FNR – Capítulo 51 – O terreno do caçador



Foi um dia lucrativo para o grupo de Nilo, afinal ele mais seus três companheiros conseguiram um montante equivalente a um ano de caça, tudo isso graças a seu novo integrante, Ferus. Mas nada nesse mundo vem sem um custo.

Mike estava deitado ofegante no chão junto a suas esposas que também fazem parte da equipe, ele observa o jovem lobo desmantelar as caças obtidas enquanto cantarolava tranquilamente.

— Que vigor absurdo é esse?

Seu amigo Nilo, compartilhou de seus pensamentos:

— Essa é a diferença entre uma pessoa comum e uma pessoa escolhida!

Cristine que ainda ofegava apontou:

— Ele desviou daquelas víboras assustadoras como se fossem insignificantes!

— Para ele, acho que esses monstros são insignificantes afinal! Você viu? Sua velocidade é anormal! — Comentou Mary.

Ferus continuava a desmantelar os cadáveres das víboras deviantes, como se nada fosse importante naquele momento, contudo suas orelhas de lobo ficam eretas captando algo fora do comum.

Ferus parou sua tarefa e olhou para os arredores com uma postura alerta, Mike percebeu seu ato e perguntou:

— Hun? Algum problema Ferus?

O jovem lobo olhou atentamente para Mike e respondeu rápido:

— Alguma coisa está fora do normal!

Nilo balançou a cabeça concordando.

— Hun! De fato, esse número de víboras está longe do normal, acredito que alguma coisa estranha tenha estimulado a procriação descontrolada.

Ferus sacudiu a cabeça negando o comentário:

— Não! Quero dizer…. as víboras são um assunto diferente do que estou falando!

Mary pergunta:

— Nesse caso o que te fez tão alerta? Alguma coisa fora do lugar? Não percebi nada ainda!

Ferus sorriu ironicamente e apontou o motivo de seu alarde:

— Estão escutando?

Cristine, tenta escutar alguma coisa, mas apenas o silêncio absoluto foi captado por suas orelhas felinas.

— Não escuto nada! — Respondeu Cristine inclinando a cabeça confusa.

Ferus diz:

— Exatamente!

Nilo, imediatamente entendeu o que o lobo negro queria apontar, percebendo isso, ele se levantou rápido armado de sua espada curta, o roedor se juntou a Ferus no alerta.

Mike pergunta:

— Nilo! Explique!

— Não acha estranho! Estamos na parte da manhã, momento onde a floresta está mais ativa do que nunca, como um silêncio desses é possível a essa hora da manhã?

Mike entendeu, não havia nenhum som, nem mesmo os cantos dos pássaros, ou o zumbido de algum inseto, apenas o silêncio.

Mike falou a suas esposas:

— Mary, Cristine, fiquem atentas com suas armas em punho!

Com a ordem dada, Mary pegou seu arco e o armou com uma flecha, Cristine retirou suas facas da bainha e todos ficaram em uma pose ofensiva esperando o pior.

Ferus andou um pouco para frente e apertou seus olhos para enxergar mais adiante, foi então que ele percebeu algo bem anormal, pequenas linhas de cor púrpura estavam entrelaçadas entre as árvores, no solo havia pontos minúsculos de luz.

— Que diabos é isso?

— Ei Ferus! O que está acontecendo?

— Hã? Não consegue ver isso Nilo?

— Ver o que?

Ferus apertou o rosto percebendo o que estava acontecendo, as pequenas linhas eram uma forma de energia, o mesmo para os pontos minúsculos. Ferus podia enxergar essas peculiaridades graças aos seus [Sentidos sobrenaturais], contudo seus companheiros não possuem esse dom.

O vento foi ao encontro de Ferus levantando as mechas de seus cabelos negros, uma mensagem invisível veio por meio do vento, um aroma de energia, o jovem lobo tinha um instinto olfativo maior do que ele pensava, podia até mesmo farejar mana e dizer a diferença entre seus usuários com uma comparação.

Um arrepio correu pela coluna vertebral do jovem lobo, ele percebe que seus arredores estão cercados pelos misteriosos fios púrpuras, apesar de não saber o significado por trás deles, ele sabia instintivamente que era perigoso.

Ferus resolveu abrir o jogo para seus companheiros:

— Estamos cercados! Não sei o motivo ou a razão, todavia o perigo nos cerca, existem fios estranhos feitos com uma energia misteriosa cercando a floresta a nossa volta, não sei do que se trata.

Mike fala com um tom assustado:

— Ei! Ei! Como assim cercados?

— Já disse que não sei o motivo, mas é impossível passar sem tocar esses fios esquisitos.

Uma voz misteriosa ria do alto, ninguém, no entanto, não se podia dizer de onde a voz vinha!

Uhuhuhuhuhuhu! Estou surpreso! Você consegue enxergar a minha [Energy Web]? Uhuhuhuhuhuhu! Os boatos são verdadeiros afinal! O lobo negro mestiço que está fazendo a Predatory de tola, tenho expectativas de uma boa caçada hoje!

Nilo grita cheio de raiva:

— Mostre-se covarde!

Em meio às árvores uma silhueta se revela, um homem vestido com um manto negro cobrindo todo o corpo, parte de seu rosto também estava coberto, apenas a parte superior da face foi visível, a boca até seu nariz estavam ocultados por uma máscara, a pele bronzeada e as orelhas longas e pontudas entregam parte de sua identidade.

Mike, sentia seu corpo trêmulo, pois ele sabia quem era aquela pessoa, com o medo estampado em seu rosto, ele murmurou:

— Dar…. Darts!

Nilo arregalou os olhos com o murmúrio de Mike, em seguida clicou a língua e se preparou para o combate.

Ferus apertou os olhos e perguntou aos dois:

— Nilo, Mike, quem é esse tal Darts?

Nilo responde sem desviar do olhar ameaçador de Darts:

— Darts! Um elfo negro talentoso, agora atua como um caçador de escravos, também é conhecido por ser o mais forte retentor de Ranpa, mas isso não é tudo…. alguns dizem que esse cara é meio pirado..

— Ranpa? — Exclamou Ferus surpreso.

O jovem lobo olhou com desprezo para a figura de Darts e exprimiu cheio de desgosto:

— Tsk! Então finalmente seu chefe desprezível veio a meu encalço!

Mike falou com o rosto cheio de pavor:

— Ferus, vamos fugir!

Ferus olhou para a expressão assustada de Mike, ele não podia rir do seu companheiro, afinal não sabia nada desse inimigo.

Ferus pergunta:

— Mike, ele é forte?

Mike acenou com a cabeça respondendo:

— Sim! Ele é um ex-aventureiro já ocupou o ranking adamantium!

Ferus sentiu o medo percorrer pelo pescoço, um arrepio horripilante intoxicou seu corpo por completo, ele se lembrou de Cyous, um aventureiro adamantium de poder imensurável, mesmo com seu esforço em plenitude, sequer fez Cyous recuar um passo em seu treinamento.

Com um olhar trêmulo Ferus pensou:

“Do mesmo Nível de Cyous? Isso é mau, ISSO É MUITO MAU”

Ferus engoliu o próprio ar e deu uma péssima notícia a Mike:

— Mike! A fuga é impossível!

— Hã! Está dizendo para lutarmos? Você é lerdo da cabeça?

O jovem lobo sorriu amargo e falou:

— Esse cara cercou nossos arredores, você escutou ele dizendo sobre uma tal [Energy Web]? Pois é isso, não há escapatória, também existem pequenos fragmentos de energia pelo chão da floresta, não sei do que se trata, mas sei que é perigoso, a parte mais segura é essa na qual estamos.

Mary começa a tremer e fala com medo:

— Nã…. Não! Não quero ser uma escrava novamente!

Mike tranquiliza a sua esposa:

— Isso nunca vai acontecer Mary! Nem você ou Cristine voltarão para aquela vida, eu dou minha palavra!

Nilo, pergunta a Ferus:

— Ferus! Você acha que pode vencer?

— Ahahaha! Não acho que seja possível, um aventureiro adamantium é de um patamar diferente do meu, a diferença é a mesma de comparar um roedor a uma grande serpente.

— Guh! Esse comentário é ofensivo para mim, mas não temos tempo para isso agora!

— Desculpe-me Nilo, a situação não me permite escolher as palavras com sabedoria.

Darts, que estava imóvel sem mostrar nenhuma reação perguntou com desdenho:

— Já prepararam uma estratégia ou desejam mais cinco minutos?

Ferus propôs:

— Isso é entre você e eu, deixe que eles saiam!

Darts riu:

— Ahahahahahahaha! Não seja tolo lobo negro, isso não vai acontecer, esses bestiais vão render um bom divertimento, quero escutar seus osso quebrando e as mulheres gritando enquanto esfolo esses imundos na frente delas, já que são um bando de mestiços, ninguém vai se importar com seus desaparecimentos.

Mary e Cristine ficam chocadas com as palavras de Darts, que ainda deu um olhar doentio na direção das duas.

Nilo clicou a língua:

— Tsk! Esse linguajar doentio é bem irritante!

Mike sacou sua espada:

— Não temos escolha então, prefiro morrer lutando, do que ver esse doente fazer algo com minhas esposas.

— Entendo seu sentimento de raiva Mike, mas não deve desistir apenas por isso, sempre enfrento adversários mais superiores, de alguma forma os venci, não vamos lutar com um pensamento onde “Morrer” é uma das opções, lute para vencer ok! — falou Ferus com um rosto sério.

As esposas de Mike não tinham o psicológico ideal para esse combate, Ferus percebeu isso ao notar suas mãos tremulantes.

O jovem lobo suspirou em sua mente e mais uma vez voltou seu foco a imagem de Darts, com um sorriso ele falou:

— Poderia parar de brincadeiras? Sei bem que essa imagem a minha frente é falsa!

Darts! Mostra surpresa em seus olhos e pergunta:

— Como descobriu?

— Por favor! Não me subestime, não sou um tipo brilhante de guerreiro, mas tenho alguma experiência. Mesmo as cópias de Jù yuán possuem cheiro, claro que existem [habilidades] que podem dissimular o olfato, porém seus passos não deixam pegadas, você também pode canalizar sua voz em qualquer direção, notei isso quando falou pela primeira vez, juntando tudo isso é fácil chegar a essa conclusão.

A imagem de Darts desapareceu como uma ilusão, então novamente a voz veio de todas as direções:

Uhuhuhuhu! Bem perspicaz de sua parte garoto, mesmo assim não muda seu destino, fiz deste lugar meu território, ou seja, esse campo é perfeito para mim. Deixe-me fazer as apresentações, eu sou Darts, o caçador!

Ferus está frustrado com a situação, para começar ele não tem reação, não existe inimigo para atacar, não existe ação para ser tomada a não ser a cautela, por último, ele entendeu que essa situação pede paciência, coisa na qual ele não foi agraciado nem mesmo com uma gota.

O jovem lobo pensa:

“Que situação terrível! Não existe um alvo na minha frente, esse adversário não é um lutador direto como Laruk e Jù yuán, ele não foi tolo para mostrar sua posição e também nem parece ter essa intenção”

Nilo comenta:

— Isso é mau, a essa altura essa batalha vai se tornar um impasse onde ninguém avança.

— É verdade! Ferus falou sobre armadilhas por toda a floresta, a decisão sensata é manter a posição — apontou Mike.

Nilo negou a lógica de Mike:

— Mike! Eu concordaria se isso fosse uma batalha, ou briga, concordaria até se fosse uma guerra, mas não é o caso!

Ferus queria saber o porquê de Nilo chegar a essa conclusão:

— Nilo! Pode me explicar sua linha de raciocínio?

— Em uma caçada, a única pessoa que se beneficia com a imobilidade de sua presa é o caçador!

Ferus compreendeu, eles tiveram seus movimentos estudados, agora estão acuados esperando pelo bote do caçador, uma presa encurralada é uma presa quase vencida.

Ferus exprime com ódio:

— Merda! A caça começou no momento em que entramos na floresta!

— Exatamente! Ele preparou o território de antemão, usou nosso descanso de um dia como maior oportunidade, por esse motivo somos a caça hoje — disse Nilo.

Cristine vem a frente.

— No… Nós temos que lutar!

Mary apertou seu arco, ela recobrou a calma e também se pôs a frente preparando seu arco.

Ferus fechou seus olhos por um momento e com amargura se desculpou:

— Eu sinto muito! Essa situação é minha culpa, eu meti vocês nessa….

Ferus se lembrou da vez em que Hellen foi sequestrada por Jù yuán, no fundo ele sabe que a maior parte da culpa foi dele, para começar, Hellen jamais enfrentaria essa situação se ele não tivesse metido ela nisso, inclusive sua localização foi descoberta por Ranpa devido a ele ser o alvo da Predatory.

Nilo e Mike não responderam as desculpas de Ferus, mas também não disseram que ele não era culpado.

O jovem lobo decidiu que deveria lutar para evitar mais vítimas, com toda sua coragem ele pediu:

— Nilo! Pode me culpar ou me amaldiçoar no inferno depois, mas agora preciso da sua ajuda, eu não sou do tipo esperto, então quero que me dê uma opção onde posso enfrentar esse cara frente a frente!

Nilo engoliu o próprio ar e respondeu com um sorriso irônico:

— Ei cara! Eu não sou nenhum estrategista ou coisa do tipo!

— Ainda assim é mais esperto que eu! Por favor pense em algo! não precisa ser perfeito, mesmo se não funcionar estou disposto a morrer tentando, então por favor….

Nilo clicou a língua e falou:

— Tsk! Você falou sobre uma linha púrpura e pequenos pontos brilhantes espalhados ao nosso redor, devemos primeiro confirmar quais são os efeitos dessas coisas.

Ferus ergueu uma rocha gigantesca ali próxima e arremessou contra a floresta, os quatro se impressionaram com a força do rapaz.

A rocha foi com boa velocidade e se chocou contra árvores as esmagando, porém, a rocha colidiu contra três feixes desses estranhos fios púrpuras e foi dividida em três partes, assim como uma faca quente cortava a manteiga.

Mike gritou:

— Guh! COMO A PEDRA FOI CORTADA DAQUELE JEITO?

— Ela passou pelos fios e foi dividida! — Respondeu Ferus.

Mike visualizou em sua mente a imagem onde ele e seus amigos andavam descontraídos e de repente tiveram seus corpos divididos pelos estranhos fios que só Ferus podia ver. Mike engoliu a própria saliva ao entender o perigo de adentrar a floresta.

Nilo comentou:

— Já sabemos o que os fios fazem, sobre os pequenos brilhos, tenho um palpite!

Ferus e Mike focam sua atenção para Nilo explicar:

— Uma magia chamada de {armadilha mágica} essa magia condensa mana em um pequeno grão, então ele é solto no local, a aproximação súbita faz esse grão dispersar a mana condensada e explodir.

Ferus expressa com pesar:

— Droga! Então mesmo se consigo ver, não necessariamente quer dizer que consigo evitar!

— Exatamente!

Mike coça a cabeça em confusão e reclama:

— Gaaaaaaaaaaah! Droga! Que cara mais irritante! Ele armou armadilhas ao nosso redor, evitou nossas rotas de fuga, ainda por cima pode atacar de qualquer lugar, já que não temos ideia de onde ele está!

Ferus suspira e acrescenta mais:

— Aaaaaah! É pior do que você imagina Mike, ele pode dissimular o som, pode esconder sua presença e até o momento não consigo sentir seu cheiro! Mesmo que meus sentidos sejam superiores não tenho ideia de como revidar.

Nilo fechou os olhos por um momento e depois de pensar em algo perguntou ao lobo negro:

— Ferus! Se não estivéssemos aqui, como enfrentaria Darts?

— Eu entraria com tudo na floresta levando todas as armadilhas na cara até achar ele, não me orgulho de ser um idiota, mas essa é a forma que luto!

As esposas de Mike, engoliram o ar com as palavras descuidadas de Ferus, ele não estava brincando.

Nilo pergunta com seriedade:

— Isso é sério? Você entraria ali, mesmo que isso fosse te matar?

— Do meu ponto de vista, vou morrer se ficar parado aqui, portanto avançar sempre foi a melhor opção para mim, também não gosto de oponentes como esse aí, prefiro enfrentar aqueles que vem direto a mim sem temer.

— Você possui alguma habilidade que pode cortar essas linhas?

— Sim! Eu tenho, porém, é uma técnica e não uma habilidade, seu nome é [fissura].

Nilo suspirou fundo e falou:

— Ferus! Não existe uma forma conveniente de fazer Darts entrar em um confronto direto com você, mas existe uma forma de forçá-lo a isso, contudo é um ato perigoso!

— Estou escutando!

— Você deve fazer com a floresta o mesmo que fez com a montanha de Lenor, se derrubar o campo de caça que ele construiu vai força-lo a dar as caras!

Ferus olhou em toda sua volta, a floresta é bem ampla, ele sorriu com ironia e falou:

— Ei Nilo! Eu não sei o que escutou sobre mim, mas o poder que eu usei para derrotar Jù yuán foi um ato extremo, depois de fazer isso não vou conseguir lutar mais devido a uma fadiga infernal que toma meu corpo, também não sei se consigo usar aquele poder novamente.

Nilo baixou a cabeça tenso.

— Então está tudo acabado! Se não abrirmos caminho seremos fadados a ficar encurralados como presas até o amargo fim!

Ferus espremeu seu cérebro para tentar achar uma solução alternativa, foi aí que se lembrou de ontem de manhã, ele usou sua magia de {mudança de estado} para alterar o estado físico do aço negro, um metal muito resistente.

“Será que posso fazer isso com o solo? Espere! Para começar a proporção é muito diferente, comparando com o que quero fazer agora, aquela quantidade de aço negro não é nada!…. Mesmo assim! Qual é o limite que consigo fazer com minha mana atual?”

Ferus se agachou e colocou a mão sobre o solo, os quatro companheiros olharam duvidosos para essa ação, mesmo assim, Ferus continuou com sua linha de raciocínio:

“Vou tentar! Usar aquele poder que derrotou Jú yuán está fora de cogitação no momento, se tiver que usar ele, será para decidir a luta”

O lobo negro começou a inserir a sua mana no solo, pouco a pouco a área em seu entorno estava tomada por sua mana sem coloração, Mike fez um rosto perturbado com isso.

— Nã…. não pode ser! A mana de Ferus está circulando pelo solo da floresta!

Nilo pergunta:

— Mike! Entre nós, você é o único que tem um poder mágico considerável, explique o que está havendo!

Mike respondeu com os lábios trêmulos:

— Ferus está espalhando sua mana pelo solo, eu não sei o porquê, nem sei se ele quer fazer alguma magia, dada a circunstância de que ele não fez nenhum cântico, eu nunca vi uma mana ausente de coloração!

A mana de Ferus continua a se espalhar pelo solo até finalmente alcançar as árvores, em uma distância segura, Darts se ocultava as sombras de uma árvore, mas sentiu uma energia estranha percorrer pelo solo de baixo de seus pés.

— O que é isso? Como esse cara pode ter tanta mana? O que ele pretende infundindo sua mana no solo?

O lobo negro começa a sentir os efeitos do desgaste mágico, embora ele ainda tenha metade da mana sobrando, sua respiração ficou pesada.

“Droga! Nunca pensei que o uso de uma quantidade substancial de mana deixasse alguém cansado, agora é tarde para arrependimentos, com certeza vou frustra a caçada desse elfo maluco!”

Ferus grita com o esforço:

— Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

Por um breve momento uma informação aparece na mente de Ferus:

  • Nova magia desenvolvida: {liquefação}

{Liquefação}: uma das três formas evoluídas da magia {mudança de estado}, a magia {liquefação} tem capacidade de mudar o estado das substâncias para o estado líquido (apenas o para estado líquido), essa magia dispensa o requisito de temperatura para realizar o ponto de fusão das substâncias.

Com um sorriso vitorioso na face, Ferus gritou para Darts que estava escondido:

— EI! ELFO DESGRAÇADO! VOU FRUSTRAR SUA CAÇADA, HOJE… NÃO É O DIA DO CAÇADOR!

Ferus põe todo seu esforço nessa magia:

{LIQUEFAÇÃO}

Toda a estrutura do solo instantaneamente derreteu dando lugar a um líquido barroso, as árvores à volta do lugar afetado afundam em um mar de lama, a grama, as flores e as árvores agora estão boiando em um pântano de barro.

Mike gritou espantado:

— O QUE É ISSO? NENHUMA MAGIA DE TERRA TEM ESSA PLENITUDE!

Nilo, Mary e Cristine ficaram pasmados com a situação, Nilo simplesmente viu aquela situação absurda com os olhos arregalados, nenhuma palavra poderia ser proferida por ele naquele momento.
As árvores que tinham as linhas púrpura cercando-as afundaram no lamaçal deixando a [Energy Web] de Darts impotente, os grãos brilhantes, que eram uma espécie de armadilha mágica foram engolidos pela lama, invalidando seus efeitos.

De longe, o elfo que se dizia o caçador apertou os dentes frustrado:

“Maldição! Que tipo de magia é essa? Nunca escutei sobre uma magia de terra que podia alterar a forma rígida das rochas! Isso é um tipo pessoal de magia?”

Darts estava em cima de um dos inúmeros troncos que boiavam no lamaçal, olhando seus arredores ele notou coisas estranhas:

“Hmm! A magia dele não afetou as árvores ou a grama, isso é estranho! Não é como se a magia terra afetasse a madeira afinal, porém algum dano sempre é causado nos arredores quando a magia de terra é usada, mesmo assim as raízes das árvores tal como suas folhas não sofreram nenhum dano colateral, apenas o solo sofreu mudanças. A magia desse lobo pode ignorar as plantas? Ou ele simplesmente não pode afetá-las?”

— A mana desse moleque não possui coloração! Se eu levar esse pirralho de forma leviana, vou acabar como Jù yuán!

Uma flecha foi lançada na direção de Darts, mas ele simplesmente a agarrou com sua mão evitando o dano.

Darts viu de longe que O lobo negro e seus companheiros que acharam sua localização, uma garota bestial atirou a flecha, Ferus foi a seu encontro pulando entre os troncos que boiavam no lamaçal.

Ferus parou frente a frente com Darts e exprimiu com desprezo:

— Parece que não vai mais poder se esconder, seu covarde!

Darts quebrou a flecha com sua mão e respondeu com raiva:

— Você…. um pirralho sem nome, acha mesmo que pode me vencer? Alguém que já esteve nos degraus da liga adamantium?

Ferus deu um sorriso sarcástico, ele sabia bem o poder de um adamantium, no seu interior o medo o apavora, mas ele jamais mostraria isso a seu adversário, o orgulhoso lobo responde com ironia:

— Já esteve? Isso quer dizer que alguém mais forte tomou seu lugar! Sou do tipo que não tem interesse no passado, além disso…. — Ferus se armou de suas correntes Gleipnir — …. Não tenho tempo nem a paciência de escutar um sermão de um covarde que prefere lutar escondido em vez de ter um combate justo.

Darts, sentiu a raiva tomar o seu ser, ele raramente mostra sua ira, mas esse à sua frente realmente o tirou do sério.

— Moleque! Pela primeira vez em muito tempo, não sentia vontade de matar alguém por raiva! Sua morte será dolorosa e lenta, vou arrancar sua pele e depois sua cabeça.

— Hunf! Que fala mais esquisita! Você precisa tratar seu cérebro doente!

De longe, Mike, Nilo, Mary e Cristine que assistiam aquele atrito, sentiam a intensidade de duas forças se chocando.


Autor: Marcus | Revisor: Heaven



Fontes
Cores