ED – Capítulo 128 – Lótus dos Seis Daos (2)


“Haha, tesouros dos deuses? Se realmente houver um tesouro dos deuses, eles não seriam os únicos a pegá-lo.”

Li Qiye zombou e disse.

Li Shuangyan olhou e perguntou:

“Então o que é?”

Obviamente, Li Qiye conhecia a Cordilheira Infestada pelo Mal muito bem.

“O deus da morte…”

Os olhos de Li Qiye se estreitaram, e então ele continuou:

“O deus da morte esteve faminto por milhões de anos. Finalmente, ele não pode mais aguentar.”

Sempre que Li Qiye estreita os olhos desse jeito, Li Shuangyan só podia tremer. Ela entendeu que isso era muito mais aterrorizante do que ela poderia imaginar.

“Vamos indo.”

Li Qiye comandou Niu Fen.

“Jovem Nobre, para onde iremos?”

Niu Fen nunca questionou os comandos de Li Qiye; ele sempre obedeceu imediatamente.

“Volte para a Árvore da Lótus de Cassia.”

Li Qiye continuou:

“Aqueles sacos de palha estão apenas indo em direção à suas mortes, para se tornarem deliciosos nutrientes. Não tem como eles suprimirem aquela coisa demoníaca!”

Li Qiye montou o caracol até a Árvore da Lótus de Cassia. Vendo seu retorno, o grupo do Élder Gu Tieshou suspirou de alivio. Gu Tieshou perguntou:

“O que aconteceu lá?”

Embora tenha impedido os discípulos de sair desse pacífico terreno, ele ainda viu a luz sangrenta subindo no céu.

“Um desastre.”
Li Qiye desceu de Niu Fen e disse a Gu Tieshou:

“Élder Gu, se quaisquer discípulos foram, mande-os retornar imediatamente. Todos os discípulos, a partir de agora, não estão permitidos a sair de perto dessa árvore por mais de dez zhang.”

“Eu já mandei trazerem eles de volta. Eu irei lhes dizer que não estão permitidos a sair.”

Vendo seu comportamento solene, Gu Tieshou respondeu apressadamente.

Quando a luz sangrenta iluminou o céu do leste, Gu Tieshou não sabia se era um sinal auspicioso ou sinistro, então ele imediatamente mandou os discípulos retornarem para evitar eventos inesperados. Na verdade, desde que a luz apareceu, Gu Tieshou sempre esteve esperando pela volta de Li Qiye. Sem Li Qiye, ele – como o primeiro élder – estava ansioso e com um pouco de medo. Só que agora, Li Qiye inconscientemente se tornou a fundação da Seita Ancestral do Incenso da Purificação. Eles possuem completa confiança nas estratégias de Li Qiye. Sem sua presença, eles se tornam nervosos.

Enquanto Gu Tieshou transmitia as ordens de Li Qiye para os outros, Li Qiye se aproximou da Árvore da Lótus de Cassia. Perante ela, ele sentou-se no chão e fez uma cruz com suas mãos. Então, ele silenciosamente rezou para comunicar suas intenções:

“Naquele ano, eu juntei forças com você e exterminei a existência maligna. Você já sabia que essa existência não tinha morrido. Eu plantei uma semente aqui como preparação para o futuro, com o objetivo de impedir a existência maligna de renascer…”¹

“Agora, como você já sabe, minha preparação deixada para trás naquele ano foi destruída. E agora, a existência maligna tem uma chance de reviver. Pela Cordilheira Infestada pelo Mal, eu irei novamente pessoalmente. Se você não for, não irei lhe forçar. Contudo, eu precisarei dos ossos de lótus e a água sagrada para criar uma formação para exterminar a existência maligna que está renascendo…”

Li Qiye sentou no chão e rezou silenciosamente para a Árvore da Lótus de Cassia.

Essa não era a primeira vez que o grupo de Li Shuangyan viu Li Qiye com tal cara. Nesse momento, eles sabiam que a árvore na frente deles tinha sua própria consciência.² Quanto para o porquê Li Qiye se refere à ela como a Árvore da Lótus de Cassia, eles não sabem.

Perante o pedido de Li Qiye, de cima um novo galho, silencioso, lentamente nasceu. Depois, muitos novos galhos extraordinários de repente começaram a ser expulsos da árvore.

Os galhos que saíram do corpo da árvore eram tão grandes quanto um braço, mas eram brancos como a neve. No primeiro olhar, eles pareciam ser ossos brancos que eram tão polidos quanto jades. Cada um desses galhos de ossos brancos, não só fizeram com que os outros sentissem medo, mas também outros sentimentos inexplicáveis, como se ouvissem os sons do Grande Dao soando de dentro.

A súbita aparição desses galhos brancos como jades do corpo da árvore fez Li Shuangyan e Tu Bu Yu ficarem chocados. Essa gigante Árvore da Lótus de Cassia realmente tem sua própria consciência.

Enquanto suas bocas ainda permaneciam abertas, esses galhos começaram a florescer muitos botões. Depois, eles estavam totalmente floridos. Nesse momento, todos viram claramente que essas flores eram flores de lótus com seis pétalas; cada flor de lótus era tão grande quanto um chapéu.

Quando todas essas lótus estavam totalmente floridas, todas as pessoas presentes sentiram como se suas almas estivessem saindo do seus corpos – eles estavam extremamente confortáveis. Nesse momento, eles sentiam que as lótus em floração completa estavam ressoando com seus Grandes Daos. A que mais sentiu isso foi Li Shuangyan, que tinha um Físico de Cristal Puro nascido naturalmente e cultivava o Físico Imperfeito do Vazio.

Nesse momento, o corpo inteiro de Li Shuangyan era como uma lótus sagrada florescendo. Em um segundo, seus brilhos imortais dispararam para o céu e a música do grande dao começou a tocar. Era muito gentil, mas esses mesmos sons gentis e fracos, na orelha dos outros, carregava a sensação dos sinos divinos, fazendo com que seus corações batessem mais rápido.

Nesse momento, Li Shuangyan parecia ser uma fada banida dos céus que desceu para esse mundo mortal – suprema e incomparável. Ela era impermeável para todas as leis universais e impecável por todas as existências; ela era pura sem quaisquer traços de defeitos, como se fosse um Verdadeiro Imortal das lendas.

Vendo a aparência de Li Shuanguan, todos estavam emocionados. Mesmo Li Shuangyan estava emocionada porque ela podia sentir que seu Físico Imperfeito do Vazio se beneficiou grandemente dessas lótus em completa floração. Era como se elas fossem feitas justamente para o seu físico.

“O que são essas coisas? Por que são tão parecidas com o meu físico?”

Li Shuangyan estava surpresa. Se o mundo tiver lótus como essa, ela vai definitivamente acumulá-las em volta dela para fortalecer o seu Físico Imperfeito do Vazio.

“Lótus dos Seis Daos – imaculado sem defeitos, celestialmente supremo, e sagradamente incomparável. Naturalmente, elas seriam perfeitas com o seu Físico Imperfeito do Vazio.”

Li Qiye disse.

“Lótus dos Seis Daos…”

Li Shuangyan murmurou inconscientemente e se lembrou desse nome. É claro, era a sua primeira vez vendo esse tipo de lótus.

Depois, Li Qiye colheu uma flor de lótus. Quando a flor de lótus foi arrancada, o galho branco de jade do corpo da árvore caiu, então Li Qiye usou a flor de lótus para segurar o galho caindo.

Usando a flor de lótus para segurar o galho, ele olhou para Tu Bu Yu e disse:

“Use as suas chamas verdadeiras para refinar isso e as transformar em cinzas. Lembre-se, use a flor de lótus para carregar o galho. Caso contrário, o osso de lótus irá cair no chão e desaparecerá.”

Tu Bu Yu lembrou das palavras de Li Qiye e usou ambas as mãos para criar uma chama verde pura. Essa chama se transformou em um caldeirão e ele jogou a lótus – junto com o osso da lótus –  e refinou-os até se tornarem cinzas.

Tu Bu Yu arrancou muitas flores de lótus para carregar o galho e refinou todos.

“Para ser capaz de usar a chama verdadeira do Caldeirão da Vida para criar um caldeirão de fogo verde puro, você não envergonhou a Fórmula do Deus da Guerra.”

Li Qiye assentiu com a cabeça e elogiou.

Tu Bu Yu não era arrogante. Ele cultivou a Fórmula do Deus da Guerra, então ele naturalmente sabia os incríveis mistérios da Fórmula do Deus da Guerra. Se ele não pudesse fazer isso, então ele envergonharia a formula.

Nesse momento, Li Qiye tirou uma garrafa de jade e gritou:

“A água sagrada está vindo…”

No momento que as palavras de Li Qiye soaram, surgiu imediatamente uma fonte de águas voadoras no céu. Esse córrego de água desceu do ponto mais alto da árvore gigante e entrou diretamente na garrafa de jade na mão de Li Qiye. O espaço dentro da garrafa não era pequeno, mas depois de um curto período de tempo, a garrafa de jade foi completamente cheia.

Depois que o córrego desapareceu, Li Qiye guardou a garrafa de jade. Nesse momento, Tu Bu Yu também terminou de queimar as flores e ossos de lótus até se tornarem cinzas e as guardou em uma caixa de tesouro.

Nesse ponto, Nan Huairen também copiou a pose de Li Qiye de mais cedo. Ele se sentou em frente da árvore, com suas mãos em forma de cruz e continuamente murmurou.

Li Qiye bateu na nuca dele e disse:

“O que você está fazendo?”

Nan Huairen riu secamente, e então disse sorrindo:

“Eu estou aprendendo com o Irmão mais velho. Estou rezando para a árvore divina e perguntando se ela pode me conceder um tesouro. Heh, eu vejo que essa árvore divina tem sua própria consciência, e será totalmente capaz de escutar minhas orações.”

Li Qiye bateu na nuca dele novamente, o olhou e disse:

“Mesmo que essa árvore tivesse sua própria consciência, você ainda não seria capaz de se comunicar com ela.”

Mesmo o Protetor Mo olhou para o seu próprio discípulo e repreendeu raivosamente:

“Se você pode honestamente rezar e se comunicar com ela, então você não seria mais Nan Huairen.”

Depois de ser repreendido por seu mestre, Nan Huairen ainda continuava rindo com a sua face grossa sem vergonha.

“Essa árvore tem sua própria consciência.”

Nesse ponto, Li Shuangyan estava parada próxima a Li Qiye enquanto olhava a gigante Árvore da Lótus de Cassia. Ela não conseguiu se segurar e gentilmente perguntou:

“Essa árvore realmente se transformou em um Deus?”

Li Qiye a olhou, e então mudou seu olhar para a árvore e finalmente disse:

“Se houver deuses nesse mundo, então ela poderia ser considerada um. No entanto…”

Então, Li Qiye passou e não disse nada mais.

Escutando isso, todos aqui, incluindo Li Shuangyan, Tu Bu Yu e Niu Fen… Todos eles ficaram deslumbrados. Imediatamente, todos eles – incluindo Nan Huairen – se endireitaram de uma maneira digna e respeitosa.

Eles olharam para a Árvore da Lótus de Cassia na frente de seus olhos e só podiam sentir uma sensação de medo e respeito! Os deuses – eles eram lendas das eras antigas. O ponto no tempo quando não havia ninguém assumindo a vontade do Céu, ninguém clamando ser um Imperador Imortal, havia a lenda dos deuses.

Havia um ditado assim: antes dos Imperadores Imortais, os Deuses governaram todas as gerações! Se esse ditado era verdadeiro ou não, ninguém sabia. Contudo, os deuses eram existências reverenciadas por todos.

Li Qiye disse que se o mundo tivesse deuses, então ela seria considerada como um. Em outras palavras, a Árvore da Lótus de Cassia na frente deles estava no mesmo nível dos deuses. Mesmo se não houvessem deuses nesse mundo, ela ainda era aterrorizante o suficiente para deixar as pessoas horrorizadas.

Antes, Gu Tieshou e muitos discípulos só consideravam a Árvore da Lótus de Cassia uma árvore gigante. No máximo, era uma árvore demoníaca que formou sua própria consciência. Mas agora, as palavras de Li Qiye deslumbraram a todos.

Nesse momento, esqueça os discípulos, mesmo os protetores e lideres secionais tremiam de medo. Nan Huairen estava assustado para o ponto em que suas pernas amoleceram. Ele rapidamente se ajoelhou no chão.

“Meu avô Deus, meu ancestral Deus, não, grande personagem Deus Árvore exaltado, esse pirralho é jovem e ignorante e não sabia que você era uma existência tão alta quanto os céus. Dois dias atrás, esse humilde servo era um pouco impróprio e descascou um pouco de casca do seu corpo. Oh, grande personagem Deus Árvore exaltado, por favor, mostre sua benevolência para esse humilde servo; esse pirralho é verdadeiramente sincero e está admitindo seus erros.”³

Nesse momento, Nan Huairen foi realmente sincero. Ele pressionou seu corpo contra o chão e bateu sua cabeça como uma reverência para a grande árvore.


Tradutor: ImmortalEmperorJao   |   Editor: FellipeLima

QC: Ana Paula



Nota Gringa:

1 – Li Qiye está dirigindo-se à árvore de uma maneira respeitosa, como alguém se dirigiria aos seus iguais.

2 – “própria consciência” na raw está Tong Shen. Existem dois significados para isso, ou essa árvore se tornou um deus, ou tem seu próprio espírito capaz de se comunicar. Eu escolhi o segundo significado para ser seguro – mas tem a chance de que o autor está usando isso para descrever essa árvore como uma deidade.

3 – Como Li Qiye de antes, o “você” nessa parte é uma versão ainda mais respeitosa.

Nota do Tradutor:

4 – Acho que ficou um pouco confuso, embora não tenho certeza… Mas Li Qiye se dirige à árvore de forma igual, como se eles fossem seres no mesmo nível. E, por causa disso, Li Qiye é respeitoso com a árvore. Todos sabemos que Li Qiye é sempre irreverente com todos, e não mostra respeito a ninguém, mesmo quando se trata de Imperadores Imortais, já que ele vive chamando-os de pirralhos. Quanto ao Nan Huairen, ele também fala de forma respeitosa, mas acho que ficou claro, ele é tão respeitoso que é como se ele estivesse se abaixando ao nível de merda perante a árvore… Embora esse seja um fato, afinal, aparentemente a árvore é um Deus, quem é Nan Huairen?

Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores