DOP – Capítulo 52 – Condenando a outra parte (8)



“Quais qualificações você tem para me pedir um favor?” Palavras frígidas atravessaram o ar, afiadas como facas.

Liu Xin Qing estava paralisada no local. Ela imediatamente percebeu que Liu Yue recebera o título de Princesa Consorte do Rei de Yi pelo Imperador, portanto, ela detinha aquela posição oficial. Por outro lado, Liu Xin Qing não era ninguém. Embora fosse entrar no palácio oriental em breve, não tinha título e sua identidade era de apenas ser a neta do Ministro da Esquerda. Essa posição era distinta da posição de Princesa Consorte do Rei de Yi. Ela não tinha nenhum motivo, nenhuma qualificação para pedir um favor à Liu Yue.

Depois de pensar nisso, Liu Xin Qing apertou os dentes. Ela levantou a cabeça e olhou em volta. Mesmo que ela não tivesse qualificações, o Príncipe Herdeiro deveria ter, certo?

Varrendo a multidão com o olhar, ela nem conseguiu encontrar a sombra do Príncipe Herdeiro, Xuan Yuan Cheng. Liu Xin Qing estava tão ansiosa que pisou em seus pés. Como essa pessoa poderia desaparecer em um momento tão crucial?

Ao ver isso, Liu Yue deu um sorriso frio. Se Xuan Yuan Cheng ousasse interferir, ela se asseguraria de que ele iria sofrer as consequências.

A frente da Residência do Ministro da Esquerda estava cheia de confusão, gemidos e gritos dolorosos. Com o colapso do grande portão, a situação tornou-se ainda mais caótica.

“Todos, retirem-se.” No caos, uma voz calma ressoou. Um homem de meia-idade com cerca de cinquenta anos, vestindo um manto de cor verde, lentamente saiu. Havia alguns fios brancos em seus cabelos pretos. No entanto, seu físico ainda era forte e bem construído.

Ele se portava com dignidade. Finalmente, depois de acabar com todas aquelas presas fáceis, o verdadeiro mestre saía.

“Eu, o ministro da esquerda, tenho as qualificações então?”, Ele perguntou à Liu Yue com uma voz calma e indiferente.

Liu Yue brincou com o chicote em suas mãos quando olhou profundamente nos olhos do Ministro da Esquerda. Finalmente, ele não podia mais ficar sentado no seu trono, hein?

Ambos não tinham intenções de tolerar um ao outro enquanto se olhavam friamente.

“Posso perguntar, com que finalidade a Senhorita Mu Rong entra em minha residência e machuca meus subordinados, fechando os olhos às leis e regulamentos neste país, em plena luz do dia, para piorar?” Uma voz indiferente soou, cada palavra repreendendo a falta de modos de Liu Yue.

“Eu estou condenando a parte que é culpada.” Liu Yue sorriu sem emoção enquanto levantava a cabeça com arrogância, como um tirano em seu auge.

Todo mundo na multidão imediatamente ofegou em voz alta. Nunca tinham visto alguém que ousasse condenar alguém dessa maneira antes. Esta Senhorita Mu Rong era simplesmente muito audaciosa!

Ao ouvir isso, o Ministro da Esquerda arqueou as sobrancelhas. Ele olhou para a pálida Liu Xin Ai de pé ao lado dele e então viu Liu Xin Qing dando-lhe um sinal para continuar a conversa lá dentro. No entanto, ele já fora forçado a sair por Liu Yue. Se ele ainda a convidasse para entrar na mansão, poderia simplesmente afundar o rosto no rio.

Além disso, a atitude de Liu Yue era simplesmente muito grosseira. Uma garota de treze e poucos anos ousava falar tão rudemente com ele. Ele queria ver exatamente o quão difícil seria lidar com ela.

Depois de uma pequena pausa, ele respondeu: “Tudo bem, você pode começar seu julgamento.”

“Você é culpado de desprezar e ignorar as ordens do Imperador, fracassar em respeitar uma pessoa de posição mais alta, caluniar um ministro leal do país e desprezar o atual Conselheiro da Princesa. É suficiente?” Liu Yue, propositadamente, gritou sua última frase intensamente.

Sua voz era como um trovão dividindo o céu, chocando a multidão.


Tradução: Usagi   |   Edição: Ryokusan000



Alterar fonte
Cores