DOP – Capítulo 6 – Que tipo de imundície



Com um frio “humph”, Liu Yue balançou as mãos e o chicote subitamente estalou. A filha do mordomo, que estava presa a ele, foi instantaneamente lançada para o alto.

“Peng.” Um forte estrondo foi ouvido quando a menina que foi jogada caiu no chão duro. Ela ficou deitada, imóvel.

Um som agudo ressoou; ela deveria ter quebrado algumas costelas.

“Que tipo de pessoa imunda é você, que ousou gritar e berrar comigo?” Uma voz fria, sem dúvida carregando a força de um tirano, ressoou.

No passado, havia um funcionário do governo que queria que ela assassinasse uma pessoa, mas não a tratou respeitosamente. Apenas um funcionário menor do governo ousou fazer um grande alarde com ela; achava que Liu Yue era uma pessoa de coração mole?

“Ah …” Os escravos que estavam próximos só puderam reagir depois de um momento. Eles começaram a gritar em pânico.

Liu Yue lançou-lhes um olhar e, sob seu olhar frio e austero, os escravos que gritavam fecharam a boca um por um. Suas pernas não pararam de tremer, mas não se atreveram a correr. Sob o olhar de Liu Yue, cada um só podia ficar calado de medo.

Quando a mais inútil senhorita, Liu Yue, da família Mu Rong, tinha se tornado tão terrivelmente forte?

dop6-1Continuou a lançar o chicote contra o corpo de Mu Rong Qiu, que estava cheio de ferimentos. Ela estava com uma dor tão grande que seus gritos enfraqueceram lentamente e, então, nem mesmo um gemido saiu de sua boca.

Vendo isso, Liu Yue friamente fez um som desdenhoso e dobrou o chicote em suas mãos. Caminhou lentamente em direção à fraca Mu Rong Qiu, que só conseguia chiar de dor, e pisou em suas mãos. Aumentando a pressão através de suas pernas, um som de fratura ressoou das mãos de Mu Rong Qiu enquanto seus ossos eram quebrados por Liu Yue.

Nem mesmo um grito foi ouvido enquanto o corpo de Mu Rong Qiu despencou, completamente inconsciente.

Ela não seria capaz de praticar artes marciais no futuro.

As pessoas ao redor, que já estavam chocadas, tremendo de medo, ficaram ainda mais pálidas observando a cena.

“Em meu território, eu sou a lei”. Liu Yue jogou o chicote de suas mãos no corpo de Mu Rong Qiu, que tinha desmaiado. Ela, então, virou seu corpo e entrou em sua casa.

Como mercenária e assassina, ela, Lin, era a número um do mundo em termos de habilidades. Ela era a lei e tinha estabelecido as regras no mundo dos assassinos e mercenários.

dop6-2“Sumam daqui.” Sua voz austera carregava o tom de uma ordem inquestionável.

Mu Rong Qiu, como a assassina de Mu Rong Liu Yue, tinha de pagar o preço. A justiça deve prevalecer.

Os escravos, que tremiam de medo, ao ouvirem a ordem de Liu Yue, de repente se moveram, como se liberados de um feitiço. Eles apressadamente levaram a desmaiada Mu Rong Qiu e a filha do mordomo, e recuaram cautelosamente, fugindo como coelhos.

Aquele pátio tranquilo finalmente estava calmo novamente.


Tradutora: Usagi | Revisor: Ryokusan000



Fontes
Cores