ED – Capítulo 124 – Macaco Diabo Exterminador do Céu (2)



Sabendo que havia um grande macaco na área de ninguém, ambos o Príncipe Celestial Qingxuan e o Filho do Dao Shengtian não ousavam entrar. Contra esse grande macaco, todos com certeza morreriam.

Quando os cultivadores não conseguiam se levantar do chão, perto da borda entre a área perigosa e a área de ninguém, eles viram alguém saindo casualmente.

“L-Li… Li Qiye…”

Vendo Li Qiye montando calmamente seu caracol para fora da área de ninguém, todos os cultivadores estavam chocados.

Esses cultivadores que acabaram de escapar das garras da morte pensavam que Li Qiye tinha morrido nas mãos do Macaco Diabo Exterminador do Céu. Contudo, eles não esperavam que ele saísse de lá de uma maneira calma e relaxada, como se estivesse dando um passeio pelo seu jardim.

O que tornou tudo mais chocante foi que eles sobreviveram por terem chegado tarde à área de ninguém; a vanguarda foi totalmente aniquilada! Mas nesse momento, Li Qiye estando vivo fez os olhos de todos alargarem; ele era realmente aterrorizante.

Nesse ponto, Li Qiye pendurou a cabeça de Jiang Zuo Tieyi e do Marquês do Rio Oriental na mais alta árvore. Ele olhou para os rostos chocados desses cultivadores próximos e lentamente disse:

“Se todos ainda estiverem interessados na minha Lei de Mérito Imperial, estão todos convidados a virem até mim. Eu não me importo de ter tantos inimigos. Mesmo que tenha mais, a única coisa que acontecerá será que o sangue fluirá como rios e os corpos se transformarão em montanhas. Essa terra é muito rica, creio que nada além de sangue pode lhe dar uma alimentação saudável.”

Os que estavam sentados no chão com rostos pálidos alargaram seus olhos e se entreolharam em confusão. Eles não conseguiam imaginar tal resultado. Havia dez mil cultivadores e especialista de clãs antigos e grandes países, mas eles foram todos enterrados nesse lugar e seu sangue fluía como rios. Mas o Li Qiye, que todos consideravam uma ovelha gorda, conseguiu escapar ileso. Isso era muito estranho.

“Certo… Certo… Você levou deliberadamente todos para o ninho do Macaco Diabo Exterminador do Céu!”

Nesse momento, um personagem no nível de mestre de seita adivinhou o que tinha acabado de acontecer.

“E daí?”

Li Qiye explodiu de risos e disse.

“Vo-Você, você é um assassino! Vo-Você é um demônio assassino em massa!”

Um cultivador exclamou furiosamente.

Escutando isso, Li Qiye não ficou nervoso e calmamente disse:

“Um assassino? Suas mãos estão limpas? Como um cultivador experiente, não seja uma prostituta e haja como uma Santa! É claro, eu não me importo que me chamem de assassino. Contudo, antes de começar a me criticar, primeiro conte quantas cabeças você cortou. Caso contrário, talvez sua cabeça terá a oportunidade de ser pendurada aqui também.”

Terminando de falar, Li Qiye apontou para as cabeças do Marquês do Rio Oriental e Jiang Zuo Tieyi que estavam penduradas na árvore alta.

Ambos, Jiang Zuo Tieyi e o Marquês do Rio Oriental morreram com seus olhos abertos largamente.

Vendo as cabeças desses dois, muitas pessoas sentiram um arrepio em seus corações. O quão poderoso era o Clã Jiang Zuo? E o quão poderoso era Jiang Zuo Tieyi? Pode-se dizer que ele esteve à vida inteira com as mãos encharcadas de sangue. Hoje, sua cabeça foi pendurada ali por outra pessoa.

“Eu tenho uma Lei de Mérito Imperial. Convido todos para vir pegá-la, mas antes de virem a mim, deveriam deixar suas ultimas palavras para seus descendentes.”

Finalmente, Li Qiye elegante e misteriosamente flutuou para longe com seu caracol. À medida que ia embora, deixou para trás palavras que soavam doces e gentis.

Do começo ao fim, ninguém mais atacou Li Qiye. Hoje, muitas pessoas estavam totalmente assustadas. Seus corações estavam inseguros à medida que assistam Li Qiye indo embora.

Depois de quase quebrarem suas cabeças de tanto pensar, eles permaneceram sem saber. Os cultivadores que entraram na área de ninguém foram completamente massacrados pelo Macaco Diabo Exterminador do Céu. Especialmente o primeiro grupo, nenhum conseguiu escapar. Contudo, Li Qiye, que levou todos para o ninho, estava completamente salvo, sem mesmo uma ferida? Para eles, isso sempre permanecerá sendo um mistério!

O incidente do massacre fez com que o leste da Cordilheira Infestada pelo Mal se tornasse silencioso novamente. Em um curto período de tempo, muitas seitas que estavam interessadas em cavar tesouros nessa área se acalmaram. A aparição do grande macaco assustou muitas pessoas.

Nesse momento, muitos especialistas estavam muito cautelosos mesmo quando iam para a área perigosa, pensando que havia Bestas Celestiais e Espíritos de Longevidade escondidos. Encontrar com tais bestas só resultaria em suas mortes.

Depois que Li Qiye foi embora, ele não entrou na área de ninguém, ele foi procurar o sapo. Finalmente, ele encontrou um traço do sapo na área perigosa.

Li Qiye estava em pé no topo de um pico. Ele olhou para as colinas ondulantes na sua frente e finalmente murmurou:

“Nada mal. Realmente ganancioso, tendo comido tantas coisas boas e ainda não tem medo do seu estômago explodir.”

“Nós vamos continuar caçando?”

Vendo o olhar aturdido de Li Qiye enquanto observava a montanha, Li Shuangyan perguntou.

“Não, se ele realmente quisesse fugir, seria impossível alcançá-lo.”

Li Qiye balançou a cabeça e disse:

“Sua velocidade ao escapar não é algo que você pode imaginar!”

“Você tem outro método?”

Li Qiye revelou um sorriso brilhante e explicou:

“Quando ele estiver cheio, ficará com sono. Desde que definitivamente irá dormir, nós faremos um ninho para ele!”

Li Qiye trouxe Li Shuangyan para encontrar um local adequado. Finalmente, ele escolheu um pântano. Enquanto observava esse lugar, ele entrecerrou os olhos e disse à Niu Fen:

“Are esse pântano uma vez para mim. A lama deve ser nova, como um bolinho quente e fresco que acabou de sair do forno.”

Niu Fen não conseguiu se segurar e disse:

“Eu sou um caracol, não um touro, eu vou arar o pântano com o que?”

Embora estivesse reclamando, ele ainda seguiu o comando e rastejou pelo pântano. A água do pântano então começou a borbulhar, como se estivesse fervendo.

Li Qiye e Li Shuangyan estavam fazendo outra coisa. Li Qiye estava colhendo muitas medicinas espirituais e gramas diferentes. Ele mesmo colheu algumas gramas e plantas estranhas que Li Shuangyan não sabia os nomes.

Ele então queimou a maioria dessas gramas e plantas até se tornarem cinzas, e começou a cavar diferentes tipos de lamas e minerais que Li Shuangyan também não sabia os nomes. Sob suas instruções, os dois eram como duas crianças brincando com lama. Eles misturaram cuidadosamente a lama com os minerais, e então polvilharam com as cinzas medicinais.

“O que nós estamos tentando fazer?”

Isso de misturar lama, para uma filha orgulhosa dos céus e a Princesa do País do Boi Antigo, era sua primeira vez.

“Fazendo um ninho para ele.”

Li Qiye sorriu e continuou:

“Para um sapo satisfeito, ter um ninho confortável para dormir – nada pode ser melhor que isso.”

“É claro, depois que ele dormir, eu não sei quanto tempo levará para acordar novamente.”

Ao terminar de falar, Li Qiye revelou um sorriso brilhante e malandro.

Li Shuangyan naturalmente sabia que Li Qiye estava tramando contra o sapo. Nesse momento, ela era muito preguiçosa para perguntar o porquê Li Qiye sabia dessas coisas. Li Qiye conhecia o sapo como a palma da sua mão, como se ele fosse seu animal de estimação! Li Shuangyan também sabia que se ela perguntasse como ele sabia, Li Qiye iria dizer que calculou com seus dedos, ou que era senso comum. Naturalmente, ela não acreditaria em nada disso.

“O que diabos é esse sapo?”

Contudo, Li Shuangyan ainda não conseguiu segurar essa pergunta. Mesmo um anel de vida de um Espírito de Longevidade de um milhão de anos foi jogado no chão como se fosse lixo por Li Qiye, e foi recompensado para Xu Pei. Contudo, nesse momento, ele não podia desistir da caça desse sapo.

Sobre a pergunta de Li Shuangyan, Li Qiye estreitou seus olhos com uma expressão estranha. Vendo sua expressão, Li Shuangyan não perguntou novamente. Depois de segui-lo por tanto tempo, ela conhecia bem a personalidade de Li Qiye.

Li Shuangyan baixou sua cabeça e agitou o monte de lama. É claro, ela certamente nunca fez tal trabalho sujo antes, então ela não era acostumada a isso. Era algo muito trabalhoso; ela tinha que pulverizar as cinzas em alguma água ou lama. Isso era algo que apenas mortais faziam, mas hoje, como uma filha orgulhosa dos céus, ela tinha que fazer. Isso a deu um sentimento impressionante.

Vendo Li Shuangyan tão desajeitada, Li Qiye não conseguiu segurar seu sorriso. Ela era tão fria como o gelo. Com uma beleza capaz de destruir cidades e países, ela tinha um temperamento arrepiante, mas ainda charmoso – uma verdadeira filha orgulhosa dos céus. Tal mulher parecia uma garotinha mortal fazendo tal trabalho banal.

Se alguém mais pudesse ver essa cena, eles não acreditariam em seus próprios olhos. O descendente do Portão Demoníaco do Nono Santo, a princesa do País do Boi Antigo, a filha orgulhosa dos céus, Li Shuangyan, estava fazendo tal trabalho sujo – ninguém acreditaria em tal coisa.

LI Qiye sorriu e pintou mais lama no seu rosto tão branco como a neve e então disse:

“Com esforço, vem recompensas. Você irá descobrir que essa viagem para a Cordilheira Infestada pelo Mal irá totalmente valer a pena.”

“Não suje minha cara de lama, tão sujo!”

Os lindos olhos de Li Shuangyan olharam para Li Qiye, e ela exclamou irritadamente. A aparência sedutora de uma jovem mulher, esse tom sexy, realmente faz o coração das pessoas baterem mais rápido. Tal beleza e estilo sedutor, isso era algo que apenas Li Qiye poderia apreciar.

Eventualmente, Li Qiye fez um buraco lamacento que tinha um leve frescor de grama. Mesmo de longe, esse leve frescor poderia ser percebido.

“Ele definitivamente amará esse ninho até a morte.”

Li Qiye sorriu alegremente enquanto olhava a obra prima na sua frente.

Quanto para Li Shuangyan, ela olhou estranhamente. Esse buraco lamacento na frente deles era feito principalmente pelos esforços dela.

Quando Li Qiye e Li Shuangyan retornaram, Niu Fen já tinha arado o pântano. Como um bolinho fresco no vapor – muito quente, esse cheiro de terra e lama poderia ser sentido de longe.

Li Qiye jogou o buraco de lama feito meticulosamente no pântano, e o buraco lamacento finalmente afundou para baixo, apenas revelando a entrada.


Tradutor: ImmortalEmperorJao   |   Editor: Ryokusan000



Fontes
Cores