DDu – Capítulo 215 – A Ilha do Deus do Mar Adora ao Deus do Mar



— Oh? Você é da Ilha do Deus do Mar? — Ouvindo as palavras de Ji Xiang, Tang San não conseguiu ocultar o choque em seu olhar.

Assentindo com a cabeça, Ji Xiang disse:

— Eu nasci e morei lá até fazer dez anos de idade. Meus pais também são da Ilha, mas eles não sabem o porquê de eu ter nascido com zero poder espiritual inato.  Ao fazer dezoito anos, todos os habitantes da ilha precisam passar por um teste e só os que passarem terão a permissão de ficar e adorar ao Deus do Mar, enquanto os que falharem serão mandados embora. Para mim, com zero poder espiritual inato, seria impossível passar. Assim, meus pais me enviaram para cá e pediram à Capitã Pérola Roxa que cuidasse de mim. Como eu não podia treinar meu espírito, desde pequeno estudei medicina com alguns anciãos da Ilha do Deus do Mar. Depois de vir para cá, eu me tornei o médico residente da ilha. Meu primo também foi mandado para cá comigo, a situação dele não é muito diferente da minha.

Tang San jamais teria imaginado que esse seu discípulo na verdade teria vindo da Ilha do Deus do Mar. De qualquer forma, isso era uma boa notícia. Depois de cruzar com a Baleia Demoníaca, quer fosse Tang San ou os outros Demônios da Shrek, todos eles ficaram um pouco apreensivos quanto a viajar pelo mar. Seria bom aprender um pouco mais sobre esse lugar tão perigoso para onde eles estavam indo antes de chegar lá.

Vendo os olhares de todos caindo sobre ele, Ji Xiang nem esperou Tang San falar antes de já ter tomado a iniciativa de dizer:

— Mestre, seniores, a Ilha do Deus do Mar é um lugar especial. Eu posso perguntar qual é o motivo de vocês estarem indo para lá?

Tang San respondeu:

— Nós estamos indo lá para treinar. Nossos anciãos nos disseram que essa ilha é um lugar extremamente perigoso e há vários Mestres dos Espíritos do Mar e Bestas Espirituais Marinhas poderosas. Como você pôde ver, entre pessoas da mesma idade, o nível do nosso grupo é um pouco alto. Então, se quisermos nos tornar mais fortes, não vai ser fácil. Meu professor testou vários métodos de treinamento diferentes e descobriu que a melhor forma de aumentar nossa força é por meio de encontros de quase morte. Portanto, nossa viagem para a Ilha do Deus do Mar dessa vez temos como objetivo nos tornar mais fortes.

Ji Xiang olhou para Tang San e os outros e pensou em seu coração: “Mestre, o nível de vocês não é um pouco alto e sim assustadoramente alto.”

Apesar de não ter visto qual a força dos outros Demônios da Shrek ao vivo, considerando que eles eram capazes de acompanhar Tang San, com certeza eles não deviam ser muito mais fracos que ele.

— Mestre, se vocês desejam ir à Ilha do Deus da Morte para treinar, então eu recomendo que vocês voltem agora. — Ji Xiang disse com sinceridade, revelando um traço de pânico em sua face.

Tang San perguntou com calma:

— Por quê?

Ji Xiang replicou:

— Porque qualquer estrangeiro que chegar lá só terá dois destinos possíveis: ou ser expulso ou ficar preso lá dentro para sempre.

Tang San assentiu com a cabeça, dizendo:

— Eu já tinha ouvido falar disso, você pode me dizer qual é a origem dessa história?

JI Xiang respondeu:

— A Ilha do Deus do Mar é um lugar especial para os Mestres dos Espíritos e vocês também podem considerá-la como o domínio dos Mestres dos Espíritos do Mar. Eles são bem diferentes dos Mestres dos Espíritos terrestres, somente dentro do oceano é que eles são capazes de exibir toda a sua força. Pode até se dizer que o oceano inteiro é seu domínio. No mar, Mestres dos Espíritos terrestres jamais serão capazes de derrotar um Mestre dos Espíritos do Mar de mesmo nível. Assim como os Mestres dos Espíritos do continente tem fé no Hall dos Espíritos, os Mestres dos Espíritos do Mar também têm suas próprias crenças, mas não é em uma seita e sim em um Deus, o Deus do Mar. — As palavras de Ji Xiang despertaram o interesse de todos os presentes e ninguém o interrompeu, ouvindo com atenção. — Todos os Mestres dos Espíritos do Mar acreditam na existência do Deus do Mar. Seu ancestral comum e aquele que controla o oceano. É precisamente por causa da benção do Deus do Mar que eles possuem sua força e a habilidade de controlar os oceanos. Talvez nem todos os Mestres dos Espíritos do continente tenham fé no Hall dos Espíritos, mas todos os Mestres dos Espíritos do Mar têm fé absoluta no Deus Do Mar. Nem uma única alma aqui se atreveria a blasfemá-lo e a Ilha do Deus do Mar é um local sagrado para sua adoração. Aqueles com grandes méritos se tornam mensageiros do Deus do Mar e lideram os Mestres dos Espíritos mais fortes da ilha. Qualquer um que entrar lá precisará passar por um teste e esse teste não é dado pelos Mestres dos Espíritos que governam a ilha, mas sim pelo Lorde Deus do Mar.

Ouvindo até esse ponto, Dai Mubai não conseguiu se segurar e perguntou:

— O Deus do Mar realmente existe? Isso significa que deuses realmente existem nesse mundo?

Ji Xiang afirmou com seriedade:

— Sim, com certeza, o Deus do Mar definitivamente existe. A maioria dos Mestres dos Espíritos que vivem na Ilha do Deus do Mar já viu pessoalmente uma manifestação dele.

Oscar disse:

— Então o teste que você mencionou é dado por essa manifestação?

Ji Xiang respondeu:

— Não exatamente, essa é apenas uma forma que o Deus do Mar usa para se comunicar. O teste será dado por meio Adorador Supremo, que também é conhecido como a mão direita do Deus do Mar e é encarregado de proteger sua autoridade e de executar seus julgamentos.

Tang San disse:

— Então nesse caso, o teste ainda é feito por humanos, não?

A expressão de Ji Xiang ficou meio estranha.

— Mestre, isso não é algo que eu sou capaz de explicar. Só depois de experiênciá-lo em primeira mão que é possível entender a situação. O teste é diferente para cada indivíduo. Para alguns o teste é fácil, como ir ao oceano e coletar uma concha, enquanto para outros, ele pode ser extremamente difícil, como aguentar um ataque do Adorador Supremo. Os testes variam de pessoa para pessoa e geralmente, estão relacionados à força de cada indivíduo. Todos os Mestres dos Espíritos na Ilha do Deus do Mar precisam passar por ele quando fazer dezoito anos. Se passarem, poderão ficar na ilha e servir ao Deus do Mar, caso contrário, serão forçados a deixar a ilha.  Se o teste for muito difícil, alguns podem até mesmo perder suas vidas. Qualquer estrangeiro que entrar na ilha, independente da idade, terá que passar pelo teste. Se falharem, eles serão imediatamente expulsos e se tiverem sucesso, precisaram ficar na ilha para sempre. Se passar no teste, não importa se você for um estrangeiro ou um nativo, você não terá permissão para deixar a ilha a menos que deseje invocar a ira do Deus do Mar. Eu sugiro que vocês evitem ir para lá, porque os testes para os estrangeiros, em especial para os Mestres dos Espíritos terrestres, são excepcionalmente difíceis e podem facilmente resultar em suas mortes. Mesmo se vocês passarem, vocês ainda ficarão presos lá para sempre. A Ilha do Deus do Mar é a terra sagrada dos Mestres dos Espíritos do Mar, com certeza não é um lugar adequado para treinar.

Tang San abriu um pequeno sorriso, dizendo:

— Nós já consideramos isso. Para nós, entrar na Ilha do Deus do Mar e passar pelo teste também é um tipo de treinamento. E se conseguiremos sair ou não da ilha entra na mesma categoria. Se formos incapazes de escapar dela com nossa própria força, isso significará que falhamos em nosso treinamento. Ji Xiang, eu entendo as suas boas intenções, mas essa viagem para a Ilha do Deus do Mar é algo que eu definitivamente preciso fazer.

Vendo o olhar calmo e determinado de Tang San, Ji Xiang não conseguiu conter sua preocupação:

— Mas mestre, você não faz ideia de como o teste da Ilha do Deus do Mar é difícil. Deixando os Mestres dos Espíritos terrestres de lado, vários Mestres dos Espíritos do Mar não nativos também tentaram passar por ele apenas para encontrarem com suas mortes. Eu vivi na Ilha do Deus do Mar por mais de dez anos e nunca ouvi falar de um único Mestre dos Espíritos terrestre sequer sendo capaz se tornar um membro da Ilha. A força do Adorador Supremo não é algo que você seria capaz de imaginar.

Tang San deu mais um sorriso, dizendo:

— Eu entendo o que você está tentando dizer, mas se eu recuar toda a vez que me deparar com algo difícil, eu jamais serei capaz de me tornar um Mestre dos Espíritos forte de verdade. Me parece que esse Deus do Mar que você mencionou realmente existe. Eu acredito que quando um indivíduo alcança um nível de força que mais ninguém pode sequer sonhar em alcançar, ele definitivamente pode passar a ser chamado de Deus. Eu penso que esse Deus do Mar de quem você fala é um Mestre dos Espíritos do Mar que conseguiu superar o ápice e obteve a habilidade de pegar emprestado o poder de todo o oceano. De fato não deve existir mais ninguém capaz de superar uma pessoa como essa, por isso ele recebeu o título de Deus do Mar. Como Mestre dos Espíritos, esse com certeza é um dos meus objetivos. Eu já me decidi, em três dias, nós partiremos para a Ilha do Deus do Mar.

Ji Xiang não disse mais nada, apesar de não ter gasto muito tempo junto de Tang San, ele já havia percebido que, depois de tomar uma decisão, esse seu mestre dificilmente mudaria de ideia.

***

Três dias passaram bem rápido e ao fim deles, os Demônios da Shrek já estavam praticamente recuperados, até a condição de Bai Chenxiang já estava quase perfeita.

A brisa do mar soprava junto com os raios de sol que iluminavam a superfície do oceano, criando uma miríade de cores dançantes.

Um barco relativamente grande navegava sobre a superfície do oceano e seu mastro estava adornado com uma gigantesca vela roxa. Esse era o famoso Navio Pérola Roxa que reinava essas águas: a embarcação pessoal da líder do Grupo Pérola Roxa.

Os Demônios da Shrek estavam no convés olhando para longe, depois do encontro com a Baleia Demoníaca, eles finalmente estavam de volta a caminho da Ilha do Deus do Mar. Apesar de terem escapado por pouco, a pressão dos ataques daquela besta espiritual marinha ainda lhes proporcionou um pouco de crescimento.

Nesse meio tempo, Tang San conseguiu assimilar toda a energia que absorveu por meio das Oito Lanças de Aranha e como havia previsto, ele alcançou o sexagésimo oitavo nível.

Quanto ao resto dos Demônios da Shrek, tirando Xiao Wu, todos os outros também haviam ganhado cerca de meio nível e o mais afetado ainda foi o Gordo.

Depois de Dai Mubai e Zhu Zhuqing serem gravemente feridos e Tang San desaparecer, a segurança do grupo ficou em suas mãos. Nesses dez dias vagando pelo mar, o Gordo finalmente conseguiu avançar, alcançando o sexagésimo nível. Agora só faltava mais um anel de espírito para ele oficialmente entrar nos rankings de Imperador Espiritual.

— Meu barco é realmente rápido então vai levar no máximo uns dois dias para nós chegarmos às proximidades da Ilha do Deus do Mar. — Pérola Roxa disse parando ao lado de Tang San. Depois de ouvir que eles pretendiam ir para a Ilha do Deus do Mar, ela imediatamente se voluntariou para levá-los. Naturalmente, quando ela se ofereceu, Tang San conseguiu ver muito bem a alegria em sua face com a ideia de presenciar as desgraças que ele e seu grupo teriam que enfrentar, já que ela conhecia a situação na ilha. — Entretanto, meu mestre, eu não posso levá-los até a Ilha do Deus do Mar. O máximo que eu posso fazer é parar perto dela e então vocês terão que seguir o resto do caminho sozinhos. Perto da Ilha vivem muitas bestas espirituais poderosas e se nos aproximarmos de barco, com certeza encontraremos um fim terrível. Além disso, eu jamais me atreveria a desrespeitar a dignidade do Deus do Mar.

Tang San olhou para Pérola Roxa:

— Nos levar até o mais perto possível já é o suficiente, quando nós conseguirmos avistar a Ilha, sua missão estará completa.

Vendo a expressão calma de Tang San, Pérola Roxa não conseguiu evitar ficar desapontada. Mas ela respeitava de verdade a força de Tang San, então não se atreveu a dizer muito mais do que isso. Ela também havia pensado em fazer outra aposta com Tang San no oceano dessa vez, mas depois de se lembrar da luz azul do outro dia, essa ideia desapareceu de sua mente. Esse homem realmente era alguém contra quem ela não tinha como se opor.

Sem desperdiçar tempo, nesses poucos dias Tang San aproveitou para passar para Ji Xiang os métodos de treinamento da Habilidade Céu Misterioso, além de seus pontos chaves: as posições dos pontos de acupuntura no corpo humano e as técnicas de controle das armas ocultas da Seita Tang, assim como a Misteriosa Mão de Jade, os Misteriosos Passos do Fantasma, o Controlando o Grou Capturando o Dragão e até o Olho do Demônio Púrpuro.

Ji Xiang tinha uma memória muito boa então, apesar de o tempo ser curto e ele ainda não ter entendido completamente como funcionava cada habilidade, memorizá-las não foi problema para ele. Ao mesmo tempo, Tang San também pressionou Pérola Roxa para cuidar bem de Ji Xiang e ajudá-lo a caçar bestas espirituais para torná-lo mais forte depois de ele partir.

Xiao Wu se inclinou sobre o peito de Tang San, com seus grandes e belos olhos piscando ocasionalmente enquanto ela mirava o vasto oceano. Até Zhu Zhuqing e Ning Rongrong ficaram com um pouco de inveja dela, depois de perder sua alma, ela naturalmente não era capaz de sentir qualquer tipo de vergonha, então não havia problema em se deitar no colo de seu amado de forma tão íntima enquanto despreocupadamente aproveitava a brisa do oceano.

***

Os dois dias seguintes se passaram com tranquilidade e durante a viagem, Pérola Roxa explicou com detalhes a disposição dos territórios das bestas espirituais marinhas e quais eram os mais perigosos, dando atenção especial aos territórios das bestas espirituais de cem mil anos, os quais precisavam ser contornados e jamais atravessados. Apesar de que para alguém do calibre de Pérola Roxa sobreviver a isso fosse bem simples, mesmo seu barco não seria capaz de aguentar os ataques delas.

De acordo com Pérola Roxa, ninguém sabia quantas bestas espirituais haviam no oceano, mas quanto a bestas espirituais de cem mil anos, ela conhecia pelo menos três, das quais a Baleia Demoníaca era a mais poderosa. Além dela, havia uma que vivia ainda mais longe no meio do oceano e outra que vivia nas águas em volta da Ilha do Deus do Mar. De acordo com as lendas, ela aparentemente era a antiga montaria do Deus do Mar e sua força ficava atrás apenas da Baleia Demoníaca, sendo um dos soberanos do mar.

No horizonte ao longe, um pequeno ponto preto começou a aparecer. Pérola Roxa estava observando o mar da proa e assim que viu o ponto preto, ela imediatamente mandou sua tripulação parar o navio.

Os Demônios da Shrek sabiam que logo chegariam ao seu destino e já estavam todos prontos.

Pérola Roxa andou até Tang San e disse:

— Mestre, nós só podemos levá-los até aqui. Mais um pouco e nós estaremos entrando no território da Ilha do Deus do Mar. Qualquer embarcação que entrar nessa área será atacada pela besta espiritual de cem mil anos que a protege. Tomem cuidado ao se aproximar. Essa besta espiritual que guarda a ilha é bem assustadora, em especial o seu poder de ataque, mesmo a Baleia Demoníaca precisa tomar cuidado diante dela.

Ma Hongjun disse ao lado:

— Pérola Roxa, você não para de falar dessa besta espiritual, mas o que exatamente ela é?

Pérola Roxa respondeu:

— A besta espiritual que protege a ilha é um tubarão que esteve cultivando por mais de cem mil anos e, ainda por cima, é da espécie mais feroz que existe: o Grande Tubarão Branco Demoníaco. Ele é conhecido como o caçador dos mares e seu forte é o poder de ataque, sendo a besta espiritual marinha com o ataque mais poderoso que existe. Mesmo os ataques de um Tubarão Branco Demoníaco de dez mil anos já são o suficiente para se comparar aos ataques de uma besta espiritual de cem mil anos comum. Ele pode não ser tão grande quanto a Baleia Demoníaca, tendo não muito mais do que uns vinte metros de comprimento, mas sua velocidade nem se comparar à da Baleia Demoníaca. Seus alvos nunca teriam a chance de escapar. Além disso, depois de ter reivindicado essa área como seu território, mais de uma centena de outros Tubarões Brancos Demoníacos se reuniram aqui, criando uma abrangente rede de proteção.

Depois de ouvir as palavras de Pérola Roxa, Tang San não conseguiu evitar dizer:

— Até onde eu sei, cerca de uns vinte anos atrás, houve um grupo de Mestres dos Espíritos do continente que chegaram à Ilha do Deus do Mar e a atacaram. Aparentemente, eles foram aniquilados enquanto lutavam contra os Mestres dos Espíritos da ilha, mas não havia nenhuma menção sobre eles terem sido atacados antes de aportarem.

Pérola Roxa piscou.

— Mestre, você já ouviu falar até desse incidente? Eu ouvi de um ancião que por causa de o Tubarão Branco Demoníaco ter um apetite enorme e porque o número de seres vivos na água é muito pequeno, a cada quinze dias, o protetor de cem mil anos de idade da ilha leva seu grupo para caçar por cerca de uns três dias. Esse incidente vinte anos atrás deve ter sido coincidentemente nessa época e eles tiveram a sorte de chegar quando os tubarões estavam fora caçando.

Tang San respondeu:

— Entendo, me pergunto se nós vamos ter tanta sorte assim hoje.

Pérola Roxa disse dando de ombros:

— Eu não faço ideia, ninguém conhece a rotina desse tubarão branco e se alguém em algum momento tentou descobri-la, provavelmente essa pessoa já deve estar morta.

Ma Hongjun disse com uma risada:

— Você não está simplesmente esperando que todos nós sejamos comidos por esse Tubarão Branco Demoníaco?

Pérola Roxa o encarou, dizendo:

— O que? Seu gordo do caralho, quer vir pro pau!? — Tirando quando estava falando com Tang San, ela ainda não tinha muito respeito pelos outros Demônios da Shrek.

Ma Hongjun respondeu:

— Por que eu iria querer lutar contra você? Você é a serva do meu terceiro irmão, ouvi-la o chamando de mestre já soa muito bem.

— Você… — Ter se tornado serva de Tang San era uma coisa que deixara Pérola Roxa extremamente deprimida. Vendo o Gordo se divertindo com seu infortúnio, sua fúria chegou ao ponto de explosão.

Entretanto, sem esperar pela explosão de fúria dela, Tang San colocou uma mão sobre seu ombro.

— Isso é o suficiente, parem de brigar. Pérola Roxa, nós estamos indo, apenas nos dê um bote e vocês podem ir embora.

Pérola Roxa ficou momentaneamente perplexa:

— Vocês não vão esperar e observar as coisas por um tempo antes?

Tang San balançou a cabeça, dizendo:

— Você mesma disse, ninguém é capaz de prever a rotina do Tubarão Branco Demoníaco. Nós vamos dar um jeito.

Ouvindo Tang San dizer que ele e seu grupo estavam partindo, a expressão de Pérola Roxa mudou um pouco, lançando um olhar profundo para Tang San, ela disse:

— Mestre, se você realmente cruzar com um Tubarão Branco Demoníaco, não machuque nem um deles, mesmo o mais fraco. Caso contrário, vocês serão atacados por todos eles. Se vocês querem entrar na Ilha do Deus do Mar, a melhor forma é esperar. Apesar de os hábitos alimentares do Tubarão Branco Demoníaco não poderem ser previstos, eu tenho certeza de uma coisa: durante a noite, em especial a meia noite, as atividades deles são bem reduzidas, se vocês partirem a essa hora, suas chances serão um pouco melhores.

Tang San concordou com Pérola Roxa com um gesto de cabeça, dizendo:

— Entendido. Obrigado por cuidar de nós nesses últimos dias na Ilha Pérola Roxa. A aposta que fizemos no outro dia foi só uma brincadeira, você não precisa levar isso a sério. Eu não sei nem se nós seremos capazes de voltar dessa vez. Apesar de você ser a líder de um grupo de piratas, eu espero que vocês prestem atenção e chequem devidamente contra quem vocês irão agir no futuro. Deixem uma rota de escape para aqueles que não quiserem morrer, mesmo que seja apenas um bote salva vidas.

— Hum. — Pérola Roxa assentiu. Olhando para esse homem que era mais de uma década mais novo que ela, um sentimento estranho surgiu em seu coração. Depois de reconhecer Tang San como seu mestre, ela voluntariamente passou a restringir seu temperamento explosivo. Nem ela mesma sabia o motivo de fazer isso, apenas que quando estava ao lado dele ou quando olhava para seus olhos, sua própria aura imponente parecia desaparecer.

E foi precisamente a aparência desse jovem que a ajudou a perceber que ela estava mais uma vez desenvolvendo interesse em homens. Mais do que isso, ela tinha certeza de que era justamente por esse homem dez anos mais jovem que ela havia se apaixonado. Apesar de ele já ter uma esposa, Pérola Roxa não conseguiu evitar desenvolver sentimentos por ele, mas é claro que ela também sabia que seria impossível rolar alguma coisa entre eles.

Eles estavam prestes a tomar seus próprios caminhos agora e como Tang San havia dito antes, eles não tinham nem como saber se seriam capazes de se ver novamente. Um inexplicável sentimento de solidão e desamparo rapidamente surgiu no coração de Pérola Roxa.

Nesses últimos dias em que esteve chamando Tang San de mestre, ela não parava de xingá-lo internamente. Mas agora que eles estavam prestes a se separar e que ela finalmente estaria livre de sua miséria, ela não conseguia evitar sentir uma leve relutância.

Depois de soltar o bote, os Demônios da Shrek pularam um de cada vez dentro dele. O barco podia facilmente acomodar mais de dez pessoas e por fim, Tang San também andou até a proa da embarcação.

Ji Xiang e Pérola Roxa o acompanharam e Ji Xiang disse com os olhos vermelhos:

— Mestre, tome cuidado.

Tang San bateu no ombro dele:

— Homens de verdade podem sangrar, mas nunca chorar. Quando nos encontrarmos novamente, eu quero ver os resultados da sua cultivação.

Ji Xiang queria dizer alguma coisa, mas parecia que havia alguma coisa presa em sua garganta e ele só conseguiu assentir enquanto fazia o seu melhor para conter as lágrimas.

Tang San então acenou com a cabeça para Pérola Roxa antes de pegar Xiao Wu no colo e pular para dentro do bote.

Vendo Tang San pousar no barco salva vidas, Pérola Roxa se virou e ergueu a mão, gritando:

— Levantem a âncora, nós estamos voltando.

O Pérola Roxa virou, com a proa apontando para a direção de onde eles tinham vindo e foi então que Pérola Roxa não conseguiu mais conter seus sentimentos. Correndo até a popa do barco, ela se inclinou para frente e gritou na direção do bote ao longe:

— Mestre, você precisa honrar a nossa aposta, eu estou disposta a reconhecê-lo como meu mestre, você sempre será meu mestre. Eu estarei esperando por você na Ilha Pérola Roxa. É melhor todos vocês voltarem vivos, porra!

Com lágrimas nos olhos, ela viu o sorriso de Tang San e seu olhar determinado enquanto acenava para ela.

— Ji Xiang, eles vão voltar vivos, não vão? — Pérola Roxa se virou para encar o jovem ao seu lado, que também não conseguia conter as lágrimas.

Ji Xiang usou praticamente toda a sua força para assentir com a cabeça:

— Com certeza.

Após ver o Pérola Roxa desaparecer no horizonte, Tang San se virou, encontrando com os olhares estranhos de seus companheiros.

— O que vocês estão olhando? — Tang San perguntou confuso.

Dai Mubai bateu no ombro dele:

— Você está ficando bom nisso. A ferocidade dela não é nada ruim, apesar de ser um pouco velha, ela ainda está bem conservada.

Tang San bateu com força na mão de Dai Mubai.

— Mubai, como nosso chefe, você já devia saber que eu já tenho a Xiao Wu e ela é a única para mim.

Olhando para Xiao Wu em seus braços, a irritação nos olhos de Tang San desapareceu. Ma Hongjun e Oscar estavam prestes a continuar zombando de Tang San quando Zhu Zhuqing se meteu na conversa:

— Vocês acham que o terceiro irmão é como vocês? O terceiro irmão é um bom homem.

— Urh… Zhuqing, você não pode ficar me dando cotoveladas desse jeito! — Dai Mubai deu um sorriso amargo. — Nem mesmo o oceano seria capaz de me limpar completamente.

Zhu Zhuqing revirou os olhos.

— Eu me pergunto qual de vocês tinha mais conquistas indecentes naqueles lugares.

— Eu… — Quando o abatido Dai Mubai viu que Ma Hongjun estava rindo dele no outro lado do bote, ele imediatamente descontou toda sua frustração, dizendo: — Gordo maldito, do que você está rindo, o seu histórico de indecências… — Mas assim que começou a falar, ele sentiu o olhar ameaçador que Ma Hongjun lhe lançou e no mesmo instante parou no meio de sua fala com uma risada.

Bai Chenxiang olhou para Dai Mubai e então para Ma Hongjun com certa suspeita no olhar:

— Qual é o histórico de indecências dele?

Dai Mubai olhou para o gordo o encarando furioso antes de tossir e dizer meio constrangido:

— Não é grande coisa, apenas algumas peripécias de quando ele era mais novo e tinha menos autocontrole. Você mesma devia perguntar a ele.

No último meio mês enquanto o paradeiro de Tang San era desconhecido, com Dai Mubai e Zhu Zhuquing seriamente feridos, Ma Hongjun se tornou o lutador mais forte do grupo. Em especial quando eles estavam à deriva no mar, foi o Gordo que sozinho assumiu os remos e ele demonstrou um cuidado especial por Bai Chenxiang. As memórias feitas à beira da morte sempre são as mais vívidas, então como Bai Chenxiang poderia permanecer inabalável. Além disso, todo o resto do grupo estava dividido em casais, em seu coração, o gordo era o único homem com quem ela podia contar. Assim, sua relação com ele melhorou bastante.

Vendo o olhar de Bai Chenxiang sobre ele, Ma Hongjun rapidamente ocultou sua raiva e se virou para Tang San, perguntando:

— Terceiro irmão, a Pérola Roxa mencionou que havia Tubarões Brancos Demoníacos nessa área, então como nós vamos passar por eles? Se houver algumas centenas dessas bestas espirituais por aqui, vai ser bem difícil navegar por essas águas.

Tang San naturalmente sabia que Ma Hongjun estava apenas tentando mudar o assunto e ele com certeza não pretendia expor seu irmão, então apressadamente respondeu:

— Não é preciso ter pressa. Agora é uma boa hora para nós testarmos o nosso Barco do Dragão Abissal.

Enquanto dizia isso, ele esticou uma mão até o Vinte e Quatro Pontes ao Luar e o Barco do Dragão Abissal que eles compraram no leilão apareceu em suas mãos. Depois de infundir um pouco de poder espiritual nele, ele se transformou em um raio de luz e começou a flutuar na superfície do oceano. Seu casco rapidamente se expandiu e num instante, ele já havia se transformado em um barco com doze metros de comprimento.

O Barco do Dragão Abissal reluzia como se fosse feito de cristal e sua superfície emitiu um leve brilho esbranquiçado enquanto pousava sobre o oceano sem fazer um único som. A sua frente parecia com a cabeça de um dragão, enquanto sua parte de trás era como a de um peixe e dos dois lados havia asas parecidas com nadadeiras. A embarcação era branca como leite, de um material parecido com jade branco, mas a coisa mais estranha era que o barco era completamente selado, com apenas uma escotilha aberta no topo, revelando os doze assentos dentro dele. Também dava para ver os cabos dos remos ao lado dos assentos, exceto ao lado dos quatro assentos da frente.

As asas-remo também pareciam ser bem peculiares e Tang San, com seu conhecimento de armas ocultas, rapidamente compreendeu que seu design tinha por objetivo reduzir a resistência da água. Seguindo a liderança dele, o grupo pulou para dentro do barco um de cada vez, mas nem isso foi o suficiente para fazê-lo balançar, mostrando que ele era extremamente estável. Tang San já havia entendido como usar o barco quando o ativou usando seu poder espiritual. Os oito se sentaram nos lugares ao lado dos remos, então Tang San ergueu a mão e pressionou uma bola de cristal do tamanho de uma cabeça, a infundido com poder espiritual e no mesmo instante a escotilha em cima deles se fechou, selando o ar e os sons do lado de fora.

Cerca de metade do Barco do Dragão Abissal estava submerso e se eles abaixassem a cabeça, seriam capazes de ver o estranho mundo aquático embaixo deles. De dentro da embarcação, eles eram capazes de ter uma vista de trezentos e sessenta graus, sem qualquer ponto cego. Depois de se alongar um pouco, Tang San voltou a se sentar ao lado da bola de cristal. Esse era o leme do Barco do Dragão Abissal e os movimentos do barco podiam ser controlados dali.

Tang San disse:

— Vamos primeiro tentar conduzir esse barco. — Enquanto dizia isso, ele fundiu seu poder mental ao Barco do Dragão Abissal e com a ajuda de seu poder espiritual, o barco começou a afundar no oceano. Seguindo as instruções de Tang San, tirando Xiao Wu, os outros seis tocaram nos remos ao seu lado e as asas que pareciam com nadadeiras começaram a se mover.

Com um whoosh, o Barco do Dragão Abissal disparou dentro da água, só de tocar nos remos, o barco já avançou uns vinte e poucos metros. Mas como a quantidade de força que cada um usou foi diferente, o barco não avançou em linha reta. Entretanto, por causa da força do próprio oceano, ele lentamente voltou para a direção original e os olhos de tudo mundo brilharam.

— Ele é rápido.

— Realmente valeu o preço que pagamos.

A velocidade do Barco do Dragão Abissal excedeu as expectativas deles e todos conseguiam sentir com clareza que não haviam colocado muita força nos remos, mas isso já havia sido o suficiente para levá-los tão longe.

Depois de Tang San pensar bastante, ele disse:

— Três vezes, eu não sei que método especial ele usa, mas essa ferramenta espiritual é capaz de triplicar a quantidade de poder espiritual usada para mover suas asas. Além disso, enquanto o barco avança, a cauda na parte de trás também balança e empurra para frente. Eu acabei de checar e esse segmento é controlado de onde eu estou. Quanto mais poder espiritual nós colocarmos nela, mais forte vai ser o empurrão e os remos devem funcionar do mesmo jeito, quanto mais força vocês colocarem neles, mas rápido ele irá se mover.

Todos eles ainda eram jovens e naturalmente sentiam curiosidade com coisas novas. Sob a liderança de Tang San, eles começaram a praticar como usar o Barco do Dragão Abissal.

Era como Tang San havia dito, quando infundiram mais poder espiritual nos remos, a velocidade do barco alcançou um nível assustador. Da primeira vez que tentaram, por causa da diferença de poder espiritual liberado, eles acabaram virando, mas depois de algumas rotações e da ajuda da força do oceano, eles acabaram voltando ao rumo certo, o que pareceu bem estranho.

Os Demônios da Shrek já estavam juntos há muitos anos, assim, eles tinham certa experiência em trabalhar juntos e depois de apenas duas horas, eles já haviam aprendido a controlar a embarcação de forma estável. Sob o controle unido do grupo, o Barco do Dragão Abissal com seus doze metros de comprimento avançou pelo oceano como um monstro marinho.

O grupo ficou hipnotizado com a paisagem debaixo da água, em especial as meninas.

Sem realmente mergulhar no oceano, jamais seria possível entender a beleza desse tipo de paisagem. Dentro das águas límpidas e azuis havia várias pedras coloridas, corais e peixes, além de alguns outros seres desconhecidos, criando uma visão colorida e encantadora.

As águas ali não podiam ser consideradas muito fundas, com cerca de apenas duzentos metros de profundidade. Sob a superfície, o recife se estendia como uma cadeia de montanhas. Depois de duas horas, Tang San fez o Barco do Dragão Abissal vir à tona.


Tradutora: Brinn | Revisor: BravoED



Fontes
Cores