FNR – Capítulo 30 – Jù Yuán (2)



— Vulp!

— Vulp!

Dois vultos saltam de árvore em árvore em alta velocidade, aos olhos de pessoas normais eles nem seriam notados, mas entre eles é possível enxergar a velocidade dos saltos.

O homem que está na frente sentia a força do vento jogar seus cabelos para trás, em seu pescoço um colar exibindo uma placa brilhante balançou junto a seus movimentos.

O homem parou por um momento ao sentir presenças em seu caminho, o outro vulto que o acompanha também cessa seus movimentos curiosos com a atitude repentina do homem.

O segundo a parar assim como o primeiro é um humano, em seu pescoço também uma placa brilhante como a do primeiro.

O segundo tem uma roupa de aspecto tribal, com tudo o tecido e os ornamentos foram de primeira linha, até um leigo podia notar.

O primeiro tem uma armadura metálica ornamentada e muito bonita, isso é algo que um qualquer nunca teria, os cabelos castanhos e seus olhos escuros são a prova de que ele não é como os seguidores de Isoltis.

O segundo tem um cabelo verde atípico, mas certamente é humano.

O segundo perguntou:

— Ei Cyous! Por que parou? Dessa forma não vamos ensinar uma lição para novata metida!

— Ahahaha! Eu acho que já chega! Já mostramos a ela que o mundo dos aventureiros do ranking adamantium está fora de seus planos por enquanto.

Cyous olha para a montanha em sua frente e comenta:

— Brincadeiras à parte! Sinto presenças a nossa frente Donovan!

— Sério? Nesse caso vamos fazer um desvio, Harp está próxima!

— Eu sei meu amigo! Afinal, Sendor Yami aguarda nossa chegada.

— Tsk! Aquele bruxo de araque!

— Ahahaha! Vocês nunca se deram bem, não é?

— Hunf!

— De qualquer forma Donovan, eu quero dar uma olhada!

— Arfh! Não tenho críticas! Estamos com muito tempo livre afinal.

— Tem certeza? Já cansou de bancar a babá?

Donovan deu os ombros sem se importar com as brincadeiras de Cyous.

O terceiro finalmente mostra sua silhueta.

Cyous desdenha:

— Ahahaha! Precisa de descanso menininha?

O terceiro vulto se mostrou ofegando e cheio de cansaço, seus mais velhos são bem cruéis com ela.

Donovan deu as mãos para o ar e entrou na brincadeira:

— Bom para uma pequena menina arrogante e prepotente como essa, temos que dar o melhor tratamento não é?

A garota tenta o máximo para recuperar seu fôlego, Donovan continua a provocá-la:

— Me diga coelha! Como é presenciar Pessoalmente o patamar dos rankings de aventureiros? Afinal você nos disse que a liga adamantium não é de nada!

Uma garota do clã bestial dos coelhos brancos, encara Donovan com um olhar mortal.

Donovan, no entanto simplesmente não deu atenção ao olhar raivoso da garota! E brinca com isso:

— Ei! Ei! Não faça uma cara tão perigosa, você vai espantar os futuros noivos, sabe?

Cyous brinca:

— Eh? Todos já devem ter corrido a muito tempo! Embora seja ridiculamente bonita a personalidade é podre!

A coelha ficou furiosa com as brincadeiras de seus mais velhos, as veias saltam de seu rosto, contudo ela sabe que não tem a mínima chance contra nenhum dos dois.

Ela sempre foi esplêndida e incomparável, sua arrogância construiu uma confiança sem par, nunca foi pressionada ou derrotada, até conhecer o quão distante é a liga adamantium.

Sempre foi chamada de monstro, mas agora ela viu os monstros de verdade! Eles são os onze aventureiros que ocupam o posto adamantium.

Longos cabelos brancos, olhos vermelhos brilhantes como pedras de rubi, uma garota ridiculamente linda, seu nome é Alba Lepus.

A garota reclama:

— Meu nome não é menininha e nem garotinha! Me chamem de Alba!

— Então Cyous? vamos ver quem está à frente ou não?

— Vamos ver! Já demos a lição na menininha que nosso amigo Jedhar pediu, podemos dar uma olhada não é?

A coelha grita:

— NÃO ME IGNOREM!

Os dois saem na frente deixando Alba novamente para trás, a coelha indagou palavras que não podem ser descritas para eles.

A frente Donovan pergunta a Cyous:

— Me diga Cyous! O que acha da coelha branca?

— Um potencial infinito! Mas sua arrogância pode levá-la a maus momentos, por isso devemos pegar pesado para corrigi-la.

— Eu também concordo! Em pensar que é tão jovem, mesmo assim possui tal potencial! Arf! Se não fosse a personalidade irritante!

— Ahahaha! Concordo! Mas acredito que ela pode alcançar a adamantium em três anos, estou feliz, pois aqueles que chegam nesse patamar podem ser contados com os dedos!

Donovan sorriu ao concordar com o amigo, logo em seguida Cyous parou e disse apontando:

— Ali!

Donovan focou sua visão na direção apontada e viu três bestiais em uma situação perturbadora.

Um jovem bestial de pelagem negra sentado como se estivesse se concentrando, um ancião do clã dos macacos carregando um bastão estranho e por último uma garota amarrada a uma rocha com um ciclo em sua volta.

Como estavam bem longe dali, provavelmente eles não notaram Donovan e Cyous, os dois conseguiam enxergar tão longe graças a suas perícias avançada de observação e algumas habilidades que auxiliavam a espionagem.

Alba Lepus finalmente alcança os dois e grita:

— POR QUE ME DEIXARAM PARA TRÁS?

Donovan fez um gesto com o dedo em sua boca pedindo silêncio, em seguida aponta para a direção do ocorrido, Alba consegue ver de longe a situação e sugere:

— A garota parece em perigo! Vamos apenas assistir?

Cyous responde:

— A garota está cercada por um ciclo de magia perigoso, se o maldito perceber nossa presença pode matar a garota com um simples comando, por esse motivo vamos observar por um momento, parece que eles estão em um impasse.

Donovan concorda:

— Sim! contudo aquele bestial macaco é perigos! Tolos que julgam pela idade não notam o quanto à postura desse ancião é perigosa!

— Hun! Um adversário difícil se lidar!

Alba Lepus levantasse surpresa ao reconhecer o bestial macaco.

— Jù Yuán? O que ele faz nessa parte de Lemur!

Cyous se impressiona.

— Ei! Ei! Ei! Jù Yuán? O rei macaco? Aquele Jù Yuán?

— Sim! É ele mesmo! Embora o rei Darbas tenha cortado relações com a parte oriental de Lumur, Jù Yuán ainda é um símbolo respeitado no reino.

Donovan comentou:

— Hoho! Uma lenda viva! O pequeno bestial ali está na forca.

Alba não entendeu nada do que acontecia, fazem mais de dois meses ela está fora de Lemur, não teve nenhuma notícia de sua terra natal desde então.

Cyous deu um largo sorriso e falou:

— Vamos apenas observar por uns instantes! Algo muito interessante vai acontecer! Eu sinto na minha pele.

O vento sopra forte em direção a Ferus.

Jù Yuán, que observava calmamente a atitude de Ferus que apenas aguardava como se estivesse concentrado, o ancião não tirou o sorriso de seu rosto.

Sua mente trabalhava pensando:

“Kukuku! Que garoto interessante! Ele está propositalmente naquela postura mostrando alguma vulnerabilidade, mas sei bem o que pretende! É como um anzol com uma isca suculenta, ele está esperando uma aproximação súbita minha para me contra-atacar, um rapaz tão jovem! Com um pensamento tão afiado!”

Jù Yuán que é visivelmente mais experiente resolve jogar o mesmo jogo, ele queria ver como o rapaz reagiria:

“Muito bem pequeno lobo! O que fará se eu jogar uma isca ainda mais saborosa para você?”

Jù Yuán propositalmente afrouxou sua postura e abriu seus lábios:

— O tempo… acabou!

— CRAAAASH!

Como um raio, Ferus saltou usando toda a força de seus músculos inferiores em linha reta na direção de Jù yuán, seu salto foi tão poderoso que explodiu o chão na hora de investir contra ele.

O impacto de sua investida arrasta Jù Yuán para mais de cem metros longe da posição inicial.

Árvores foram arrancadas na colisão.

A poeira baixa revelando o resultado.

Jù Yuán Sorria freneticamente com seu bastão na frente de seu corpo bloqueando os grilhões afiados da Gleipnir que visavam sua garganta.

— KUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! MUITO BEM! MUITO BEM! ESSE É O ESPÍRITO QUE QUERIA VER!

Jù Yuán por meio de um movimento acrobático desfez a posição de ataque de Ferus deslizando seus grilhões afiados para baixo, ao perder a postura Ferus fica vulnerável.

— Dro… Droga!

Um giro rápido feito pelo velho fez com que seu bastão acertar com muita violência a boca do estomago de Ferus.

— POOOOOOW!

— Guharg!

Ferus cospe sangue, mesmo assim o macaco é impiedoso, outro hábil giro fez seu bastão agora acertar a face do jovem lobo.

— POWF!

— Urgh!

Os golpes foram tão ferozes que choque criou um forte atrito com o ambiente.

Ferus é arremessado por muitos metros, seu corpo bateu várias vezes de forma violenta no chão quicando como uma bola e só parou quando encontrou uma grossa rocha, o impacto fez Ferus cuspir ainda mais sangue.

Cyous comentou de longe:

— Ho! O velho não perdeu o jeito!

Donovan no entanto se atentou a outro fato:

— O moleque também não é nada mal! Sua investida inicial não foi um ataque desesperado, ele apenas entendeu!

Alba que assistia a luta com indiferença perguntou a Donovan:

— Entendeu? Como assim?

Donovan explica tenso sem tirar os olhos da batalha.

— Seu adversário é superior, ele não tem chances! Ele já sabe disso, então está tentando achar uma brecha e atacar, jovens nessa idade não pensam assim! Essa malícia em combates não é comum, provavelmente esse ai passou por poucas e boas! Quem é esse rapaz afinal?

Ferus se tenta se levantar, mas escorrega e cospe mais sangue no chão.

“Urgh! Droga! Eu sabia! Esse cara é muito forte, todos os meus instintos gritavam para fugir, mas…”

Ferus levantou sua cabeça e focou sua atenção em Hellen que o assistia de longe no local onde foi presa, a felina estava muito assustada, seus olhos lacrimejavam sem parar.

— AAAAAAH! LEVANTE-SE CORPO MALDITO!

Ferus se levantou, mas cambaleou para o lado.

— Droga! Urgh! Fo… Foram apenas dois golpes! …. E já me sinto como se fosse morrer…. Esse velho é terrível! Isso é absolutamente um outro patamar!

Jù Yuán se aproxima lentamente com seu bastão batendo em seus ombros, ele indaga com insatisfação:

— É só isso? O famoso bestial que matou o perfurador dos céus é apenas um fraco? Tsk! Parece que não terei a emoção que buscava.

Ferus fez sua mana especial passa pela Gleipnir usando sua magia de {Moldagem} e chamou uma nova técnica:

『Shackle Reaper』

Os grilhões da Gleipnir tomam a forma de pequenas foices, Ferus pensou nesse formato para atacar a longa distância, mesmo que não cause muitos danos essa forma é mais ofensiva do que usar os grilhões da Gleipnir em sua forma original, afinal agora ele possui a habilidade de causar cortes no inimigo.

Ferus girou suas correntes e partiu para cima de Jù Yuán com tudo, ele lançou de longe a 『Shackle Reaper』 para atingir Jù Yuán, mas o velho macaco repeliu facilmente seus ataques.

— Hunf! ingênuo! Mesmo que fique em uma distância segura, isso não quer dizer que o adversário não possua os meios de lhe atingir.

Jù Yuán que defendeu a onda de ataques de Ferus com facilidade, ele prende as correntes de Ferus no chão usando seus pés.

Ferus assusta-se com a maestria do velho macaco.

Jù Yuán gira seu bastão e o aponta para Ferus, com um sorriso o ancião proclama:

— ALCANCE NYOIBOU!

Seu bastão se estende longe acertando o tórax de Ferus que perdeu o ar de seus pulmões.

Antes do jovem lobo recuperar seu fôlego, o ancião se aproximou com uma velocidade sobrenatural e chutou com toda sua força a cabeça de Ferus.

— Ouch!

A dor foi mostrada no rosto de Ferus, Jù Yuán ainda não acabou, ele gira seu bastão habilmente e acerta Ferus múltiplas vezes por todo corpo, o sangue de Ferus se espalhou pelo chão com a sucessível onda de ataques precisos.

Donovan que assistia de longe comenta com seus companheiros:

— Tsk! Isso é um massacre! O rapaz não tem nenhum resquício de reação.

Alba desdenha:

— Hunf! um mestiço de nada querendo enfrentar cara a cara um ex-aventureiro que já ocupou a liga Adamantium! Sinto vontade de rir tanto de sua coragem sem sentido quanto sua petulância!

Cyous sorria de forma sinistra, como se algo muito interessante estivesse na frente de seus olhos.

Cyous então discorda de Alba:

— Um mestiço de nada? Huhuhuhuhu! Você está cega coelha?

Alba apertou a face com raiva e perguntou:

— Cega? Só vejo um combate unilateral! Se está vendo algo diferente me mostre!

Donovan perguntou a Alba:

— Me diga coelha! Você aguentaria aqueles golpes?

— Hunf! mesmo que seja Jù Yuán, posso garantir que seus golpes jamais me alcançariam, afinal o tempo não perdoa ninguém.

— Eu não perguntei isso! Eu perguntei se você aguentaria! Por que o pirralho ali aguenta!

Alba voltou sua visão para o combate.

Ferus ainda recebe sem parar os golpes de Jù Yuán, mas ele não estava apenas apanhando sem motivos.

“Maldição! Esse velho é muito forte! Devo encontrar um momento, uma brecha, mesmo que seja um segundo… Não! Mesmo que seja um milésimo, eu tenho que contra-atacar!”

O velho macaco não acreditava que o jovem ainda ficou de pé depois de todos os ataques que está recebendo.

— Tsk! Seu corpo é feito de que pirralho?

Cyous abre novamente seu sorriso, Donovan também parece ter entendido o raciocínio do jovem lobo.

Cyous fala:

— Quanto tempo faz? Quanto tempo que não via um jovem tão ousado!

Donovan arregala os olhos e comenta:

— Esse pirralho? Ele vai mesmo fazer algo tão arriscado?

— Uhuhuhu! Que interessante! Tudo vai depender se ele tem algum truque na manga para realizar um ataque avassalador, tenho certeza que ele sabe! um ataque comum não vai tirá-lo dessa roubada!

Alba diz com indiferença:

— Han! Parece que vocês têm alguma esperança que o pobre coitado ali possa virar o jogo!

— Assista com atenção Alba! Você poderá aprender algo!

Irritada com o pedido de Cyous, alba Lepus volta seu olhar para o combate.

Ferus ainda é atingido sem dó por Jù Yuán, contudo o velho macaco chegou ao limite de sua sucessão de golpes.

Jù Yuán parou para retomar seu fôlego.

Nesse momento, ainda que seu corpo esteja como um farrapo velho, Ferus agiu:

— AGORA!

O pensamento de Ferus foi:

“Eu não terei outra chance! Tenho que aproveitar esse momento! Vou usar tudo que tenho!”

As correntes Gleipnir envolvem o Braço de Ferus fazendo-o tomar sua postura de ataque a curta distância, o macaco percebe o perigo em que se encontra, mas agora ele não pode fazer nada a respeito.

Ferus grita suas habilidades:

[Índigo Energy]!

[Connection with Chains]!

[Índigo Chains]!

Uma explosão de energia azul índigo envolvem o corpo do jovem lobo, as suas correntes tomam uma tonalidade azul incandescente, movendo-se com toda a velocidade que lhe foi possível, Ferus atacou o abdome do macaco.

Jù Yuán não conseguiu colocar seu bastão a tempo na frente para evitar o impacto.

Ferus gritou com todas as suas forças na esperança de alavancar sua força com sua fúria:

— AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

A [Índigo Energy] de Ferus atinge um novo patamar de intensidade, um grande clarão azul inunda a montanha de Lenor, tudo que estava próximo foi arrastado para longe.

Jù yuán clama descontente:

— Dro… Droga!

Cyous cobria seus olhos para protegê-los do clarão azul índigo, sua surpresa não pode ser colocada em palavras.

Mesmo Donovan ficou atônito com os acontecimentos ali presentes, Alba Lepus também se surpreende ao presenciar uma habilidade energética tão intensa.

— GYAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

A face de Jù Yuán torceu de dor ao receber o possante golpe na boca de seu estômago.

O golpe sem precedentes lança o velho macaco para trás com violência, mas Jù Yuán se nega a ser lançado:

— NYOIBOU!

O ancião fez seu bastão mágico crescer e o cravou com toda a força no chão, querendo assim evitar ser jogado longe, contudo foi inútil, mesmo com o bastão sendo enterrado a mais de cinco metros do chão, Jù yuán ainda sim foi arrastado pelo impacto.

Com seus pés no solo e seu bastão servindo com um freio, Jù Yuán é empurrado para trás com o impacto residual do golpe de Ferus.

O bastão cravado no chão fez uma grande risca no solo mostrando o caminho no qual ele foi arrastado, mesmo colocando toda a força em seus pés para auxiliar seu bastão, ainda sim foi arrastado.

Uma trilha enorme foi formada mediante o rastro de Jù Yuán tentando parar o veemente golpe recebido.

Ele só consegue mesmo parar depois de uma distância muito grande.

Ferus ofegante, não acreditou que o velho ainda sim conseguiu dar um jeito de evitar ser jogado longe!

— Arf! Arf! Que monstro maldito!

Cyous comenta impressionado:

— Mas que velho! Um golpe tão poderoso e mesmo assim ele parece estar bem!

Donovan que entendeu o que estava por trás da grande resistência do macaco clicou a língua indignado:

— Tsk! Trapaceiro de merda! É por isso que detesto magia!

Cyous percebe pelo comentário de Donovan que deixou algo passar, ele então devolve o foco para a batalha.

Em volta do corpo de Jù Yuán, três orbes estranhos se revelaram, eles tinham o tamanho de uma cabeça humana e uma coloração vermelha brilhante.

Cyous revela com indignação:

— Hunf! orbes de absorção de impacto!

— Isso mesmo Cyous! Desde o começo ele tinha se precavido! O ataque do rapaz foi invalidado!

Jù Yuán abriu um grande sorriso.

— Kukukukukuku! Em pensar que teria que usar meu trunfo! É uma pena rapaz, mas seu golpe não teve efei…

Jù yuán Parou repentinamente, seu corpo sentiu um abalo por toda sua estrutura, caindo de joelhos o macaco vomitou litros de sangue:

— Blergh! …… O… O que aconteceu?

Ferus sorriu com desdém:

— Hunf! você é um milhão de vezes mais experiente e forte do que eu, contudo se me subestimar vai acabar no inferno!

Os três orbes de proteção do velho macaco, racharam e se destruíram.

Jù Yuán arregalou os olhos com uma coisa que julgou impossível:

“Como? … Esse maldito pirralho! … Ele atropelou as defesas de três orbes com sua força bruta? E ainda conseguiu me atingir? … Kukukuku! Em todos os meus anos no campo de batalha, nunca presenciei nada assim!”

Jù Yuán se levanta do chão e Gargalha:

— KUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! Parece que lhe tratei levianamente jovem lobo! Agora entendo o porquê de meu discípulo Laruk ter perecido em suas mãos…

Ferus murmura:

— Hanf! Então é o mestre de Laruk? por isso o brandir de seu bastão me pareceu familiar.

De longe os três espectadores escutam a conversa graças a suas habilidades de sentidos aprimorados.

Todavia o mais surpreso dos três foi a coelha branca, que não soube como agir.

— Habilidade energética foi aquela? Ele destruiu três defesas mágicas de alto nível com um único ataque?

Mesmo Cyous pareceu surpreso:

— Esse pirralho! É possível que em termos de força física ele supere vários aventureiros da liga orinculum.

Donovan sorriu:

— Ahahahahaha! Acabar com uma magia defensiva de alto nível apenas com força física? Eu gostei desse ai!

Alba murmurou:

— Como assim Laruk pereceu? O que aconteceu com Lemur enquanto estive fora?

Jù Yuán limpou o sangue de sua boca e disse para Ferus com um sorriso:

— Kukuku! Se eu soubesse que poderia me divertir assim eu teria vindo com meu corpo original!

Ferus que escutou pergunta curioso:

— Corpo original?

— Kekekeke! Isso mesmo pirralho! Eu fiz uma promessa ao rei Darbas que não colocaria meus pés em Lemur ocidental, por isso eu criei essa imagem residual, na verdade estou movendo as cordas sentado tranquilamente em meu país, Ryo-Shun.

Ferus sabe bem que esse mundo coisas assim são possíveis, por isso não duvidou do ancião.

Jù Yuán se exibe:

— Escute garoto! Essa cópia que está contemplando possui cerca de vinte 20% do meu poder original, contudo eu não usei sequer 5% do poder dessa cópia em você! Escute pirralho, se estivesse ainda na ativa como aventureiro provavelmente estaria em terceiro ou segundo lugar entre os 11 aventureiros da liga adamantium.

Ferus mostrou tremor diante de Jù yuán:

O macaco tira sarro da cara de Ferus:

— Kukuku! Eu entendo seu tremor, afinal diante de uma força superior qualquer…

— CALE A BOCA MACACO FILHO DA PUTA!

Jù Yuán ficou surpreso com a atitude do rapaz, a expressão que o jovem lobo mostrou não foi de medo e sim de raiva.

Ferus disse com um tom de ira:

— Desde o começo não lutou a sério comigo? Mesmo eu dando meu melhor! Ahahaha! Desgraçado! Eu nunca vou perdoa-lo por essa humilhação! Já que é assim eu farei que use todo seu poder mesmo que isso me mate!

O ancião mostra surpresa em sua face mediante as palavras cheias de raiva de Ferus.

Hellen que até o momento assistiu tudo sem falar uma única palavra, viu que Ferus se esforçou ao máximo para tentar ajudá-la, mesmo assim a felina não conseguiu emitir nem sequer um ruído para incentivar Ferus, para começo de conversa ela nunca faria o mesmo por ele, pois na mente de Hellen todos aqueles definidos como “lobos” são seus inimigos.

Contudo o rapaz veio a seu resgate, mesmo que o motivo de tudo tenha sido culpa dele, o rapaz poderia apenas ignorar sua situação em pró da sua segurança.

Mas Ferus está lá por ela, talvez ele nunca foi do tipo que se apega a um conceito, ou ele simplesmente não aguenta fechar os olhos para uma situação assim.

Hellen sequer teve vontade de se esforçar para liberta-se da situação em que se encontra, ela apenas assistia quieta o desfecho de tudo.

Ferus no entanto, sente-se culpado por Hellen ter sido colocada em meio a sua guerra pessoal, todavia o inimigo em sua frente o fez esquecer de seu propósito original.

Ao confrontar mais uma vez a garota chamada Hellen, Ferus retomou sua calma.

“Acalme-se Ferus! Seu objetivo não é essa batalha e sim trazer a salvo a felina!”

Jù yuán repentinamente perguntou a Ferus:

— Me diga garoto! Por que perdeu a calma agora a pouco!

Ferus respondeu sem medo:

— Você me subestimou! Eu odeio isso, contudo meu objetivo não é te enfrentar e sim salvar a garota!

Jù Yuán faz outra pergunta:

— E se eu libertar a garota?

— Tsk! Então eu não precisaria mais me preocupar com nada…

Ferus mostrou uma face cheia de indignação e raiva para Jù yuán, e completou:

— …Assim eu faria você se arrepender de ter nascido macaco maldito! Você realmente fez algo imperdoável para mim!

Jù yuán sentiu um arrepio na espinha com a intimidação de Ferus, por pouco seu corpo não retrocedeu instintivamente.

“Oooh! Kukuku! A quanto tempo não sentia essa sensação? Meus pelos arrepiaram! Kukukukuku!”

Jù Yuán expressa:

— Kukukuku! Me parece que sequestrar a pequena gata foi uma atitude precipitada.

Jù Yuán moveu sua mão e o ciclo em volta da felina foi desfeito, as amarras também afrouxam libertando a garota.

— Pronto! Agora não precisa se preocupar com mais nada!

Ferus se aproximou de Hellen e falou:

— Fuja! Eu não sei se posso ganhar essa! Então vá o mais longe que conseguir!

Hellen ia abrir a boca, mas Ferus a cortou:

— Não se preocupe com isso! Afinal você já se decidiu não é?

Hellen entendeu bem que Ferus se referia ao ódio que ela sente pelos clãs de lobos, mas Ferus mostrou um sorriso tranquilo com a situação, aquilo fez a culpa massacrar a decisão que ela tomou por toda sua vida.

Ela não podia dizer nada, ela não podia dar uma palavra de boa sorte, ou mesmo desejar o bem de seu salvador, seria muito hipócrita fazer qualquer gesto assim.

Hellen simplesmente correu dali sem dizer nada, ao se virar um pouco ela viu as costas de alguém que também nunca esperou nada dela, nem mesmo um “obrigado”, ou um “desculpe-me”, ele simplesmente fez a sua parte.

A felina se lembrou das últimas palavras que escutou de Stela enquanto fugia:

“Hunf! alguém que não quer mudar não merece correr atrás da felicidade!”

Aquilo doeu ainda mais em seu peito, para começar a gata nunca correu atrás de felicidade nenhuma, ela apenas cultivou seu ódio, todavia ela não consegue odiar mais, por que conheceu alguém que a mudou.

Ferus viu de longe a felina correndo até uma distância segura, o velho macaco conversa:

— Agora pequeno lobo! Se não me engano essa é a parte em que faria com que me arrependesse e de ter nascido?

Ferus encarou seriamente Jù Yuán.

“Ele provavelmente é o adversário mais forte com quem já lidei, mas tudo bem! desde que cheguei nesse mundo, meus adversários foram inicialmente superiores a mim, no entanto de alguma forma consegui superá-los, contar sempre com isso é arriscado! Mas não tenho opção!”

Ferus fez sua mente e decidiu ir com tudo de uma só vez, diferente de seu primeiro ataque, ou do último, Ferus em que ele quis decidir em um único golpe, o jovem lobo se preparou para uma luta prolongada e de alta resistência.

Ferus respirou fundo e disse para si mesmo:

“Qual é o limite? Quanto a minha habilidade energética pode fortalecer? Quanto minha magia pode fazer? Eu realmente nunca pensei nisso, mas agora a única coisa que se passa em minha mente é essa suposição!”

Ferus preparou sua postura, ele decidiu usar o limite de suas forças, com todo seu poder ele invocou:

[ÍNDIGO ENERGY]!!!!

Tudo a volta de Ferus começou lentamente a tremer, mas o jovem lobo ainda queria mais:

— Esse não é o limite! Mais! Mais! MAIS! MAIS! MAIS!…

O tremor do ambiente em volta de Ferus ficou ainda mais forte e perigoso, embora a energia azul índigo ainda não se manifestou.

Como um último ato de esforço Ferus gritou enquanto invocou sua energia em sua forma plena:

— AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Jù Yuán excitado com tudo gritou satisfeito:

— ISSO! KEKEKEKEKEKEKEKE! ISSO MESMO! USE TUDO! FAÇA O SANGUE DESSE VELHO FERVER MAIS UMA VEZ!

A energia azul índigo de Ferus se manifestou de uma forma jamais vista, todo o perímetro da montanha brilhou na cor azul índigo, mesmo em quilômetros de distância qualquer um poderia ver e sentir o poder da poderosa habilidade energética de Ferus.

Um poderoso vento vindo da invocação energética de Ferus arrastou muitas arvores e rocha em seu caminho, Jù Yuán usou seu bastão para se prender ao chão, caso contrário seria arremessado longe.

— KEKEKEKEKEKEKE! MAIS! ME MOSTRE MAIS PIRRALHO! MOSTRE QUE ESTÁ EM UM PATAMAR ONDE POSSA ME DIVERTIR!

Cyous mesmo em uma distância grande, também precisou se segurar para que não fosse arremessado.

Donovan gritou:

— EI! EI! EI! ISSO JÁ ESTÁ ALÉM DA MINHA COMPREENSÃO! UM BESTIAL DESSES EXISTIA EM LEMUR E MESMO ASSIM NINGUÉM ESCUTOU SOBRE ELE?

Alba Lepus ficou em estado atônito ao presenciar tamanho poder, foi como um tapa em sua face saber de um bestial que poderia alcançá-la, seu orgulho se feriu naquele momento.

Como se não fosse o suficiente a energia de Ferus tomou uma forma inesperada, ela formou a figura da cabeça de um gigantesco lobo.

Mesmo feliz com a situação, Jù Yuán se surpreendeu ao ver a figura em que a energia de Ferus tomou.

— Kekekekeke! Ei! Ei! São muitas surpresas para um único dia! Dessa maneira o coração deste velho não vai aguentar a emoção!

A energia Azul índigo tomou o corpo de Ferus protegendo-o como uma manta.

Ferus olhou para sua própria mão e murmurou:

— Esse é o limite? …. Não! … Isso é apenas o que posso fazer por agora!

Jù Yuán colocou a mão em seu queixo e provocou Ferus:

— Kukukuku! Talvez eu use todo meu poder!

Ferus e Jù Yuán estavam face a face, a verdadeira batalha começa agora!


Autor: Marcus | Revisor: Heaven



Web Analytics
Fontes
Cores