[ED] Capítulo 21: Caverna Santa (1)

No próximo dia, depois que as preparações estavam completas, os Anciãos convidaram Li Qi Ye. Yu He pessoalmente virou o acompanhante de Li Qi Ye para levá-lo ao lugar mais fundo do Nono Santo Portão Demoníaco.

Com a força e nível de cultivo de Yu He, até em todo o Antigo País do Boi, ele seria uma pessoa influente. No entanto, agora ele era o acompanhante de Li Qi Ye; ninguém iria acreditar até mesmo se os rumores se espalhassem.

No fim do Nono Santo Portão Demoníaco havia uma montanha solitária, e sob a montanha estava uma caverna selada. Era desconhecido por quanto tempo a caverna foi selada; ela foi coberta pela grama selvagem e cogumelos, e a frente da caverna estava gasta pelo teste do tempo com erosões santificadas. [T/N: juro que tava essa palavra].

Essa era uma zona proibida do Nono Santo Portão Demoníaco, apenas os Anciãos e acima podiam entrar.

Lendas dizem que embora o Nono Santo Paragon Virtuoso tivesse deixado sua linhagem de cultivação para a seita, ainda havia certos tesouros deixados para trás na caverna. Não precisa nem dizer que, por ele temer que suas futuras gerações fossem fracas e fúteis, ele criou a Caverna Santa, então lá sempre haveria uma chance para renascimento caso a atual seita fosse destruída.

Uma coisa que o mestre da seita e todos os anciãos tinham certeza era que lá havia pelo menos um Tesouro da Vida Imperador Imortal.

Quando o Imperador Imortal Min Ren recebeu a Vontade do Céu, foi falado que ele deu ao Nono Santo Paragon Virtuoso um Tesouro da Vida Imperador Imortal pelas suas conquistas como o protetor do destino de Min Ren. No entanto, os descendentes do Nono Santo Paragon Virtuoso não tinham isso em sua possessão. É por isso que todos acreditavam que o tesouro – estava de fato – localizado na Caverna Santa.

O Tesouro da Vida Imperador Imortal era uma arma que Min Ren criou pessoalmente durante sua conquista dos Nove Mundos. Esse Tesouro da Vida era muitas vezes mais forte do que um Verdadeiro Tesouro Paragon Virtuoso.

Embora não fosse um Verdadeiro Tesouro do Imperador Imortal, um Tesouro da Vida era o suficiente para inspirar ganância de todos.

[T/N: Há dois tipos de tesouros: Verdadeiro e da Vida. Verdadeiro é uma versão muito mais forte do que o da Vida pois ela foi imbuída com energia verdadeira de seu mestre tbm. Ali em cima fala que o Tesouro da Vida era mais forte que o verdadeiro, mas esse verdadeiro está no nível do Paragon Virtuoso, e ele só é mais forte que esse verdadeiro pois foi feito por um Imperado Imortal]

Há caligrafias entranhadas ao lado da caverna; radiantes e vivas em contraste com os arredores.

“Único Demônio sob os Céus”

Essas palavras exerciam uma atmosfera ponderosa e majestosa. Cada vívida palavra, vibrando com seu próprio espírito, eram destacadas com a caligrafia impecável. Era como se essas palavras celestiais estavam prontas para perfurar os céus a qualquer momento; como um dragão voador ou uma fênix dançante. Testada pela força do tempo, por muitas luas, a aura do Paragon Virtuoso ainda permanecia.

Essas quatro palavras foram deixadas para trás pelo próprio Nono Santo Paragon Virtuoso. Todos os descendentes do Nono Santo Portão Demoníaco acreditavam que essa era a chave para abrir a Caverna Santa.

Para o lado esquerdo estava “Único Demônio sob os Céus” mas o lado direito estava vazio. Isso é porque os descendentes acreditavam que se eles puderem combinar corretamente o jogo de palavras para o lado direito, a caverna se abriria.

Contudo, havia outros que pensavam que as cinco [T/N: em ing tá 4, eu coloquei 5 pq em PT tem 5]  palavras “Único Demônio sob os Céus” era a verdadeira chave. Isso escondia intocáveis verdades misteriosas; cada traço possuía supremas Léis de Mérito. Contanto que alguém possa entender seu significado, ele mesmo poderia abrir a caverna.

Ambas as predições foram testadas pelos discípulos através das eras. Havia um discípulo com a mais alta aptidão inata no Nono Santo Portão Demoníaco que cultivou próximo dessas palavras para entender o verdadeiro significado. Outra vez, o Mestre da Seita pessoalmente foi para o mundo mortal; ele encontrou um especialista literário inigualável, esperando que essa pessoa pudesse escrever uma combinação para a direita.

Porém, a caverna permaneceu fechada apesar de tentarem todos esses métodos ao longo dos anos.

Para Li Qi Ye, depois de ver a caverna e as palavras escritas para a esquerda, ele imediatamente sabia como abrir a caverna. No entanto, visto que havia Anciãos assistindo, ele não podia abri-la imediatamente.

Ele pisou próximo a caverna, movendo de um lado ao outro. Ele bateu nas paredes aleatoriamente, se agachou no chão, então balançou a cabeça cabisbaixo como se a resposta não estava onde ele pensou que estaria. Depois de um tempo, ele focou intensamente nas palavras “Único Demônio sob os Céus”.

Vendo as ações de Li Qi Ye, sem resultados, fizeram os Anciãos inquietos. Entretanto, eles não ousavam dizer nada; todos eles só estavam segurando suas respirações enquanto assistiam ansiosamente todo movimento de Li Qi Ye.

Eventualmente, ele sentou em uma pose de meditação na frente da caverna. Tempo passou devagar, do amanhecer ao meio-dia, do meio dia ao pôr do sol no oeste. O sol avermelhou o céu; Li Qi Ye ainda permanecia imóvel.

Li QiYe meditando por um dia inteiro fez os Anciãos perderem a paciência.

“Vai ser um sucesso?”

Um Ancião falou para si.

“Esse demoniozinho só está fingindo?”

Vendo que não havia conexão entre Li Qi Ye e a caverna, a confiança nele começou a balançar. Talvez seus milagres com a Floresta do Coração Caótico e os Quatro Guardiões Celestiais eram só aquilo.

“Hmmph, talvez ele só teve sorte.”

Esse Ancião não confiava verdadeiramente no que ele estava dizendo. Ele sabia que Li Qi Ye tinha segredos; ele só estava expressando sua insatisfação de ter um estranho no seu solo sagrado.

“Pena e tinta!”

Quando os Anciãos estavam divagando entre si, Li Qi Ye levantou imediatamente e disse. Depois de ter sentado lá por um dia inteiro, sua bunda estava agonizando de dor.

Um Ancião trouxe para ele uma pena de caligrafia e tinta; Li Qi Ye agiu misteriosamente. Ele balançou sua cabeça e lamentou:

“Então é isso, então é isso! Nono Santo Paragon Virtuoso é realmente imensurável.”

Então ele cuidadosamente mergulhou a pena na tinta enquanto segurava graciosamente sua manga e começou a escrever para o lado direito da caverna.

“Mero Frango sobre a Terra”

Ele não era um calígrafo especialista; ele escreveu apressadamente essas cinco palavras. [T/N: no chinês são 2 grupos de 5 caracteres cada.] Eles não continham nenhuma aura, muito menos quando comparado as palavras do Paragon Virtuoso.

“Único Demônio sob os Céus, Mero Frango sobre a Terra”

As duas linhas tinham significados opostos, e não se engrossavam bem.

[T/N: Esse é um jogo histórico de poesia chinesa; cada palavra tem um par cada ou tem significados opostos para suas contrapartes correspondentes na mesma ordem, e as duas linhas também precisam ter o mesmo significado ou opostos também.]

Depois que Li Qi Ye acabou, os rostos dos Anciãos escureceram pois essas palavras simplesmente desonravam seu patriarca. Eles não eram dignos para combinar com a frase “Único Demônio sob os Céus”

“Que atrevido, para envergonhar nosso Nono Santo Portão Demoníaco!”

Um Ancião rugiu ensurdecedoramente.

Li Qi Ye o encarou e retorquiu:

“Você é um artista marcial comum, o que você sabe sobre os significados enigmáticos por trás da literatura? Você nem sabe a reflexão de seu ancestral, e ainda você ousa levantar e gritar?”

“Você…”

Depois de ouvir a resposta de Li Qi Ye, o Ancião avermelhado estava prestes a explodir.

“Creak… creak…”

Um som pesado soou, e a Caverna Santa começou a abrir.

Os Anciãos rolaram seus olhos; eles não podiam acreditar no que estavam vendo! Como podiam as palavras “Mero Frango sobre a Terra” abrir a caverna?

“Como isso é possível?”

Li Qi Ye elevou seus lábios, e pensou:

“Por causa que seu Patriarca era um frango[T/N:literalmente] que chegou ao ápice para virar um demônio, é por isso que eu escrevi essas palavras.”

Ele naturalmente não iria falar para eles o verdadeiro segredo. Nono Santo Paragon Virtuoso não costumava ter esse nome. Ele costumava ser conhecido como Nono Santo Demônio Celestial, um nome com grande arrogância. Quando o Corvo Negro Li Qi Ye pediu a ele para virar o protetor do destino para Min Ren, ele recusou imediatamente. Ele elogiou a si mesmo como o “Único Demônio sob os Céus” no qual era porque ele escolheu não estar sob ninguém.

Desde que ele ousou rudemente dizer não para o convite de Li Qi Ye, isso fez Li Qi Ye bravo; ele espancou o Paragon Virtuoso. Ele também o forçou a voltar para sua forma original e arrancou todas as suas penas de raiva, então ele riu:

“Haha, Mero Frango sobre a Terra.”

Contribua com a Novel Mania!