DDu – Capítulo 265 – Ressuscite, Minha Amada


Quando Tang San abriu os olhos, Tang Hao e Ah Yin claramente viram um brilho diferente nos olhos de seu filho e sua pele parecia emitir uma suave luz dourada. Seu espírito, energia e alma haviam alcançado um nível assustador.

Tang San se levantou. Depois de se curvar diante de seus pais, ele se afastou até estar a uns cinquenta metros da lagoa. Com cuidado, ele retirou o corpo de Xiao Wu de dentro da Desejosa Bolsa dos Cem Tesouros e a deitou no chão na sua frente.

Ele foi extremamente cuidadoso com esse processo que devia ser até que simples. Para ele, esse momento era importantíssimo. A ressurreição de Xiao Wu era mais importante do que sua própria vida!

Erguendo a cabeça na direção no céu, Tang San disse em silêncio no seu coração: Da Ming, Er Ming, ressuscitar a Xiao Wu foi o último desejo de vocês, mas vocês sabiam que esse também é o meu único desejo. A ressureição dela equivale a minha existência. Eu não precisava prometer nada a vocês, se a Xiao Wu não puder ser ressuscitada, não haverá sentido na minha vida. Não há ninguém que eu ame mais do que ela. Desde o momento em que a vi pela primeira vez, Xiao Wu já estava destinada a ser minha amada.

***

— Olá pessoal, eu me chamo Xiao Wu, “wu” de “dança”. O meu espírito é um coelho. Um coelhinho branco bem fofinho. E o de vocês?

***

Ge, você pode me ajudar a pentear o meu cabelo? Ele está um pouco embaraçado.

— Esse pente de madeira é muito bom!

— A minha mãe deu ele para mim, ela mesma que fez ele, com madeira de sândalo da melhor qualidade. Mesmo não tendo nenhuma decoração, foi a última coisa que ela deu para mim.

— Xiao Wu, você realmente é muito bela.

— Ge, penteie o meu cabelo.

***

Ge, você é muito burro, não me diga que eu poderia continuar vivendo sozinho se você morrer? Eu não quero que você morra, eu quero que você viva. Meu maior desejo é poder viver com você. Igual a antes. Mas nós não podemos. Quando eu não estiver aqui, você tem que se cuidar direito, ou irá partir o meu coração.

***

 

Cenas como essas não paravam de passar na mente de Tang San. Vendo Xiao Wu deitada no chão com uma expressão serena, ele sentiu como se seu coração estivesse sendo cortado por facas.

— Xiao Wu, nós finalmente poderemos ficar juntos de novo. Eu definitivamente te ressuscitarei. Eu não permitirei que você fique assim desse jeito. Eu vou te manter ao meu lado para sempre, até o dia em que nós morrermos, já bem velhinhos.

Então Tang San respirou fundo e secou as lágrimas, com um movimento abrupto, ele agarrou o Tridente do Deus do Mar ao seu lado com a mão direita e, com a esquerda, pegou o osso espiritual dela.

Um brilho cristalino avermelhado se espalhou sobre o osso e a aura tentadora de um osso espiritual de cem mil anos se espalhou. Junto com ele, o Imperador Azul Prateado foi liberado e um anel de espírito após o outro se ergueu em volta de Tang San.

Ele começou a circular a energia da formidável habilidade Céu Misterioso numa velocidade sem precedentes enquanto um visível fluxo de ar dourado azulado circulava a sua volta. Seus nove anéis de espírito se acenderam quase ao mesmo tempo, fazendo com que seu corpo brilhasse como uma estrela.

Ao lado, Tang Hao cerrou seus punhos com força enquanto cada uma das folhas de Ah Yin tremia.

Tang San ergueu o tridente no alto e uma luz dourada irradiou da marca em sua testa, formando uma ponte até o Coração do Deus do Mar. No mesmo instante, a cintilante luz dourada iluminou todo o vale e a aura divina do Tridente do Deus do Mar floresceu por completo, envolvendo Tang San, XiaoWu, Tang Hao, Ah Yin e tudo que havia em volta do Poço de Gelo e Fogo.

Ah Yin de repente ficou surpresa ao descobrir que, assim que foi iluminada por aquela luz dourada, seu corpo começou a crescer desenfreadamente. A conexão entre suas almas lhe permitia sentir o quão poderoso seu filho havia se tornado. A aura do Imperador Azul Prateado que eles compartilhavam se transformou num canal de conexão com a Luz do Deus do Mar e sua poderosa presença divina fluiu para dentro dela sem reservas, fazendo sua cultivação progredir várias vezes mais rápido.

Tang San tremeu com violência e, logo em seguida, seus nove anéis de espírito se ergueram ao mesmo tempo, flutuando acima dele. A dor de perder seus anéis fez Tang San vomitar sangue, seu olhar, no entanto, se tornou ainda mais determinado.

É claro que ele não havia se esquecido das palavras de Bo Saixi. Entretanto, ninguém podia dizer com certeza absoluta quantos anéis seriam necessários para ressuscitar Xiao Wu afinal. Tang San não aceitaria a existência de qualquer variável, portanto, decidiu abrir mão de todos os nove anéis do Imperador Azul Prateado. A dor resultante fez até o seu corpo incrivelmente resistente soltar uma densa nuvem de sangue.

Uma enorme quantidade de poder espiritual seguiu o osso espiritual de Xiao Wu quando ele saiu flutuando de sua mão para se fundir ao seu sexto anel de espírito. Luz vermelha floresceu no ar e, sob o controle da sua força mental, ele se separou dos outros anéis, espalhando sua brilhante luz vermelha para todos os lados, que então lentamente começou a se condensar sob o brilho divino do Tridente do Deus do Mar.

Uma silhueta avermelhada aos poucos ganhou forma, uma Xiao Wu transparente surgiu no ar. Ela não podia falar e nem mesmo abrir a boca, mas essa era sua alma, sua aura estava repleta de tristeza e preocupação, seus olhos cristalinos observavam Tang San como se quisesse dizer alguma coisa a ele.

Tang San não parou, olhando nos olhos daquela figura com determinação, com uma pausa a cada sílaba, ele quase que rugiu:

— Res- su- cite!- Minha- a- ma- da!

A Luz do Deus do Mar cobrindo o céu e a terra de repente se condensou, se transformando num imenso pilar dourado de luz que envolveu a alma e o corpo dela por completo. Logo em seguida, Tang San fez os seus quatro primeiros anéis de espírito avançarem, girando envolta da alma de Xiao Wu, a protegendo enquanto ela flutuava na direção do seu corpo iluminado pela luz dourada.

A vasta força mental dele irrompeu como uma enchente, inundando o Tridente do Deus do Mar, onde se transformou no mais puro poder do Deus do Mar e se espalhou. Em meio àquela luz dourada, a figura avermelhada de Xiao Wu lhe lançou um último olhar repleto de afeição e então se fundiu por completo ao seu corpo.

Amarelo, amarelo, roxo, preto, quatro anéis de espírito em sequência, um após o outro, se fundiram ao corpo de Xiao Wu. A cada nova fusão, seu corpo emitia um raio de luz vermelha.

A Luz do Deus do Mar se tornou cada vez mais intensa, uma alma presa a um corpo e uma alma fundida a um corpo eram dois conceitos completamente diferentes.

Se o corpo de Xiao Wu reconstruído pelo Saudoso Coração Partido Vermelho e pelo Ginseng Sangue de Dragão Cristalizado seria ou não capaz de suportar por completo a fusão com sua alma e se esses anéis de espírito seriam ou não o suficiente para completar sua recuperação, esses eram os pontos chaves da ressureição. Tang San liberou toda a sua força mental sem se importar com as consequências. Seu sétimo anel de espírito também havia sido movido, flutuando sobre o corpo dela. Se percebesse que ela ainda podia continuar absorvendo a energia dos seus anéis de espírito, ele de forma alguma hesitaria.

Seu quinto anel de espírito era considerado uma evolução do Imperador Azul Prateado e não era adequado para ela, mas o sétimo havia sido um anel concedido pelo Deus do Mar, seus atributos de forma alguma entrariam em conflito com os dela.

Uma camada após a outra de intensa luz vermelha envolveu o corpo de Xiao Wu como uma espécie de casulo enquanto a força mental de Tang San cobria cada milímetro ali dentro, meticulosamente sentindo as mudanças no seu corpo e alma.

O processo de fusão era bem lento, mas seu progresso era constante. Seria impossível entender o quão difícil isso realmente era sem experienciar em primeira mão. Tang San percebeu que, se no fim tivesse usado aquele neidan da Serpente de Dez Cabeças para auxiliar no processo de fusão entre o corpo físico e alma dela, eles teriam pelo menos cinquenta por cento de chance de falhar.

Já a Luz do Deus do Mar, por outro lado, era formada pelo mais puro poder divino. Sob sua luz, não houve qualquer sinal de rejeição e mesmo o processo de fusão sendo lento, ele avançou sem problemas.

A Douluo Deus do Mar estava certa, após Xiao Wu absorver seu próprio anel e osso espirituais, além dos quatro primeiros anéis de espírito dele, seu corpo ficou cheio. Originalmente, ele já continha a imensa energia de duas ervas imortais que ela havia consumido, mais as recompensas acumuladas nos Testes do Deus do Mar. Depois de receber tanta energia e poder espiritual exterior, seria muito perigoso se ele tentasse lhe transmitir mais alguma coisa.

Descobrindo isso, aliviado, Tang San recolheu seu quinto, sétimo, oitavo e nono anéis de espírito. Apesar de serem apenas quatro, todos eram anéis de cem mil anos! Levando em conta apenas as aparências, agora ele era um Ancestral Espiritual cujos anéis de espírito eram todos do nível de cem mil anos, o que com certeza o tornava o Ancestral Espiritual mais poderoso da história do continente.

Depois de chegar ao nível de Título Douluo e de seus cinco ossos espirituais originais se tornarem seis, Tang San descobriu que estava muito mais fácil pegar emprestado o poder divino do Tridente do Deus do Mar do que antes, quando enfrentou Bibi Dong. Antes, se tivesse gastado toda a sua força mental sem ligar para as consequências desse jeito, ele dificilmente seria capaz de aguentar até o fim. Agora, entretanto, ele parecia estar fazendo isso com uma enorme facilidade.

Isso não tinha relação com o enorme crescimento da sua força espiritual. Apesar de ter se tornado mais forte, o progresso dela com certeza havia sido muito menor que o do seu poder espiritual. Afinal, sua força mental já havia alcançado o nível máximo que um Título Douluo poderia alcançar assim que o Olho do Demônio Púrpuro alcançou o nível Sem Limites. Para obter algum avanço substancial nessa área, ele precisaria primeiro obter sua herança divina. Porém, agora a quantidade de poder divino que ele podia pegar do Tridente do Deus do Mar era proporcional à quantidade de força mental ele conseguia infundir nele e transformar em poder divino.

Se anteriormente a cada dez unidades de força mental ele conseguia receber uma do poder divino do Deus do Mar, então agora, dez unidades de força mental podiam ser trocadas por três de poder divino. Graças a isso que Tang San foi capaz de dar um suporte tão compreensível ao processo de fusão da alma de Xiao Wu com o seu corpo sem se esgotar demais. Pelo menos agora que sua mente estava tão agitada, ele não estava sentindo nada e, mesmo se sentisse, ele acabaria ignorando de qualquer forma.

Depois de sabe se lá quanto tempo, com um zumbindo, aquela luz vermelha emitida pelo corpo de Xiao Wu começou a ser absorvida como um rio correndo para o mar. Apenas aquele círculo vermelho na sua testa que representava o teste de primeira classe da Ilha do Deus do Mar continuou cintilando. O processo de fusão entre sua alma e corpo enfim estava completo.

Apenas isso não seria o suficiente para fazer Tang San se sentir aliviado, mas então, a voz que ecoou em sua mente fez sua empolgação chegar ao ponto máximo:

— A missão de ressuscitar sua companheira foi finalizada. A primeira metade do Oitavo Teste do Deus do Mar foi completa. Para finalizá-lo ainda é necessário continuar aumentando sua força, absorvendo anéis de espírito e ossos espirituais.

Tang San tinha certeza absoluta de que deuses não mentiam. Sim, Xiao Wu havia sido ressuscitada, ela finalmente havia sido ressuscitada após tanto esforço.

Com um thump, o Tridente do Deus do Mar em suas mãos caiu no chão. Nesse instante, ele sentiu uma dor violenta por todo o seu corpo, sua mente parecia estar enfraquecida como se seu cérebro tivesse sido tirado fora. Mas isso importava? Não, não muito. Se Xiao Wu havia sido ressuscitada, de que importava essa dor?

A dourada luz divina foi lentamente desaparecendo e Tang San também colapsou assim que ela sumiu, caindo ao lado de Xiao Wu. Ainda assim, um instante antes de perder a consciência, ele não se esqueceu de segurar com força a mãozinha quente dela.

Para ressuscitar Xiao Wu com perfeição, ele havia liberado toda a sua força mental sem se preocupar com os efeitos da exaustão, somando isso ao seu profundo nervosismo e, ainda mais importante, aos graves ferimentos sofridos ao abrir mão de seus anéis de espírito, era natural que ele perdesse a consciência.

Originalmente, ele não precisaria suportar uma dor tão grande assim, mas para abrir mão de seus próprios anéis de espírito, ainda era necessário ser alguém com muita força, se não tivesse o suporte da Luz do Deus do Mar, ele não apenas não seria capaz de recuperar os anéis perdidos através da caça, como o próprio Imperador Azul Prateado se tornaria inútil. Mesmo com a Luz do Deus do Mar, para ter certeza de que ocorreria tudo bem com a ressureição de Xiao Wu, ele havia arrancado todos os seus nove anéis de espírito de uma vez só, a dor resultante disso era tão assustadora quanto ser esfolado e ter seus tendões rasgados.

Mas naquela hora, Tang San não sentiu nada disso, porque sua mente estava muito concentrada. Aqueles nove anéis de espírito naturalmente eram poderosíssimos, em especial os cinco de cem mil anos. Quanto mais forte fosse o anel, maior seria a influência sobre seu corpo ao arrancá-lo. Essa remoção forçada feriu sua vitalidade e mesmo recuperar quatro anéis de cem mil anos logo depois não foi o suficiente para compensar os danos.

Isso que seu corpo já havia sido fortalecido pela Luz do Deus do Mar, além de possuir seis formidáveis ossos espirituais para protegê-lo. Caso contrário, arrancar seus anéis de espírito desse jeito poderia ter diretamente danificado sua fundação e ele jamais seria capaz de se recuperar.

Um bom tempo depois, quando Tang San despertou, o céu já havia escurecido. Uma dor horrível vinha de todos os seus ossos e músculos. Esse tipo de dor convulsiva era quase insuportável e ele não conseguiu conter um gemido baixo.

— Ah, o pequeno San acordou. — A voz de sua mãe ecoou em seus ouvidos.

Quando tentou abrir os olhos, ele descobriu que suas pálpebras estavam muito pesadas. Ainda assim, ele de alguma forma conseguiu dizer:

— Xiao Wu, como está a Xiao Wu? — Antes de terminar de falar, ele já havia recuperado um pouco dos seus outros sentindos e descobriu que seu corpo estava envolto por alguma coisa quente, como se estivesse deitado num colo macio.

Ge, eu estou aqui, não se mova — disse uma voz que soou como uma melodia celestial em seus ouvidos. Apesar de sua condição física ser péssima no momento, aquela voz foi como um poderoso estimulante, incitando Tang San a diretamente abrir os olhos.

A lua brilhava, mas havia poucas estrelas no céu e a iluminação era escassa, entretanto, ele ainda conseguiu ver, bem ao seu lado, um rosto tão delicado que parecia que podia se quebrar com o menor sopro de vento.

Ela parecia ainda mais bela do que antes. Sob a luz da lua, sua pele brilhava como jade, sua longa trança de escorpião pendia ao seu lado e um par de olhos cheios de lágrimas o encaravam ansiosos. Naqueles belos olhos não havia mais aquele olhar vago e vazio, agora eles estavam repletos de profundas emoções infindáveis.

— Xiao Wu, Xiao Wu… — Lágrimas não paravam de escorrer dos olhos de Tang San, nem mesmo ele se lembrava de quanto tempo fazia. Desde o sacrifício dela, ele nunca mais havia se sentido feliz de verdade. Agora, vendo a verdadeira Xiao Wu viva bem na sua frente fez sua garganta se fechar como se ele estivesse engasgado. Havia milhares de coisas que ele queria dizer, mas nesse momento, ele não foi capaz de completar nenhuma sentença.

Ge, você é tão idiota. O Da Ming e o Er Ming, eles… — Grandes lágrimas escorreram de seus olhos. Desde que acordou e viu Tang San ainda inconsciente, ela passou o tempo todo tomando conta dele. Agora que ele havia despertado, ela não conseguiu mais conter as lágrimas de pesar. Para ressuscitá-la, seus dois companheiros mais importantes haviam se sacrificado e seu amado ainda havia se ferido gravemente.

— Xiao Wu, não chore. Da Ming e Er Ming não gostariam de ver você lamentando por eles desse jeito. Assim que eu me tornar o Deus do Mar, eu definitivamente invocarei suas almas de volta para vê-la. — Tendo dito isso, a empolgação por tê-la ressuscitado se tornou tão grande que nem seu corpo foi capaz de aguentar. Sem forças, ele perdeu a consciência de novo. Mas, dessa vez, ele estava completamente satisfeito. Seu maior desejo, ressuscitar Xiao Wu, em fim havia sido realizado.

— O pequeno San está certo. — A distinta voz de Tang Hao soou. — Os mortos já se foram, mas os vivos ainda estão aqui. Ele é mais forte do que eu. Ele precisou de tão poucos anos para te ressuscitar. Criança, valorize aqueles que estão ao seu redor. Não fique triste ou pesarosa. O passado está no passado, vocês dois precisam encarar a vida que segue.

Xiao Wu ergueu a cabeça para encará-lo e, com os olhos nublados pelas lágrimas, assentiu com um movimento suave:

— Obrigada, tio.

— Da última vez que nos encontramos, não foi assim que você me chamou. — Tang Hao abriu um pequeno sorriso.

Xiao Wu corou, não esperando que alguém tão respeitável quanto Tang Hao fosse brincar com ela, mas isso ainda fez a dor em seu coração diminuir um pouco. Ela gaguejou em resposta:

— Pa-pai.

Tang Hao fez carinho na cabeça de Xiao Wu. Olhando para seu filho nos braços dela, ele disse:

— A vitalidade do pequeno San foi gravemente ferida, mas seu corpo é forte, ele vai melhorar depois de descansar um pouco.

Xiao Wu abaixou a cabeça em silêncio, acariciando suavemente o rosto dele.

— Pai, eu vou cuidar bem dele.

Quando Tang San voltou a acordar, já era o dia seguinte. Em apenas um dia, a habilidade de regeneração do osso do Imperador Azul Prateado já havia restaurado uma boa parte dos seus ferimentos. Apesar de ainda sentir dor pelo corpo todo e a tontura não ter desaparecido, ele já estava se sentindo muito melhor.

Recuperando os sentidos, Tang San sentiu seu corpo inteiro relaxar. Ele percebeu que ainda estava nos braços de Xiao Wu, mas suas roupas haviam sido trocadas, sem o menor sinal do sangue que havia derramado durante a ressurreição dela. A própria Xiao Wu estava de cabeça baixa, dormindo.

Ele não se moveu, com medo de acordá-la. Era óbvio que ela havia ficado cuidando dele por todo esse tempo e agora já estava completamente exausta.

Respirando fundo, Tang San incitou sua mente, sentindo as mudanças em seu corpo. Xiao Wu só ficaria aliviada depois que ele estivesse totalmente recuperado.

À medida que sua mente clareava, Tang San descobriu que não havia ocorrido nenhuma mudança notável nos seus ossos e meridianos, mas seu poder espiritual havia sofrido algumas flutuações e agora estava em caos dentro dele. Os maiores danos, entretanto, ainda haviam sido a sua força mental. Sua mente estava em completa desordem. Habilidades espirituais eram controladas pela força mental e podia se dizer que elas estavam diretamente ligadas à mente, assim, era natural que arrancar à força cinco anéis de espírito acabasse a prejudicando bastante.

Por sorte, ele tinha a marca do Deus do Mar. Apesar de sua força mental estar uma bagunça, ela ainda pairava em volta do evoluído Crânio da Mente Condensadora de Sabedoria, como se fosse atraída pela Luz do Deus do Mar. Mesmo que sua mente parecesse ter sido fragmentada, ele não havia perdido o controle.

Fechando os olhos e operando a técnica de cultivação do Olho do Demônio Púrpuro, ele começou a consertar seu mundo mental. Descobrir que seu corpo havia sofrido tão pouco mesmo após ressuscitar Xiao Wu foi uma grande surpresa para ele. Ao mesmo tempo, ele não conseguia medir a gratidão que sentia pelo poder do Deus do Mar. Se não fosse pela Luz do Deus do Mar, teria sido impossível ressuscitá-la com tanta facilidade, além de ter sido impossível abrir mão apenas temporariamente de seus anéis de espírito.

Ele podia não ser o único candidato para se tornar um deus, mas provavelmente não havia mais ninguém que se atreveria a arrancar os próprios anéis de espírito como ele. Antes de absorver os novos anéis de espírito, ele não se atreveria a garantir que seria capaz de recuperar as várias habilidades do Imperador Azul Prateado. Mas sem dúvidas, seu poder espiritual não havia enfraquecido, ele ainda estava no nonagésimo primeiro nível. Ele só estava um pouco mais fraco e precisaria de um tempo para se recuperar. Além disso, mesmo se não fosse capaz de recuperar o Imperador Azul Prateado, ele não se importava muito isso. Cada um dos quatro anéis de espírito restantes nele possuía duas habilidades, o que já o tornava mais forte que qualquer Título Douluo normal. Além disso, os danos ao Imperador Azul Prateado não influenciariam sua absorção de anéis de espírito no Martelo Céu Claro. Sem dúvidas, essa era uma das vantagens de possuir espíritos gêmeos.

Com sua condição examinada e Xiao Wu ressuscitada, Tang San recuperou a calma e começou a restaurar sua força mental. Por meio do pouco de força mental que ainda conseguia controlar, ele cuidadosamente incitou a Luz do Deus do Mar e então, por meio da técnica de cultivação do Olho do Demônio Púrpuro, começou a lentamente reunir e fundir seus fragmentos.

De início, quando se tornou capaz de controlar a Luz do Deus do Mar, ele não tinha dado muita importância para ela, como se o máximo que ela pudesse fazer fosse assustar aquelas bestas espirituais e Mestre dos Espíritos do mar. Com o tempo, entretanto, Tang San foi descobrindo cada vez mais dos seus usos miraculosos. De certa forma, ela era mais importante que o próprio Tridente do Deus do Mar. Afinal, levando em conta suas capacidades atuais, ele ainda precisava dela para exibir o verdadeiro poder do Tridente.

Tang San precisou de três dias para se recuperar por completo sua força mental e seu corpo também se recuperou sozinho nesse meio tempo, voltando a sua condição original. Com exceção dos anéis e habilidades espirituais que havia perdido, não havia muitas mudanças. Na verdade, olhando para o quadro todo, sua quantidade total de habilidades não havia diminuído. O osso espiritual de Xiao Wu havia sido substituído por dois muito mais poderosos e aqueles cinco anéis de espírito haviam sido trocados por dois de cem mil anos. No geral, ele estava mais forte do que antes.

Uma suave luz dourada cobria todo o seu corpo. Agora, ele estava sentado de pernas cruzadas ao lado do Poço de Gelo e Fogo, como se fosse uma estátua dourada, brilhando como uma joia.

Tang Hao estava sentado por perto, observando seu filho. Xiao Wu estava sentada ao lado dele, seus belos olhos repletos de preocupação. Quanto a Ah Yin, desde que fora submetida ao brilho da Luz do Deus do Mar naquele dia, seu corpo havia crescido mais um terço do seu tamanho original.

Como havia herdado o Imperador Azul Prateado de sua mãe, o sangue dos dois estava interligado. Para qualquer Mestre dos Espíritos normal a Luz do Deus do Mar era apenas brilhante e quente. Contra espíritos malignos, ela era uma arma poderosa. Mas para Ah Yin, ela era como a luz do sol para uma planta comum. Somando isso à conexão que existia entre ela e Tang San, foi ela quem obteve os maiores benefícios dessa luz. Originalmente, o rico solo do Poço de Gelo e Fogo já vinha acelerando sua cultivação e depois de ser iluminada por essa luz divina, sua cultivação havia formalmente alcançado o nível de dez mil anos. Para qualquer um, chegar a esse estágio em apenas alguns anos, o mesmo estágio do Rei Azul Prateado, era quase inconcebível.

Mas por um lado, isso ainda tinha uma forte relação com o histórico de Ah Yin. Ela já havia sido uma besta espiritual de cem mil anos e dessa vez não havia começado no mesmo nível que qualquer outra grama azul prateada normal. Com o sangue do Imperador Azul Prateado, além de estar familiarizada com os métodos de cultivação dele, ela foi capaz de avançar da forma mais simples e eficaz possível. Somando isso à nutrição provida pelo sangue de seu filho, além do auxílio do Poço de Gelo e Fogo e da Luz do Deus do Mar, ela foi capaz de se recuperar muito mais rápido. A figura ilusória que ela era capaz de condensar agora estava muito mais clara do que quando Tang San chegou ali.

A luz dourada brilhou com mais intensidade três vezes e então retornou para dentro da marca em do Deus do Mar na testa de Tang San, fazendo com que o brilho dourado sobre seu corpo desaparecesse. Quando abriu os olhos, havia um brilho similar ao de pedras preciosas neles e sua aparência já havia voltado a ser a mesma de quando ele chegou a esse lugar.

— Pai, mãe, Xiao Wu. — Tang San olhou para seus pais e para sua amada, com uma sensação de satisfação que o fez se sentir ainda mais animado do que quando restaurou sua força mental.

Ge! — Os cantos dos olhos de Xiao Wu voltaram a ficar avermelhados, sem se importar com Tang Hao e Ah Yin que ainda estavam ao seu lado, ela bruscamente avançou, se jogando nos braços de Tang San.

Tang Hao se virou com um sorriso e a silhueta também sorridente de Ah Yin voltou a se fundiu ao seu corpo principal. Eles sabiam que agora que os dois estavam juntos novamente, eles com certeza teriam muito o que conversar.

Se abraçando com força e ouvindo as batidas do coração um do outro, tanto Tang San quanto Xiao Wu sentiram seus corações repletos de sentimentos. Por medo de perderem o outro de novo, nenhum dos dois abriu a boca, apenas se segurando com firmeza, como se assim pudessem se fundir de alguma forma.

Apesar de a sensação não ser muito diferente de quando a alma dela voltava para seu corpo, naquelas vezes ela não estava viva de verdade! Mas agora, a verdadeira Xiao Wu estava bem ali, em seus braços. Tang San sentia como se cada uma de suas células estivesse comemorando com alegria.

— Xiao Wu, eu te amo. — Ele sussurrou com a voz quase trêmula no ouvido dela.

Xiao Wu ficou um pouco rígida, erguendo a cabeça num movimento abrupto, ela encarou Tang San. Seus olhares se encontraram, nublados de emoção. Os dois esperavam por esse dia há muito, muito tempo.

Ge… Eu também te amo.

Ainda segurando um ao outro, uma nova onda de emoção se abateu sobre os dois e os anéis feitos com o Imperador Azul Prateado em seus dedos brilharam. Esse era o símbolo do compromisso deles e, nesse momento, eles realmente sentiram como se possuíssem um ao outro.

Depois de tantas dificuldades, eles enfim poderiam ficar juntos de novo, mas também havia sido por causa de todas essas experiências que seus sentimentos um pelo outro se toraram tão profundos.

Beijando de leve a testa de Xiao Wu, Tang San disse num tom suave:

— Pequena Wu, você aceita se casar comigo? Eu finalmente posso te fazer esse pedido.

— Eu aceito, eu aceito… — Ela aceitou sem hesitação com a voz já engasgada e os olhos cheios de lágrimas, porém não mais de tristeza.

— Assim que voltarmos para Céu Dou e encontramos o Professor, nós vamos nos casar formalmente. — Tang San disse no mesmo tom gentil. — Eu vou ter certeza de que será um casamento grandioso, eu vou fazer o mundo inteiro saber que você é minha esposa. Sua felicidade é a maior benção que eu poderia receber, eu te amarei por toda a minha vida e além. Mesmo quando os mares se secarem e as pedras virarem poeira, até o fim dos tempos, eu jamais te deixarei.

Repleta de emoção, Xiao Wu assentiu com força. Ela não tinha o que dizer. Em toda a sua vida, ela nunca havia se sentido tão feliz quanto agora.

Tang San ergueu a cabeça, olhando para o seu pai não muito longe sorrindo para os dois e segurou as mãos de Xiao Wu.

— Antes de partirmos para Céu Dou, ainda há algumas coisas que eu preciso fazer.

Xiao Wu aninhou a cabeça no peito dele e disse com uma voz suave:

— Não importa o que você for fazer, eu sempre estarei ao seu lado.

Tang San então levou Xiao Wu até o enorme Imperador Azul Prateado que era sua mãe.

— A primeira coisa é permitir que minha mãe e meu pai possam ser tão felizes quanto nós.

Duas gigantescas folhas do Imperador Azul Prateado se enrolaram, envolvendo Tang San e Xiao Wu. O denso amor materno parecia transbordar delas.

— Crianças, vocês passaram por muitos desafios. Mas independentemente do que se passou, agora vocês estão juntos. Cuidem bem um do outro. Eu e seu pai ficaremos felizes contanto que vocês estejam felizes.

— Não. — No mesmo instante Tang San balançou a cabeça. — Mãe, eu quero que você e meu pai possam ficar juntos de verdade, igual eu e a Xiao Wu. Vocês sofreram muito mais do que nós. Eu não era forte o suficiente para te ajudar antes e mostrar o meu amor filial. Mas agora que voltei, eu acredito que já tenho a força necessária.

O que Tang San disse deixou tanto Tang Hao quanto Ah Yin completamente chocados.

— Pai, eu vou te ajudar a recuperar seu braço e perna. Mãe, eu vou ressuscitá-la igual a Xiao Wu. Mesmo não tendo certeza absoluta de que isso vai dar certo, meus métodos de forma alguma irão feri-los.

Até mesmo o experiente Tang Hao, cujos sentimentos eram calmos quanto as águas de um poço, não conseguiu evitar uma mudança de expressão ao ouvir isso, pulando na frente de Tang San, ele agarrou seu ombro com sua única mão, perguntando quase que eufórico:

— Pequeno San, o que você acabou de dizer? Você é capaz de trazer sua mãe de volta à vida?

Tang Hao não se importava com o próprio corpo, mas quando ouviu seu filho dizer que podia trazer Ah Yin de volta, ele mal conseguiu conter a emoção. Os sentimentos de Tang Hao e Ah Yin eram diferentes dos de Tang San e Xiao Wu. Além daquele profundo amor duradouro, também havia um monte de outros sentimentos complexos. No passado, Ah Yin havia se sacrificado para salvá-lo, deixando para trás um filho sem mãe e a culpa que Tang Hao sentia por causa disso era óbvia. Se alguém lhe dissesse que ele podia trocar sua vida pela ressurreição de Ah Yin, ele com certeza não hesitaria.

Originalmente, ele acreditava que jamais poderia ver Ah Yin de novo nessa vida. O Poço de Gelo e Fogo havia lhe dado essa chance, lhe permitindo se comunicar com ela novamente, só isso já era o suficiente para fazer Tang Hao se sentir extasiado.

Se qualquer outra pessoa tivesse dito que era capaz de ressuscitar Ah Yin, Tang Hao ainda poderia ter hesitado. Esse era um assunto de suma importância para ele e de forma alguma ele tentaria alguma coisa sem ter certeza absoluta de que funcionaria, afinal, ele não queria causar mais nenhum mal a ela. Entretanto, essas palavras vieram da boca do seu próprio filho, como ele poderia não acreditar nele? Deixando de lado sua relação familiar, só de Tang San tê-los trazido ao Poço de Gelo e Fogo para acelerar a recuperação de Ah Yin já havia sido o suficiente para ganhar a confiança total de Tang Hao.

Ouvindo o que Tang San disse, sua mãe ficou igualmente empolgada. Ela vinha enterrando sua preocupação com os membros perdidos do seu marido bem no fundo do seu coração. Ah Yin entendia muito bem que Tang Hao fez isso para poder deixar todo o resto de lado e ficar com ela. Mas ela também entendia que ainda havia muitas coisas que ele não conseguia deixar para trás. Se ela fosse ressuscitada e se os membros perdidos de Tang Hao pudessem ser restaurados, isso sem dúvidas seria perfeito.

Mas, isso realmente era possível? Um havia perdido um braço e uma perna enquanto o outro era um Imperador Azul Prateado que havia acabado de alcançar o nível de dez mil anos. Será que Tang San realmente seria capaz de fazê-los voltar a sua condição ideal?


Tradutora: Brinn   |   Revisor: Bravo



Fontes
Cores