TEUD – Capítulo 6 – A trama. Parte 2



Jessie agora receberá que sua paz havia ido embora, olhando em volta ela desejou mais do que tudo poder voltar para seu pequeno quarto aconchegante do qual ela tinha amado passar a noite.

O barulho, os empurrões que a mesma levava a quase todo momento não se cessavam e a cada passo que a garota dava eram mais gritos, risadas e conversas altas e mais empurrões fortes que quase a faziam cair porém nem mesmo para isso havia espaço em meio aquele monte de alunos.

Sua cabeça ainda doia um pouco mas não tanto quanto ontem ou mais cedo o chá que Mandy havia trazido para ela mais cedo a ajudou muito, porém tudo aquilo não a ajudava mais.

Ela tentava manter seus pensamentos em outra coisa, como explorar o colégio ou ir a floresta após as aulas, porém essa opção a deixava um pouco receosa pois temia que acontecesse o mesmo que aconteceu da última vez.

Mas isso não a fazia querer desistir de ir lá ela amava a floresta, se sentia mais do que  a vontade lá, ela só precisaria tomar mais cuidado e ser mais atenta a tudo e principalmente, precisava aprender a se defender melhor.

Ela desde pequena, tomou conta de si mesma e durante todos esses anos havia enfrentado situações parecidas como fugir, se esconder e em último caso lutar.

Ela até se achava boa nisso pois nunca tinham conseguido pega-la, mas aquele acontecimento tinha a feito ver ao contrário, ela sabia que talvez podia contra todos, mas sua alto confiança tinha abaixando em um nível crítico e seu medo aumentado muito a fazendo ficar fraca e vulnerável a seus agressores.

Ela também sabia que eles eram humanos, mas seu porte físico a força em seus músculos, suas vozes grossas e maldosas a fizeram esquecer de tudo aquilo e apenas sentir medo, mesmo ela tentando fugir eles foram mais rápidos e a pegaram.

Balançando sua cabeça ela tenta ao máximo afastar aqueles pensamentos, até por que tudo aquilo acabou e em um final em parte feliz.

Mandy havia a salvado e a levado de volta e agora estava ela novamente indo para a aula como se nada de grave tivesse acontecido.

“acho que… Se ela quiser vou começar a treinar com ela… Hehe por que não? Assim vou ajuda-la treinando para que ela melhore cada vez mais e ela vai me ajudar a me defender melhor” Jessie pensava por fim a fazendo sorrir com aquele pensamento porém em alguns segundos eles vai se perdendo por conta daquele barulho.

Em um minuto aquele corredor estava vazio e quieto e no outro alunos que ela mal podia ver de onde tinham vindo, apareceram e tomaram o lugar o fazendo parecer novamente com um campo de batalha.

Para sua sorte a sala de aula estava perto, ela conseguia ver a porta a poucos metros de si.

Porém mesmo assim era quase um desafio passar por tantos alunos que barravam sua passagem.

Mas isso não era o que mais a incomodava, e sim as provocações que para ela jamais conseguiria ficar apenas um dia sem.

—cabelinhos de fogo! Vem aqui quero te apresentar a alguns amigos meus! —

Ela ouviu um garoto gritar.

—a gente só vai conversar um pouco vem aqui! — dizia outro com sarcasmo e malícia em seu tom de voz.

Ela tenta andar mais rápido sem virar o rosto para olha-los ou ao menos dar uma resposta.

—Que isso cabelinhos de fogo? Está com medo de uma conversa? Hahaha olhem como ela é medrosinha! —ela escutava outro garoto falar dela puxando risadas de deboche de seus outros colegas.

Jessie da um suspiro profundo tentando não ligar para eles continuando a caminhar, ou ao menos tentando passar por tantas pessoas. Por fim depois de um pequeno tempo, ela finalmente consegue chegar em frente a sua sala, abrindo a porta rapidamente a fechando atrás de si.

Não havia quase ninguém na sala de aula a deixando mais quieta do que estava do lado de fora. Ela olha em volta vendo quem estava ali e se agrada ao ver que no final da sala estava Mandy e sem se conter, abre um grande sorriso.

—Mandy-chan!  —Jessie a chama sorrindo, vendo que ela estava com sua cabeça apoiada a carteira assim começando a andar com passos rápidos em sua direção, mas no meio do caminho, sem perceber, alguém coloca rapidamente um pé em sua frente a fazendo desequilíbrar e cair no chão com um pouco de força, deixando seus matérias se espalherem perto de si.

—A-ai…. —

Mandy rapidamente levanta sua cabeça ao escutar sua amiga a chamar mas a maior causa da qual tinha feito ela levantar sua cabeça tão bruscamente foi escutar o som de sua amiga caindo no chão.

—Jessie!! —

 

(minutos antes)

 

Mandy estava andando, ainda a procura de um lugar tranquilo que pudesse ir durante algumas de suas folgas, que poderia ter em algumas aulas.

Ela olhava em todos os lados e em algumas salas que por enquanto estavam vazias.

Em algumas vezes com cuidado, se permitia olhar em lugares onde dizia em uma placa acima da porta, ser restrito aos alunos, não fazia muito sentido já que dentro não tinha nada de mais a não ser algumas cadeiras um pouco diferente das outras ou alguns armários trancados com cadeados.

Abri-los não a interessava, não era de ser curiosa ou se meter em assuntos que não era chamada, então dando meia volta ela voltava a andar continuando a explorar o colégio.

Mesmo cedo de mais ela achava que aquele lugar da qual estava, não teria muitos alunos já que na maioria das salas dizia ser restritas, mas mesmo assim isso a fazia pensar duas vezes, ela poderia arrumar problemas estando ali e isso era a última coisa que ela queria, chamar mais atenção passava longe de sua cabeça.

Em alguns momentos enquanto andava ela voltava a pensar na sena que havia acontecido mais cedo, aquelas duas garotas parando de falar imediatamente no mesmo momento em que ela se aproximava, os olhares que as duas haviam lançado, ela até achou estranho a falta de provocação que aconteceu pois as duas haviam passado sem dizer uma única palavra.

Aquilo lhe causava um péssimo pressentimento do que poderia acontecer futuramente.

Mas ela não queria pensar nisso e dizia a si mesma que era só coisa de sua cabeça, mas mesmo assim um pensamento mesmo que pequeno continuava em sua mente.

Ela não conseguia confiar fácil em alguém e tinha motivos o suficiente para isso, durante toda sua vida permanecia sozinha e sem ao menos um amigo e para alguém ganhar sua confiança não era só algumas palavras ou pequenas ações que faria isso acontecer.

Ela por fim desiste de continuar procurando por uma sala onde ninguém isse, aquele colégio era enorme e ela não tinha andando nem um terço dele, então dando uma última olhada em volta, decide voltar para o corredor principal para assim ir a sua sala de aula.

Ela sabia que ainda estava cedo e que provavelmente ninguém estaria lá e ela precisava daqueles poucos momentos de silêncio.

Ela sabia que poderia esperar até a hora de ir em seu quarto mas só a idéia de ter que enfrentar aquele mar de alunos a fazia querer ir para a sala naquele exato momento sem pensar duas vezes.

Mandy caminha pelos corredores sendo guiada por suas memórias de onde tinha passado, vendo que estava no caminho certo quando finalmente afirma isso ao ver que tinha chegado ao corredor principal, ele para seu agrado estava vazio e sem nenhum barulho, ela continua caminhando e rapidamente chega em sua sala entrando nela em seguida. Como tinha imaginado, não havia ninguém lá dentro, ela por fim caminha até o final da sala se sentando no mesmo lugar que tinha ficado no dia anterior, arrumando seu material em cima de sua carteira em seguida repousando suavemente sua cabeça em sua carteira fechando seus olhos em seguida.

Ela por alguns segundos se permite cochilar sem ligar se alguém faria algo contra ela ou ao menos falar dela, quem sabe aquilo ajudaria a passar o tempo mais rápido.

 

Pov’s Ambre & Debrah

 

—hoje mesmo vamos colocar nosso plano em prática enquanto a memória daquela garota esteja fresca  —Debrah dizia com um sorriso grande em seus lábios próximo a orelha da amiga para que ninguém escutasse.

O corredor já havia se esvaziado porém mesmo assim as duas tomavam maior cuidado para que ninguém pudesse ao menos desconfiar de algo.

—Sim.. Eu não quero esperar um dia se quer para colocar nosso plano em prática e já até tenho ele quase todo armado e você vai me ajudar a organiza-lo todo não é? — Ambre pergunta a amiga com um brilho em seus olhos.

— haha claro que vou! Então já vai falando o que você pensou— ela responde com o mesmo brilho em seu olhar.

—Calma amiga.. Você sabe.. Vingança é um prato que se come frio… —Ambre dizia com um sorriso enorme no rosto.

—Quando as aulas acabarem eu digo… Eu não quero que absolutamente nada de errado… E quero aproveitar cada segundo de tudo e sei que você também quer… —ela diz sorrindo enquanto andava pelos corredores que até então estavam vazios, porém ela sabia em algumas salas alunos poderiam estar lá e assim estragar seus planos.

Ambas já tinham experiência em armar contra os outros que um dia entraram em seu caminho e até esse dia nunca desconfiaram delas.

Sabiam agir no momento certo e pensar em planos que podiam culpar outros e elas saírem sem que nada acontecesse.

Em suas mentes elas armavam seu plano mesmo sem ter comentado uma com a outra, suas mentes estavam em completa sincronia e assim cada uma pensava em cada detalhe, em como podiam fazer para que ninguém as vissem ou que ninguém desconfiassem delas e isso só faziam com que seus sorrisos ficassem cada vez maior.

Após um pequeno tempo andando elas chegam em frente a sua sala assim entrando nela e a primeira pessoa que as duas vêem tanto agrada como não.

Sentada com a cabeça apoiada sobre a carteira estava Mandy.

Elas logo pensam em fazer algo contra ela, dormindo e sem meios de se defender de um susto ou uma pegadinha ela era um alvo fácil, mas não serviria de nada pois dentro da sala elas não estavam sozinhas, poucos alunos estavam lá, uns sentados, outros conversando.

Decidindo por fim que não fariam nada contra ela, as duas vão até suas cadeiras colocando seus matérias sobre elas.

Eu to vendo que o dia vai ser ótimo hoje, eu sinto isso— Debrah comenta com um sorriso

—enorme no rosto, para a amiga ela sabia muito bem que ela tinha entendido o que ela queria dizer, mas para os outros se estivessem escutando não passaria de um comentário comum.

—Realmente eu também estou achando isso, acordei já com esse maravilhoso pensamento — Fala Ambre com um sorriso feliz no rosto disfarçando o sorriso de vingança que queria sair.

— será que hoje vai acontecer algo de legal? — ela pergunta sorrindo.

—eu tenho certeza que sim! O dia já começou lindo aposto que ele irá acabar do mesmo jeito! —responde Debrah com o mesmo sorriso que a amiga.

Após alguns minutos entre conversas em entrelinhas, elas mal tinha percebido que o tempo havia passado e a sala agora, estava com mais alunos que antes e o barulho ia aumentando cada vez mais, porém não em um nível ensurdecedor como estava o lado de fora da sala.

Mas aquilo não as incomodava mais. Todos aqueles dias as fizerem se acostumar.

—… Hehe ei Ambre… Olha quem chegou agora… —Debrah fala sorrindo ao perceber quem entra na sala.

—.. Olha.. A cabelinhos de fogo… Seria muito bom poder fazer algo agora… —Ambre diz baixo com um sorriso no rosto.

— E tem… Vingança contra a ruiva começando de agora… —Debrah fala com um sorriso mau no rosto assim caminhando disfarçadamente até uma fileira sem tirar os olhos da ruiva e no mesmo instante que ela iria passar por ela rapidamente ela coloca seu pé a fazendo cair com força no chão.

E causando o enorme barulho de risadas vindas de todos.

 

Pov’s Mandy

 

Quando Mandy escuta Jessie a chamando porém logo em seguida um barulho de queda e a baixa voz que é ouvida logo após, rapidamente levanta sua cabeça, acabando por se assustar pela sena de sua amiga no chão e a sala em sua volta rindo da garota.

—Jessie!! —

Sem esperar nada Mandy rapidamente se levanta assim correndo até ela, a ajudando a se levantar.

—v-você está bem?… Não se machucou não é? —

Ela pergunta com um tom de preocupação em sua voz, ajudando a pegar os matérias da garota.

—…. Vocês estão rindo que que?! Vão cuidar de suas vidas!! — Mandy olha para eles os mandando parar com uma expressão seria e determinada.

—M-Mandy ta tudo bem… Eu só me distrai aí tropecei eu estou bem…                Obrigada— Jessie fala sorrindo para Mandy de forma gentil e um pouco sem graça.

—Tome mais cuidado está bem?.. Vem.. Vamos nos sentar.. —Mandy diz sorrindo assim bagunçando de levinho os cabelos da amiga que sorri feliz de volta, logo as duas vão se sentar.

Enquanto Mandy e Jessie conversavam distraídas não tão próximo delas estavam duas amigas que riam pelo ato de uma delas.

—Isso foi incrível Debrah! Realmente você é de mais! —Ela dizia baixo enquanto suas risadas eram abafadas pelas conversas que ali iam se formando.

—Haha eu precisava fazer algo e simplesmente vi o momento perfeito! —ela fala, orgulhando de si mesma.

As duas continuam entre conversas e risadas, logo com o prefessor chegando e assim começando mais uma aula.

Elas não gostavam muito de assistir aulas assim como o que parecia a maioria que la estudava.

Mas só seus pensamentos faziam com que horas parecessem minutos e assim continuou até a aula terminar.

—Amiga.. Fica aqui até todos saírem.. Vou te contar o que eu pensei agora…. —Ambre fala sorrindo enquanto arrumava seu material, vendo todos começarem a sair.

—Eu estava pensando no mesmo… —Debrah fala baixo enquanto olhava disfarçadamente para todos e arrumava seu material lentamente de propósito, até que após poucos minutos todos saem deixando apenas as duas a sós.

—Ótimo! Agora me diz no que você pensou?! —Ela pergunta com animação em sua voz.

Ambre sorri assim se sentando em cima da carteira.

—É o seguinte… Minha ideia de como vamos colocar nosso plano de ação é….. —

 

Continua….


Autora:Jessie Yami   |   Revisor:Liberty



Fontes
Cores