ATG – Capitulo 111 – Mundo Lírico da Fênix – Fragmentos (6) 

Rangido…..

A porta da cabana de bambu foi puxada aberta cautelosamente, e uma senhorita de estatura frágil caminhou pra dentro carregando um cesto de bambu com roupas lavadas. Ela parecia ter por volta de vinte e três para vinte quatro anos, e ainda tinha um ar delicado e charmoso de uma garota adolescente de quinze ou dezesseis anos de idade. Ela era tão tranquila e charmosa quando um hibisco brilhando sob o luar.

Vendo claramente onde ele estava, Yun Che já tinha previsto sua aparição. No entanto, no lapso de segundo que ela abriu a porta e entrou, seu coração começou a bater violentamente. Ambos seus olhos e expressão ficaram paralisados e ele podia apenas olhar palidamente. Foi como se toda a cor do mundo tivesse sido drenada naquele momento, e apenas a figura dela permaneceu. Todas as suas emoções, todos seus pensamento, todas suas crenças, todos eles começaram a surgirem violentamente… Naquele ano, ela tinha falecido em seus braços. Depois de chorar até seus olhos saírem fora, ele acreditou que nunca derramaria outra lagrima em toda a sua vida. Mas naquele momento, ele sentiu lagrimas incontroláveis caírem sem autorização abaixo da orbita de seus olhos….

Seu coração latejava como se as emoções que não mais pertenciam à ele se entrelaçaram em caos. Ele esqueceu onde estava; esqueceu que ainda continuava na prova. Nesse momento, todas suas emoções vieram juntas e se transformaram em um choro cheio de lagrimas que vinha direto de sua alma….

“Ling’er……. Ling’er!!”

Bang!

O cesto de bambu nas mãos da garota caiu no chão. Vendo o Yun Che que estava sentado na cama, seus lindos olhos revelaram uma felicidade sincera e surpresa. Apressando para a frente de sua cama, sua expressão estava frenética, e ainda ela forçou sua voz para se tornar tão suave e gentil: “Irmão mais velho Yun Che, você está acordado…. Seu corpo continua doendo? Você está desconfortável em algum lugar?”

Com o rosto da garota meramente há algumas polegadas do dele, o ar feminino que pertencia somente à ela teve um impacto pesado na alma de Yun Che. Seus olhos brilhavam de felicidade, preocupação, ansiedade, uma profunda lamentação e anseio…. Era igual as suas memorias, assim como as inúmeras vezes que ela aparecia em seus sonhos. Apenas, ele nunca tinha ousado a pensar que fosse possível para ele um dia, olhar para esse lindo par de olhos novamente.

Ele ficou atordoado de olhar. Seus lábios não paravam de tremer, e ainda ele não podia dizer uma única palavra. Nesse momento, todos seus pensamentos tinham se desintegrado completamente. A única coisa que permanecia era essa figura diante de seus olhos que estava profundamente marcada em sua alma, que nem mesmo a morte era capaz de faze-lo esquecer. Sem se importar com mais nada, ele atirou seus braços enfaixados abertos, e com um ‘Ah!’ De surpresa de Ling’er, e a abraçou firmemente, tão firme que era como se ele estivesse com medo que ela o deixaria se ele relaxasse mesmo que um pouco.

“Irmão mais velho Yun Che…..” O corpo de Ling’er congelou por um tempo antes de abraça-lo de volta, inclinando todo o corpo dela em seu peito e sussurrando suavemente.

“Ling’er….. Ling’er…..Ling’er….”

Yun Che sabia o quanto improprio ele estava sendo no momento. Seu coração estava em um completo estado de caos. Sob seus próprios choros, ele podia ouvir claramente o som de pranto e a queda das lagrimas que não paravam de deslizarem pra baixo de seu rosto.

Depois daquela perda dolorosa naquela época, essa era uma situação que podia aparecer somente em seus sonhos. O calor em seu coração era quase o suficiente para faze-lo parar de bater; isso o fez sentir como se mesmo que morresse agora mesmo, ele ainda sim estaria completamente contente. Se possível, ele queria abraça-la pra sempre e nunca mais solta-la novamente; não importa o quão enorme seria o preço que ele tivesse que pagar por isso.

Todos aqueles anos, ele tinha se acostumado com a presença dela, acostumado a trata-la como seu próprio porto seguro. Todas as vezes que ele estava sangrando e morrendo, ele subia desesperadamente para a frente dessa pequena casa que ela tinha construído com as suas próprias mãos… Toda vez que ele precisava de calor, ele não tinha o que fazer mas vir aqui…. Toda vez que ele delirava e ficava louco, ele também sempre viria aqui para encontrar paz. E, ela sempre trataria os ferimentos em seu corpo e alma, outra e outra vez. Ela ia para a angra para pegar um peixe pra ele, acariciava suas costas como se para persuadir um bebe a dormir…. Ele era muito vigilante e acordaria a cada quinze minutos toda vez que dormia. Somente com ela aqui, ele finalmente era capaz de dormir até o meio dia do segundo dia.

Ela era sua única fonte de calor nesse tempo.

Entretanto, seus olhos tinham sido cegados pelo ódio. Ele tinha colocado vingança como o único objetivo de sua vida e isso tinha se tornado um habito… Apenas até o dia que ele a perdeu, ele realmente entendeu que essa garota tinha se tornado importante em sua vida há muito tempo; então sua vingança.

Outra e outra vez, ela pedia para ele não procurar mais por vingança com lagrimas em seus olhos. Esse era seu único pedido em meio a todos auto sacrifícios e entrega, mas ele nunca escutou.. Até mesmo até nos últimos momentos de sua vida, ela ainda sim pediu pra ele não se vingar de seu mestre ou dela… Não era por que as pessoas que a tinham matado eram de sua própria família, mas por que ela desejava tanto para ele parar de viver uma vida de vingança e ódio sem fim.

Não importa quanta dor ele sofresse ou quanto ele se arrependia, o que tinha sido perdido nunca retornaria novamente. Se ele pudesse, ele aceitaria dar tudo o que tinha em troca; mesmo se fosse sua própria vida e alma.

“Ling’er…..Ling’er……Ling’er…..”

Ele manteve Ling’er firme em seu abraço. De novo e de novo, com cada choro, ele desejava que nunca teria que acorda desse sonho. O sentimento abençoado de recuperar o que tinha uma vez sido perdido era tão caloroso que era incapaz de ser descrito com alguma palavra falada.

“Irmão mais velho Yun Che….” O suspiro de Ling’er veio do lado de seu ouvido, com uma bruma e luz que pareciam quase como um sonho, “Não pense mais em vingança, okay? A alma de seu mestre nos céus definitivamente não deseja ver você dessa maneira… Não importa o que seja, eu posso prometer que desde que você prometa que não buscará mais por vingança… Nós dois podemos ficar nessa floresta de bambu. Você me acompanhará, e eu, você, pra sempre….. Uma vida… eu serei sua esposa mais gentil….. e nunca deixarei você……okay?”

O perfume dela, sua voz e suas palavras; eles eram todos tão familiares. Esses eram exatamente o mesmo cheiro e voz que pertenciam à ela. E ainda mais, essas eram as palavras que ela tinha dito muitas vezes pra ele antes…. No passado, sempre que ela dizia essas palavras, ele sentiria o interior de seu coração palpitar, mas logo após isso seria reprimido pelo seu ódio….

Depois de a perder, ele tinha sonhado muitas vezes. Se ele pudesse voltar atrás no tempo, se os céus pudessem dá-lo outra chance, ele nunca rejeitaria isso novamente; absolutamente não.

Sem hesitação, ele concordou sua cabeça com extremo vigor; concordou cinco ou seis vezes de uma sô vez e insistiu com uma voz rouca: “Sim! Sim! Ling’er, eu escutarei você, eu não vou mais procurar vingança. No futuro, você será minha vida; sua vida, será minha vida. Onde quer que você esteja, eu estarei ao seu lado para sempre, te vigiando e nunca nos separaremos até o fim da vida e morte!!”

Cada sentença, cada palavra, e cada pouco de emoção vinha das profundezas de sua alma. Como ele ansiava gritar todas essas palavras pra ela todos esses anos que passaram.

Ling’er chorou de felicidade, suas mãos de jade branca o abraçavam firmemente, “Irmão mais velho Yun Che, você quer dizer? O que você está dizendo isso de verdade?”

“Eu estou sério. Cada palavra que eu disse era real. Se qualquer coisa que eu disse for falso, eu devo ser destruído pelos céus”. Yun Che disse cada palavra com determinação.

Depois de dizer essas palavras, ele fechou seus olhos; sua expressão estava tão pacifica e contente. Ele sentiu um objeto frio e afiado perfurar profundamente suas costas. Sangue jorrava freneticamente enquanto sua consciência se dispersou rapidamente entre ao peso….

A cena diante de seus olhos distorceu e desapareceu enquanto o mundo voltava mais um vez à escuridão. Yun Che abriu seus olhos. Em frente de sua visão, haviam aqueles dois olhos, gigantes e dourados.

“Eu falhei”. Yun Che riu se auto depreciando, mas firmemente. “Originalmente, eu pensei que, com meu estado mental, eu seria capaz de passar pelo terceiro estagio facilmente. Mas eu pensei muito alto de mim mesmo. Heh heh, eu devo ter te desapontado. Minha busca por força não é tão determinada depois de tudo”.

A voz do espirito da fênix flutuou, “A resposta de sua alma me diz que você já sabia que isso era somente uma ilusão desde o inicio, e que você obviamente viu a adaga ao lado da cama. Você também sabia claramente que se você segurasse essa adaga e apunhalasse a garota, você seria capaz de escapar da ilusão e passar facilmente no teste. Por que você preferiu ficar na ilusão e até mesmo se enganar acreditando que aquilo era real? Ao menos que, dentro de seu coração, a grande força que você poderia obter imediatamente não pode sequer ser comparada com aquela ilusão?”

“Eu não pude fazer isso”. Yun Che balançou sua cabeça lentamente. “Essa ilusão vinha das memorias mais preciosas de minha alma. Embora fosse meramente uma ilusão, ela está profundamente marcada em minha alma como o que a verdadeira felicidade é. Você não seria capaz de entender o quão querida essa garota é pra mim, ou entenderá o quanto eu devo a ela. Mesmo se fosse apenas um sonho, mesmo se eu tivesse que perder minha grande força como preço, eu nunca a machucaria”.

“Mesmo se for assim, por que você não desviou, ou a empurrou quando você obviamente sentiu ela pegando a adaga para apunhalar você?” O espirito da fênix perguntou com um tom de voz confuso.

Yun Che riu; mas foi um riso de tristeza, “Eu sabia que era uma ilusão que você tinha criado forçadamente baseado em minhas memorias… Minha Ling’er, mesmo se ela tivesse que se matar, ela não me machucaria. Entretanto, eu me permito a morrer nas mãos dela por que o que é a vida comparado com o que eu devo à ela? Para ser capaz de morrer nas mãos dela, embora fosse meramente uma ilusão, isso permitiu a culpa em meu coração a se tranquilizar um pouco”.

O Espirito da Fênix ficou em silencio por um longo tempo.

“Eu anseio por poder, mas nesse mundo, existem muitas coisas que são muito mais importantes para mim do que força. Eu precisando de força também é por que preciso proteger as coisas que são importantes pra mim. Parece que não sou destinado, ou qualificado para obter o poder da fênix…. Entretanto, embora eu falhei na prova, eu já estou satisfeito. Por que esse treinamento me permitiu ver e segura-la novamente. Ele até mesmo me permitiu dizer a promessa que eu queria fazer pra ela mesmo em meus sonhos…..”

Yun Che ria; ele ria muito calorosamente, sem nenhum traço de relutância ou arrependimento.

“Parece que a garota que você chama de Ling’er deve realmente ter sido muito importante pra você. E também por causa dela, seu eu interno mantem um pesado arrependimento. No entanto, você não deve reprimir esse arrependimento na profundezas de sua alma. Você passou pelo ciclo de reencarnação devido ao Profundo Tesouro Divino e isso interferiu com o carma desse mundo. Sob o efeito borboleta, tempo, dimensão, e planos também sempre mudarão. Seu arrependimento e divida, pode ser que você ainda não perdeu a chance de repara-los”.

“Você passou através do ciclo de reencarnação devido ao Profundo Tesouro Divino”. Essa sentença causou o coração de Yun Che a dar um imenso solavanco. Ele olhou diretamente para o olho dourado em sua frente e ficou incapaz de dizer alguma coisa por um longo tempo.

Profundo Tesouro Divino…. Passou através da reencarnação…. Será que, ele atualmente viu através que vivi duas vidas? E a razão pela qual ele disse duas vidas….. Foi devido a habilidade do Profundo Tesouro Divino de passar através do ciclo de reencarnação?

Profundo Tesouro Divino… Jasmine mencionou que a Pérola de Veneno do Céu em seu corpo era um desses Profundo Tesouro Divino. Mas as habilidade da Pérola de Veneno do Céu era centravam-se sob veneno, medicina, purificação e espaço. Acima dessa descoberta, de onde a habilidade de passar através do ciclo de reencarnação veio?

Quanto a outra ultima metade falada após aquela sentença, ele era completamente incapaz de compreende-las. Ele perguntou provando: “O que você quer dizer com essas palavras que você disse?”

“Heh heh….” O Espirito da Fênix riu misteriosamente, “Está tudo bem se você entender apenas metade delas, mas não o resto que são segredos divinos que não são para serem revelados. Conforme você progredir e sua força continuar aumentar nesse mundo, você um dia entenderá tudo isso”.

Yun Che caiu em pensamento profundo e então concordou sua cabeça, “Espirito da Fênix, embora você interferiu com as ilusões de minhas memorias e fez Ling’er me apunhalar até a morte, o que foi bastante desagradável, eu ainda sim tenho que te agradecer. Mas já que eu não pude passar por esse estagio do treinamento no final, eu devo sair agora”.

“Não, ainda não é hora de você sair. Por que você, já passou pelo terceiro estagio da prova com sucesso”.

“Parabéns, humano que carrega a força do Deus Maligno. Nesses incontáveis anos, você é o oitavo praticante que escolheu desistir de sua força ao invés de machucar a ilusão que você uma vez amou. Você ganhou o direito de herdar o dom da Fênix”.

Contribua com a Novel Mania!