ATG – Capítulo 651 – A última resistência desesperada!


A areia amarela preencheu o ar na frente da Cidade Imperial da Nação Vento Azul e a terra tremeu enquanto o sangue jorrava como rios e os corpos cobriam o solo.

A batalha feroz que acontecia há um dia e uma noite completos resultou em à Cidade Imperial da Nação Vento Azul tendo toda a sua linha de defesa destruída. A última linha de defesa já estava pressionada contra os portões da cidade pelo gigantesco Exército da Fênix Divina.

O Exército da Fênix Divina estava completamente vestido em vermelho. Sua armadura escarlate e suas armas, que emitiam uma aura ofuscante, haviam sido refinadas com as chamas Fênix pela Seita da Fênix Divina. Não apenas as armaduras e as armas; suas habilidades ofensivas e defensivas eram incomparavelmente fortes. Não era algo a que as armaduras pesadas de prata e as armas do Exército Vento Azul pudessem se comparar. Além disso, a força média dos soldados do Exército da Fênix Divina era muito maior do que aquela do Exército Vento Azul. Para completar, não seria exagerado dizer que uma tropa de soldados da Fênix Divina poderia enfrentar dez tropas de soldados da Vento Azul!

A terra havia sido, há muito, manchada com o vermelho do sangue e a cor do solo era ainda mais vermelha do que a armadura escarlate do Exército da Fênix Divina. Inúmeros cadáveres jaziam espalhados a cada centímetro do solo em frente à Cidade Imperial, mas o massacre continuava. Setecentos mil soldados do Exército da Fênix Divina avançaram majestosamente. Eles estavam espalhados até o horizonte e pareciam ser uma onda de sangue vermelho que viera das profundezas do inferno para engolir a Nação Vento Azul eternamente.

Havia menos de cem mil soldados restantes de um milhão, a Cidade Imperial havia reunido com todas as suas forças na linha defensiva. No entanto, eles ainda persistiam em sua luta desesperada, gritando até que suas vozes ficassem roucas. No entanto, essas vozes logo começaram a ficar pesadas por tristeza e desespero.

 

Inúmeras flechas eram lançadas ininterruptamente em rajadas das muralhas da cidade, tornando-se uma tempestade persistente de mísseis. Isto abrandou um pouco o avanço do Exército da Fênix Divina que estava se aproximando dos portões da cidade. No meio das muralhas da cidade, o comandante-chefe do Exército Vento Azul, Feng Yunlie, gritava ordens constantemente. Sua voz há muito havia ficado rouca, mas cada rugido dele ainda abalava as montanhas e os rios.

Cang Yue estava parada tranquilamente não muito longe de sua direita. Naquele dia, ela não usava a coroa de Fênix e seus cabelos negros dançavam nos ventos da guerra. Ela observava a carnificina silenciosamente, mas sua expressão não continha tristeza ou pesar. Em vez disso, seu semblante estava coberto com uma calma semelhante à da água parada… porque este dia teria chegado independentemente, não era algo que poderia ter sido evitado.

Ao seu lado, estavam Dongfang Xiu e Qin Wushang. Enquanto olhavam o sangue de seus mártires ser derramado nos portões da cidade e o Exército Vento Azul diminuir gradualmente, eles haviam perdido a compostura há muito tempo e seus olhos perseguiam Cang Yue enquanto repetidamente se impediam de falar.

De repente, a tempestade de flechas que descia das paredes começou a diminuir e logo se transformou em nada. Com a maior ameaça removida, o Exército da Fênix Divina, que já ganhara a vantagem, ferozmente pressionou em frente e, em um piscar de olhos, eles haviam deixado a última linha de defesa do Exército da Nação Vento Azul à beira de um colapso.

“General Feng, nossas flechas se esgotaram completamente!”

A notícia desesperadora não fez com que Feng Yunlie se movesse uma polegada. Seus olhos ficaram vermelhos e ele soltou um grito rouco: “Abram os portões da cidade!!”

Em meio ao rugido raivoso de Feng Yunlie, o som das engrenagens dos grandes portões da Cidade Imperial Vento Azul gradualmente se mexendo pôde ser ouvido. Feng Yunlie virou-se e encarou a Imperatriz Cang Yue, “imperatriz, permita que o Chefe do Palácio Dongfang a escolte…”

“Não fale mais.” A voz de Cang Yue continha uma quantidade incomparável de calma e resolução: “Nós juramos viver ou morrer juntos com a Cidade Imperial Vento Azul!”

“Bang”. Um som pesado soou enquanto Feng Yunlie caía de joelhos e se curvava profundamente para Cang Yue. “Poder ser servo de sua majestade é a honra da vida deste general, Feng Yunlie! E, na próxima vida, este general voltará a depositar sua vida a comando de sua majestade!”

“Clash!”

Feng Yunlie levantou sua longa lâmina e saltou pela parede enquanto sua voz sacudia a terra: “Homens da Nação Vento Azul, sigam-me… Vamos abater esses malditos cães do exército do Império da Fênix Divina!”

Os portões da cidade se abriram e todos os arqueiros tinham jogado fora seus arcos de aço e apanhado espadas afiadas ou lanças. Eles gritavam quando saíram correndo pelos portões da cidade, dando as boas-vindas às forças do exército inimigo.

Neste momento, todos podiam praticamente ver que o momento da rendição da Cidade Imperial Vento Azul estava prestes a acontecer. Dongfang Xiu e Qin Wushang olharam um para o outro antes de trocar amargamente um leve aceno de cabeça. Dongfang Xiu avançou um passo em silêncio, mas, antes que pudesse levantar a mão, ouviu Cang Yue dizer em voz fria: “Chefe do Palácio Dongfang, se você ousar nos deixar inconscientes e nos levar embora, morderemos nossa língua e cometeremos suicídio no momento em que acordarmos!”

Dongfang Xiu congelou no lugar e deixou sua mão cair ao seu lado sem esperanças enquanto soltava um longo suspiro.

O Exército da Fênix Divina avançava constantemente e não parecia ter fim. Enquanto isso, a Cidade Imperial Vento Azul tinha entrado em sua luta final, e aqueles arqueiros que gritaram enquanto saíam dos portões da cidade eram as últimas peças do Exército Vento Azul.

“Fechem os portões da cidade… Sigam-me para matar!!!”

O rugido de Feng Yunlie soou no ar e os portões da cidade às suas costas começaram a se fechar lentamente com um ruído baixo e profundo. Eles tinham selado a defesa final da Cidade Imperial Vento Azul, mas, ao mesmo tempo, também tinham selado seu único caminho de volta.

Cang Yue ficou de pé no alto da muralha e ouviu os rugidos dos soldados enquanto observava o campo de batalha encharcado de sangue. Seus olhos não conseguiam mais manter a calma e agora estavam cobertos por uma espessa camada de lágrimas. Ela ergueu ambas as mãos e usou toda sua profunda energia para gritar: “Guerreiros Vento Azul, vocês têm lutado até este ponto, provando que já são os maiores heróis de nossa Nação! Mesmo que nossa pátria seja saqueada por esses bandidos, esta terra lembrará para sempre seu sangue e suas almas heroicas! Nós, juntamente com todos os filhos e filhas da Vento Azul, lembraremos para sempre de seus espíritos inflexíveis!”

“Estamos bem atrás de vocês agora mesmo! Vamos compartilhar a glória final da Nação Vento Azul junto com vocês… e vamos viver ou morrer juntos com ela!!”

A voz de Cang Yue ressoava nos ouvidos de cada soldado da Vento Azul. Seu sangue ardia e seus rostos se torciam em expressões tão sinistras como as de um demônio. Seus olhos também se tornaram escarlate como o dos lobos sanguinários enquanto a aura em torno de seus corpos começava a crescer loucamente…

Um rugido de tremer a terra soou através do céu que tinha sido tingido de sangue vermelho. Não havia mais para onde voltar e a morte estava bem à sua porta, mas eles não sentiam nenhum medo. Em vez disso, conjuraram todo o seu poder, vontade de batalha, fúria e ressentimento enquanto corriam na direção do Exército da Vento Azul, que originalmente era um símbolo de terror.

O ar, que carregava um forte cheiro de sangue, de repente se tornou frenético à medida que os brados em todo o campo de batalha ficavam mais e mais alto. Os soldados da Vento Azul, que estavam à beira do fim, não conheciam dor, terror ou morte. Diante do ataque do Exército da Fênix Divina, eles abandonaram toda defesa e vontade de fuga. Voluntariamente, empurraram-se sobre as armas do inimigo e, então, rugiram ferozmente quando lançaram suas espadas e lanças nos pontos vitais do inimigo.

Alguns deles tiveram seus ossos quebrados simplesmente pelo impacto contra armadura do inimigo, mas, então, usaram os ossos de seus braços feridos e os enfiaram na garganta de seus oponentes. Outros tiveram suas armas destruídas pelo inimigo, aqueles que se precipitaram para frente, apesar de seus corpos serem empalados, e aqueles cuja pele entre os dedos se partiam na tentativa de empurrar suas armas contra uma brecha da armadura dos inimigos. Havia alguns que foram arremessados pela cavalaria pesada, mas se recusaram a desmaiar e continuaram a voltar para a briga como tigres famintos, arrastando os cavaleiros de suas montarias para permitir que seus companheiros perfurassem as gargantas com suas armas afiadas.

O cheiro de sangue no ar engrossava ainda mais à medida que a batalha progredia. O que era originalmente uma batalha unilateral que estava chegando ao seu fim, de repente sofreu uma mudança terrível. A força e o equipamento de cada soldado da Fênix Divina eram dez vezes maiores do que os de um soldado no Exército Vento Azul; todavia, durante esta resistência final, cada soldado do Exército Vento Azul conseguira arrastar pelo menos um soldado do Exército da Fênix Divina consigo até o túmulo.

Em meio ao vento sangrento, outros cinquenta mil soldados do Exército Vento Azul morreram miseravelmente enquanto o Exército da Fênix Divina… realmente tinha perdido mais de cinquenta mil soldados também. Mas não havia desespero que aparecesse nos rostos dos cinquenta mil soldados restantes do exército inimigo. Ao invés disso, suas expressões se transformaram em algo parecido com a de demônios sinistros… e seus olhos, suas vozes e suas auras se tornaram iguais a de um demônio vingativo das profundezas do abismo.

Eles não estavam fazendo isso para a vitória, mas para usar suas próprias vidas para lutar contra o destino!

No entanto, o claramente superior Exército da Fênix Divina começou a tremer. Porque à beira de sua vitória final, eles não estavam enfrentando oponentes que tinham abandonado toda a esperança e sem moral… em vez disso, estavam enfrentando espíritos de batalha que não tinham medo da morte!

“Sss…” No ar acima do Exército da Fênix Divina, o rosto de Duan Qinghang, o segundo em comando, ficou verde e ele não pôde evitar exalar um fôlego frio. Destes soldados da Vento Azul, não só ele podia ver um espírito de luta que tinha sido inflamado até o limite, até mesmo vira o fogo de suas próprias vidas queimando… Cada um deles tinha um poder que era claramente minúsculo, mas, naquele momento, mesmo ele, um Trono de nível seis, sentiu um arrepio de enregelar os ossos. “Aquela imperatriz da Vento Azul… apenas algumas palavras curtas dela fizeram estes soldados virarem completas bestas!”
“Uau!” Qi Zhencang, comandante do Exército da Fênix Divina, também soltou um longo suspiro e disse: “Ela só está no trono há menos de três anos e é apenas uma menina de vinte anos de idade, mas já se tornou o apoio espiritual da Nação Vento Azul! Se não fosse por ela, não estaríamos nesta situação, em que ainda estamos lutando para conquistar completamente essa Nação.”

“Durante todos esses anos, ela usou magistralmente o frágil poder militar da Nação Vento Azul, se aproveitando de todos os tipos de terrenos e formações para restringir e derrotar nosso exército inúmeras vezes. Nós repetidamente pedimos que ela se rendesse e prometemos que, se ela o fizesse, não apenas sua vida seria poupada, também seria designada como senhora dos territórios da Vento Azul. No entanto, ela nos rejeitou completamente! E agora que nossas tropas estão em seu pescoço, mesmo tendo inúmeras oportunidades de fugir, ela ficou pessoalmente na retaguarda de suas tropas, jurando viver ou morrer junto com seu exército e seu país… Com este tipo de governante, mesmo que seja apenas uma menina de vinte, sendo homens, que razão eles teriam para não lutar desesperadamente até o fim?!”

“Honestamente falando, eu, Qi Zhencang, nunca realmente admirei uma mulher em minha vida… ela é a primeira!”

Duan Qinghang franziu as sobrancelhas quando respondeu: “A aura do nosso exército está enfraquecendo e há mesmo alguns que estão se acovardando da batalha… Tch!”

“Então, por que os dois não fazem nada?! O que você está fazendo de pé, só olhando?!”

Uma voz baixa soou atrás deles. Os dois rapidamente se viraram e inclinaram a cabeça com respeito, “Décimo nono Élder, Quadragésimo-terceiro Élder”.

De repente, dois homens de meia-idade, vestidos com vestes escarlates, apareceram; eles tinham olhos que continham uma luz flamejante e barbas como fogo. As Fênix Douradas bordadas em suas vestes vermelhas demonstravam seu status elevado – Élderes da Seita da Fênix Divina!

Entre os três grandes comandantes do Exército da Fênix Divina, apenas Feng Huwei fazia parte da Seita. Mas, dentro de cada exército, havia um “supervisor” da Seita e, dentro do exército central, haveria dois indivíduos de classe mais velha para supervisioná-lo. Eles normalmente não tomariam qualquer atitude; no entanto, como Élders da Seita da Fênix Divina e como poderosos Senhores Supremos, que não eram superados por nada abaixo dos céus, não estavam preparados para agir neste tipo de batalha. Além disso, desprezavam ter que tomar tais ações também. Seus deveres eram observar os movimentos e o desempenho do exército e relatar pessoalmente ao Mestre da Seita, Feng Hengkong.

E, naquele momento, naquela batalha para conquistar a Cidade Imperial Vento Azul, eles já haviam ficado impacientes.

“Três anos inteiros se passaram, mas não conseguimos conquistar completamente essa minúscula Nação Vento Azul! O Mestre da Seita já tem ficado com raiva muitas vezes! A Cidade Imperial está agora diante dos nossos olhos, mas um dia e uma noite de batalha feroz não foram suficientes para dobrá-la ainda! Além disso, em apenas duas horas, perdemos dezenas de milhares de soldados de elite! Isso é simplesmente absurdo!” O Décimo Nono Élder, Feng Feiheng, rugiu furiosamente, “Como eu deveria reportar isso ao Mestre da Seita?!”

Qi Zhencang sorriu amargamente e respondeu: “Peço que os dois Élderes fiquem em paz. As últimas escórias do Exército Vento Azul se entregaram à morte e estão trocando suas vidas por uma última luta. No campo de batalha, as tropas que ficam acuadas contra a parede e estão dispostas a lutar até o fim são as mais assustadoras. Não podemos nos permitir ser negligentes diante de tal espírito de luta… No momento, poderemos ter que sacrificar dezenas de milhares de soldados para destruir completamente os remanescentes do Exército Vento Azul.”

“Hmph!” A expressão de Feng Feiheng estava corada de raiva. “Por que dezenas de milhares de nossos soldados acompanharão esses soldados inferiores e desprezíveis na morte?! Nós tínhamos esperado que não haveria mais do que algumas dezenas de milhares de vítimas na tomada desta pequena Cidade Imperial; assim, nunca tivemos a intenção de intervir. Mas parece que foi um grande erro! Se as coisas continuarem como estão, mesmo se conseguirmos conquistar esta Cidade Imperial Vento Azul… não teremos nenhuma cara para voltar e encarar o Mestre da Seita!”

“Feiying!” Feng Feiheng disse enquanto olhava para o lado.

“Heh heh”, o Quadragésimo-Terceiro Élder, Feng Feiying, imediatamente respondeu. Com uma risada monótona, ele se levantou no ar e voou para os portões da cidade. A aura indomável pertencente a um Governante envolveu a área, suprimindo instantaneamente a maioria dos gritos que emanam do campo de batalha. Ele olhou para baixo, observando as formigas que estavam agrupadas. Seu braço acendeu com chamas e, com um movimento casual, atirou uma bola de Chamas Fênix, que riscaram os céus em direção aos portões da cidade.


Tradutora: Usagi   |   Editor: Alexandre