ATG – Capítulo 527 – Reunião de Família


 

Cada uma e todas palavras suaves de Yun Che reverberaram nos ouvidos de Yun Qinghong como uma trovoada, a parte superior de seu corpo vacilou violentamente e a cena perante ele se tornou embaçada. Seu cérebro sentiu como se estivesse prestes a explodir pela violenta agitação de sangue investindo em sua cabeça.

“Criança… Você é a minha criança… Minha Criança!!”

Mu Yurou soltou um grito que traiu a imensa dor de cabeça dela, enquanto ela rejeitou o braço de Yun Xiao e lançou-se violentamente ao corpo de Yun Che. Ela o abraçou como se a vida dela dependesse disso e começou a berrar como uma criança. Os braços envolvidos ao redor dele, começaram a apertar e se esse abraço ficasse mais firme… seria como se ela quisesse mesclar os dois em um só. E o triste e inconsolável som dos lamentos dela pareciam fazer o mundo inteiro se tornar uma sombra de cinza escuro.

Yun Qinghong pisou adiante para estender seu braço, mas ele parou no meio do caminho. E as palavras que ele queria dizer pareciam alojadas dentro da garganta dele, como se algo estivesse preso lá e uma vez que ele abrisse a boca, as lágrimas nas quais ele estava tentando tão rigidamente suprimir, ameaçaram explodir….

O Espelho de Samsara era o que eles haviam pendurado ao redor do pescoço do filho deles quando eles estavam fugindo todos aqueles anos atrás. Porque eles suplicaram que esse artefato sagrado, no qual eles protegeram por gerações em nome da Família Real do Demônio Ilusório e foi cobiçada pelo Continente do Céu Profundo, mostraria seu poder divino e protegeria o filho recém-nascido deles, que não tinha escolha senão se tornar um fugitivo por causa deles… E aquela profunda marca foi uma prova de ferro ainda maior… e as palavras que ele disse… Continente do Céu Profundo, Nação Vento Azul, Cidade da Nuvem Flutuante, e Xiao Ying eram todos nomes que eles repetiram para si mesmo incontáveis vezes… E enquanto ele mencionou aquelas palavras para Yun Che quando ele disse a ele das origens de Yun Xiao, ele definitivamente nunca mencionou o nome Xiao Lie…

Além do mais, aquela aparência na qual se parecia proximamente com a dele quando era jovem e aquele sentimento de reconhecimento apesar de ter se encontrado pela primeira vez… E aquela praticamente insensata e irresistível intimidade e confiança que ele sentiu em relação a ele…

“Ah, então era por causa disso… por causa disso…”

Não é de se admirar que ele quis ir para a Família Yun… Não é de se admirar que ele não poupou esforços, até mesmo ao ponto de desmaiar devido à exaustão, para assegurar que curaria os corpos aleijados deles… Não é de se admirar que ele tratou a ele e Yurou tão bem… Não é de se espantar que ele não hesitou em cruzar palavras com um inimigo tão forte, para que a calamidade aguardando a Família Yun pudesse ser evitada… Não é de se surpreender que ele queria se tornar irmão de juramento com Yun Xiao… E finalmente, agora que as coisas voltaram ao início, ele compreendeu o porquê Yun Che não quis chamá-los de ‘Padrinho e Madrinha’, mas ao invés de ‘Pai e Mãe’…

Porque descobriu-se que ele era o filho deles… A própria carne e sangue deles… O filho que eles perderam por mais de vinte anos… Os céus o enviaram de volta para o lado deles…

Ele deveria ter percebido isso mais cedo… Porque nesse mundo, além dos parentes diretos do próprio indivíduo, não havia razão para tratar outro com tal cuidado e preocupação, ao ponto onde ele não poupou nada para tratá-los bem… Mas, embora o coração dele segurasse incontáveis suspeitas sobre essa situação, como ele poderia ter ousado sonhar de uma conclusão tão impossivelmente perfeita…

“Minha criança… Minha criança…” A voz de Mu Yurou se tornou completamente rouca. Ela chorou ao ponto onde a alma dela parecia ter deixado seu corpo… e ela não era uma mulher simples; ela era uma forte Monarca que era admirada por todos; ela era a esposa do Patriarca da Família Yun. O talento dela era extraordinário, ela era da nobreza, e possuía uma vontade de ferro. Naqueles anos, ela se aventurou com seu esposo para o Continente do Céu Profundo que fazia a expressões de todos mudar quando era sequer mencionado! Era difícil para encontrar outra pessoa com esse tipo de coragem e determinação no Reino do Demônio Ilusório inteiro.

Mas hoje, as lágrimas dela formaram um oceano. Todos esses anos, ela estava sendo sempre torturada pelos próprios pensamentos dela, ao ponto onde ela chorou uma imensurável quantidade de lágrimas… E neste mundo inteiro, havia apenas uma pessoa que poderia deixar essa mulher, que ousou afrontar o Continente do Céu Profundo sem medo, tão fraca. Havia apenas uma pessoa que poderia fazê-la derramar tantas lágrimas… Era seu filho recém-nascido, no qual ela pensou ter sido perdido para sempre.

A frente da camisa rapidamente se tornou ensopada em lágrimas, mas essa umidade era repleta de aconchego que o perfurava até o coração. Aquilo fez o coração dele tremer firmemente, enquanto ele levantou suas mãos, apoiando os ombros dela que estavam em espasmos. Ele gentilmente disse: “Pai, Mãe, eu não fui um bom filho… porque por mais de vinte anos, eu fui incapaz de estar ao lado de vocês….”

“Está tudo bem agora que você retornou… está tudo… bem…”

Após apenas dizer aquelas poucas palavras, Yun Qinghong já teve que engolir de volta suas emoções, e ele não falou mais nada além.

Yun Xiao apenas ficou lá atordoado, e estava completamente estupefato. Em sua mente, havia apenas uma voz que continuava circulando em sua cabeça… Grande Irmão é o filho do Pai e da Mãe… o verdadeiro filho de carne e sangue deles…

Então… e quanto a mim… eu acho… eu realmente não era carne e sangue… do Pai e da Mãe, afinal…

Ele já sabia sobre esse fato muito tempo atrás e até mesmo a Cidade Imperial do Demônio também sabia. Sendo incapaz de manejar o Profundo Punho, aquela era uma verdade inescapável… mas porque Yun Qinghong e Mu Yurou nunca admitiram antes, esse assunto no qual todos sabiam como um fato, havia, em seu próprio coração, sido coberto com um nebuloso véu no qual ele não queria rasgar…

Mas hoje, essa camada final foi finalmente, completamente e totalmente rasgada… Suas emoções estavam em completo caos, ele estava sem saber o que fazer e ele sequer sabia se ele devia continuar a permanecer nesse lugar… E nessa hora, sua mente repentinamente se recordou do que Yun Che acabara de dizer à ele…

“Ah, então é essa a reviravolta do destino… que o Grande Irmão disse que eu estava prestes a encarar.” Ele murmurou suavemente.

As palavras de Yun Che provocaram imediatamente choros ainda mais altos de Mu Yurou. Todos esses anos, o que ela suportou não foi apenas uma sensação de perda, mas também o tormento de culpa. Porque todos esses anos atrás, era por causa deles que o filho deles teve que se tornar um fugitivo, embora ele tivesse acabado de nascer. Além do mais, era porque ela foi ferida pelo veneno frio quando estava grávida que eles tiveram que destruir as profundas veias dele e o deixar aleijado para sempre, para expulsar aquele veneno de seu corpo. Naquele tempo, ela já estava repleta com tanta tristeza que ela desejava estar morta, pois a culpa dela ameaçava consumi-la. E a única coisa na mente dela era que se ela pudesse escapar dessa situação, ela faria tudo que pudesse para compensá-lo e protegê-lo. Mas quando eles finalmente retornaram para o Reino do Demônio Ilusório, o filho dela havia sido deixado no Continente do Céu Profundo, um lugar no qual eles não poderiam retornar e aquilo a negou até mesmo da oportunidade de educar e acompanhar o filho dela…

Mas agora, o filho dela voltou e o retorno dele parecia como um deslumbrante sonho. Ele não nutria ressentimentos em relação a eles e sequer proferiu uma reclamação. Ao invés, ele curou o corpo dela, deu a ela algo similar à um renascimento e até mesmo ajudou a Família Yun prevenir uma calamidade… E no final, ele ainda se ajoelhou perante a eles, dizendo que ele ‘não foi um bom filho’…

O próprio filho dela não apenas voltou, mas se tornou tão excelente e também se tornou tão bondoso.…

Nos vinte e dois anos passados, ela perdeu a conta de quantas vezes ela amaldiçoou os céus, perdeu a conta de todas as vezes que ela ressentiu esse destino cruel. Mas neste momento, ela usou todo seu coração e sinceridade para devotamente agradecer os céus…

Yun Che pensou que após ele ter dado a si mesmo dois meses de preparo, ele seria capaz de conter suas emoções nessa situação. Mas após ele ser inundado no abraço de sua mãe, ouvido o sincero choro de sua mãe e sentido as lágrimas quentes dela que fluíam sobre ele, os olhos dele lacrimejaram completamente. Ela o consumiu em um abraço extremamente firme, porém tão aconchegante. E entre esse aconchego, as lágrimas das quais estiveram obstruídas nos cantos dos olhos dele, finalmente eclodiram; elas escorreram na face dele, traçando pequenos caminhos, enquanto um sentimento de fraqueza lentamente subiu em seu coração…

Todos esses anos, ele sofreu muitas dificuldades, passou por muitas reviravoltas e mudanças e até mesmo situações de vida ou morte. Portanto, a determinação dele foi há muito tempo refinada em algo duro e firme. A quantidade de sangue que ele derramou foi um milhão de vezes mais do que as lágrimas que ele chorou. Ele foi sozinho contra um enorme clã e também uma nação inteira por si só. Ele também foi contra um continente inteiro antes… ao ponto onde ele foi forçado a se pendurar entre a borda da vida e da morte constantemente, mas ele ainda mantinha sua cabeça no alto com tenacidade inflexível antigamente e usara um sorriso frio e manchado de sangue, que expressava sua provocação até o fim…

Mas nesse momento, esse sentimento de fraqueza era tão real e irresistível que o fez ter a vontade de apenas se acabar em prantos…

Ele sabia que isso era porque ele estava nos braços de sua mãe.

Foi apenas após duas vidas, até esse exato dia, que ele soube como era um abraço de uma mãe… Ele finalmente não mais era alguém sem pais, andarilho sem um lar, coberto em areia e sangue seco…

……………………………

O tempo parecia ter desacelerado. Ninguém apareceu para perturbar a reunião de família deles e nada mais parecia ter acontecido naquele dia.

Mas no final, Yun Qinghong ainda era Yun Qinghong. Após algum tempo, ele finalmente foi capaz de segurar suas emoções, enquanto ele silenciosamente encarou na mãe e filho que ainda estavam tomados no abraço. Algumas vezes ele ria, enquanto outras vezes, ele fechava seus olhos. Finalmente, o choro completamente rouco de Mu Yurou se acalmou. Ele deu um pequeno suspiro de alivio e disse no tom mais relaxado que ele pôde proferir: “Yurou, os céus deram nosso filho de volta para nós e isso é motivo de grande alegria. Mas veja, seu choro assustou bastante Che’er e Xiao’er.”

Mu Yurou levantou sua cabeça; o rosto inteiro dela estava manchado de lágrimas. Ela levemente soluçou e segurou o rosto de Yun Che com ambas mãos. Os movimentos dela eram tão gentis, era como se ela estivesse segurando um tesouro delicado que quebraria facilmente. Ela olhou nele através de olhos lacrimejados e sussurrou suavemente: “Sim… Esse é meu filho… Che’er… meu filho…”

O corpo inteiro dela estremeceu levemente e ela colocou o rosto dela sobre o rosto do filho dela. E embora ela tentasse o melhor para conter seu choro, as lágrimas nos olhos dela ainda rolavam até as bochechas. Ela foi incapaz de parar… As mãos nas quais seguravam o filho dela, se recusavam a soltar, como se ela tivesse medo de que se ela soltasse, ele desaparecia do mundo dela mais uma vez.

O atual estado despenteado dela sequer lembrava remotamente o comportamento nobre e elegante comum dela.

Yun Qinghong deu um passo adiante e sua mão pressionou sobre o ombro de Yun Che. O rosto dele tinha um fraco sorriso, mas quando ele abriu sua boca, ele parecia se engasgar com suas palavras. Apenas após um bom período de tempo, com um sorriso que tremia fracamente, ele disse suavemente: “Che’er, bem-vindo ao lar… Nós estivemos esperando por você por um tempo bem longo em nossos sonhos…”

Yun Che quietamente enxugou os cantos de seus olhos e levantou sua cabeça, respondendo suavemente: “Pai, Mãe, me perdoem. Essa criança voltou apenas agora. E por causa disso, eu causei tantos anos de dor à ambos Pai e Mãe.”

“Você não está atrasado.” Yun Qinghong riu e balançou sua cabeça. “Contanto que você tenha voltado para nós, está tudo bem.”

A pessoa perante a ele que era tão excelente que o fazia exclamar de admiração, que fez Mu Yubai descartar seu status e senioridade a fim de se tornar irmão de juramento com ele, era na verdade de seu próprio sangue e carne. O tipo de orgulho, alegria e contentamento que ele sentiu… era intenso além da descrição. Ele até sentiu que se tivesse que usar sua própria morte para trocar por esse momento de verdade, ele iria com um sorriso no rosto.

“Yurou, nosso filho já voltou e é até mesmo tão grande. Ele não irá mais fugir, então por quanto tempo você quer continuar o abraçando?” Yun Qinghong amavelmente afagou as costas de sua esposa. “Será que você quer que nosso filho, no dia de seu retorno, se ajoelhe aí a tarde inteira?”

As últimas palavras de Yun Qinghong tiveram efeito imediato. Após ela ver que Yun Che se ajoelhou lá sem se mover por quase meio dia, Mu Yurou instantaneamente sentiu culpa e arrependimento que ela quase chorou de novo. Ela rapidamente enxugou suas lágrimas e estendeu a mão para levantar Yun Che. “Che’er, rápido, levante-se, o chão está frio… Oh, tudo isso é culpa de sua Mãe, eu até mesmo esqueci que você estava se ajoelhando no chão.”

Yun Che se levantou enquanto Mu Yurou levemente o apoiou. Ele balançou sua cabeça e disse: “Isso não é nada, Mãe. Eu fui incapaz de estar ao lado de vocês todos esses anos, então a quantidade de ‘ajoelhar’ que eu devo a ambos vocês, mesmo que eu me ajoelhasse por três dias e três noites não iria compensar por isso.”

Esse tipo de intimidade próxima era simplesmente preciosa demais e aconchegante demais. Ele estava disposto a demonstrar seu melhor e mais obediente lado, a fim de trazer a eles conforto e alegria. Ao lado deles, Yun Xiao hesitou por um bom tempo antes de vir adiante de uma maneira bem tímida, dizendo: “Pai, Mãe, Grande Irmão, Parab… Parabéns por finalmente serem capazes de se reunirem como uma família…”

“Não é a reunião de ‘uma família’, é a reunião de ‘nossa família’!” Yun Che puxou Yun Xiao para perto. “As palavras que você acabou de dizer soaram como se você não fosse parte da família.”

“Mas, eu… eu…” Yun Xiao suavemente mordeu sua língua e olhou em completa confusão. Ele encarou Yun Qinghong e Mu Yurou, curvou sua cabeça e disse em uma voz inanimada e ofuscada: “Eu… Eu… no futuro, eu posso… posso chamar vocês de… Pai e Mãe?”

As palavras dele fizeram Yun Qinghong e sua esposa ficarem ligeiramente assustados, mas após aquilo, eles riram ao mesmo tempo. Mu Yurou disse em um tom gentil: “Sua criança tola, você sempre foi o Xiao’er do Pai e da Mãe. O filho que nós assistimos crescer, o qual nós amamos muito. Então por que nós não o deixaríamos se dirigir a nós como Pai e Mãe?”

“Hey, Yun Xiao! O que você está dizendo? Nós somos irmãos de juramento, você sabe!” Yun Che bateu de leve na cabeça dele. “Quando nós dissemos nossos juramentos um ao outro quando nos tornamos irmãos de juramento, nós juramos que seríamos irmãos para sempre, que seus pais seriam meus pais e meus pais seriam seus pais. Foram apenas dois meses atrás, mas agora você sequer reconhece mais esse seu Grande Irmão?”

“Não, não é… Eu…” Yun Xiao balançou sua mãe e seus olhos se tornaram lacrimejados por um curto momento. Nesse instante ele repentinamente percebeu porque Yun Che queria se tornar irmão de juramento com ele… Porque seus pais eram na verdade os pais de Yun Che… Esse era um juramento no qual eles não poderiam voltar atrás e a razão pela qual Yun Che aguardou dois meses antes dele identificar a si mesmo, foi por causa dele… Apenas por causa dele…

Uma aconchegante corrente na qual carregava demasiadas emoções fluíram sobre seu corpo inteiro. Yun Xiao levantou sua cabeça, seu rosto revelando um deslumbrante sorriso. “Desculpe, Pai, Mãe, Grande Irmão, eu estava apenas pensando demais. Os pais que mais me amaram encontraram o filho deles. Meu Grande Irmão mais respeitado encontrou seus pais verdadeiros. Então a pessoa mais feliz nesse quarto na verdade deveria ser eu! Pai, Mãe, Grande Irmão… Parabéns pela reunião de nossa família!”

Yun Qinghong e Mu Yurou olharam um no outro e riram. Yun Che soltou uma enorme risada. Após as lágrimas e a tristeza desaparecerem, tudo que restou na face deles, foram sorrisos aconchegantes que eram emanados de dentro.


Tradução: GoldCrowZ

Revisão: Alexandre


Contribua com a Novel Mania!