VM – Capítulo 53 – Compras em Yiwu (2)



Ainda na área 2, Tyler estava comprando como louco! Na seção de malas e mochilas ele deu prioridade às mochilas do tipo militar com o padrão Molle.

 

Molle na verdade é uma sigla que vem do inglês “Modular Light-weight Load-carrying Equipment”, ou seja, Sistema Modular de Transporte Leve. Elas são tiras de tecido costuradas em mochilas ou coletes que ficam na horizontal, essas tiras servem como um local seguro para adicionar bolsos, coldres, facas, cantis e etc. Na verdade se usado corretamente em um colete, pode até dispensar o uso de uma mochila, se for opção do usuário, claro!

Tyler era um grande apreciador desse sistema, ele usou isso nas duas vezes em que entrou nas cavernas dos goblins, um colete tático normal pode ser adaptado de inúmeras formas diferentes seguindo as necessidades do soldado. Desde que foi desenvolvido pelas forças armadas dos Estados Unidos em 1997, se tornou um item muito valorizado e apreciado pelos combatentes.

 

Qualquer coisa que seja versátil, útil ou adaptável. É imediatamente aceito dentro das forças armadas, agora imaginem um item que é tudo isso e mais? Hoje no mundo não há um só soldado que não goste dessas simples tiras mágicas.

 

A próxima sessão dentro desse mesmo armazém eram os EPIs, de novo uma sigla, essa significava Equipamentos de Proteção Individual. Um EPI é qualquer coisa que ajude a proteger seu corpo durante alguma atividade determinada.

Seus planos para o novo mundo eram grandes, ou seja, tinham grandes obras!

Para sorte de Tyler mais de 90% desses equipamentos eram feitos na China e aqui o preço, que já era barato, ficava quase imoral!

 

Ele comprou centenas de milhares de óculos de proteção, protetores auditivos, luvas, capacetes, botas, máscaras contra poeira e gases e etc., mas Tyler era esperto e focou em coisas muito importantes que seriam difíceis de conseguir, sabem aquelas roupas prateadas que as pessoas usam em siderúrgicas?

 

Elas são feitas assim, pois tem uma fina manta de alumínio em sua composição, pode até parecer contraditório usar um metal em uma roupa usada num local que os derrete, contudo a função dele é proteger o usuário refletindo o calor!

A grosso modo, o calor pode ser descrito como luz infravermelha, a superfície espelhada da roupa com alumínio é feita com o propósito de refletir, impedindo assim que a pessoa morra assada!

 

Já que o desenvolvimento da metalurgia estava entre os pilares básicos dos novos conhecimentos que ele levaria, Tyler não podia deixar nada de fora.

 

Algo que chamou sua atenção eram os uniformes de obra que vinham completos, eles eram macacões inteiriços feitos de um material resistente e antichama. Por falar em antichama, uma das novidades eram aquelas luvas antichama e anticorte que passam nos comerciais. Feitas com uma mistura de aço inox, poliamida e polipropileno elas são muito resistentes a cortes, perfurações e abrasão. Além de conferirem uma ótima proteção térmica e química.

Conversando com o representante do fabricante ele descobriu que, dependendo do pedido, poderia ser feito qualquer peça de roupa e em qualquer design pedido!

 

Tyler pensou que casacos feitos com esse material poderiam ser uma mão na roda naquele mundo, lá os riscos de ser atacado por um animal selvagem, levar flechada, ou um golpe de espada, ou lança eram terrivelmente altos!

Infelizmente ele não pôde comprar logo de cara, tantas quanto ele queria, como era um produto personalizado. Tyler teria que mandar uma peça em tecido normal para servir como molde para a fábrica, mas logo que os protótipos fossem aprovados por ele, a produção em massa começaria!

 

Depois de gastar muito mais do que tinha previsto, Tyler decidiu ir para a área 3, lá todos os itens eram de necessidade para ele, os materiais escolares também eram parte do pilar central. Ele tinha a plena consciência de que tinha de passar sua sabedoria para outros, um instituto como a casa dos sábios era um dos primeiros projetos a serem construídos, entretanto ele tinha noção que não dá para ensinar sem o mínimo de condições!

 

Cadernos, lápis, canetas, estojos, réguas, transferidores, compassos e etc. Tudo o que um aluno tem que ter Tyler comprou sem dó. Materiais de escritório também foram comprados da mesma forma.

 

Nesse galpão também tem a parte de óculos de grau, entretanto não fica restrito apenas aos óculos. Além das lentes e armações, máquinas médicas mais simples eram vendidas, eletrocardiógrafo, desfibrilador, autoclave, material para exame ECG e ultrassom, espirômetro, móvel hospitalar, monitor multiparamétrico, bisturi eletrônico, dermátomo, foco clínico, capnógrafo, cama Fawler, fotóforo, bombas cirúrgicas, DEA – Desfibrilador Externo Automático, radiologia e etc. Eram uma infinidade de máquinas e equipamentos, todos eles muito úteis, embora eles não fossem os produtos top de linha no mercado ou os que possuíam a tecnologia mais nova. Eles eram milênios mais modernos que qualquer coisa daquele mundo.

 

Não seria tão em breve que Tyler os poderia usar, contudo uma vez que os profissionais fossem bem treinados, eles iam assumir o controle de tudo o que ele estava preparando.

Nas sessões de cosméticos e artigos esportivos Tyler não deu tanta importância (mesmo assim os comprou), salvo pelos equipamentos de academia. Esteiras, bicicletas, halteres e todos os equipamentos de musculação em geral foram comprados por ele, não era nada exagerado como tinha sido anteriormente, contudo os números ainda eram grandes para uma pessoa comum.

 

“Quero 200 destes!”

 

“350 desses aqui.”

 

“Ah, isso é muito útil, quero 500.”

 

“Nossa, nunca tinha visto, para que serve? Quero 100.”

 

Na parte de aviamentos Tyler não estava interessado em coisas de decoração, ele queira apenas os itens realmente necessários. Zíperes, botões, fivelas, passadores, ilhoses, argolas, velcros, rebites, ponteiras, colchetes e elásticos. Tudo o que era funcional e dava acabamento ele comprou, os botões em especial foram pedidos em um número quase que imoral!

 

Na área 4 estavam os produtos em geral mais relacionados com roupas. Tyler comprou uma quantia exorbitante!

Ora, ele ainda tinha alguns bons milhões guardados e uma camiseta não chegava a custar 1 dólar, o que mais ele poderia fazer?

 

Ele comprou mais e mais, sem nem prestar atenção no que comprava, os únicos itens que ele deu um olhar especial eram as roupas de frio, elas seriam artigos valiosos no outro mundo. As milhares de peças de roupas que ele estava comprando eram para que logo quando chegasse tivesse uma fonte de renda, de onde poderia financiar suas obras. É claro que ele tinha certeza de que seria rei, mas seus planos eram muito ambiciosos. Abrir estradas, fazer represa e construir cidades não seria nada barato!

 

Já na área 5 ele se interessou apenas nos materiais têxteis e nos tecidos, eles eram importantes para desenvolver a tecnologia de lá, junto com as máquinas de costura que estava adquirindo ele planejava fazer o embrião da indústria têxtil, as máquinas eram dos mais diversos modelos mesmo comprando algumas centenas das de alta tecnologia ele comprou muitas vezes mais daquelas antigas movidas a pedal!

 

Além de serem muito mais baratas elas não precisavam de energia elétrica para funcionar, mesmo Tyler planejando tudo corretamente, seus cálculos mais básicos indicavam que ainda levaria algumas décadas de trabalho duro para que a energia elétrica estivesse disponível para todos!

 

Depois de estar muito desgastado fisicamente e mentalmente Tyler voltou para o quarto de hotel, contudo ele estava satisfeito! Todas as suas metas de compras não só tinham sido atingidas como também ele teve algumas agradáveis surpresas durante as compras.

 

Terminada esta etapa ele queria rumar logo para a Coreia do Sul. Tyler amava esse país, ele era a prova viva de que o capitalismo realmente funciona!

Durante a guerra da Coreia o norte eo sul foram divididos, um só povo igualmente pobre e totalmente devastado pelo horror da guerra.

Cada uma seguiu fielmente uma cartilha diferente, o Sul em poucas décadas se tornou uma das maiores potências do mundo! Ela exporta não somente tecnologia e matérias primas, mas como também sua cultura. Um país exportar sua cultura é um dos sinais mais claros de força!

 

Já a Coreia do Norte onde o comunismo foi feito na sua síntese mais perfeita, só restou a pobreza e fome. Não existe nenhum argumento que se possa usar para defender o governo déspota daquela nação!

 

Se uma foto fala mais do que mil palavras, uma foto noturna tirada a partir de um satélite prova isso e muito mais, enquanto o sul brilha como uma chama ardente… o norte é escuro e frio, é a imagem do desespero e tristeza encarnada.

 

*****

 

“Vamos sair agora?” Calie perguntou assim que Tyler voltou para o hotel.

 

Dessa vez Tyler não pode indicar nenhum lugar em especial para ela, já que não conhecia essa cidade, todavia ele não deixou de pedir novamente que a moça passeasse e tirasse fotos para ele.

 

“Sim, eu quero dormir na coreia ainda hoje!” Ele respondeu.

 

Enquanto fazia o seu check-out Calie se encarregava de preparar o avião para Tyler. Com a distância de apenas 1.100 km não demoraria nem duas horas para chegar lá, ainda dava para descansar tranquilamente no outro hotel.

“Gostou dessa viagem a China?” Tyler perguntou a moça.

 

“Sim, embora eu não conhecia nada, deu para andar bastante, é um lugar bastante curioso!” Ela respondeu excitada.

 

“É mesmo, aqui é uma verdadeira loucura.” Tyler disse.

 

“Já visitou Seul antes?” Ela perguntou.

 

“Sim muitas vezes, dessa vez eu vou poder te indicar bons locais!” Tyler riu.

 

“Ah…” Ela ficou envergonhada, obviamente essa não era a intenção dela.

 

“Assim como em Tokyo os melhores locais aqui serão os históricos, e vi como você gostou de visitar os jardins imperiais, Seul não perde em nada nesse requisito!”

 

“Sério?” Ela perguntou animada.

 

“Claro, a história desse povo é igualmente rica, venha eu vou fazer outra lista para você!”

 

Ao contrário da primeira vez, Calie aceitou de bom grado sem reclamar as indicações de Tyler.

 

O ponto foco das compras de Tyler agora eram as fontes de energia renováveis, a Coreia era um polo de indústrias focadas nessa área, embora a China também tivesse muitas empresas nesse ramo, ninguém poderia negar que a qualidade daqui era bem maior.

 

Placas solares, moduladores e geradores eólicos eram o alvo dele nesse setor. Para diminuir os custos Tyler compraria poucos geradores eólicos completos, ele ia comprar apenas as partes das turbinas, sem as hélices e as torres de suporte!

Embora fosse muito bom tê-los, Tyler tinha fé que conseguiria reproduzir com sucesso essas partes em um futuro breve.

 

Para os usos de imediato ele planejava comprar um conjunto solar muito interessante que tinha visto na internet, feito por uma empresa austríaca, ele tinha um formato de girassol! As pétalas eram os painéis solares e a “flor” segue constantemente o sol, esse movimento de seguir o sol produz um rendimento extra de 40%, sem contar que é all in one, ou seja, é só instalar e pôr na tomada!

 

Normalmente uma pessoa tem que fixar painel por painel, fazer o cabeamento, alinhar o melhor possível, montar as baterias e os moduladores de energia para que ela saia constantemente na voltagem ideal de uma residência.

Já o segundo motivo eram os drones. Tyler queria comprar vários do tipo agrícola, esse tipo de drone eram os primos bombados dos que normalmente se tem em casa, apesar do formato parecido com os outros, eles são bem maiores e podem carregar uma carga que variam de 5 a 20 quilos!

Outros que talvez fossem mais importantes eram os de vigilância, custando mais que um carro de luxo eles eram, na verdade, pequenos aviões que podiam passar horas e horas de voo ininterrupto!

 

Munidos de grande e poderosas câmeras, eles eram muito indicados no uso civil para mapear propriedades, e na área militar para vigiar tropas e movimentações inimigas, é claro que suas comunicações não eram tão seguras como os grandes e poderosos Predators, mas Tyler não teria nenhum problema com isso!

Seu único cuidado tinha que ser em pedir um com sistema totalmente a rádio e independente do uso de satélites.


Autor: Lion | Editor: Bczeulli






Alterar fonte
Cores