SE – Capítulo 19 – Esperança



 

Ye Hong ficou chocado e pensou silenciosamente:

‘Será que a dor agora está tão forte que ele está chorando?’

Afinal, Baijian ainda é uma criança de um ano, uma criança dessa idade normalmente choraria ao sentir muita dor.

‘Mas Baijian não parece do tipo que choraria por algo assim…’

‘Eu sempre pensei nele como um adulto, mas no final ele ainda é apenas uma criança de um ano.’

Ye Hong sentiu enorme dor ao ver as lágrimas de Baijian, e por isso falou lentamente:

“Baijian, não chore. Eu já pensei em uma solução, e estou confiante de que vai dar certo.”

Ouvindo isso, Baijian rapidamente limpou as duas lágrimas que escorriam pelo seu rostinho e falou:

“Não se preocupe Hong, não estou chorando por causa da dor… Mas eu também não entendo porque estou chorando, é só que quando você tocou minha cabeça, é como se o meu corpo, antes pesado, tivesse ficado mais leve, minha mente ficou mais rápida e eu sem querer acabei chorando.”

Ye Hong ficou surpreso e pensou:

‘Meu toque fez alguma coisa?’

Ele provavelmente não poderia entender. Baijian é muito novo, tem pouca experiência, e com apenas um ano, por mais inteligente que fosse, carregar o enorme fardo de estar prestes a morrer é algo quase impossível, ele simplesmente não tem experiência suficiente.

Experiência e conhecimento são diferentes. Experiência se ganha com o tempo, já o conhecimento, contanto que você seja inteligente o suficiente, pode-se adquirir fácil e rápido. Baijian é inteligente, mas por ser tão novo, ele tem quase nada de experiência. Ele não passou por praticamente nada na vida.

Então carregar tal enorme fardo é simplesmente extenuante. Quando Ye Hong tocou a cabeça de Baijian, para o Baijian daquele momento que estava em quase completo desespero… Foi uma salvação.

Não precisava de palavras. Como o ditado diz, um gesto vale mais que mil palavras, e o toque gentil de Ye Hong foi muito importante para Baijian, lhe deu uma sensação de conforto num momento muito difícil.

Foi nesse momento que Baijian começou a ver Ye Hong como alguém em quem se pode confiar.

Antes, ele já tinha entendido que era mais inteligente que Ye Hong, e por isso ele inconscientemente nunca confiou nele. Ele sempre quis confiar em si mesmo para resolver seus próprios problemas…

E esse simples gesto acaba de levar ao relacionamento entre esses dois a outro nível. A partir de hoje, Baijian verá Ye Hong como alguém em que se pode verdadeiramente confiar.

Sem falar que esse simples toque foi um enorme golpe de sorte para Baijian.

Um simples toque trouxe tal resultado… É inacreditável.

Como forma de confortar Ye Hong, Baijian sorriu e falou:

“Hong, eu estou bem.”

Ye Hong observou Baijian um pouco e disse:

“Como você pode estar bem? Sua cabeça deve estar martelando, quase explodindo. Eu pensei em uma solução, e tenho muita confiança nela, confia em mim.”

Com um pequeno sorriso, Baijian disse:

“Hong, eu confio em você, mas deixa eu te contar… A dor sumiu. Eu ainda sinto cansaço, mas a dor de cabeça sumiu, minha mente está mais clara, como se antes tivesse um nevoeiro e agora o nevoeiro simplesmente desapareceu. Meu corpo também, antes era muito pesado de se mover, agora eu sinto até que posso voar.”

Ye Hong pensou um pouco e disse:

“Você tem certeza? Isso está muito estranho, a dor sumir de repente… De qualquer forma, vamos fazer o que pensei só para ter certeza, você pode ter tido só um alívio temporário da dor e mais tarde piorar.”

Assentindo, Baijian perguntou curiosamente:

“Tudo bem então Hong. O que foi que você pensou?”

“Siga-me…”

Ye Hong falou e começou a andar até o seu escritório dentro da casa. É nesse escritório que ele geralmente guarda documentos importantes.

Dentro do escritório, Ye Hong pegou várias pilhas enormes de folhas, botou na frente de Baijian e disse:

“Esse é um livro explicando detalhadamente como iniciar o cultivo, se você ler, creio que entenderá o que eu quero dizer com cultivo.”

Baijian olhou curiosamente para a enorme pilha de folhas e disse enquanto pegava a folha no topo de um dos montes para dar uma olhada:

“Você nunca me deixou vir aqui Hong, disse que eu não podia entrar. O que fazia aqui? São muitas folhas…”

Ye Hong se sentou e respondeu enquanto observava Baijian olhando curiosamente as páginas do topo da pilha de folhas:

“Eu não deixava você vir aqui por causa dessas folhas, eu não queria que você as visse antes. Eu queria que você iniciasse o cultivo com três anos. De acordo com o livro, a melhor idade para uma criança começar o cultivo é com três anos, então eu estava esperando para daqui a dois anos te deixar olhar essas folhas e você poder cultivar.”

“Mas situações desesperadas pedem medidas desesperadas. Pode te fazer mal iniciar o cultivo com a sua idade agora, mas pelo menos te dá uma chance de superar o seu problema. Primeiramente leia e você irá entender tudo.”

Depois de olhar um pouco, Baijian nem mesmo prestou mais atenção a Ye Hong e começou a rapidamente passar folha por folha. Vendo todas rapidamente e as jogando para o lado.

Por causa da ação de Baijian, Ye Hong teve que se levantar da cadeira e ficar ao lado arrumando as folhas que ele jogava de lado. São muitas folhas, tem uma ordem para colocá-las, e Baijian sendo tão selvagem jogando as folhas como quiser era realmente angustiante, até porque Ye Hong sabia que depois teria que arrumar tudo, então ele rapidamente ficou do lado pegando as folhas e as colocando na ordem correta.

Baijian parecia possuído, ele não falava nada, nem parecia perceber Ye Hong do seu lado. Ele não olhava para mais nada nem prestava atenção em mais nada, tudo que ele queria era olhar a próxima página, e quando a via, rapidamente a tirava do caminho para ver a próxima.

Ele estava extremamente concentrado, em um nível anormal de concentração.

Vendo Baijian assim, Ye Hong pensou com um sorriso amargo:

‘Eu acho que mesmo que uma bomba exploda por perto e faça um enorme barulho, Baijian vai simplesmente continuar folheando essas páginas.’

É bom ele ter essa super concentração? Sim, claro que é bom. Significa que tudo que ele dá enorme atenção, consegue fazer com muito mais facilidade por estar tão focado… Mas ao mesmo tempo isso cria um enorme problema:

Quando está desse jeito focado, ele se esquece de tudo.

Então vamos supor que ele entrasse num quarto cheio de folhas cobertas de informações. O quarto teria centenas de pilhas de folhas.

Baijian provavelmente ficaria dentro do quarto folheando as folhas até acabar. Ele não ia lembrar se está com fome, com sede, nem se está cansado, nem iria se importar sobre quanto tempo ficou lá.

Tal enorme concentração é uma faca de dois gumes. Pode ser algo de muita ajuda bem como algo que pode te prejudicar.

Baijian continuou assim por uma hora, passando página por página como um furacão. Ye Hong teve muitos problemas para coletar as páginas e as recolocar em ordem.

Depois que Baijian viu a última página, ele parou por um segundo, olhou para Ye Hong que estava ao seu lado reunindo as últimas folhas e disse:

“Eu entendi agora Hong, você quer que eu comece a cultivar certo? Se eu cultivar, a força do meu corpo como um todo vai ficar mais e mais forte, e embora minha capacidade cerebral em si não vá ficar mais forte, ele vai fortalecer todo o meu corpo e isso inclui o cérebro, dando maior tenacidade para ele.”

Baijian parecia agradavelmente surpreso. Não é para menos, ele não via solução e Ye Hong conseguiu pensar em uma.

“Sim Baijian, contanto que cultive, tem uma chance muito alta de que você não vai ter esse problema de novo. O motivo do porque eu não queria que fosse tão cedo, é algo que você dele ter lido. Isso pode fazer mal para o seu corpo agora, você só tem um ano, seu corpo é muito pouco desenvolvido. Na verdade, no livro fala que as chances de causar efeitos colaterais ao começar o cultivo tão cedo são absurdamente altas.”

Baijian concordou com a cabeça, de fato, no livro alerta um pouco nesse sentido.

Esse livro de trinta e duas mil páginas fala detalhadamente sobre o início de como cultivar, e os detalhes são só os necessários, não tem palavras inúteis, então é um manual bem compacto, cada palavra dentro do livro foi bem pensada. Se não, seria como a mãe do rapaz disse, o livro poderia ter mais de um milhão de páginas facilmente. Isso ilustra o quão impressionante é esse manual.

“Hong, isso não importa. É como você disse, não sabemos por que a minha dor sumiu de repente, e se ela voltar pode ficar pior e eu acabar morrendo. Tempos difíceis pedem medidas desesperadas… Eu vou fazer mesmo que tenha uma grande chance de algo dar errado.”

Baijian tinha olhos resolutos nesse momento. Ele mesmo leu o manual e entendeu que as chances de prejudicar o seu futuro caminho no cultivo, ou até mesmo se machucar, eram bem altas. Tem até a chance de aleijá-lo e impedir que ele possa cultivar no futuro.

Mas Baijian não hesitou. Ele já está quase às portas da morte, e precisa dar tudo de si, essa é a melhor opção que ele tem atualmente.

É claro, ele nunca saberá, que quando Ye Hong tocou sua cabeça, sua mente subiu o primeiro degrau do primeiro nível de cultivo mental. Com tal cultivo mental, mesmo que ele estivesse dez vezes mais cansado, a dor não viria. É claro, ainda existe um limite, mas para a situação dele, ele pode simplesmente dormir. A eficiência do sono também foi aumentada junto com o avanço mental… Ele agora pode dormir tranquilamente.

Ele nunca saberá disso tudo, até porque, o que ele fará a seguir irá contra todo o senso comum no universo, afinal, com um ano de idade é noventa e nove por cento de chance de que se começar a cultivar, ele sofrer algum revés.

Com o outro um por cento, a chance é que mesmo que não sofra o revés, ele ainda conseguirá efeitos mínimos ao cultivar, a dificuldade do temperamento corporal no futuro também será várias vezes maior, portanto, em todas as situações possíveis, isso vai dar errado.

Mas ele acha que sua cabeça voltará a doer depois, o trazendo para a mesma situação de antes. Assim sendo, o cultivo é algo que ele definitivamente tem que fazer.

Pelo menos agora ele tem esperança.


Autor: ReaderBecameWriter | Revisor: Blame



Fontes
Cores