HS – Capitulo 3 – Ye Ning Xue



A menina recuou subconscientemente, mas não escapou como o que ela costumava a fazer. Ela viu seu rosto até mesmo seus olhos claramente sob a luz fraca. Ele é bonito, ela não pode deixar de pensar nisso. Seus olhos cheios de tristeza vicissitudes pareciam não corresponder à sua idade, mas não causaria ódio em tudo, pelo contrário, até mesmo foram preenchidos com o encanto do mal de tirar o fôlego como se as pessoas ficassem viciadas quando olhassem seus olhos.

Eles olharam um para o outro por um longo tempo, a menina olhou para ele como se sua alma tivesse sido tirada, olhou para ele e então olhou timidamente para o fruto em sua mão, engoliu. Ela então lentamente segurou sua fruta e timidamente disse a Ye Wu Chen timidamente. “Irmão Sênior, você gostaria de comer isso?”

Yu Wu Chen não pôde deixar de rir, depois se agachou e sacudiu a cabeça com um sorriso. Ele então alcançou suas mãos para se aproximar lentamente de seu rosto e gentilmente tocou as duas terríveis cicatrizes em seu rosto. Nesse momento, uma fraca luz incolor resplandecia da ponta de seus dedos. A garota ficou completamente chocada, arregalando os olhos e a boca. Ela até se esqueceu de esquivar-se, ficou parada como se estivesse presa.

Vários segundos depois, Ye Wu Chen colocou as mãos para trás e franziu a testa. Ele perguntou, “Qual é seu nome, irmãzinha?”

A menina ficou chocada até alguns segundos depois, e disse com uma voz fraca, “Eu… Eu não tenho um nome.”

“Sem nome? Onde está sua família? Por que você iria apareceu aqui?”

“Eu não tenho uma família… Estou aqui desde que acordei, então eu não tenho ideia do que aconteceu comigo.” A menina balançou a cabeça. Sua voz suave lentamente fez seu coração batendo rápido se acalmar.

“Você não consegue se lembrar do que aconteceu, certo?”

A garota ficou chocada novamente e então assentiu com olhos indefesos. Ela não tem família, nem memórias, nem sequer se lembra de seu nome. Quase todas as pessoas aqui a odeiam, a batendo com paus ou pedras quando a encontram. Mas ela só pode tentar com dificuldade escapar e se esconder, em seguida, chorar em um canto vazio. Ela apenas tenta instintivamente sobreviver, mesmo sem companheiros, e sem objetivos.

“Entendo.” Ye Wu Chen sorriu para ela novamente, eles compartilharam experiências semelhantes. Ambos apareceram inexplicavelmente, ambos perderam suas memórias. Isso pode ser chamado sentença do destino. Uma terna afeição saiu do fundo de seu coração, então ele disse, “Você quer ter um irmão que não vai fazer você passar fome ou mesmo ser intimidada.”

A garota olhou para ele com surpresa com seu rosto inexpressivo, neste momento, ela não tinha ideia de como responder a isso.

“Deixe-me ser o seu irmão ok? Eu não vou permitir que você morra de fome ou ser intimidada.”

A menina arregalou os olhos e sentiu-se totalmente no mar segurando o fruto que é ainda maior do que suas palmas. Ela sentiu amargura de seus coração e olhos, até mesmo algo do seu coração estava subindo. Ela disse covardemente, “Posso… Eu Posso? Todos me odeiam, me batem, porque eu…”

Ye Wu Chen se levantou e pegou suas mãos pequenas. “Siga-me, de agora em diante, você é minha irmã. Ninguém pode intimidar-te sem o meu consentimento.”

A menina olhou para ele e sentiu o calor da estranha mão que estava segurando sua mão esquerda. Sem saber, ela descobriu que seus olhos estavam cheios de lágrimas.

Ele pegou suas mãos e prometeu protegê-la quando ela se sentia sem saber o que pensar, quando ela era odiada, quando pensava que ela era descartada pelo mundo. A partir desse momento, sua imagem foi marcada profundamente em seu coração, permanentemente. Ela não conseguia impedir seu apego emocional a ele, assim como a forma como as pessoas ficavam viciadas no ópio mais venenoso do mundo.

[KingOfHornet: Ópio é tipo um droga, se você quer saber mais google.]

Apenas a partir deste momento, Dois cursos de vida que são impossíveis de cruzar finalmente se cruzaram.

Ye Wu Chen não tinha explicação para o velho homem e Chu Jing Tian porque ele a trouxe de volta. Mas eles não perguntaram mais e nem se opuseram a isso. Naquela noite, a cama que ele dormiu por 10 anos se torna a primeira cama da menina. Ye Wu Chen ficou do lado de fora da sala olhando para o céu ilimitado silenciosamente como se estivesse pensando em alguma coisa.

No silêncio, ele estendeu o braço esquerdo e usou os dedos em sua mão direita para varrer um pouco sobre ele. De repente, um pequeno corte apareceu em seu braço e começou a sangrar. Ele então usou os dedos em sua mão direita para tocar o corte, mas o corte surpreendentemente desapareceu e nem sequer deixou uma marca.

Ele abaixou as mãos e franziu a testa, confuso. Em suas memórias, ele sabia que ele tinha esse tipo de magia, mas porque ele não podia remover suas cicatrizes agora?

Era realmente uma cicatriz?

“Irmão.”

Ouvindo uma voz doce, Ye Wu Chen virou as costas e olhou para a menina que só revelou sua meia face, em seguida, disse a ela, “É tarde, por que você ainda está acordada?”

Depois de uma breve hesitação, a menina disse com um rosto ansioso. “Eu posso dormir na mesma cama com você, irmão?”

“Tudo Bem.” Ye Chen Wu prometeu e sorriu. Ele nunca gostaria de ver qualquer decepção em seu rosto, ou ver sua inferioridade por causa de sua cor de cabelo e cicatrizes. Pelo menos, ele tem que deixá-la saber que ele nunca vai odiá-la ou rejeitá-la.

“Sério?” A menina disse em voz alta com excitação. Ela foi então pega por Ye Wu Chen e colocada na cama de madeira surrada.

“Ótimo, pequenininha, agora prepare-se para dormir.” Ye Wu Chen abraçou-a em seu peito e disse isso com uma voz suave como se estivesse cuidando de um lindo bebê.

“OK!” Ela respondeu alegremente e moveu seu corpo mais perto em seu peito quente. E finalmente, ela encontrou uma posição confortável e preguiçosamente fechou seus olhos. No entanto, as manchas de lágrimas estavam continuamente aparecendo em seu rosto sorridente, ela se sentia tão feliz que não podia deixar de derramar lágrimas.

“Com que nome eu devo chamá-la?” Ye Wu Chen falou consigo mesmo enquanto tocava seus longos cabelos brancos. A menina olhou para ele com um olhar confuso. Ela tem uma extraordinária pele branca e de sua pele liberava um brilho como a neve em uma noite escura. Ye Wu Chen franziu as sobrancelhas e sussurrou, “Sua pele e cabelo são todos branco-neve como a mais pura neve, devo chamá-la de Ye Ning Xue? Você gosta desse?”

“Ye Ning Xue…” Ela repetiu em voz baixa e acenou com a cabeça. “Eu gosto tanto porque é meu irmão que me deu esse nome.”

Ela nunca dormiu tão pacificamente como esta noite, sem miséria, sem frieza, sem medo, porque ela tem alguém que pode protegê-la – seu irmão.

Ye Wu Chen não ousou mover seu corpo até que ela adormeceu. Ele finalmente suspirou e olhou para o céu com olhos fascinados até que ele adormeceu lentamente.

Quem sou eu…

Na manhã seguinte, quando Ye Wu Chen abriu os olhos, viu Ye Ning Xue se enrolando em seu peito como um gatinho preguiçoso e dormindo bem. Ye Wu Chen não pode deixar de sorrir, deitado na cama, ele manteve-se imóvel a fim de não a acordar, ele ouviu vozes lá fora. É realmente mais barulhento durante o dia do que à noite. E pode ser hora do café da manhã, então soa ligeiramente inquieto. Por conversar com Chu Jing Tian ontem, Ye Wu Chen sabia que há centenas de pessoas aqui durante os anos de reprodução. Eles estão espalhados em várias áreas e quase não tinham comunicação. Há cerca de 30 pessoas (crianças e adultos) no lugar que Chu Jing Tian vive. Geralmente, as 30 pessoas sentam-se e têm as refeições juntas.

Sendo acordada pelo barulho, Ye Ning Xue lentamente abriu seus olhos nebulosos, então começou a procurar Ye Wu Chen em pânico, enquanto ela aconteceu de ver Ye Wu Chen olhar para ela com um olhar engraçado. Ela também sorriu suavemente, em seguida, enrolou-se em seu peito novamente e, finalmente, fechou os olhos confortavelmente.


Tradutor: Empire Novels   |   Editor: Empire Novels



Fontes
Cores