ATG – Capítulo 1303 – Lágrimas de Shen Xi


Shen Xi pressionou seu dedo mais uma vez, não respondendo a pergunta de He Ling. Outro módico de luz lentamente flutuou para baixo, tocando o centro das sobrancelhas de Yun Che.

AOOOO!!!!

A luz branca se espalhou enquanto outro rugido de dragão ressoava através do espaço incomparavelmente puro do território proibido, chocando inumeráveis animais vivendo ali.

— Ah! — He Ling foi chocada um passo para trás. Ela olhou para Shen Xi, que estava claramente meio fora de si, e preocupadamente perguntou: — Mestra… você está bem?

“…” Shen Xi lentamente retirou sua mão. A luz branca a cercando era como uma vela soprada por uma brisa gentil enquanto uma flutuação levemente caótica aparecia. 

He Ling a encarou em um torpor e não sabia o que fazer. He Ling sabia a identidade da mulher diante de si, ela era a existência mais respeitada do mundo, a mais divina. Ela nunca perguntava sobre os assuntos do mundo, nunca entrava no reino mortal, e nunca seria agitada por nada. Ela era como as nuvens tranquilas nos céus acima, imaculadas por qualquer emoção estranha ou desejo. 

He Ling nunca havia visto, nem nunca acreditado que tal reação apareceria em seu corpo.

Ela gentilmente falou após um extenso período de estranho silêncio: — Eu não consigo selar as memórias dele.

— Ah? — Com sua mão no peito, He Ling não sabia como responder. Então, sob seu olhar chocado, Shen Xi lentamente se agachou na frente de Yun Che. 

Essa era a primeira vez que ela havia visto Shen Xi abaixar seu corpo diante de qualquer pessoa… mesmo sendo uma pessoa inconsciente. 

Shen Xi estendeu uma mão. Ela pressionou um dedo em seu peito e o esfregou lentamente enquanto um amontoado de luz divina também seguia as pontas de seus dedos… Sentindo seu poder, o peito de Yun Che foi inundado com um esplendor verde e emanou uma pura aura exclusiva ao Orbe do Espírito da Madeira. 

Antes da mão de Shen Xi parar, uma atração bizarra veio da mão esquerda de Yun Che. 

Quando a luz branca passou, um lampejo cinabre saiu do braço esquerdo de Yun Che, revelando uma profunda marca cinabre na forma de uma espada. 

Uma delicada figura pequenina apareceu de repente dentro da luz brilhante da profunda marca em forma de espada. 

Ela possuía um cabelo de cor cinabre, um vermelho tão lustroso quanto cristal. Sua face se assemelhava à jade esculpida e estava preenchida com a inocência imatura de uma garotinha. Seus olhos também eram cinabres, eles brilhavam como estrelas, radiantes e em movimento. 

Surpreendentemente era Hong’er!

Para Yun Che, e até para as leis desse universo, Hong’er era uma existências extremamente especial. Ela havia claramente estado sob a Relegação de Alma Estelar de Jasmine e sujeita ao contrato de mestre-serva mais severo por Yun Che, ainda assim sua própria vontade ainda era imensamente independente. Ela nunca era completamente obediente a Yun Che, e frequentemente causava uma comoção, enganando ele e o forçando a ceder às suas necessidades. 

Ela também frequentemente deixava o controle de Yun Che e aparecia aleatoriamente como bem entendia. 

Apesar disso ser verdade, ela ainda tinha certa “decência”, e nunca se mostrava para forasteiros. 

Mas dessa vez, quando Yun Che por acaso estava inconsciente, ela repentina e voluntariamente, apareceu na frente de Shen Xi. 

— Ah… — He Ling exclamou gentilmente. — Uma… garotinha?

— Phew… aaaah! — Quando Hong’er saiu, ela deu um grande espreguiçar. Era óbvio que havia estado dormindo até um momento atrás. Cintilando com luz cinabre, seus olhos sondaram seus arredores antes de se fixarem em Shen Xi… a encarando honestamente, sua face branco leite lentamente sendo preenchida por dúvida. 

Shen Xi se acalmou quando viu Hong’er e as duas ficaram daquele jeito por um longo tempo até ela quebrar o silêncio. — Wan… Hu… é realmente você… Você… ainda está… viva…

“…” He Ling cobria seus lábios levemente com sua mão. Ela ouviu os tremores na voz de Shen Xi… e até ouviu indícios de lágrimas. 

Ao ouvir suas palavras, Hong’er inclinou sua cabeça, confusa: — Angu? Irmãzona, você vai comer alguma coisa? Por acaso eu também estou com um pouco de fome agora.

— Oh, é mesmo! Irmãzona, quem é você? Não pude deixar de sair quando senti sua aura, por que isso? E… e… — Ela olhava para a luz branca em volta de Shen Xi, confusa, e subconscientemente mordeu seu dedo até finalmente encontrar as palavras que estava procurando. — E me sinto realmente nostálgica… estranho.

Após dizer isso, ela disse, murmurando para si própria: — Se o Mestre descobrir, ele definitivamente vai ficar nervoso de novo.

Vendo os olhos completamente inocentes de Hong’er, Shen Xi disse gentilmente: — Wan Hu, você realmente não se lembra de mim… Eu sou Shen Xi…

— Shen ar? — Hong’er piscou, então deu risinhos alegres. — Irmãzona, seu nome é realmente estranho. Eu não sei porque, mas sinto que realmente, realmente gosto de você… Tanto quanto gosto do mestre também! Oh, é mesmo! Você quer ser esposa do Mestre? Se você virar esposa dele, vou poder brincar com você direto.

“…” Os olhos de Shen Xi caíram sobre Yun Che. — Você chama ele de… Mestre?

— É! — Hong’er assentiu com um sorriso. — O Mestre é super bonzinho comigo e me dá tantas coisas gostosas para comer. Ele até me conta histórias realmente estranhas às vezes.

“…” Ela olhou para Hong’er, e suavemente murmurou: — Mestre… como pode haver alguém neste mundo digno de ser seu mestre…

— Você não se lembra de mim… nem se lembra de quem é? — perguntou ela suavemente, sua voz onírica. Era a primeira vez em sua vida que ela sentiu ter caído em um sonho.

Aquele uivo de dragão de perfurar a alma e a figura cinabre diante dela… tudo se parecia com um sonho. 

— É claro que lembro! — Hong’er declarou claramente — Eu sou Hong’er, a Hong’er favorita do Mestre! Mas quem é você, Irmãzona? Por que você me dá uma sensação tão estranha… oo, é realmente estranho. Eu sempre escuto o mestre quando ele me diz para não sair aleatoriamente, mas sinto que eu realmente, realmente queria te ver.

— Hong’er… — Ela murmurou esse nome gentilmente, então respondeu suavemente: — Porque uma vez fomos… as melhores amigas.

Drip…

Lágrimas caíram dentro da luz azul, pingando no chão. Coberta em uma camada de lustroso esplendor branco, as plantas em volta dela pareciam ter renascido enquanto emanavam uma vitalidade mais de duas vezes maior que a de antes. 

— Ah? — Hong’er boquiabriu-se, sua face cheia de choque. — A-amigas? Nós? Eh? Irmãzona, por que você está chorando?

— … Não estou. — Shen Xi sacudiu sua cabeça gentilmente. Um suave sorriso agraciou seus lábios enquanto ela estendia uma mão que lentamente se aproximava de Hong’er. Entretanto, os dedos imersos em luz branca eram incapazes de tocá-la enquanto quietamente passavam através da cabeça cinabre. 

Corpo espiritual…

Ela realmente havia virado a espada espiritual desse humano…

— Hehe, só o mestre pode me tocar, sabe. — Hong’er sorriu radiante. — Mas desde que o Mestre diga que não tem problema, você também pode me tocar.

Shen Xi retirou sua mão e perguntou, como se também estivesse falando consigo mesma: — Você foi claramente afligida com um veneno diabólico que até o Lorde Si Suo foi incapaz de purificar, como ainda está viva? Será que.. a Pérola Veneno do Céu?

— Eh!? — Os olhos de Hong’er se iluminaram enquanto assentia vigorosamente e dizia: — Waow! Irmãzona, você é tão incrível! Acontece que eu estava dentro da Pérola Veneno do Céu, sabe! É super grande lá dentro, super confortável de se dormir, e até tem uma tonelada de coisas realmente gostosas. Eu não conseguiria terminar de comer tudo mesmo se tentasse! É como a casa da Hong’er.

“…” A aura de Shen Xi flutuava enquanto olhava para Yun Che em uma nova luz. — Ele… tem a Pérola Veneno do céu?

— É. — Hong’er deu risinhos com um assentir. Em frente a Shen Xi, ela abaixava todas as suas defesas.

— Então… foi assim. — Sua voz era incrivelmente leve e suave. — Para ser reconhecido pela Pérola Veneno do Céu como Mestre, parece que seu “Mestre” é uma pessoa bastante especial. Você pode… me dizer mais sobre seu “Mestre”?

— Claro, claro. — Não só Hong’er não hesitou, era evidente que ela estava muito feliz com isso. Mas então imediatamente colocou suas mãos sobre sua barriguinha e disse, de modo um pouco penoso: — Mas eu estou com um pouco de fome de repente.

Shen Xi sorriu. Com um balançar de suas mãos brancas, uma espada curta de jade apareceu em seu agarro. — Essa serve?

Era aparente que ela estava muito familiarizada com o que Hong’er gostava de comer. 

— Wah! — Os olhos de Hong’er brilharam, berrando enquanto saltava. Agarrando a espada curta, ela deu enormes mordidas na espada sem cuidados, atordoando a espectadora He Ling por um bom tempo… 

Ela nunca havia visto Shen Xi desse modo, nem entendia nada que a garota cinabre havia dito. 

——-   

Região Divina Leste, Reino Divino do Paraíso Eterno

Após o estranho desenrolar de eventos na celebração matrimonial do Reino do Deus Lunar, todos os vários reinos lunares foram mandados de volta para o Reino Divino do Paraíso Eterno em meio a confusão. Além daqueles reinos estelares e seitas com discípulos selecionados para se tornarem “crianças escolhidas pelos céus”, todos os outros partiram com enorme pressa. 

Mu Bingyun permitiu que Mu Huanzhi levasse os discípulos da Seita da Fênix de Gelo de volta, mas ela mesma permaneceu e fez seu melhor para encontrar o paradeiro de Yun Che e Xia Qingyue. Mas mesmo após vários dias terem se passado, não havia quaisquer notícias tanto de Yun Che quanto Xia Qingyue.

Um dia, quando Mu Xuanyin estava prestes a pedir para ver o Imperador Divino do Paraíso Eterno, uma silhueta gélida lampejou diante de si e Mu Xuanyin silenciosamente apareceu do ar.

— Irmã Maior! — Mu Bingyun pareceu finalmente ter encontrado suporte quando viu Mu Xuanyin. — Onde você esteve nesses últimos dias? Por que eu não consegui entrar em contato com você? Yun Che, ele… ele atualmente… Eu não sei o que eu deveria fazer.

Os assuntos do Reino do Deus Lunar haviam basicamente implodido. Não levaria muitos dias para todos saberem sobre ridicularização de um reino Real, então não havia razão nenhuma para Mu Xuanyin não saber sobre.

Quanto à fúria do Reino do Deus Lunar, isso naturalmente cairia sobre as cabeças de Yun Che e Xia Qingyue.

Essa era a fúria de um reino Real!

— Onde ele está? — perguntou Mu Xuanyin.

Mu Bingyun sacudiu sua cabeça. — Eu não sei, nós ainda não ouvimos dele.

As sobrancelhas crescentes de Mu Xuanyin se contraíram ferozmente. — Ele ainda não voltou!?

A reação de Mu Xuanyin aturdiu Mu Bingyun. — É claro que não, eu estive tentando obter notícias sobre ele todos esses dias aqui, sem sucesso. Irmã Maior, por que falou isso?

“…” Mu Xuanyin não respondeu por um longo tempo. O que aconteceu? Eles obviamente escaparam das garras vis de Qianye Ying’er. Voltar ao Reino Divino do Paraíso Eterno seria a melhor escolha, por que ainda não haviam retornado?

Sem notícias, o que significa… que eles não haviam voltado ao Reino do Deus Lunar.

E talvez até mesmo para a Região Divina Leste!

Para onde eles foram? O que exatamente aconteceu?

Independentemente de ser ela ou Jasmine, nenhuma delas sabia que Qianye Ying’er havia colocado a Marca de Desejo de Morte da Alma de Brahma em Yun Che.

— Irmã Maior, o que aconteceu? — perguntou Mu Bingyun ansiosamente.

“…” Mu Xuanyin sacudiu sua cabeça. — Nada. Ele deve estar de volta em b… cof!

Antes de terminar sua sentença, ela de repente deu uma tossida violenta, seu semblante nevado instantaneamente empalidecendo.

Mu Bingyun estava chocada. — Você está ferida? O que aconteceu? Quem fez isso!?

— Apenas um ferimento muito leve, não precisa se preocupar. — Mu Xuanyin claramente não queria divulgar quaisquer detalhes. Sua face rapidamente gelou. — Yun Che já decidiu entrar na Pérola do Paraíso Eterno então ele definitivamente retornará antes do Reino Divino do Paraíso Eterno se abrir. Volte para a Canção da Neve, eu ficarei aqui e esperarei por ele.

— Não. — Mu Bingyun rejeitou: — Você estar aqui já é um enorme risco. Se você for descoberta, as consequências seriam impensáveis.

Mu Xuanyin afundou em silêncio antes de responder com um leve aceno de sua cabeça: — Tudo bem.

Uma vez tendo dito isso, ela se virou, prestes a partir.

— Mana, para onde está indo?

Reino do Deus Lunar!

Assim que sua voz caiu, sua figura gradualmente desapareceu, deixando para trás apenas uma leve, gélida imagem residual.

Em Yun Che, o reino da invisibilidade da Cascata Divisora Lunar já era considerada uma técnica divina de desafiar o mundo, capaz de chocar uma multidão de Mestres Divinos. 

Em Mu Xuanyin, porém, podia verdadeiramente ser chamada de “sobrenatural”.

Tão poderoso quanto o Reino Divino do Paraíso Eterno fosse, para ela, era como um mundo desabitado.


Tradutor: Batata Yacon   | Revisor: Delongas


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE Aqui ou Aqui ou nos dois, solucione o Captcha e aguarde de 5 a 10 segundos.

Assim estará apoiando o tradutor, revisor e preenchendo a meta para capítulos extras!


 


Fontes
Cores