Seita Luva Negra, foi por causa da voz do Patriarca do Clã Han.

A expressão de Meng Hao era a mesma tranquila de sempre. Ele deu um sorriso e então começou a criação da pílula. Quando ela foi concluída, Meng Hao olhou de volta para Han Bei, a expressão dela mantinha calma como se nada tivesse acontecendo, mas seu coração estava nervosamente batendo acelerado. Dentro de sua mente, a voz trêmula do Patriarca do Clã Han pode ser ouvida imediatamente.

“Essa pílula… você jamais deve consumi-la!! Essa pessoa… ele é…”

“Grão-mestre Fang.” Ela falou suavemente, se levantando calmamente; “Irei levar a pílula comigo e consumi-la depois.”

Meng Hao virou-se voltando a atenção para Zhou Dekun, juntando suas mãos ele falou. “Irmão Sênior Zhou, eu tenho um pequeno assunto pessoal que gostaria de discutir a sós com a Irmã Daoista Han.”

Zhou Dekun riu disso. Ele há muito tempo teve a sensação que algo ali não estava cheirando bem. Porém, como ele foi capaz de coletar tantas plantas medicinais nesses últimos dias, ele não se preocupou muito com isso e imediatamente saiu da residência.

Ao ver Zhou Dekun sair, o coração de Han Bei estremeceu. “Grão-mestre Fang…” Ela falou, tentando manter a expressão tranquila de sempre, como uma bela flor. Ela estava prestes a continuar a falar quando Meng Hao a interrompeu.

“Se não quer consumir essa pílula, tudo bem. No entanto, nesse caso, você me deverá um favor que terá que ser pago em algum momento no futuro.” Ele olhou para Han Bei com um olhar profundo que parecia penetrar bem afundo em sua mente.

Han Bei o olhou de volta e cerrou seus dentes. Ela era alguém cheia de ardis e maquinações, mas agora, ela não podia pensar em nenhuma maneira de se safar disso. Uma expressão vazia apareceu em seu rosto.

“Grão-mestre Fang,” ela respondeu. “Não sei se entendi muito bem o que quer dizer com isso. Mas, eu creio que posso concordar em dever a você esse favor.”

“Não preciso de um favor de você,” respondeu Meng Hao tranquilamente. “Mas sim da terceira aura que coexiste dentro de seu corpo!”

Essas palavras entraram nos ouvidos de Han Bei como se estivesse atingida por um raio. A expressão dela imediatamente mudou completamente.

Ela estava prestes a responder alguma coisa quando subitamente um Qi azul emergiu do topo da cabeça dela. Esse Qi se solidificou acima dela na forma de um homem que olhou fixamente para Meng Hao por um tempo até finalmente assentir com a cabeça.

“O Clã Han lhe deve um favor,” ele falou com a voz arcaica.

Meng Hao juntou as mãos e o saudou respeitosamente. A figura então desapareceu e Han Bei encarava Meng Hao com uma expressão de choque e pavor em seu rosto. Depois de um longo momento se passou, ela se virou e saiu dali o mais rápido possível. Mas antes que se mostrar lá fora, ela recompôs a si mesma, voltando a sua normal expressão fria e séria no rosto. Qualquer um que a visse não veria que nada fora do normal nela. E logo, ela desapareceu no horizonte.

Um mês de criação de pílulas se passou até que finalmente a Seita Luva Negra mandou a última pessoa que faltava para Meng Hao. Era ninguém menos que… Xu Qing.

Levando em consideração tudo que Meng Hao vivenciou nesse mundo, o fato que ela tinha sido deixada por último era algo muito revelador. Significava que a alma desencarnada dentro dela era de alguém que não devia ser provocado dentro da Seita Luva Negra, alguém entre os do topo de Senioridade.

E foi como Meng Hao tinha suspeitado, assim que ela chegou as coisas imediatamente mudaram em volta do Pico Negro de Boas Vindas. O escudo de energia de proteção da montanha ficou ainda mais forte e incontáveis almas desencarnadas circulavam em volta no ar. Todas elas pareciam estar observando na direção do Pico Negro de Boas Vindas.

Vendo tudo isso acontecendo, o coração de Meng Hao pesou um pouco. Entretanto, esse sentimento não foi demonstrado em seu rosto. Ele assistia Xu Qing lentamente entrar na residência e sentar-se de pernas cruzadas em frente a ele. Ela parecia estar calma e existia uma expressão muito menos vazia em seu rosto.

Meng Hao olhou para ela e checou o ferimento em sua testa, em seguida ativou seu escudo de energia do medalhão de Lorde da Fornalha. A expressão em seu rosto era tranquila como sempre, mas enquanto ele criava a pílula, dessa vez ele não colocou uma gota normal de seu sangue, mas sim uma gota de sangue de sua própria base de cultivo!

Tal sangue continha a essência de sua força vital, incluindo sua identidade como o Selador de Demônio de Nona geração e a persistência de sua própria vontade.

Isso se embrenhou na pílula se mesclando nas variadas interações das plantas medicinais; além disso, Meng Hao também colocou na pílula um pouco do poder da gelatina de carne para garantir que nenhuma pista de algo errado acontecendo se revelasse. Quando ele terminou a conclusão da pílula, a entregou para Xu Qing. Ela a segurou com suas mãos delicadas, mas não a consumiu de imediato.

“Então, é essa a pílula que ajudou todo mundo a se recuperar?” Ela perguntou em voz alta com a voz fria, mas para si mesma do que Meng Hao. Sem esperar uma resposta dele, ela levantou-se e caminhou para fora da residência.

Meng Hao assistiu ela partir, então permaneceu sentado pensando silenciosamente. Ele estava certo que mesmo se ela não consumisse essa pílula em sua presença, iria consumi-la de qualquer maneira.

Isso porque mesmo aparentando estar num processo de recuperação por si própria, isso era na verdade apenas uma farsa. Os problemas com a alma desencarnada em seu corpo excediam e muito os problemas que os outros tinham, eram pelo menos duplamente piores ou até triplamente. Na verdade, a situação do corpo dela era a mais grave que ele já tinha visto até agora. Isso era evidente pelo fato que o ferimento na sua testa tinha ficado muito pior do que quando a viu pela primeira vez.

No anoitecer do dia seguinte, dentro da sétima montanha da Seita Luva Negra, Xu Qing estava sentada de pernas cruzadas em sua Caverna do Imortal. Seu rosto estava pálido como cera e a expressão no seu rosto era de ambos, vazio e conflito. Seu corpo tremia todo por conta disso.

Ela continuou dessa forma por algumas horas até que finalmente ergueu a mão de sua bolsa de carregamento e segurava nela a pílula medicinal criada por Meng Hao. O processo de erguer a mão e colocá-la em sua boca demorou quase dez respirações.

Se Meng Hao estivesse ali seria capaz de ver milhares de almas desencarnadas circulando em volta do corpo dela. Todas essas estavam olhando nervosamente para Xu Qing enquanto não paravam de voar em círculos.

Na verdade, do lado de fora da Caverna do Imortal, todos os discípulos da Seita Luva Negra que foram salvos por Meng Hao, incluindo Zhou Jie e Han Bei, estavam ajoelhados se prostrando respeitosamente. Pareciam como se estivessem esperando para serem chamados para entrar.

Xu Qing ainda segurava hesitantemente a pílula na mão dela. Depois de um longo momento se passar, a frieza horripilante de seus olhos superou o conflito vazio. A alma desencarnada dentro dela suspirou, ela sabia que por causa do ferimento em sua alma o equilíbrio não podia ser restaurado nesse corpo. Ela estava esvaindo e a alma original desse corpo também estava esvaindo. A força vital do corpo estava desaparecendo e o ferimento em sua testa estava piorando. Ela sabia que se demorasse muito tempo, o corpo iria começar a definhar.

Desde o começo, ela nunca acreditou que consumir pílulas medicinais criadas nesse mundo poderia levá-la a sua recuperação. Entretanto, após ver a recuperação do todas as outras almas desencarnadas fez com que ela questionasse esse paradigma. Depois de estudar a pílula por um tempo, ela não foi capaz de descobrir nenhum dos seus mistérios. Portanto, ela decidira que não tinha outra alternativa a não ser confiar e consumi-la. Então a colocou finalmente em sua boca.


Tradutor: Devlin | Editor: Bonadeo


 


Fontes
Cores