DOP – Capítulo 21 – Você é minha



Xuan Yuan Che não sabia que tinha acabado de escapar da morte. Ele pensou que estava tudo bem, pois não havia traço de nenhuma energia interna emitida por Liu Yue, nem alguma arma escondida em suas mangas. Porém, não sabia que o que Liu Yue pretendia usar… não era energia interna.

Deveria estar irritado ao ouvir as palavras frias de Liu Yue, mas, olhando para aquelas cicatrizes de chicote, não tinha coragem de ficar com raiva dela.

Ele riu, “O que você está fazendo, tentando parecer forte na minha frente? Eu nunca iria intimidá-la. Aqui, deste dia em diante, você é minha. Procure-me se tiver algum problema. Você não tem que fingir que é forte na minha frente. Não tem que enfrentar tudo sozinha. Sou seu marido, não apenas um enfeite.”

Quando disse isso, ele se levantou e mostrou um sorriso torto. Então, estendeu a mão e acariciou o nariz de Liu Yue, seus olhos cheios de compreensão e amor.

Ontem ela era independente e inflexível e, quando o atacou, sua atitude fora a de um coração frio e sem piedade. Ele entendia o porquê. Ela não fora assim desde o início, mas ficara assim devido às suas dificuldades. Era forte, orgulhosa e de coração frio, mas também estava sozinha. Assim como ele, ela também estava sozinha.

Era por isso que, no momento em que a viu, sentiu que eles, os lobos solitários, deveriam estar juntos.

Enquanto Liu Yue olhava para os olhos de Xuan Yuan Che, sentiu que ele estava se abrindo para ela, tanto que sentiu que podia entendê-lo completamente.

Eles eram semelhantes; por isso, ele a escolhera.

Olhando para Xuan Yuan Che da cabeça aos pés, cada centímetro de sua pele era uma perfeição. Seus olhos penetrantes brilhavam com uma grande sinceridade.

Liu Yue, então, mudou de idéia.

“Se eu sou sua, então, você… é meu.” Com um cara tão perfeito como seu marido, talvez ela não estivesse em desvantagem.

Em sua vida anterior, nunca tinha passado por tais coisas, nunca tinha se casado com outra pessoa. No entanto, nesta vida, ela fora inesperadamente forçada ao matrimônio. Ah, só poderia aceitar a vida como ela era.

Xuan Yuan Che ficou paralisado quando a ouviu e, então, riu alto. Divertidamente, ele disse: “Sim, sim. Sou seu.”

Concordou de uma maneira brincalhona, provocante.

Liu Yue, vendo Xuan Yuan Che se divertindo, falou em um tom dominador, “Você deve manter isso em mente: nunca deve me trair, caso contrário… não será capaz de pagar o preço.”

Depois de dizer estas palavras, Liu Yue decidiu não sair mais. Ela rasgou suas roupas, que estavam completamente encharcadas, virou seu corpo e caminhou para a cama de Xuan Yuan Che.

Já que ele era dela, então sua casa deveria ser dela também.


Tradutora: Usagi | Editor: Ryokusan000



Fontes
Cores