ISSTH – Capítulo 144 – Uma figura no meio da multidão.


Ao perceber a figura se aproximando, Meng Hao soltou uma bufada de ar carregada de indiferença. Em seguida, sua mão direita acionou sua sacola de Cosmos e duas espadas de madeira se materializaram silenciosamente no ar. Logo após, um talismã apareceu em sua mão e seu corpo se tornara invisível.

Nessa hora a figura bizarra de couro do homem de rosto amarelado flutuava em direção ao topo da montanha. Por onde ele passava todos os tipos de vegetação definhavam, era como se a vida delas estivessem sido sugadas. A trilha de calcário transforma-se em cinzas e parecia como se a montanha inteira estivesse coberta por um denso Qi de morte.

No entanto, ninguém fora daquela montanha em particular tinha sequer uma noção que isso estava acontecendo.

A figura flutuou até no pátio da residência de Meng Hao. Não pausando por um momento, atravessando diretamente a parede do segundo andar.

Ela flutuou por lá sob a luz da lua, com seus olhos sem expressão piscando. Um estranho ar demoníaco emanava dela. Tudo ao redor estava em silêncio enquanto a figura do homem de rosto amarelado olhava pelo segundo andar com um olhar ameaçador.

Meng Hao não havia se movido nem mesmo por um centímetro. Ele ficara sentado de pernas cruzadas, invisível, olhando para a figura em frente a ele. Obviamente, ele instantaneamente a reconheceu. No entanto, sua aparência estava muito estranha, era como se tivesse alguma coisa muito errada com ela. Meng Hao pensou no que aconteceu da noite anterior, no grito engasgado de sangue da montanha ali próximo.

Ele já meio que entendeu o que estava acontecendo.

“Essa pessoa está morta e foi transformada em um autômato. Ou alguém utilizou-se de algumas artes de fazer Marionetes Espirituais para controlá-la…” Subitamente, seu corpo moveu-se se afastando pela lateral por uma distância de três metros da figura de onde estava sentado.

[NR: Autômato: aparelho com aparência humana, ou de outros seres animados, que reproduz seus movimentos por meios mecânicos ou eletrônicos. Neste caso espiritual ou mágico.]

Teve uma explosão e todas as mobílias próximas onde estava sentado transformaram-se em pó. O homem de rosto amarelado investiu novamente aonde Meng Hao havia se movido, era como se pudesse vê-lo com seus olhos reluzindo um estranho brilho.

Percebendo isso, os olhos de Meng Hao mudaram. Guardou seu talismã de invisibilidade, e ergueu sua mão direita a movimentando-a rapidamente em um gesto de encantamento. Suas duas espadas de madeira voaram diretamente em direção a figura em frente a ele. Ela não tentou nem se desviar, ocasionando que as duas espadas voassem atravessando diretamente por ela, deixando dois buracos em seu corpo, onde nenhum sangue foi visto neles. Era como se o homem de rosto amarelado fosse feito apenas de uma pele de couro tendo nada dentro dele.

Se só isso tivesse acontecido, não seria grande coisa. No entanto, os buracos que ele havia feito em seu corpo começaram a se juntar e transformaram-se em uma boca enorme que subitamente saiu do corpo do homem de rosto amarelado e foi lançada em direção de Meng Hao, pronta para abocanhá-lo.

A expressão facial de Meng Hao não mudou. Ele recuou para trás, sua mão se movimentando novamente em um gesto de encantamento. Ele apontou adiante e um Dragão de Fogo rugiu voando na direção daquela boca bizarra, e esta enquanto se aproximara não tentou desviar, pelo contrário foi em sua direção e consumiu o dragão de chamas.

Ela virou sua cabeça para olhar para Meng Hao, seus lábios torceram-se em um sorriso medonho. E então se jogou na perseguição até ele.

Meng Hao ergueu as sobrancelhas, ambas as suas mãos agora estava fazendo movimentos rápidos de gestos de encantamento, e enquanto estava circulando a frente, se materializaram uma imensidão de espadas voadores que instantaneamente se despedaçaram em pedaços pequenos se transformando uma nuvem de estilhaços de metal que foram mandada com uma força inacreditável. Como um tornado, voou em direção ao homem com o rosto amarelado. Ao mesmo tempo, as duas espadas de madeira, irradiando acuidade, voltavam de sua trajetória anterior para novamente serem mandadas na direção da figura. Elas perfuraram diretamente sua cabeça.

Elas foram acompanhadas por uma teia preta que Meng Hao havia jogado naquela direção logo após o ataque.

Som de estalidos foram ouvidos quando os estilhaços das espadas voadoras fatiaram a figura quase que completamente pela metade e as duas espadas de madeira enfiando em sua cabeça. Mas a figura, apesar de ter sido ferida horrendamente, ainda olhava para Meng Hao com a metade do rosto que lhe sobrara e sorria. Tentava ir em sua direção de novo, mas havia sido envolvida pela teia negra que a prendia no mesmo lugar. Seu corpo retorcia-se numa tentativa de se espremer pelos buracos da teia.

Seu corpo parecia emitir uma espécie de força gravitacional, que fez o segundo andar tremer como se estivesse sendo sugado pela figura.

“Não posso mata-lo, justamente porque já não está vivo. Não é difícil de se imaginar o porque tantos Cultivadores de Estabelecimento de Fundação foram mortos por conta disso.” Com as sobrancelhas erguidas, Meng Hao assistia a figura tentando desesperadamente se aproximar dele, seus olhos se preencheram de uma feroz frieza. Ele ergueu sua mão direita movimentou-a rapidamente até formar um símbolo de encantamento, e então a colocou diretamente no chão.

“Selamento do Demônio… Oitavo Feitiço, Selamento do Corpo!” Erguendo a mão do chão e apontando para a figura dilacerada em frente a ele.

A casa inteira, e inclusive até a montanha inteira estremeceu violentamente. Mesmo que na verdade elas não estivessem de fato tremendo, na verdade era apenas uma ilusão. Nos olhos de Meng Hao, o mundo inteiro pareceu ter sido paralisado naquele instante. Então, se materializaram uma imensidão de imagens fantasmagóricas, uma atrás da outra.

A montanha e residência também estavam naquela ilusão e também a figura com a imagem fantasmagórica aparecera também!

[TN: Meng Hao paralisou a cena, e agora podia ver o que realmente estava acontecendo na dimensão entre o real e o ilusório (dimensão fantasma), podendo ver agora os fantasmas que controlavam a figura. O tradutor gringo (ou quem sabe o autor) deixou essa descrição um tanto confusa e somente analisando para entender. u.u]

Pela primeira vez, um olhar de surpresa e incredulidade apareceu no rosto da figura. Parecia como se sua boca estava formando um grito, mas não conseguia, por causa das imagens fantasmagóricas ao seu redor caírem sobre ele, o prendendo. Não podia se mover nem um centímetro.

Nesse instante, Meng Hao pisou a frente e ergueu sua mão direita, e utilizou seu polegar para fazer um corte no dedo do meio. Sangue escorreu sem parar do dedo até formar-se em um Dedo de Sangue.

Essa era uma das artes mágicas que haviam sido marcadas em sua mente pelo Legado do Imortal de Sangue, era uma das três habilidades mágicas que não necessitavam o uso da máscara.

No entanto, essas artes requereriam uma Cultivação base muito poderosa. Depois de praticá-las um pouco em segredo, Meng Hao tinha conseguido formar o Dedo de Sangue. No entanto, quanto as outras duas técnicas: Palma de Sangue ou Mundo de Morte Sangrenta; ele ainda não podia usa-las.

De qualquer forma, essa era a primeira vez em dez mil anos que o Dedo da Sangue voltara a aparecer no Domínio do Sul. Era uma técnica inerentemente poderosa. Especialmente considerando que Meng Hao no Legado do Imortal de Sangue já tinha dominado o foco dessa habilidade com o poder apenas de sua Cultivação base. Então com esse simples ataque de um dedo, combinado seus três Perfeitos Pilares do Dao e sua Fundação Perfeita, com certeza iria chocar até mesmo as Crianças do Dao de diversas seitas.

Meng Hao caminhou adiante e pressionou com este dedo do meio de sangue na testa da figura bizarra a sua frente, bem entre suas sobrancelhas, e então deslizou-o abaixo no rosto dela. Um grito agudo soou dela enquanto seu corpo começou a tremer. Um massivo corte sangrento começou a aparecer em entre suas sobrancelhas e estava se alargando pra baixo, se estendendo por aproximadamente trinta centímetros. Grande quantidades de Qi de cor cinza saiu de dentro dela. Subitamente, seu corpo podia se mover de novo e ela começou a fugir na velocidade máxima que conseguia, disparando pelo segundo andar.

Meng Hao a perseguiu sem hesitação com seus olhos cintilando. Tudo ao redor do lado de fora estava em silêncio, o que era estranho, e então Meng Hao parou subitamente. Depois de ficar pensando por um momento, desistiu da perseguição e retornou para sua residência e acionou sua sacola de carregamento. Ele retirou dela o amuleto de boa sorte e colocou um pouco de seu Sensor Espiritual no amuleto. Respirando aliviado quando descobriu o que o amuleto ainda estava funcionando. Ele escolheu não utilizá-lo e se teleportar dali, e sim ficou a espera olhando friamente para fora da residência. Não havia nem mesmo o som de folhas se mexendo ou qualquer sinal de problemas ou perturbações. Se aparecesse algum, ele se teleportaria dali imediatamente.

Algum tempo passou, e subitamente um grito engasgado de sangue soou de umas das montanhas ali próximo. E então um segundo grito soou, um terceiro até que no final foram no total cinco gritos de morte naquela noite.

Três deles na verdade foram de discípulos da Seita Luva Negra que estavam na região mas não conseguiram se esconder a tempo. Eles gritaram enquanto seus corpos se secaram, sua carne e sangue foram sugados até sobrar uma pele sem vida revirada no chão.

Esta noite não iria ser passada tranquilamente após esses acontecimentos. Muitos dos Cultivadores no estágio de Estabelecimento de Fundação ficaram agora de vigília e até mesmo muitos dos discípulos da Seita Luva Negra foram despachados para investigar. Não foi antes do amanhecer chegar que as coisas pareceram começar a se acalmar.

Muitas pessoas viram que a figura destroçada do homem de rosto amarelado fora responsável pela morte cruel que destroçou os discípulos da Seita Luva Negra e dois dos Cultivadores solitários no estagio de Estabelecimento de Fundação. E eventualmente, tal figura bizarra foi encontrada e destruída por um dos élderes da Seita Luva negra. Para muitos desses Cultivadores, isso contou como a explicação que tanto precisavam para o que estaria acontecendo nesses dias.

Nos dias seguintes, não houveram mais nenhumas outras mortes misteriosas dentre os Cultivadores de Estabelecimento de Fundação e gradualmente o caso acabou sendo esquecido e ninguém mais comentava sobre isso.

Tempo passou e logo seis dias haviam passado desde que Meng Hao chegou na Seita Luva Negra. E enquanto os dias passaram, Meng Hao continuou mantendo sua vigilância. No entanto, ninguém o incomodou durante esse tempo. Na manhã do sétimo dia, um som forte de sinos soou preencheu a região inteira das Dez Mil Montanhas e alcançando aos ouvidos de todos os Cultivadores solitários no estágio de Estabelecimento de Fundação.

“Irmãos daoistas do Dominio do Sul,” uma voz ecoou. “Vocês receberam já suas Pílulas Luva de Terra. Chegou a hora de desempenhar seus serviços. Se vocês puderem ajudar a Seita Luva Negra a obter o objeto que procuramos, nós então os recompensaremos com mais Pílulas Luva de Terra!” Um raio multicolorido atrás do outro apareceram das diversas montanhas quando os Cultivadores no estágio do Estabelecimento de Fundação voaram ao céu. Meng Hao seguiu junto com o fluxo, voando alto e flutuando no meio do ar olhando ao redor friamente.

Das Mil Montanhas da Seita Luva Negra, dezenas de raios de luzes prismáticos assobiaram o ar. Além disso, havia inúmeras bússolas Feng Shui de cor preta, cada um com trinta metros de diâmetro.

Em cima de cada bússola Feng Shui estava uma pessoa. Três ou quatro vestiam mantos daoistas da Seita Luva Negra e suas cultivações eram do estágio de Condensação do Qi. Todos os outros estavam no estágio de Estabelecimento de Fundação.

Os discípulos no estágio de Condensação do Qi estavam todos constrangidos, com expressões de nervosismo no rosto, era como se eles não quisessem estar ali. No entanto, não podiam desafiar as ordens da Seita. Todos eles eram discípulos do círculo Externo da Seita e tinha talentos naturais comuns. Discípulos com melhores talentos naturais não seriam despachados nessa missão.

Logo após isso, dez bússolas Feng Shui da cor violenta com trezentos metros de diâmetro voaram da região das Cem Montanhas da Seita Luva Negra. Em cima de cada uma delas estava sentado um Cultivador com as pernas cruzadas. Um deles era a garota de nome Han Bei. Quanto os outros nove Cultivadores de manto violeta, também sentados de perna cruzados em suas bússolas, eram ambos homens e mulheres. Todos pareciam estar bem-humorados, eram obviamente os Escolhidos da Seita.

Eles voavam a frente e flutuavam no ar. Ainda mais distante, apareceram três bússolas de Feng Shui da cor dourada com três mil metros de largura. Também voavam adiante.

Em cima de cada uma dessas bússolas sentava uma pessoa. Dois homens e uma mulher. Um era o Élder Chen e os outros dois pareciam ser pessoas de meia-idade com expressões indiferentes no rosto. O poder de alguém no estagio de Núcleo Formado vibrava no ar vindo deles, atraindo a atenção de todos que assistiam.

Depois que os Cultivadores em cima da bússola de Feng Shu dourada apareceram, outra bússola menor apareceu no céu. Era uma de trezentos metros de diâmetro e da cor violeta. Sentado de pernas cruzadas nessa bússola estava um senhor de idade com um manto violeta.

Ele tinha uma marca de nascença preta em seu rosto que estragava sua postura transcendental. Parecendo alguém cruel, e no instante que aparecera, era como se tudo ao redor ficasse subitamente mais escuro.

No entanto, o que chamou mais a atenção de Meng Hao não fora esse senhor de idade e sim atrás dele. Lá havia uma massiva bússola de Feng Shui com centenas de cultivadores sentados de pernas cruzadas em cima dela. E no meio dessa multidão estava uma mulher com aparência solitária.

No instante que a viu, Meng Hao pensou naquele dia anos atrás, na noite sob a luz da lua. Em sua mente, podia ver ela olhando de volta para ele e podia até ouvir as mesmas palavras que foram ditas naquele momento.

Eu fui para a Oficina de Pílulas de Cultivação. A Pílula de Cultivação Cosmética que você me deu antes não foi comprada por você.”

Irmã Sênior Xu.


Tradução: Devlin

Revisão: Bonadeo


Contribua com a Novel Mania!