SE – Capítulo 151 – Invasor



“Sim.”

Baijian respondeu indiferentemente enquanto continuava a configurar algumas coisas no computador.

Ficando em silêncio por um tempo, Yanyan suspirou, achando tudo isso inacreditável.

Se fosse o Baijian de agora, com quinze anos, Yanyan não ficaria muito surpresa. Mas ela sabe que esse evento aconteceu catorze anos atrás. Se fizer as contas, significa que Baijian fez tudo aquilo quando tinha um ano de idade.

Um ano de idade!

Isso é simplesmente difícil de acreditar, e mais difícil ainda de engolir. Com um ano de idade ele conseguiu fazer o que ela, mesmo depois de se esforçar tanto, não conseguiu.

Os pensamentos de Yanyan se aprofundaram, mas nesse momento, Baijian falou:

“Pronto, vamos começar.”

***

Em algum lugar, dois homens estavam sentados enquanto olhavam para um tabuleiro na frente deles. O tabuleiro era do tamanho de um tabuleiro normal de xadrez, mas estranhamente, havia inúmeros pontos minúsculos espalhados, e se olhar de perto o suficiente, era possível ver que esses pontos minúsculos na verdade eram símbolos.

Um dos homens estava relaxado enquanto observava o tabuleiro, enquanto o outro parecia um pouco nervoso. O homem nervoso de vez em quando elevava o dedo, e um dos pontos minúsculos mudava de posição, às vezes para perto, às vezes para longe.

O homem calmo, por outro lado, assim que via os pontos se movendo, elevava o seu dedo calmamente, sem nenhuma mudança de expressão.

“Foi você quem pediu por esse jogo.”

O homem calmo falou depois de jogar por um longo tempo. O homem nervoso olhou para o homem calmo e respondeu:

“Sim, eu queria comparar a diferença entre nós através desse jogo para que eu saiba em que nível eu preciso estar para ganhar uma posição maior.”

Sorrindo levemente, o homem calmo falou:

“Para nós, tudo depende do nosso talento e do nosso esforço. Se você for talentoso, e se esforçar, é só questão de tempo até você subir…”

“Se você não for talentoso, preencha a falta de talento com esforço… Mas se nem isso resolve, então só se pode aceitar.”

“Embora sejamos raros, em todo o universo ainda existem muitos iguais a nós. Alguns menos talentosos, outros extremamente mais talentosos que nós…”

Ao término da frase, os olhos do homem calmo diminuíram ligeiramente, parecendo se lembrar de alguma coisa do passado.

O homem nervoso voltou a jogar e respondeu:

“Já tem um longo tempo que estou onde estou e não consigo melhorar. Ainda existem algumas opções para mim, mas no final, acho que nunca vou chegar tão alto quanto você.”

O homem calmo sorriu enquanto jogava:

“Nunca se sabe. O meu talento está no mesmo nível que o seu, é só que eu coloquei muito esforço na minha juventude, é por isso que meu potencial é maior e eu pude subir até onde estou… Você simplesmente não teve sorte.”

O homem nervoso sorriu ironicamente. Os dois se conhecem a um longo tempo, e quando jovens, o homem calmo gastou uma quantidade enorme de esforço, enquanto o homem nervoso nem teve a chance de se esforçar já que descobriram sobre seus talentos tarde demais.

“Se pelo menos tivessem me descoberto antes…”

O homem calmo sorriu ironicamente e respondeu:

“Como falei, você simplesmente não teve sorte. Eles conseguiram me descobrir quando eu era bem jovem graças a um evento, e isso foi uma sorte enorme pra mim.”

“Graças a isso, eles me descobriram cedo, e eu tive muito tempo para me esforçar e melhorar. Quanto a você…”

“Quando te descobriram, já era tarde demais. Você já era velho, seu potencial já tinha se exaurido. É claro, ainda é impressionante você chegar onde está, afinal não é qualquer um que chega até isso.”

“Se você tivesse sido descoberto antes… nós estaríamos juntos lá em cima.”

O homem nervoso suspirou enquanto continuava a jogar silenciosamente. Ele simplesmente não teve sorte.

Nesse momento, a porta do quarto em que estavam foi batida, e um homem entrou depois de alguns segundos esperando pela permissão.

O homem se aproximou do tabuleiro e olhando para o homem nervoso, falou:

“Senhor, nós tivemos um pequeno problema.”

O homem nervoso continuou jogando e simplesmente falou:

“Pode falar.”

Assentindo com a cabeça, o homem começou a explicar:

“No grupo de galáxias B15 sob nossa jurisdição, em uma galáxia denominada YP7854, existe um pequeno sistema solar em que nele tem um planeta que os locais chamam de Terra.”

“Como é um planeta pequeno, com só alguns bilhões de vida útil, e com uma civilização tendo só algumas dezenas de milhares de anos, nós apenas montamos o mais básico dos sistemas.”

“Atualmente, o cultivador nativo mais poderoso daquele planeta nem mesmo alcançou Centralização de Energia…”

O homem nervoso olhou para o seu subordinado e falou:

“Como pode ver, eu estou ocupado, então não quero um relatório completo sobre esse planeta. Só me fale o que aconteceu.”

Assentindo com a cabeça rapidamente, o homem falou:

“Como o planeta tem um potencial extremamente baixo, nós só colocamos um sistema de quinto nível de coleta de informações.”

“Esse sistema de informações, há menos de cinco minutos, foi invadido, e quase que o invasor consegue usá-lo como ponte para chegar até um sistema de informações de nível quatro que havia em uma estrela por perto.”

Elevando lentamente sua cabeça, o homem nervoso olhou para seu subordinado e falou:

“Você sabe quem sou eu, certo?”

Vendo que o homem parecia furioso, o subordinado ficou calado.

“Eu sou o líder do esquadrão de monitoramento de um conglomerado de mais de mil galáxias… Esse sou eu!”

“Eu tenho inúmeros subordinados abaixo de mim, todos eles fazendo o trabalho que eles podem e devem fazer, enquanto eu faço o trabalho que eu posso e devo fazer.”

“E o meu trabalho com certeza não é lidar com um problema tão insignificante quanto uma invasão.”

Depois dessa repreensão, o subordinado ficou em silêncio por um longo tempo, pensando se deveria continuar a falar, mas no final, tomando coragem, ele continuou:

“Nós rastreamos o invasor, e descobrimos que ele está nesse planeta chamado terra, só que não conseguimos rastrear sua localização completamente, o invasor era muito bom e não deixou rastros.”

O homem nervoso continuou jogando, sem dar muita atenção, até que o subordinado falou a próxima frase:

“O motivo do porque o invasor não conseguiu usar o sistema de nível cinco para alcançar o sistema de nível quatro por perto não foi porque nós reagimos a tempo e impedimos, e sim porque a tecnologia usada pelo invasor para invadir é simplesmente muito primitiva.”

O homem nervoso parou e, enquanto ainda olhava para o tabuleiro, perguntou:

“Qual o nível de desenvolvimento tecnológico desse planeta?”

O subordinado ficou em silêncio, hesitante em dizer, mas ainda falou:

“F8.”

O homem nervoso não teve nenhuma reação, antes de finalmente perguntar:

“Qual o nível estimado da tecnologia usada pelo invasor?”

O subordinado novamente ficou em silêncio antes de falar com os dentes apertados:

“F8.”

O homem nervoso ficou em silêncio por um longo tempo, sem nenhuma reação, antes de finalmente falar:

“Me entregue o relatório completo.”

O subordinado assentiu e, depois de alguns segundos, o homem nervoso começou a murmurar:

“Tamanho: Quarenta mil quilômetros de circunferência.”

“População: Sete bilhões.”

“Nível tecnológico: F8.”

“Nível da Civilização: F7.”

“Cultivadores: não conseguem ultrapassar a barreira de Centralização de Energia.”

“Invasor usou tecnologia F8 e invadiu o sistema de coleta de informações de nível cinco que havia no planeta. Não conseguindo nenhuma informação, e descobrindo a ponte de conexão entre o sistema de nível cinco do planeta com o sistema de nível quatro em uma estrela por perto, o invasor tentou invadir o sistema de nível quatro.”

“Mas como sua tecnologia era muito primitiva, não conseguiu, finalmente desistiu e apagou seus rastros completamente, impedindo que nós pudéssemos rastreá-lo.”

“Conclusão: …”

O homem calmo que até esse momento tinha ficado calado, finalmente falou:

“Existe uma chance extremamente alta de o invasor ter uma Percepção do Divino em um nível relativamente alto.”

O homem nervoso ficou em silêncio, analisando as informações sobre o planeta, antes de finalmente continuar:

“Chances de o invasor ser alguém de fora do planeta: …”

“1,025%.”

Ele então ficou em silêncio e depois de um longo tempo, chegou à conclusão:

“O invasor é nativo.”

O homem calmo sorriu e falou:

“Um nativo de um planeta tão pequeno que nasceu com a Percepção do Divino e a treinou para chegar num nível tão alto…”

O homem nervoso sorriu ironicamente e finalmente falou:

“Em todo o universo, os únicos que têm os métodos de treino da Percepção do Divino são as pessoas da nossa organização…”

O homem nervoso sorriu calmamente e falou:

“O que significa que… O nativo tem, naturalmente, uma Percepção do Divino extremamente poderosa.”

O homem nervoso sorriu ironicamente de novo e falou:

“Eu estou aqui há mais de vinte mil anos, e é a primeira vez que descubro alguém com a Percepção do Divino… E esse alguém tem uma Percepção do Divino tão poderosa…”

“Dei sorte.”

Parecendo um pouco mais descontraído, o homem nervoso sorriu e falou:

“Se eu conseguir encontrá-lo e entregá-lo para os meus superiores, junto com os meus méritos atuais, eu posso até conseguir uma promoção…”

“Finalmente tive alguma boa sorte.”

O homem calmo então ficou em silêncio antes de falar:

“Como planeja encontrá-lo? A menos que ele tente novamente invadir o sistema de nível quatro, é impossível nós descobrirmos ele nesse planeta.”

O homem nervoso ficou em silêncio, pensando profundamente, mas ele não conseguia encontrar uma solução. Vendo ele assim, o homem calmo sorriu e falou:

“Você simplesmente não é audacioso o suficiente. Existem pelo menos uns dez métodos, mas todos são métodos que você não pode usar com sua atual posição na organização.”

“Em horas assim, você deve se lembrar de algo muuuuito importante.”

Acordando dos seus pensamentos, o homem nervoso olhou para o homem calmo e, depois de alguns segundos pensando, pulou da cadeira e falou:

“Você vai me ajudar? Sério?”

Rindo em voz alta, o homem calmo falou alegremente:

“Mas é claro, um dos meus desejos é que você se torne maior na organização, afinal, eu não tenho muitos amigos.”

Assentindo rapidamente com a cabeça, o homem nervoso então ficou em silêncio, antes de finalmente perguntar para o subordinado:

“Tem algum evento de descoberta de talentos na YP7854?”

O subordinado ficou em silêncio, procurando as informações requisitadas e então falou:

“Sim.”


Autor: ReaderBecameWriter | Revisor: Delongas



Fontes
Cores