DOP – Capítulo 38 – Assumindo total responsabilidade pelas consequências.



Vendo as duas pessoas se abraçando, o oficial Han, Yan Hu, Qiu Hen e Xuan Mo se olharam desajeitadamente, e logo depois se retiraram sem fazer som, deixando os dois em seu próprio mundo pacífico. Ao mesmo tempo, eles tinham um respeito renovado por Liu Yue.

“Não haverá uma próxima vez. ” Depois de um tempo, a voz áspera de Xuan Yuan Che soou. Ele olhou severamente para Liu Yue, que ainda estava em seu abraço.

“Sim. ” Liu Yue riu quando ela o ouviu. Definitivamente não haverá uma próxima vez. Era absolutamente inaceitável um assassino não ter o controle total de seu próprio corpo.

“Agora, em relação a este assunto, eu irei…”

“Não, deixe-me lidar com isso. Se ela se atreveu a pôr suas mãos em mim, ela deve assumir toda a responsabilidade… de suas próprias consequências. ” Seus olhos brilhavam com intenção assassina enquanto Liu Yue sorria encantadoramente, como uma vampira em um conto de fadas.

‘Eu prefiro ser a pessoa má do que ser a pessoa intimidada pelos outros’. Esta era a lei de Liu Yue, sua regra de ferro, sua regra crucial em seus dias de assassino.

Olhando para Liu Yue, mesmo que fosse ele, Xuan Yuan Che podia sentir sua aura assassina.

Desde que a tentativa de envenenamento da Imperatriz não funcionou, ela definitivamente tentaria matar Liu Yue novamente. Além disso, seus métodos e crueldade só aumentariam com cada tentativa. Não era algo que pudesse ser prevenido.

Uma vez que você não poderia pará-lo, então seria melhor receber o primeiro ataque, e quando a outra parte estivesse relaxado e baixado a guarda, este seria o momento de morrer.

Para receber o título de “Rei” em tão tenra idade, Xuan Yuan Che definitivamente não era uma pessoa normal. E, obviamente, sua Princesa Consorte também não era nada normal.

Confundindo uma águia com uma pomba facilmente intimidada, a Imperatriz já havia cavado seu próprio túmulo.

Estendendo as mãos para acariciar os longos cabelos pretos de Liu Yue, Xuan Yuan Che se perguntou como uma mulher em seu abraço poderia fazê-lo amá-la ainda mais a cada dia.

O sol dourado se pôs no horizonte e a lua ascendeu ao céu.

A escuridão da noite rapidamente envolveu a terra. Estrelas brilhantes cintilavam no céu da noite, irradiando uma luz branca prateada sobre a terra.

Duas sombras, uma grande e uma pequena, saíram do palácio Liu Li e entraram no Palácio do Tesouro. Com sua técnica do Corpo de Luz, Xuan Yuan Che saltava pelas paredes. Além disso, sabendo cada canto do palácio como as palmas de suas mãos, ele esgueirou-se através das sombras como uma névoa, sem que ninguém perceba. Enquanto seus pés caminhavam em direção ao Tesouro do Palácio, Xuan Yuan Che não se esqueceu de manter um olhar ao seu redor incessantemente. Não havia ninguém, nem mesmo um único vestígio de ser humano. Inclusive, Liu Yue que estava o seguindo logo atrás parecia desaparecer, nem mesmo um único vestígio de QI podia ser sentido dela. Vendo isso, Xuan Yuan Che não pôde evitar, mas apenas erguer suas sobrancelhas, com incredibilidade.

Inesperadamente, mesmo em seu nível, ele ainda não conseguia sentir a presença de Liu Yue. Se ele não soubesse que Liu Yue o seguia, ele nem sequer acreditaria que havia uma pessoa atrás dele.

Que tipo de técnica é essa? Como poderia apagar totalmente a presença de uma pessoa?


Tradutor: Yoongikook | Editor: Ryokusan000 (Heaven)



Fontes
Cores