SE – Capítulo 10 – Baijian, eu não mereço a sua preocupação.


Ye Hong está extremamente preocupado, simplesmente sem saber o que fazer.

‘Mesmo sendo médico, eu não consigo pensar no que fazer nessa situação. Se fosse o corpo dele que está cansado eu poderia comprar alguns suplementos ou remédios, ou pensar em formas de relaxar o corpo através de massagens ou relaxamentos. Mas é o cérebro dele que está sobrecarregando, a atual medicina moderna não sabe quase nada sobre o cérebro…’ ¹

Pensou Ye Hong.

Sem opções, Ye Hong decidiu esperar um dia, ele não queria leva-lo em médicos especialistas nisso, porque ele sabe que o rapaz é bem diferente das outras crianças. Ele não quer que o rapaz tenha contato com outras pessoas até ter pelo menos três anos.

Três anos é um bom tempo, mesmo que descubram sobre a genialidade de Baijian, com três anos ainda pode ser acreditável.

Mas com um ano? Com um ano a criança passa maior parte do seu dia dormindo, como se pode esperar que com essa idade uma criança fosse tão inteligente? É irreal.

No dia seguinte, o aumento de sono não foi tão evidente, Baijian também dormiu vinte horas, mas se você fosse rigoroso com o horário, ele dormiu alguns minutos a mais também.

Ye Hong decidiu esperar mais um pouco, com o resultado desse dia ele espera que o tempo de sono diminua.

Nos dois dias seguintes, Baijian dormiu vinte e uma horas. ‘Parece estar estagnando o tempo de dormir, isso é bom. ’

Mas por algum motivo, hoje Baijian parece um pouco infeliz, ele esteve com as sobrancelhas franzidas já há algum tempo.

Ye Hong foi até Baijian e perguntou preocupado:

“Baijian, o que está te incomodando? Você parece chateado.”

Baijian olhou para Ye Hong e simplesmente respondeu:

“Não é nada.”

Ye Hong olhou estranhamente para Baijian, ele notou algo estranho, mas não sabe o que é, então pressionou perguntando.

“Baijian, o que está acontecendo? Algo está te aborrecendo? Eu fiz algo de errado?”

Baijian franziu com força a sobrancelha e falou baixinho:

“Hong, fala baixo, eu estou bem, não tem nada me incomodando.”

Então Baijian saiu de perto de, enquanto Ye Hong ficou observando atordoado.

‘Tem alguma coisa errada com Baijian, mas ele não sabe o que é. Franzindo a testa assim, definitivamente tem algo o incomodando, mas por mais que eu pergunte Baijian não fala o que é.

Com certeza tem algo acontecendo, mas ele insiste que não.

Mentira?

Baijian mentiu?

Não duvide da Inteligência de Ye Hong. Não é que ele é burro e não percebeu isso, é apenas que desde que Baijian nasceu ele nunca mentiu. Então isso é totalmente novo para Ye Hong.

Novo não só para Ye Hong, mas também para Baijian. Ye Hong instantaneamente percebeu a mudança em Baijian, mas ele simplesmente não sabia que a mudança era porque Baijian estava mentindo, afinal, ele nunca viu Baijian mentindo antes.

Ao perceber a possibilidade de ser uma mentira, Ye Hong deu um sorriso irônico.

“Parece que Baijian vai ser o tipo de pessoa que não sabe mentir… ”

Ye Hong sorriu, se aproximou de Baijian e perguntou:

“Baijian, você sabe o que é mentira?”

Baijian novamente franziu com força as sobrancelhas e respondeu baixinho:

“Hong, fale baixo. Sim, eu li na internet quando estávamos lendo sobre filosofia, mentira é contar uma inverdade, algo falso, o oposto da verdade.”

Ye Hong franziu a testa.

“Se você sabe o que é uma mentira, por favor, não minta para mim Baijian. Isso é desrespeitoso, nossa relação é bem próxima, não precisa mentir para mim.”

Ao dizer essa frase, Ye Hong não abaixou o seu tom, e sim aumentou um pouco.

Baijian colocou as duas mãos na cabeça e olhando com as sobrancelhas franzidas para Ye Hong, disse:

“Por favor, Hong, fala baixo.”

Ao ver a ação de Baijian de colocar a mão na cabeça, Ye Hong pareceu ter percebido algo. Na verdade, na segunda vez que Baijian disse para ele falar baixo, já tinha percebido algo, mas não sabia o que era.

Ao ver a ação de Baijian, Ye Hong entendeu…

Baijian está com dor de cabeça.

Então Ye Hong disse baixinho:

“Baijian, porque você não me contou sobre a sua dor de cabeça? Porque você mentiu quando eu perguntei se você estava bem? Porque você precisaria mentir sobre algo assim? Não tem nada de mal você estar com dor de cabeça, é normal para as pessoas terem dor de cabe…”

Ao chegar até esse ponto da sua fala, Ye Hong percebeu algo.

Dor de cabeça.

Dor de cabeça geralmente acontece quando as pessoas estão estressadas com algo, a melhor forma de cuidar é tomando remédio e/ou relaxando a mente. O sono também é uma forma de relaxamento.

Sono…

Estresse…

Dor de cabeça…

Ye Hong estalou e olhou rapidamente para Baijian, pegando ele no colo, o levou até a cama e o deitou.

Ao ser colocado na cama, Baijian lutou um pouco e gritou:

“Hong eu não quero dormir! Eu não quero!”

Depois de gritar, a dor veio. Ele segurou a cabeça com força enquanto fazia uma cara bastante miserável.

Ao perceber o estado de Baijian, Ye Hong falou baixinho:

“Baijian, a melhor forma de melhorar a dor de cabeça é dormindo, durma, se não você vai continuar sofrendo essa dor.”

Mas Baijian não parecia se importar e falou baixinho:

“Hong, eu não quero dormir. Não estou com sono.”

Novamente, Ye Hong percebeu a mentira de Baijian, ou ele é desacostumado a mentir ou é naturalmente péssimo mentindo.

Com um tom suave, Ye Hong disse:

“Baijian não minta para mim, você é péssimo mentindo. Você está com sono sim, durma bem.”

Mas novamente, por algum motivo Baijian não queria dormir:

“Mas Hong, eu não quero.”

Ye Hong olhou para Baijian. Dessa vez não foi uma mentira.

Com um tom gentil, Ye Hong perguntou:

“Porque você não quer dormir? Conte-me.”

Baijian olhou para Ye Hong, e parecia que estava em uma briga interna. Ele estava hesitando, mas no final ainda disse:

“Hong, eu já percebi o meu problema. Naquele dia que você estava testando a minha memória, eu queria melhorar ainda mais e me foquei bastante, o que fez com que eu melhorasse rapidamente, e eu já percebi que meu cérebro agora funciona ao máximo o tempo todo. Eu li um pouco na internet sobre medicina e eu já sei que isso pode ser bom ou ruim dependendo de vários fatores, e se eu fosse um adulto, isso talvez não fosse um problema, mas justamente por eu ainda ser um bebê de um ano, o meu corpo ainda não se desenvolveu totalmente, então ter esse cérebro funcionando tão poderosamente é péssimo e pode até me matar…”

Ao escutar o relato de Baijian, Ye Hong percebeu que não foi só ele que percebeu essas coisas. Esse rapaz é realmente inteligente.

“Nessa situação, é possível acontecer três situações diferentes comigo.”

“A primeira situação é que eu vou entrar em coma. Meu cérebro vai estar tão cansado e tão lotado de memórias que não vai aguentar mais memórias, o que pode fazer com que eu entre em coma e durma para sempre.”

“A segunda situação é eu diretamente morrer de tanto cansaço e memórias acumuladas. Pode existir um limite de quanto meu cérebro armazena memórias, se tal limite existir, quando acontecer, eu vou morrer, pois meu cérebro vai simplesmente parar.”

“E a terceira situação é meu corpo desenvolver o suficiente para aguentar, mas isso é impossível já que preciso de tempo, e é óbvio que não tenho esse luxo. Talvez se a primeira situação acontecer, eu vou dormir por muito tempo e depois de anos, meu cérebro se desenvolva… Mas também tem o problema que, se eu ficar dormindo por tanto tempo, meu corpo vai enfraquecer e vou ter que viver com uma máquina ligada ao corpo, sem falar que por eu estar dormindo, quem garante que meu cérebro vai se desenvolver? E se, mesmo que passe décadas, meu cérebro ainda não aguentar?”

“Minha situação não é otimista não importa de que ângulo eu olhe.”

Baijian falou até aqui, parou um pouco e continuou:

“Então eu pensei numa quarta situação, e isso não é algo lógico, nem algo que eu li na internet. E se meu cérebro se acostumar? Meu corpo é diferente dos outros, então não tem sentido usar o corpo de outros como comparação, para começo de conversa, meu cérebro ficou assim porque se acostumou a memorizar os números. E se ele se acostumar? Então eu estou tentando dormir só o necessário.”

Ye Hong escutou isso e ficou bem surpreso, Baijian analisou a situação muito mais detalhadamente que ele, ele pensava que apenas a quantidade de sono aumentaria, mas se pensar bem, caso o cérebro acumule memórias o suficiente, o descanso vai apenas aliviar. Pode chegar um ponto que o cérebro vai estar tão cansado que ele pode, para proteger a pessoa, entrar em coma e se tornar um vegetal. Quanto à quarta situação, de fato faz um pouco de sentido. Baijian é diferente, pode funcionar sim, mas…

Só o necessário?

Três dias atrás ele dormia 20 horas normalmente, ontem ele dormiu vinte e uma horas, e se vinte e uma horas for o tempo que ele pensa que é suficiente para estar em pé normalmente?

Então isso significa que normalmente ele teria dormido muito mais? A dor de cabeça dele também…

Ansioso, Ye Hong disse:

“Baijian, a sua dor de cabeça é porque você não está dormindo o suficiente e o cansaço está se manifestando em dor de cabeça, você precisa ir dormir logo, se não a dor só vai aumentar mais e mais. E se acontecer alguma coisa com você?”

Assentindo, Baijian disse baixinho:

“Eu sei Hong, eu já entendi isso, mas eu ainda estou apostando em me acostumar. Por isso eu não vou dormir.”

Ye Hong nesse momento ficou ainda mais ansioso e falou:

“Baijian, por favor, vá dormir. Tenho certeza que sua cabeça já deve estar latejando muito, não deixe isso aumentar. E se algum problema acontecer com você? Vai dormir, por favor.”

Ye Hong não acha que Baijian vai se acostumar depois de perceber o tanto de dor que Baijian está sofrendo, parece que a dor está aumentando porque mesmo quando estamos falando baixinho agora, Baijian ainda tem a sobrancelha bem franzida como se estivesse com muita dor.

Baijian tinha uma expressão complicada e não sabia o que dizer, ele podia ver a ansiedade no rosto de Ye Hong.

Respirando fundo, ele disse:

“Hong, eu já fiz os cálculos, se eu dormir agora, vou dormir por pelo menos dois dias. Não se esqueça que mesmo durante o sono meu cérebro está funcionando, processando coisas como o toque do meu corpo com a cama, ou com as minhas roupas, ou do cheiro do ambiente, ou do pouco de luz que passa por baixo das pálpebras dos olhos, ou pelo som. Todas essas coisas são processadas, e embora não seja ainda tão extenuante quanto quando estou acordado com os olhos abertos, não é suficiente para eu descansar adequadamente. Se eu dormir agora, vou passar no mínimo dois dias dormindo antes de acordar, e eu não conseguirei acordar antes disso.”

“A quantidade de tempo que vou permanecer dormindo só vai aumentar, eu não quero isso. Eu quero permanecer acordado e tentar aguentar.”

Ye Hong entendia isso. O cérebro de Baijian processa tudo que ele entra em contato, tudo que os cinco sentidos conseguem dar a ele, seu cérebro processa. A visão, o que tem mais informação dos cinco sentidos, se você desconectar ele, para Baijian, diminui um grande fardo.

Mas ainda tem os outros quatro sentidos, que embora durante o sono eles funcionem em baixa produtividade, ainda assim funcionam o tempo inteiro, não tem como desliga-los.

Quer dizer, tem. Por exemplo, se der uma anestesia o corpo perde o tato, se cortar a língua o corpo perde o paladar, se furar os tímpanos o corpo perde a audição, se bloquear o nariz o corpo perde o olfato.

Mas é claro que ele não faria nada disso para Baijian, bloquear o nariz é discutível, mas isso faria a boca a responsável pela respiração o que é um pouco incômodo. Porém mesmo sem o olfato, talvez ainda não seja suficiente…

Então, se fôssemos colocar o cansaço em números, quando ele tá acordado os números aumentam loucamente, quando fecha os olhos o número aumenta menos, mas ainda aumenta bastante graças aos outros quatro sentidos.

Se for dormir, os quatro sentidos funcionam em baixa velocidade, até porque ele não usa muito o corpo quando se está dormindo…

Mas até assim não é o suficiente, durante o sono os números de cansaço cerebral ainda aumentam mesmo que de pouco em pouco. O sono vai diminuindo o numero, mas os quatro sentidos vão aumentando aos poucos, o que aumenta o tempo de sono.

Antes, ele dormia normalmente dezesseis horas por dia, três dias atrás ele dormiu vinte horas.

Então ele pode simplesmente sacrificar horas do dia para dormir mais tempo e poder se recuperar mais do cansaço.

Mas o número de cansaço só aumenta, sem falar que o problema não é só o cansaço, e sim seu cérebro. Cada segundo uma memória, e isso de todos os sentidos, cada memória é armazenada e isso aumenta a carga do cérebro.

Com um rosto desesperado, Ye Hong falou:

“Baijian, se você sabia disso tudo porque não me falou? Porque ficou calado?”

Baijian hesitou um pouco e disse:

“Eu não queria te preocupar. Eu percebi a preocupação que eu te causei nos últimos dias, você também não tem dormido muito bem e parece estar cansado. Eu também vi você tomando bastante remédio para dor de cabeça e passando horas no computador pesquisando como resolver meu problema, mais cedo também, você ligou para alguém e perguntou sobre o meu problema. Você está desesperado e quando eu vejo você assim, sinto uma dor enorme no meu peito, eu não queria mais te ver assim, então pensei que se eu me acostumasse com essa dor, se meu cérebro ficasse mais forte como aconteceu antes, eu melhoraria e você não precisaria ficar preocupado assim. Me desculpa não ter contado, mas eu não queria te preocupar.”

Em alguma parte quando Baijian estava falando, ele começou a chorar.

Ye Hong, ao ver e escutar isso, também começou a chorar.

“Quanta dor ele deve estar sentindo? Mas ele está pensando em mim, ele é tão inteligente que percebeu por conta própria que está às portas da morte, mas mesmo assim ele se preocupa mais comigo.”

Meu peito dói.

Baijian, eu não mereço a sua preocupação.


Autor: ReaderBecameWriter | Revisor: Blame



Nota¹ – Estou pensando em colocar pensamentos em Itálico, por favor, me digam suas opiniões. Up!

Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores