ISSTH – Capítulo 117 – Um Pequeno Castigo

Somente Meng Hao pôde ouvir o som da voz. Ninguém mais teria sido capaz de sentir nem um pouco disso. Mesmo Chu Yuyan que estava no vulcão junto com Meng Hao, também não pôde ouvi-la.

Enquanto o som enchia sua mente, os olhos de Meng Hao encheram-se com um olhar intenso.

“O Ancestral Clã da Condenação… Não me diga que estamos na vizinhança do Antigo Templo da Condenação!? O Legado do Imortal de Sangue. Um imortal…” Meng Hao ficou chocado. Ele estava relativamente familiarizado com todos os vários níveis da Cultivação. Depois da Alma Nascente estava a Separação Espiritual, então a Busca do Dao e finalmente a Ascensão Imortal.

No entanto, em dezenas de milhares de anos, apenas sete ou oito pessoas conseguiram chegar a esse estágio. Até alcançar o estágio da Busca do Dao não era comum.

“O Legado do Imortal de Sangue. Essa pessoa simplesmente se denominava Imortal ou ele realmente alcançou Ascensão Imortal…?” Mesmo que ele estivesse animado, ele de repente pensou na batalha entre o Patriarca da Confiança e o Senhor da Revelação, e as duas palavras que foram proferidas. Imortal do Amanhecer.

Seus olhos cintilavam enquanto ele olhava para a enorme cabeça e sua boca aberta, além da qual parecia ser algum tipo de túnel. Entrar significaria iniciar a busca do Legado.

“Nove abrirão nas terras do sul e toda a criação saberá. Poderia significar… talvez uma vez que eu pise dentro, então outras nove entradas para o Legado serão abertas no mundo exterior? Então o vento e as nuvens serão perturbados e todos saberão sobre ele?” Meng Hao hesitou, olhando fixamente para a boca, submerso em pensamentos.

“Deve ser assim. Há nove entradas onde as pessoas podem entrar para buscar o Legado. Entre elas, uma será selecionada para receber o Legado do Imortal de Sangue… Portanto, existem nove lugares semelhantes a este. Se um abre, então todos eles abrem. Só me pergunto se alguém a abriu antes…” De repente, ele olhou ao redor das margens do lago. Elas estavam cheias de espantosos ossos brancos. Muitos dos ossos eram crânios e eram de humanos.

Os crânios tinham marcas de desgaste; obviamente, eles estiveram aqui por muitos anos. Talvez fosse por causa da estranheza deste lugar que eles não estivessem espalhados, mas ao invés disso, permaneceram aqui todo este tempo.

Seja qual fosse o caso, Meng Hao não tinha como determinar quanto tempo eles estiveram aqui, nem nenhuma maneira de determinar se eles eram intrusos ou pessoas sacrificadas quando este lugar foi criado.

Ele pensou por um tempo e finalmente decidiu não meramente avançar de forma imprudente para a entrada da boca. Ele caminhou lentamente para trás. Assim que fez, a cabeça gigante lentamente submergiu de volta para o lago, juntamente com o altar. Quando ele chegou à marca dos trezentos metros de distância, tudo ficou em silêncio.

Enquanto caminhava para trás, ele sacudiu a manga, recolhendo alguns dos ossos em seu saco de carregamento. Então ele ficou lá, olhando para o lago de sangue por um tempo, antes de se virar e sair.

Logo, ele voltou para Chu Yuyan, que estava fora da caverna. Sua face estava pálida e ela estava concentrada no forno de pílulas. Ela tirou algumas plantas medicinais, espremeu a seiva delas para fora e as colocou no forno. Meng Hao sentou-se de pernas cruzadas a uma curta distância. Um olhar de profundo pensamento apareceu em seus olhos. Ele tirou um dos crânios que acabara de adquirir e examinou-o atentamente.

“Se eu não posso determinar a idade destes ossos, então eu não posso casualmente ir atrás do Legado do Imortal de Sangue.” Ele pensou em tudo o que acontecera no Estado de Zhao, que lhe ensinara o valor de ser cauteloso. Ele ergueu o crânio na frente dele, olhando-o meticulosamente.

O tempo passou lentamente. Logo, passaram-se cinco dias. Chu Yuyan caminhou do forno de pílulas até Meng Hao. Parecendo esgotada, ela jogou-lhe uma pílula medicinal.

Era da cor azul profundo e era muito bonita na aparência. Emanava um leve brilho azulado, mas nenhum aroma perfumado.

“Eu falhei uma vez, mas tive sucesso na segunda vez. Esta é a pílula que você precisa. Agora me dê algumas roupas.” Ela olhou para ele com seus olhos cansados. Este era o preço a ser pago por praticar a alquimia.

Meng Hao pegou a pílula medicinal e examinou-a de perto. Ele colocou em seu Saco do Cosmos e, em seguida, puxou outra tira de jade, juntamente com dois conjuntos completos de ingredientes. Ele também puxou um conjunto de roupas. Ele colocou todos eles para baixo na frente dele, então Chu Yuyan os pegou e caminhou de volta para a caverna. Um pouco mais tarde, ela saiu, usando o traje de Meng Hao, seu longo cabelo espalhava-se sobre seus ombros. Ela parecia uma moça elegante e jovem. Ela estava cansada, mas isso realmente fez com que ela emanasse um tipo de boa aparência diferente de antes.

Enquanto Meng Hao olhava para ela, ele percebeu que a Irmã Sênior Xu não podia igualar-se a ela em termos de beleza. Na verdade, Chu Yuyan era talvez a mulher mais linda que já vira em toda a sua vida. Só as belas meninas que ele vira no fundo do Mar Norte poderiam chegar perto.

Agora que ela trocara de roupa e cobriu parte de sua nudez, Chu Yuyan já não parecia tão desconfortável em pé na frente de Meng Hao. Quando ela saiu, ela avistou o crânio que ele estava examinando.

Seus olhos brilharam de repente com uma luz estranha, que quase imediatamente desapareceu. “Se você não tem nada melhor para fazer,” disse ela friamente, “você poderia ir ficar de guarda no escudo. Talvez alguns Cultivadores que pudessem nos salvar passem por ele. Isso seria melhor do que se sentar e ficar olhando um crânio antigo.”

“Quantas dezenas de milhares de anos têm esses crânios aqui?” perguntou de repente.

Ela deu uma risada fria. Parecia que a mudança de roupa restaurara sua arrogância anterior. Aparentemente, ela assumiu que desde que ela estivesse compondo as pílulas que Meng Hao precisava, ele não se atreveria a tratá-la como ele tinha tratado no passado. Ignorando-o, ela voltou para sua área de trabalho alquímico. Meng Hao riu e deu um tapa em seu saco de carregamento. Uma espada de madeira apareceu, disparando diretamente para ela.

Foi rápido e chegou a ela em um instante. Dado o estado de sua Base de Cultivo, ela não teria como evadir. Nem ela tentou. Ela olhou de volta para Meng Hao arrogantemente, com desdém em seus olhos.

A ponta da espada já estava em seu pescoço. Um ar frio e sombrio emanava de seu corpo. Mas seu queixo estava levantado tão alto como sempre, com seus olhos cheios de zombaria.

“Você tem três segundos para tirar sua espada,” ela disse friamente. “Se você não o fizer ou se você me machucar, então você não terá ninguém para compor as pílulas para você.” Sua pele era branca como a neve e sua cabeça estava arrogantemente inclinada. Seus olhos brilhavam enquanto ela olhava para Meng Hao com desgosto.

Ela estava convencida de que Meng Hao não ousaria fazer um movimento contra ela. A espada era simplesmente uma ameaça e, para Chu Yuyan, tais ameaças eram infantis e risíveis.

Ela era o tipo de pessoa que não podia tolerar ser injustiçada. Agora que ela criara com sucesso uma das pílulas, ela poderia manter a cabeça erguida e fazer Meng Hao pensar duas vezes antes de brincar com ela. Ela pode até ser capaz de obter a vantagem.

“Você está certa,” disse Meng Hao, franzindo as sobrancelhas. “Sem você, eu não teria como compor as pílulas.” Pelo aspecto das coisas, parecia que ele realmente não podia fazer nada para ela. No entanto, ele sabia que essa chama de rebeldia deveria ser apagada, para que não se tornasse ainda mais problemático. Ele pensou por um tempo, então de repente sorriu. Quando Chu Yuyan viu o seu sorriso, seu coração começou a bater inexplicavelmente e, de repente, ela não se sentiu mais nem um pouco à vontade.

“De fato,” disse ele friamente, “se eu ofendê-la de qualquer maneira, considerando que você é a discípula do Grão-Mestre Demônio da Pílula, você poderia facilmente fazer as pílulas incorretamente, ou talvez enfiar algo fatal nelas.” Seu tom era agradável e o olhar em sua face era enigmático. Chu Yuyan se sentiu ainda mais desconfortável. Ela naturalmente pensara em fazer exatamente como ele disse. Matar Meng Hao antes do tempo não iria influenciar o raio. Mas agora, ele falara para fora seus próprios pensamentos. Ela não sabia o que ele estava planejando, mas ainda achava que sua alquimia o impediria de prejudicá-la.

“Do que você está falando?” Ela disse friamente. Ela realmente sentiu que tinha algo errado com esse sorriso dele.

“A maneira que eu, Meng, lido com as coisas é como tal: se as pessoas não me ofendem, eu não as ofendo. Prometi te deixar sair daqui e não vou voltar atrás com a minha palavra. Mas não fique arrogante por causa de sua alquimia. Nem tente ganhar vantagem.”

A espada de madeira de repente voou de volta para ele, deixando para trás um minúsculo corte na garganta de Chu Yuyan. Ela abriu a boca reflexivamente e, ao abrir, Meng Hao deu um tapa em seu saco de carregamento. Uma pílula medicinal de cor rosa surgiu, disparando diretamente em sua boca. Ela dissolveu-se assim que entrou. Chu Yuyan recuou para trás, com sua expressão preenchida de choque. Ela queria cuspir a pílula, mas não conseguia.

“Que pílula você me deu?!” Ela disse, olhando para Meng Hao.

“Você usou uma técnica especial como uma fachada para tentar absorver minha Base de Cultivo,” disse Meng Hao friamente. “Ainda não resolvemos as contas sobre isso. Pense nessa pílula como um pequeno castigo.” Ele então fechou os olhos e a ignorou.

Tal comportamento de sua parte só serviu para fazer Chu Yuyan mais perturbada. Sua habilidade na alquimia era excepcional, mas ela realmente não tinha ideia de que pílula ela acabara de consumir. Ela rangeu seus lindos dentes. De repente, um vapor quente começou a se acumular dentro dela. Rapidamente a preencheu, fazendo com que pavor aparecesse em sua face.

Ela imediatamente se sentou de pernas cruzadas em meditação, tentando suprimi-lo. Mas sua Base de Cultivo foi reduzida a quase nada; atualmente, ela só poderia utilizar o poder do terceiro nível de Condensação de Qi. Como isso poderia ser o suficiente para neutralizar a pílula?

Ela se sentou em meditação durante o tempo que leva uma vara de incenso queimar. Um rugido preencheu sua cabeça e ela começou a perder a capacidade de até mesmo de pensar. Então, ela caiu em uma profunda alucinação.

Foi nessa hora que Meng Hao abriu os olhos. Eles estavam calmos, nem um pouco agitados. A pílula de agora fora adquirida na área montanhosa do vale, quando o velho do sapo lhe dera uma variedade de pílulas venenosas como tributo.

Ele originalmente nunca pretendera dar a pílula a Chu Yuyan, mas ela realmente estava pedindo por problemas. Sua arrogância irrompera com sua composição bem sucedida da pílula. Ele não teve escolha senão limpar aquele barulho. A fim de reduzir sua prepotência, Meng Hao decidiu dar-lhe a pílula.

Seus olhos eram claros e brilhantes, sua mente decidida. Depois de descer para este vulcão, ele colocou Chu Yuyan sob seu total controle. Ela não tinha margem para manobrar.

Sua teimosia e arrogância surgiram em várias ocasiões até hoje… e ainda assim ela ainda era incapaz de se livrar do controle de Meng Hao.