ED – Capítulo 73 – Su Yu He (1)


“Se você não mostrar seu verdadeiro corpo, tome cuidado porque eu irei te cortar.”

Li Qiye abraçou sua antiga cítara e sorriu confortavelmente.

“Hahahahah…” O monstro sorriu sinistramente. O som era difícil de ouvir e ensurdecia os ouvidos, fazendo os outros tremerem:

“Você nunca poderá me matar! Ninguém pode me matar!”

“É mesmo? Espere até eu cavar abaixo do Pico Lunar Anuário os ossos da falecida; você então poderá dizer que ninguém te matará?”!”

Li Qiye sorriu satisfatoriamente.

“Bang…Bang…Bang…”

Depois de ouvir as palavras de Li Qiye, o monstro estava assustado e retraiu para trás.

“Mostre-me seu corpo verdadeiro agora; não finja ser os Deuses e Diabos na minha frente.”

Li Qiye sentou em uma postura meditativa no chão, olhando para o monstro. Ele gentilmente limpou a poeira da sua antiga cítara.

“Zheng…Zheng….Zheng…” A cítara começou a tocar novamente. Era tão suave quanto o fluir da água, seu som fluiu para dentro do Pavilhão Fantasma. Da fluidez da cítara veio a harmonia dos padrões melódicos, suave e macio.

Na melodia da cítara, era como se os outros pudessem ver dentro que, acima da montanha azul, havia uma pequena ponte para atravessar o rio. Através dela, haveria um pátio cheio de galinhas na manhã, um pequeno e tranquilo vilarejo estava aparecendo na frente de seus olhos.

Esse monstro impenetrável, ouvindo essa melodia, se afastou ruidosamente. Nesse momento, as camadas de névoa dissiparam de seu corpo. No final, o monstro gigante enfim desapareceu, e uma figura nebulosa apareceu. Era apenas uma figura esbelta e graciosa; era apenas uma sombra de suas costas, mas era o suficiente para desabar o espírito de todas as coisas vivas. Só a sombra de suas costas era o suficiente para deixar todas as coisas vivas incondicionalmente virarem suas cabeças para uma outra olhada. Era uma beleza capaz de causar a destruição de nações; era uma beldade absoluta e incomparável.

Quem pensaria que um monstro fazendo outras pessoas assustadas teria uma beleza incomparável como seu verdadeiro corpo.

“Casa Mortal da Água Corrente!”

A insondável sombra borrada olhou para Li Qiye, e murmurou:

“Vo-Você… como você conhece essa melodia?!”

“Xiao He, realmente é você.” ¹

Li Qiye parou de tocar, e riu confortavelmente enquanto olhava para a sombra dessa beldade inigualável.

A beldade inigualável, ouvindo as palavras de Li Qiye, imediatamente se assustou, e continuou a se afastar. Perguntou horrorizada:

“Qu-Quem, quem é você?!”

Li Qiye abriu um sorriso e disse:

“Aquele ano, sob a árvore wutong, cavando os ossos para você, além do pirralho Min Ren, me fale, quem mais seria?”

“Vo-você, você é Vossa Excelência Corvo Divino?!”

A incomparável sombra, atônita, rapidamente avançou e surpreendentemente disse:

“Vossa Excelência Corvo Divino, você realmente ainda está vivo.”

Li Qiye sorriu e relembrou emocionado.

“Eu sou eterno desde o passado antigo, não há nada de estranho.”

A inigualável figura se aproximou, sua sombra era transparente e obscura, mas do seu formato, podia-se falar que ela era uma beldade incomparável.

Li Qiye finalmente olhou para ela, balançou sua cabeça e disse:

“Você não dissipou. Que pecados você cometeu para sofrer assim? Se tornando em algo que não é humano nem um fantasma. Você tem que relembrar, aquele ano eu te falei que você não é Su Yu He; você é um fantasma, mas você também não é humana. Você é apenas um fio de sentimentos de anseio, não querendo dissipar.”

A figura inigualável ouviu as palavras de Li Qiye, curvou sua cabeça em silêncio.

“Eu sei.”

Li Qiye balançou sua cabeça e continuou:

“Você gostava daquele pirralho Min Ren, mas você não podia esquecer. Até aquele ano, aquele pirralho Min Ren não pôde recriar você. Afinal, você é uma pessoa morta; além do mais, sua alma e espírito já dissiparam junto com qualquer sentimento de ódio. Você não é um fantasma, você não é um sentimento de ódio, e você especialmente não é a alma de Su Yu He, vagando nesse mundo. Na verdade, você e Su Yu He não tem mais nenhum relacionamento. Você é apenas um sentimento de anseio; um fio de desejo por Min Ren, não desejando partir.”

A cabeça da inigualável sombra continuou abaixada; ela não disse outra palavra.

Li Qiye disse gravemente:

“O maior defeito do pirralho Min Ren era ser gentil demais. Aquele ano, eu falei para ele usar uma melodia para transcender sua alma para encontrar a paz, mas ele não fez isso!”

A sombra inigualável sussurrou baixo:

“Vossa Excelência, não culpe Imperador Imortal Min Ren. Foi porque eu, eu não queria transcender. Eu, eu só queria deixar para trás, deixar um fio de sentimento de anseio!”

Li Qiye balançou sua cabeça e disse:

“Pirralho Min Ren não está mais aqui, você sente como se há algum significado em deixar para trás um fio de sentimento de anseio? Quando pirralho Min Ren ainda estava nesse mundo, ele era gentil demais e misericordioso; frequentemente ele vinha tocar uma melodia para você! Contudo, você também sabe que não era por causa de você. Pirralho Min Ren morreu, então por que você ainda permanece nesse lugar?”

Ouvindo as palavras de Li Qiye, a sombra chamada Xiao He ficou triste, curvou sua cabeça realmente baixa e finalmente disse gentilmente:

“Depois que ele foi embora, eu esperava que um dia eu pudesse ser enterrada junto a ele sob o pessegueiro, mas foi impossível. Eu não tive escolha além de permanecer dentro dessa cítara. Depois, a cítara afundou no chão sozinha, e eu caí em sono profundo.”

Vendo essa pobre mulher em sua frente, Li Qiye suspirou gentilmente; no fim, ele teve que dizer:

“Tudo bem, depois que eu concluir tudo, eu irei para o Pico Lunar Anuário e cavarei seus restos. Irei te enterrar junto sob o pessegueiro, para realizar seu ultimo desejo.”

Xiao He curvou para demonstrar seu respeito, e disse grata:

“Obrigada, Vossa Excelência.”

Vendo-a, Li Qiye podia apenas suspirar. Não havia palavras para descrever os sentimentos em seu coração. Ele podia apenas dizer, essa era a mãe natureza zombando dos humanos.

Aquele ano, ele trouxe Imperador Imortal Min Ren para o caminho do cultivo. Ele deixou Min Ren escolher esse lugar para estabelecer a Seita Ancestral do Incenso da Purificação por um motivo. Durante a Era Desolada, esse lugar era um grande terreno misterioso. Muitas coisas inexplicáveis aconteceram aqui. Naquela era, incontáveis raças tinham examinado esse lugar.

Direto para a Era de Inicio havia uma raça diferente com profundos talentos celestiais que ascenderam nesse lugar; eles criaram impérios sem iguais. Essa raça, esse lugar, tinha um tirano, e esse tirano era feroz, só como o restante do seu tipo. Isso causou toda a raça humana no Mundo Mortal, ser massacrada por ele.

Depois disso, um Paragon Virtuoso da raça humana surgiu e se rebelou contra esse tirano. Esse Paragon Virtuoso era uma criação inigualável, e ele se elevou sob os oito desolados; ele era o oponente do outro tirano.

Entretanto, o tirano costumava explorar os mistérios dessa terra. Cada vez, ele e o Paragon Virtuoso lutavam até a morte; se ele estivesse em perigo, ele emprestava essa misteriosa terra para derrotar o Paragon Virtuoso.

O Paragon Virtuoso não estava desencorajado; de novo e de novo, ele guerreou contra essa misteriosa terra. Contudo, derrota após derrota. De ser um jovem corajoso cheio de energia para ser um Imperador Mortal com cabelo branco, no fim, esse Paragon Virtuoso ficou desesperado. A menos que ele pudesse carregar a Vontade do Céu, não haveria jeito que ele pudesse derrotar esse tirano que estava emprestando a força dessa misteriosa terra.

Entretanto, ele não teve essa chance; ele teve que desistir de sua oportunidade para carregar a Vontade do Céu! Antes da ultima guerra, ele apareceu com um novo método!

Esse Paragon Virtuoso tinha uma filha. Sua filha, sejam seus talentos ou beleza, ela era inigualável; ela era considerada a beldade numero um daquele tempo! O Paragon Virtuoso querendo desvendar a terra misteriosa deixou sua filha casar com esse tirano no final.

O tirano também sabia as intenções de seu inimigo mortal. Ele desejava a beldade numero um, então ele a levou para dentro de seu império.

Desde então, a beldade numero um, que foi admirada por todos, se tornou a única possessão do tirano, e ela se tornou seu brinquedo. Caindo em suas mãos, a beldade numero um aceitou incontáveis degradações e sofreu  inúmeros atos vergonhosos, mas no fim, ela pôde obter o segredo dessa terra.

O Paragon Virtuoso, usando o segredo descoberto por sua filha, pode derrotar o tirano na ultima batalha, ele destruiu seu império brutal.

Contudo, a história não acaba aí. Depois disso, o Paragon Virtuoso não pode herdar o segredo dessa terra. Ele forçou seu caminho até os céus, querendo emprestar o segredo dessa terra para conectar a Vontade do Céu, para carregar a Vontade do Céu, e se tornar o invencível nos Nove Mundos!

Entretanto, depois que a beldade numero um sofreu humilhações a fim de completar sua tarefa, ela morreu de tristeza na escura cortina noturna. Seus sentimentos de ódio não desapareceram; eles permaneceram no topo dessa terra.

O momento em que o Paragon Virtuoso estava tentando atacar a Vontade do Céu, o sentimento de ódio foi disparado repentinamente, em uma louca violência. Sobre sua filha, o Paragon Virtuoso sempre se sentiu culpado. Devido a sua filha morrer de doença, o Paragon Virtuoso vivenciou um golpe até maior, deixando sua força de vontade do Dao dar luz a vontade do diabo. ²

Durante o momento crucial, o sentimento de ódio de sua filha de repente perfurou o céu, e foi direto no Ódio do Céu, deixando a vontade do diabo do Paragon Virtuoso ficar louco repentinamente. No fim, ele não conseguiu superar a consumação da vontade do diabo, e ele morreu sob o poder do Ódio do Céu.

No fim, o reino da raça humana estabelecido pelo Paragon Virtuoso, nesse lugar, se tornou em ruínas!

A filha desse Paragon Virtuoso, a beldade número um daquela era, era Su Yu He!

Incontáveis anos se passaram; Li Qiye, como Corvo Negro, levou Imperador Imortal Min Ren para esse lugar para estabelecer a Seita Ancestral do Incenso da Purificação. Naquele tempo, esse lugar ainda estava em ruínas. Entretanto, os sentimentos de ódio de Su Yu He ainda existiam, e muitas vezes causavam caos devido ao ódio; os sentimentos de ódio perfuraram o céu, e eles transformaram esse lugar em um Domínio Fantasma.

Mais tarde, Imperador Imortal Min Ren, sob a instrução de Li Qiye, encontrou o lugar de descanso de Su Yu He. Ele restaurou seu corpo e enterrou ela em uma linda área pitoresca.

Imperador Imortal Min Ren tocou incontáveis melodias para os sentimentos de ódio dela para eles transcenderem. Depois de muitas vezes, no fim, seus sentimentos de ódio finalmente se dissiparam e ela fechou seus olhos no sepultamento.

Entretanto, depois que os sentimentos de ódio dissiparam, o momento antes dela fechar seus olhos, sua alma ainda estando nesse mundo, Su Yu He deu a luz a um sentimento de anseio pelo Imperador Imortal Min Ren. Finalmente, ela fechou seus olhos e descansou em paz em uma localização desconhecida.

Contudo, esse sentimento de anseio seguiu a antiga cítara de volta para a Seita Ancestral do Incenso da Purificação. Depois disso, quando Li Qiye, como Corvo Negro descobriu, ela já esteve ficando na seita.

Para tal situação, Li Qiye não aceitou. Su Yu He tinha morrido com nenhuma chance de ressurreição. Além do mais, esse fio de sentimento de anseio não era Su Yu He. Isso não era uma pessoa, não um fantasma e especialmente não uma existência; era meramente um fio de sentimento de anseio.

Um fio de sentimento de anseio permanecendo nesse mundo era apenas uma tortura para ela. Ela não tinha uma chance de se tornar uma existência viva, então ela não tinha um jeito de seguiu o Imperador Imortal Min Ren; ela era nada além de um sentimento de anseio em meio a nada.

 



Tradutora
: Manju   |   Editor: Blueinger



1 – Xiao significa pequeno, é um jeito afetivo de chamar alguém

2- Vontade do Diabo = uma falha no Dao de alguém, pode levar alguém a enlouquecer ou perder as emoções

Contribua com a Novel Mania!