DOP – Capítulo 13 – Covarde


Uma mera garota de treze anos conseguira derrotar o terceiro jovem mais promissor da família Mu Rong, embora sua técnica de luta fosse um pouco estranha. Liu Yue nunca teve nenhum treinamento de arte marcial desde jovem, mas hoje ela exibia uma técnica muito peculiar. Mas, por que isso importava? Ela era sua filha, a filha de Mu Rong Yi.

Já que ela era filha dele, Mu Rong Yi não se importava com qualquer um daqueles problemas.

“E se eu dissesse não? ” Liu Yue respondeu friamente enquanto ainda apontava sua espada para pescoço trêmulo de Mu Rong Chun Shui. Uma gota de sangue fresco escorria lentamente, e uma espessa intenção assassina envolveu Mu Rong Chun Shui.

Mu Rong Chun Shui não viera para duelar com ela. Ele viera para matá-la. Então, por que ela a deixaria ir?

O silêncio envolveu o pátio. Todos os presentes estavam olhando para Liu Yue ou para Mu Rong Wu Di. O rosto de Mu Rong Gang estava branco feito um lençol. Havia sido difícil para sua Quinta Casa treinar tal talento; se Mu Rong Chun Shui morresse hoje, então sua Casa…

“Pai…” Du Yuan Ru já estava tremendo enquanto buscava auxílio de Mu Rong Wu Di. No entanto, vendo seu rosto inexpressivo, ela não conseguiu falar o resto da frase.

Era um silêncio ensurdecedor. Mesmo em um pátio tão grande, o som das folhas caindo podia ser ouvido.

Liu Yue lentamente inclinou a cabeça e lambeu os lábios inferiores; seu olhar estava sedento de sangue. Ela realmente ia matar Mu Rong Chun Shui.

No silêncio, Mu Rong Wu Di balançou a cabeça, “Em um combate, não há lugar para uma discussão. Está tudo em suas mãos. ”

Apenas essa sentença anunciou a decisão final.

“Pai…” De repente, o sangue deixou o rosto de Mu Rong Gang. Ele tropeçou para trás quando suas pernas perderam força, enquanto Du Yuan Ru desmaiava.

Cada membro da família Mu Rong ofegou enquanto observava o cabeça do clã Mu Rong abandonando Mu Rong Chun Shui.

Mu Rong Chun Shui, que estava preso pela ponta da espada de Liu Yue, começou a tremer. Não era mais possível esconder o medo de sua morte iminente.

Vendo que Mu Rong Chun Shui não conseguia parar de tremer como um coelho, Liu Yue sorriu friamente: “Covarde”.

Com uma palavra, Liu Yue baixou a espada. Era uma pessoa que não valia a pena matar.

Vendo Liu Yue deixando Mu Rong Chun Shui livre, os membros da família Mu Rong soltaram um suspiro de alívio e aplaudiram ao mesmo tempo.

Mu Rong Wu Di, vendo isso, sorriu lentamente enquanto acenava para Liu Yue que se aproximava, “Venha conhecer o Príncipe da Coroa.”


Tradutora: Usagi | Revisor: Artype


Contribua com a Novel Mania!