ISSTH – Capítulo 22 – Uma Espada Repousa na Pele da Cobra Demoníaca

Não muito tempo tinha passado. Era como se toda a montanha negra estivesse fervendo. Os rugidos das feras demoníacas balançavam no ar, subindo e descendo um após o outro. Ainda mais frequentes foram os miseráveis gritos sondando. Os dez ou mais Cultivadores que não ousaram continuar a sua busca na montanha pareciam pálidos. O medo encheu seus corações e agora eles estavam ainda menos dispostos a entrar na montanha do que antes.

“O que aconteceu? Por que parece que todas as bestas demoníacas em toda a montanha estão enfurecidas?”

“O que está acontecendo? Os Irmãos Seniores Yin Tianlong e Zhou Kai são ambos do quinto nível de Condensação de Qi, mas mesmo eles teriam dificuldade para levantar a ira de toda a montanha. Eles poderiam ter usado alguma técnica única e especial?”

A pequena multidão no pé da montanha fazia suas suposições, ouvindo os rugidos ensurdecedores.

Tanto quanto Yin Tianlong e Zhou Kai, que já tinham sido atormentados à loucura perto de truques de Meng Hao. Eles assistiram impotentes, Meng Hao movendo-se à frente na distância, juntamente com grandes quantidades de bestas demoníacas. Baseando-se pelo ódio em seus olhos, se olhares pudessem matar, Meng Hao teria sido morto várias vezes.

No entanto, no interior do ódio havia um cansaço impotente que só Yin e Zhou podiam realmente compreender. Toda vez que eles tinham começado a perseguir Meng Hao novamente, ele tinha constantemente usado algum tipo de magia demoníaca para provocar todos os tipos de bestas demoníacas. Com o simples balançar da manga, ele iria fazer com que alguma parte do corpo de uma besta demoníaca explodisse. O cheiro de sangue encheu o ar, lentamente conduzindo as bestas loucas.

Vendo tantas bestas demoníacas fazia seu couro cabeludo ficar dormente, já que as criaturas não apenas perseguiam Meng Hao. Uma vez que as bestas avistassem os dois, elas iriam começar a correr atrás deles. Em seguida, a alguma distância, Meng Hao iria escapar como um peixe cobra.

“Merda! Eu amaldiçoarei você para morrer na barriga das bestas!!!” rugiu Zhou Kai. Próximo a ele, Yin Tianlong suspirou, parecendo ainda mais exausto.

O tempo passou devagar e o começo de outro dos períodos de duas horas se aproximou. Na escuridão da noite, o sinal luminoso da pílula era deslumbrante. Assim que revelou a posição de Meng Hao, Zhou e Yin rangeram os dentes e perseguiram-no. Como de costume, Meng Hao usou sua magia demoníaca para provocar mais bestas demoníacas, em seguida, levou-os a Zhou e Yin, no que ele iria vê-los desaparecer no meio do pacote de criaturas furiosas.

“Como ele pode já não ter sido devorado por uma besta demoníaca!?” Zhou e Yin foram esgotados até os ossos, enquanto Meng Hao saltava e pulava por cima, cheio de energia. Vendo isso, o ódio os encheu até a medula e suas gengivas coçavam com ódio. Mas não havia nada que eles pudessem fazer.

Na verdade, Meng Hao também estava esgotado. Toda vez que a pílula brilhou, ele era forçado a despertar imediatamente a atenção de algumas bestas demoníacas. É claro, o Espelho de Cobre lhe permitiu parar as criaturas mais rápidas gritando em suas trilhas, dando-lhe assim tempo para escapar. Se não fosse por isso, ele já teria a muito tempo caído no chão de fadiga.

De repente, ele percebeu que tinha atingido o topo da montanha. O chão estava coberto com fissuras e fendas, alguns delas eram tão grandes que uma pessoa poderia facilmente caber dentro. Ofegante, Meng Hao sentou-se atrás de uma pedra para descansar, olhando para o Espelho de Cobre em suas mãos. Ele estava queimando em excitação, como se tudo o que tinha acontecido hoje havia o deixado incrivelmente animado. Com um sorriso amargo, Meng Hao olhou em volta e notou uma fissura enorme à frente, a partir da qual se infiltrava uma grossa névoa preta.

Só então, um rugido repentinamente irrompeu da fissura gigante, o mesmo barulho que antes tinha reprimido todas as bestas ferozes na montanha. O rugido parecia capaz de abalar o mundo todo. Ele ressoou como um trovão. Em um instante, toda a área estava livre de todas as bestas demoníacas, como se a montanha inteira agora tivesse apenas este barulho.

O rugido parecia vibrar até mesmo na mente de Meng Hao, dispersando toda a energia espiritual dentro de seu corpo. Sua expressão facial mudou. Este rugido era familiar. Em suas visitas anteriores para as regiões próximas à montanha negra, ele o tinha ouvido. Era um som que coagulava ambos, sangue e Qi, deixando sua mente cheia de mal-estar.

Assim que o rugido soou, Meng Hao forçou os olhos para permanecerem abertos e assim ver que névoa negra derramava da fissura. Assim que a névoa dispersou, Meng Hao foi capaz de ver uma enorme Cobra Negra, de seis metros de espessura, com um semblante hediondo e feroz. Cerca de metade do seu comprimento tinha repentinamente saído da fissura.

Parecia estar com dor e seu rugido feroz sacudiu o céu e a terra. Meng Hao cuspiu um bocado de sangue. Ele saltou de atrás da pedra e voou para baixo da montanha, não se atrevendo a ficar para trás. Mas então ele parou, a curiosidade foi maior que ele. Quando ele voltou para dar uma segunda olhada, ele notou algo interessante.

O corpo da cobra, a metade do que era visível saindo da fissura, parecia estar descamando. Parecia como se tivesse dois conjuntos de pele. Ela estava enrolada sobre si mesma, esfregando a pele exterior para arrancá-la fora.

“É uma ecdise?” Ao reconhecer o que estava acontecendo, Meng Hao respirou. Ele sabia que cobras ficavam mais fracas durante o período em que mudam a sua pele. Levava um tempo para que isso aconteça, especialmente se a cobra tivesse natureza demoníaca. Com um corpo tão grande como este, provavelmente iria demorar ainda mais tempo, talvez vários anos.

(NT: ecdise é o processo de troca de pele ou exosqueleto)

“Não se admira que você pudesse ouvi-la rugir o tempo todo. Deve ter estado no processo de ecdise por anos.” Seu olhar se moveu e ele notou algo mais além na cobra.

Após uma inspeção mais próxima, ele ficou boquiaberto de espanto. Era uma espada voadora. Parecia ser extremamente primitiva, sem quaisquer características especiais. Mas, ela tinha sido encravada profundamente no corpo da cobra. Ela parecia ter sido há muito tempo, muitos anos, talvez.

A área em torno de onde a espada tinha penetrado no corpo era seca e murcha, o que atestava o poder da espada.

“Este cobra demoníaca tem uma Base de Cultivo de pelo menos do sétimo nível de Condensação de Qi, possivelmente o oitavo. Talvez até o nono…” Sua boca ficou seca. Ele só podia imaginar o quão dura a pele da cobra era, o que ainda atestada quão incrível a espada voadora de aparência primitiva era.

“Uma espada voadora que pode esfaquear uma besta demoníaca como esta deve ser um verdadeiro tesouro.” Meng Hao palpitava com entusiasmo, em seguida, soltou um suspiro desanimado. Com uma Base de Cultivo no quarto nível de Condensação de Qi, adquirir a espada era nada mais do que um sonho para ele. Mesmo que ele estivesse no quinto nível, seria igualmente impossível.

Balançando a cabeça, ele desceu a montanha, com os olhos brilhando. Ainda havia algo importante a fazer. O Espelho de Cobre em sua manga continuava a ferver e, em breve, ele teria um punhado de bestas demoníacas seguindo ele, uivando.

Algumas horas se passaram e amanheceu. O último dos doze períodos de duas horas iria terminar em breve. Zhou e Yin já tinham perdido as esperanças. Eles olharam para Meng Hao, que estava sentado com as pernas cruzadas adiante na montanha.

Se os dois fizessem o menor movimento, ele iria irritar um grupo de animais e não só eles não conseguiriam o seu objetivo, mas provavelmente seriam feridos. A dupla que, com a sua exaustão, a única coisa que podiam fazer era ofegar para respirar e olhar venenosamente Meng Hao.

“Droga. Meng Hao, como você pode escapar de mim!?” Zhou Kai ofegava para respirar, em seguida, soltou um grito impotente. Meng Hao realmente foi um peixe cobra que poderia ir e vir como uma sombra dentro da selva.

“Você não tem suas próprias habilidades?” Disse Yin Tianlong, que não estava muito longe. Incapaz de matar nem prosseguir, ele estava meio louco e suas palavras não pareciam conter nenhuma lógica. “Pode você só… não fugir? Não há necessidade de usar tal magia demoníaca maligna para enviar bestas atrás de nós. Por que não temos uma luta justa?”

“Minha Base de cultivo não é tão elevada como a sua, como eu poderia lutar com você?” Disse Meng Hao, também ofegante. “Se você se mantiver a me perseguir, eu realmente não tenho outra escolha.” Ele engoliu outra pílula medicinal.

Nunca antes em suas vidas Zhou e Yin tinham encontrado alguém aparentemente tão pouco razoável como Meng Hao. Ambos sentiram arrependimento no coração. Se eles soubessem que ela acabaria assim, eles nunca teriam perseguido ele para roubar a pílula.

O tempo corria e a hora se aproximava para o fim do período de vedação para tomar a pílula. Yin Tianlong deixou escapar um longo suspiro. Com um riso amargo, ele sacudiu a cabeça. Não havia mais nada que pudesse fazer. Ele não podia prosseguir ou atacar, para não ser forçado a enfrentar bestas demoníacas. Suas pílulas medicinais foram esgotadas e ele tinha perdido duas espadas voadoras. Como ele poderia até mesmo tentar roubar a pílula…? Claro, sem não mencionar as táticas do adversário. Suas deslumbrantes ideias maléficas pareciam não ter fim. Mesmo a mínima desatenção poderia levar a lesões.

Com um suspiro humilhado, ele deu uma última olhada Meng Hao, em seguida, virou-se e desceu a montanha, finalmente, atormentado em rendição.

Quando saiu, Zhou Kai sentiu-se sacudido com a indecisão. Amanhecer se aproximava, assim fez o término dos doze períodos de duas horas e, com ele, a retirada do selo da pílula medicinal no saco de carregamento de Meng Hao. Zhou Kai bateu o pé com ódio, então, sem uma palavra, virou-se e saiu. Ele estava convencido de que Meng Hao era muito difícil de lidar. Na verdade, havia medo em seu coração; se ele não deixasse este lugar agora, talvez ele nunca o fizesse.

Meng Hao observava os dois descerem e saírem da montanha. Ele deixou escapar um longo suspiro e sentiu a exaustão preencher o seu corpo, como as enchentes. Ele mordeu a língua e despertou um pouco, em seguida, correu para longe. Ele não deixou a montanha negra, mas sim fez o seu caminho para o topo da montanha. Havia a Cobra Demoníaca lá, mas em geral era relativamente seguro. Afinal, a cobra precisava de tempo para completar a sua transformação e seus rugidos mantinham afastadas as outras bestas demoníacas.

Meng Hao encontrou uma fissura nas rochas e se sentou com as pernas cruzadas. Ele olhou para o seu saco de carregamento, de repente se sentiu apreensivo.

“Eu gastei tantas pílulas medicinais, cada uma vale Pedras Espirituais. Deixe-me calcular… incluindo trinta e sete espadas voadoras e mais de quarenta Núcleos Demoníacos, vai para… cento e noventa e oito Pedras Espirituais. Cento e noventa e oito.” Seu corpo tremia e ele se sentiu bastante chateado.

“Felizmente, as vinte e quatro horas já se foram,” ele disse, tentando confortar-se, “e a Pílula do Espírito Seco é minha.” Deixando de lado sua decepção, ele forçou para clarear sua mente, então, olhando ao redor para ter certeza de que era seguro, ele puxou o Espelho de Cobre e começou a fazer cópias da Pílula do Espírito Seco.

Meio-dia chegou e Meng Hao olhou para as pílulas em suas mãos. Dez Pílulas do Espírito Seco. Ele forçou um sorriso, mas a decepção ainda era visível em seu rosto. Precisou um monte de Pedras Espirituais para clonar uma Pílula do Espírito Seco, muito mais do que o necessário para um Núcleo Demoníaco. Agora ele entendeu as taxas de câmbio necessárias pelo Espelho de Cobre.

Ele apertou a mandíbula, em seguida, disparou uma das pílulas em sua boca.

“Quinto nível de Condensação de Qi! Eu tenho que chegar ao quinto nível!” Seus olhos ficaram vermelhos, cheios de determinação resiliente. Ele sentou-se em meditação e começou a manejar sua Base de Cultivo. Sons crescentes ressoaram através de seu corpo assim que energia espiritual sem limites explodiu da Pílula do Espírito Seco, fazendo com que as forças espirituais no corpo de Meng Hao se transformassem em um vórtice que repentinamente se espalhou em todas as direções.

Lentamente o tempo fluiu e dias se passaram. Quando Meng Hao, de olhos fechados, quebrou o quinto nível de Condensação de Qi, a montanha negra foi preenchida com os rugidos da cobra. Sua transformação, assim como a de Meng Hao, também parecia ter chegado a um ponto crítico.