[ED] Capítulo 8: Nono Santo Portão Demoníaco (2) 

O palco de batalha consistia de enormes pedras meteóricas. Cada pedra foi criptografada com as palavras de muitos Paragons Virtuosos; energia misteriosa e poderosa eram exercidas delas continuamente. Era esta energia que protegia o palco de batalha, tornando-o imune a danos pelos competidores.

“Um palco de batalha de nível Paragon Virtuoso!”

Apesar dessa não ser sua primeira vez presenciando isso, o palco de batalha ainda chocou os sentimentos de Nan Huai Ren com admiração.

Companheiro Zhang estava até mais orgulhoso e começou a se gabar.

“Esse palco de batalha foi criado pelo nosso Grande Ancião; isso pode até aguentar o poder destrutivo de múltiplos Paragons Virtuosos.”

“No passado, nossa Seita Ancestral Incenso da Purificação também tinha um palco de batalha…”

Nan Huai Ren não pôde evitar murmurar em voz baixa.

A verdade era que a Seita Ancestral Incenso da Purificação também teve um palco de batalha, mas não foi do nível Paragon Virtuoso. Alguns dizem que era quase de nível Imortal Imperador; Além disso, ele poderia suportar uma luta entre Reis Celestiais, bem como Imortais Imperadores. Foi encontrado pelo Imortal Imperador Min Ren nas profundezas de um espaço desconhecido.

Foi uma pena que ninguém sabia por que esse palco de batalha foi selado completamente. A partir daí, ninguém foi capaz de entrar na arena.

“Quatro Grandes Golems de Pedra!”

Li Qi Ye estava lá, mas ele perdeu completamente toda a conversa. Seus olhos estavam focados nas quatro estátuas gigantes localizadas nos quatro cantos da arena.

Cada um deles se elevava a mais de cem jardas. Todas elas tinham diferentes expressões, no entanto, eles eram todos muito realistas. Esculpida das mãos de um renomado especialista com uma técnica de lâmina que era muito natural e perfeita.

Esta é a coisa que ele mais queria ver. Após a morte de Nono Santo Paragon Virtuoso, ele nunca tinha visitado esta seita. Foi surpreendente ver as quatro estátuas após todos esses anos.

Quando Nan Huai Ren e Companheiro Zhang estavam conversando, ninguém notou Li Qi Ye. Um momento depois, Companheiro Zhang finalmente viu a atual ação de Li Qi Ye; Ele levantou suas sobrancelhas e perguntou:

“O que esse idiota está fazendo?”

Nan Huai Ren viu que Li Qi Ye estava tentando subir no topo da estátua do leste; no entanto, por causa de seu fraco nível de cultivação, ele não conseguiu chegar ao topo.

Agora havia muitos estudantes rodeando o palco de batalha; eles estavam assistindo ele se esforçar como um garoto do vilarejo que visitava a capital pela primeira vez. Risadas irromperam e vaias encheram a arena.

Nan Huai Ren estava tão envergonhado que ele quis cavar um buraco e se esconder nele para sempre. Ele não podia ver o que era tão especial sobre essas quatro estátuas que estavam conduzindo as ações de Li Qi Ye.

Li Qi Ye sinalizou para Nan Huai Ren para se aproximar. Ele não pode dizer não para o discípulo primordial, especialmente quando a pessoa está sendo apontada por toda seita. Ele andou cabisbaixo para Li Qi Ye sob os olhares escrutinados de todos os discípulos.

“Essa estátua é alta demais, me leve para cima.”

Li Qi Ye comandou calmamente.

“Ah?!”

Nan Huai Ren gritou, em seguida, tornou-se silencioso. Ele silenciosamente questionava se Li Qi Ye tinha enlouquecido. Escalando a estátua, na frente de todos os discípulos do Nono Santo Portão Demoníaco, isto era um grande tapa na cara deles.

“Você irá me levar pra cima ou você quer continuar assistindo minhas macaquices?”

Li Qi Ye comentou casualmente, era como se tudo isso não teve nada a ver com ele.

Sem nenhuma outra opção, Nan Huai Ren segurou Li Qi Ye e pulou, em um só pulo, para o topo da estátua.

Li Qi Ye sentou no ombro da estátua; ele olhou na longínqua distancia descontraidamente e absorveu os céus diante de seus olhos.

Nan Huai Ren não era tão descarado como Li Qi Ye. Ele imediatamente pulou para baixo e então esperou na parte inferior da estátua. Ele estava ali, esperando, no caso de algo acontecer; Ele simplesmente não podia abandonar seu discípulo companheiro.

Companheiro Zhang, no entanto, não queria ficar parado lá por mais um segundo; ele saiu imediatamente sem nenhuma despedida.

“Ele pensa que ele é o bonzão; sentando no topo da estátua?”

“Esse caipira é rude demais!”

Ignorando os comentários vomitados pelos discípulos do Nono Santo Portão Demoníaco, Li Qi Ye permaneceu sentado no ombro da estátua; ele sussurrava como se estivesse tento uma conversa com ela.

As ações loucas e sem sentido de Li Qi Ye causaram os espectadores a questionar a sanidade mental de Li Qi Ye e suas próprias. Esse era verdadeiramente um idiota sem medo. Ninguém tentou impedi-lo, no entanto; eles sentiram que era abaixo deles interferir com o divertimento de um louco.

Eventualmente, Li Qi Ye parecia ter ficado entediado de sentar. Mais uma vez mostrou suas mãos para sinalizar a Nan Huai Ren. Como uma pedra que tinha sido retirada de seus ombros, Nan Huai Ren estava tão aliviado que esta loucura tinha chegado ao fim e trouxe Li Qi Ye para o chão.

“Querido Sênior, o sol já se pôs. Que tal voltarmos e descansarmos?”

Nan Huai Ren estava rezando com todo o seu coração para que esse discípulo primordial pudesse poupá-lo de ainda mais constrangimentos. Quem saberia que outra coisa ele faria se a viagem continuasse.

Vendo que a pobre expressão facial de Nan Huai Ren era como um filhote morto, Li Qi Ye deu uma leve risada e assentiu sua cabeça em acordo.

“Sua mãe!”

Um discípulo não pode deixar de gritar depois de ver o sorriso diabólico de Li Qi Ye.

“A Seita Ancestral Incenso da Purificação é uma seita de terceira classe. Um sapo quer comer a carne de um cisne? Eu cuspo! Uma tartaruga preta burra tem nervos de cortejar nossa Sênior.”[1]

Vendo que alguém o estava desafiando diretamente, Li Qi Ye lentamente se virou e disse:

“Cortejar sua sênior? Não pense alto de si mesmos. Até se um anjo celestial ou fadas divinas quisessem casar comigo, elas teriam que rezar pela minha aceitação. Sua sênior? Há uma longa fila até a vez dela.”

“Sua mãe, você está cansado de viver…”

Todos os discípulos homens estavam tendo um alvoroço depois de ouvir essas palavras sem vergonha.

“Se acalmem, se acalmem, todos deveriam valorizar a paz e prosperidade!”

A situação atual gelou a espinha de Nan Huai Ren; ele imediatamente pegou Li Qi Ye e saiu. Ele não podia deixar esse cara louco fora por mais um segundo.

Depois de chegarem a sua casa de hóspedes com segurança, Nan Huai Ren chorou:

“Honrável Sênior, por favor! Esse não é um lugar onde podemos dizer e fazer o que quisermos. Dê um passo para trás e aprecie o céu alto e mar profundo. Por favor, comporte-se!”

“Me comportar?”

Li Qi Ye proclamou indiferente:

“Um general deve parar a chegada de um exército, uma barragem irá deter vigente chegada!” [2]

Nan Huai Ren gelou; cuidar de alguém como Li Qi Ye era como procurar problema para si mesmo. Ele verdadeiramente se arrependeu de pegar essa missão para ir para o Nono Santo Portão Demoníaco.


Após os acontecimentos no palco de batalha, muitos dos discípulos do Nono Santo Portão Demoníaco ficaram indignados. Du Yuan Guang era um daqueles que verdadeiramente queria matar Li Qi Ye. Ele era um discípulo externo, mas seu talento inato era acima da média; assim, muitos se referiam a ele como o “pequeno gênio”. Ele apenas se juntou a seita há cinco anos, mas ele já chegou à fase auge do Palácio Provisório. Contanto que ele possa passar com êxito no exame deste ano, ele pode se tornar um discípulo interno.

Du Yuan Guang tinha uma forte queda por Li Shuang Yan. Durante seu exame de admissão à seita, ela foi um das principais organizadoras. Quando ele a viu pela primeira vez, ele se apaixonou. Ele também pensou que ela reconheceu suas habilidades e talentos desde que ela o aceitou.

Ele tinha grande confiança em suas habilidades e queria que ela virasse sua parceira Dao. Li Qi Ye estando lá, naturalmente, virou um espinho em seus olhos.

“Esse mortal não sabe seus próprios limites. Se eu não ensiná-lo uma pequena lição, ele irá continuar pensando que ele está acima do céu e da terra.”

Os olhos de Du Yuan Guan revelaram sua intenção de matar enquanto gritava alto.

 

[1] Eu cuspo é uma expressão no qual a pessoa que fez simula o som de cuspida sem na verdade cuspir. É para mostrar desprezo.

[2] Esse é outro provérbio Chinês. Isso fala para alguém não se preocupar, quase como um que será será”.

Contribua com a Novel Mania!