DA — Capítulo 27 — Briga de cães



“Você não quer? Quantas vezes terei de dizer que querer não é nada, sem poder. Se você não o atacar, ele te atacará. Ele vai triturar seus ossos, porque ele não quer que os dele sejam triturados pelos seus familiares como serão caso ele perca. Você fazendo isso, não honra ninguém, apenas cospe na coragem que ele teve de levantar seus punhos e correr em direção a ti. Você é um homem, então haja como um. Você é divino, um devorador, uma estrela! Então seja como um! Vá, mate aquela criança com suas mãos, honre você, e aquela criança neste mármore, que será banhado com seus sangues!”

A voz de Gornn é como um poderoso alucinógeno, ele faz os olhos de Mythro ficarem com pequenos pontos vermelhos, quase imperceptíveis no meio das belas íris douradas.

O pequeno NOVA sai de seu estupor e pena, ele cerra seus punhos e ataca!

Mits é a primeira a entrar em colisão, ela pula e soca o rosto de Narit, que cai no chão batendo a cabeça com força, Irgo age e chuta na costela de Mits, que cai no chão de joelhos segurando a área golpeada. Irgo levanta o braço preparando outro soco, sua mão desce fechada, quando está para acertar Mits, Mythro chega e pega a mão de Irgo com a mão esquerda, evitando com que a pequena seja golpeada. O pequeno NOVA olha fundo nos olhos de Irgo, e desfere um soco em seu queixo!

Irgo não se deixa cair e sem recuar, ele devolve o soco, na bochecha esquerda de Mythro e depois soca em seu abdômen.

Mits se levanta e daesfere uma cotovelada na costela de Irgo, e Narit não perde a oportunidade, já de pé, chuta no alto, e bate no rosto de Mits, que cai no chão.

O público clama, esta luta é completamente diferente de antes, de todas as outras.

As duplas se separam para recuperar fôlego. Mythro ajuda Mits a se levantar e vê sangue saindo de seu nariz e boca.

“Isso é culpa sua, você não acompanhou ela, deu vantagem para aqueles meninos. Você vai falhar em proteger sua noiva?” — Gornn incita.

Mythro começa a respirar mais rápido. Ele olha para Irgo e Narit que já estão andando em sua direção e fica mais resoluto.

Sem mais piedade!

Ele se põe em posição de luta, e tenta acalmar sua respiração.

“O garoto Narit está mais ferido, devido a cotovelada de Mits, foque-se nele, depois acabe com Irgo”

Mythro da passos pequenos em direção aos dois, ele então começa a mover a energia cósmica em seu dantian! Uma fina camada azul envolve seu corpo!

— Isso é… — Narit para e encara a luz fraca ao redor de Mythro.

— Ele está usando energia cósmica em seu corpo todo! Mas… quantos do abismo conseguem fazer isso? — Um dos líderes da vila grita indisposto, nem mesmo ele conseguia usar energia cósmica em seu corpo todo, apenas nos braços e pernas!

Todos começam a comentar, isso não é algo que se possa ser feito deliberadamente por muitos! Por causa da energia Yin corruptiva do abismo, até mover a própria energia cósmica no corpo é algo difícil para estas pessoas! E um garoto de 6 ou 7 anos fez isso!

Mits se coloca de pé, ela também começa a ficar com uma fina camada azul.

— Dois? Ambos da vila da caça! — Um dos líderes bate forte em uma mesa com alguns pães e a quebra ao meio.

— Narit, Irgo, vocês sabem seu dever! — O líder dos Maschô grita.

Isso acende ainda mais o espírito dos dois meninos, eles que estavam andando começam a correr!

“Faça como eu te ensinei!”

Mythro também arranca de sua posição, usando sua máxima velocidade, ele e Irgo estão prestes a se encontrar, quando Mythro se desvia de Irgo e se joga em Narit!

Mits aproveita que Irgo está seguindo Mythro com os olhos e se joga com força nele! Seu ombro bate bem no rosto do menino que parece voar quase dois metros!

Mythro derruba Narit, mas não sobe em cima dele, ele pega uma das pernas do menino e aproveita o breve atordoamento dele para socar a junta!

Ele golpeia uma vez e Narit grita de dor, ele tenta empurrar Mythro com a outra perna, chutando ele no peito, mas Mythro não cai e soca novamente, dessa vez Narit fica desesperado e tenta se levantar, mas então o terceiro soco desce!

Um barulho de galho quebrando soa após o terceiro soco, o pé do menino já consegue encontrar o próprio umbigo!

Chorando de dor Narit só tenta se arrastar para fora da arena, mas Mythro pula em cima de suas costas e soca direto na nuca! A boca do menino bate com força no chão de mármore, o belo branco logo se enche de vermelho, Narit tenta pedir piedade, ele se vira ofegante, engolindo dentes e sangue.

— Não, por favor, não… Eu não quero morrer, eu só vim aqui pelo meu clã, por favor…

Mythro sobe em cima dele e puxa o menino pela gola, ele encara o sangue escorrendo do menino.

— Se fosse eu pedindo misericórdia, você daria?

O menino fica chorando enquanto Mythro o segura. Mas ele percebe que o pequeno NOVA relaxa o punho e cospe sangue em seu rosto!

Mythro fica surpreso e vai andando para trás, e do nada, Irgo aparece e chuta a parte de trás de sua cabeça, Mythro vai ao chão! Por pouco ele consegue colocar seus braços na frente e evitar de ter sua cabeça diretamente chutada ao mármore.

“Idiota, você não pergunta pro inimigo se ele teria dó de você. Você só está dando mais tempo para ele te matar e depois rir de seu cadáver.”

Mits aparece com um pequeno corte na bochecha, que foi feita pela troca de golpes que ela acabará de ter com Irgo, e infelizmente ela saiu perdendo porque Irgo usou a vantagem de poder socar em sua costela, que já estava machucada.

Irgo levanta Narit, mas o mesmo está muito machucado, ele tem dificuldade para respirar, seu nariz está torto. E ele só consegue ficar em pé com ajuda de Irgo, ele não pode mais lutar!

— Mits, comigo! — Mythro rodeia junto com Mits a dupla da vila da agricultura.

Irgo está tremendo, ele olha pro amigo do seu lado, sangrando, sem seus dentes, nariz torto e a perna praticamente pendurada pela pele. Ele o deita no chão e levanta os braços, em uma última tentativa de salvar sua vida.

— Venham! — Ele grita, sua mente está explodindo de medo e ansiedade.

Os dois, como em espera deste chamado, atacam!

Mits chega antes de Mythro e faz uma finta, ela finge que vai dar um soco, quando Irgo levanta a guarda, ela abaixa e chuta na parte de trás do joelho, isso o faz perder o equilibrio, Mythro vê o menino que está prestes a cair e chuta suas costas, isso faz o menino retomar o centro de gravidade, mas apenas para levar mais um chute na boca do estômago e cair de joelhos, vomitando sangue e qualquer coisa que ele havia comido.

Sem dar pausa, Mythro vai por trás e envolve seus braços no pescoço do menino, e começa a enforcá-lo!

Irgo tenta tirar os braços de Mythro de seu pescoço, Mits fica encarando a desesperada briga.

“Mits, chute-o novamente” — Gornn comanda.

— Não, ele… Ele já perdeu.

“insatisfatório. Vocês dois vão sofrer por isso.” — Gornn diz, balançando sua cabeça na área Shen com tom descontente.

Irgo está quase roxo, sem ar algum, mas ele consegue de algum jeito, dar uma cotovelada na barriga de Mythro, isso faz ele soltar a firmeza da pose, e Irgo morde seu braço!

O peque NOVA grita, ele soca a cabeça de Irgo, mas ele não solta!

Mits fica nervosa e tenta chutar Irgo, mas quando seu pé chega, Irgo solta o braço de Mythro e apoia ele em suas costas, fazendo Mythro ficar onde ele estava, assim Mits acaba chutando o rosto de Mythro.

Irgo rola para o lado e vomita mais, ele está de quatro. Sem forças nem para levantar.

O público reage a isso, eles gritam e começam a vaiar Mits e Mythro.

— Dois contra um, e mesmo assim o menino da agricultura consegue se manter, a vila da caça é uma vergonha, se vencerem, não será por braveza ou força, mas porque tiveram sorte!

— Sim! Mesmo podendo invocar alguma ajuda de suas cultivações, o que muitos não podem, eles não conseguem terminar uma luta em completa vantagem, inúteis! Esse menino Mythro, então, nem se fala, ele cagou a luta desde o ínicio.

Mythro que está abraçando fortemente sua cabeça, devido ao chute de Mits, range seus dentes em raiva e também em decepção. O que o público diz não passa de verdades, ele sabe que o culpado é ele!

— Não é isso! Parem de zombar! Ele nunca teve que lutar antes! — Mits tenta defendê-lo, mas com isso ela fica completamente sem guarda, e Narit, puxa sua perna e ela cai no chão, batendo forte a cabeça, e desmaiando.

Mythro ouve o barulho e engatinhando, chega perto de Mits e vê a menina desacordada.

“Você me escutou, mas não praticou minhas palavras. E é isso que você recebe por sua inocência.” — O tom grave de decepção de Gornn o fere mais do que as vaias do público.

Ele se levanta, olhando para Narit.

— Irgo vai acabar com você! — Narit ri e aponta para o lado.

Mythro segue o dedo e só percebe agora que Irgo estava atrás dele. Irgo chuta as costas de Mythro, e faz o pequeno tossir sangue, cair e rolar.

Irgo não para e pisa em Mythro, que pega seu pé, porém torce seu punho. O pequeno Maschô perde o equilíbrio, devido a fraqueza e acaba caindo para trás, batendo a cabeça.

Ele tenta se levantar, mas seu corpo não o responde mais. Porém Mythro também está sem força, e quando ele tenta se levantar com ajuda das mãos, uma dor forte percorre de seu punho torcido.

E desta maneira, os dois ficam caídos no chão.


Autor: Mateus Lopes Jardim Revisor: Bczeulli



Fontes
Cores