DA — Capítulo 24 — Visita de Hu Ping



Naquele dia, quando Mits voltou, Mythro se desculpou com ela, seguindo conselhos de Trinto.

— Mits, eu espero que você me perdoe pelas bobagens que eu disse esta manhã, e que não me importo se você come pra caramba. — Mythro fala com Mits, ela está sentada na cadeira com suas perninhas cruzadas.

— O quê!? — Mits fica nervosa.

— Quero dizer, o Gornn disse que você vem de uma linhagem de elefantes, né? Ai você come muito, embora eu não saiba o que seja um elefante. — Mythro coloca a mão no queixo e outra na cabeça e bate o dedo indicador, como sinalizando para Gorn.

“Me tira dessa, gatinho.” — Gornn fala rapidamente, tirando o seu da reta.

— Ah… Então é assim? Sabe, por que não cultivamos suas habilidades de apanhar? — Mits diz com seus olhos cintilando um pouco rosa.

— Nem existe isso! — O pequeno NOVA se levanta e começa a dar passos para trás.

“Na verdade, suportar a dor pode ser um benefício para você no futuro, seu corpo vai explodir várias vezes.”

— De onde você tirou isso?

“A energia sanguínea da menina Mits é do planeta de Mutima, bem volátil, as vezes ela vai ter um recuo de subir de estágio na cultivação, principalmente agora que estamos usando a ”dança etérea dos dragões que guardam o sol”, e sua cosmicidade está tentando acompanhar a sua. Ela talvez possa controlar essa energia completamente quando alcançar o quarto reino, até lá, ela precisará muito de você.”

— Nem eu sabia disso, por que a vovó não disse nada? — Mits diz olhando para seu próprio corpo.

“Cultivar e conhecer seu próprio corpo é tarefa sua, não de sua vó, ela já alcançou o topo, agora é seu dever seguir seu próprio caminho, alcançar seu próprio Dao.”

— É melhor voltarmos a cultivar agora, Gornn disse que vai fortalecer nosso corpo.

Mits concorda.

Mas enquanto eles se preparavam para cultivar, duas batidas soam na porta, e ela logo se abre. É Hu Ping.

— Está na hora de ir à arena. — Hu Ping diz, olhando para Mythro e Mits, ele sente a aura deles por um instante e percebe que houve um aumento significante. — Que tipo de cultivação vocês fazem? Não era para pessoas do abismo cultivarem rápido assim, na verdade, nem fora deste lugar pessoas cultivam tão rápido assim sem pedras cósmicas.

— Não sei do que o senhor está falando, eu só cultivo perto de Mits e nossas cultivações ficam mais rápidas. — Mythro tenta enganar ele rapidamente.

— Vocês estão fazendo fazendo cultivação dupla? Mas pergaminhos deste tipo são raros, e pessoas que podem cultivar em comunhão ainda mais. — Hu Ping começa a se aproximar de Mythro e Mits, coloca sua mão no pulso deles, sua testa franziu e ele fecha a porta.

— Senhor, temos que ir para a arena, não podemos nos atrasar. — Mits tenta driblar a situação tentando dar a volta em Hu Ping.

— Esperem. Quero testar algo em vocês. — Hu Ping então tira uma pedra amarela com alguns cintilados de um saco cinza que estava guardado na área do seu peito, sob seu robe.

“Uma pedra de ativação de mãos cósmicas, que coisa idiota” — Gornn bufa em desdém.

— O que é isso? — Mythro lança um pensamento.

“Essa pedra é um auxílio para que se possa abrir os canais ocultos das mãos de pessoas que podem usar a habilidade ”mãos cósmicas”, que são mãos feitas baseadas na força da anima e potencial de um corpo.”

— Ambos, sentem-se no chão, quero ver se vocês possuem mãos cósmicas, vocês sabem o que é?

“Comigo aqui, eles vão saber mais que você na sua vida inteira, em uns 5 anos, ralé.” — Gornn fala com enorme desdém.

Mythro e Mits assentem, um pequeno riso sai de suas bocas quando Gornn comenta sobre o que Hu Ping falou.

Mythro e Mits se sentam um na frente do outro, e seguindo instruções de Hu Ping, eles fazem uma posição com suas mãos, com seus braços estendidos.

Hu Ping pega a pedra e começa a apertá-la forte, energia cósmica começa a rodeá-la e como se estivesse sendo derretida, líquido amarelo começa a cair das mãos de Hu Ping. Ele não perde tempo e começa a derramar o líquido nos pulsos e dedos de Mits e Mythro.

Embora a pedra esteja sendo derretida pela energia cósmica, a sensação não é ardente, e sim dócil, o líquido amarelo entra pouco a pouco em seus poros, tanto Mythro e Mits acabam entrando em transe, e liberando suas imagens vivas, o que se tornará um problema, pois Hu Ping reconhece a grandeza destas imagens, devido a uma pessoa.

“Essas imagens espectrais… a árvore já está lá… isso é como a daquela menina Namhr. Fumin tem de ser notificada, se eles forem ficar tão fortes quanto aquela menina o norte poderá sobrepujar os outros três pontos cardeais mais cedo do que esperávamos.” — Hu Ping pensa e cerra seus punhos.

Ao redor das mãos de Mythro e Mits, algo transparente vai se sobrepujando.

— Os dois!? — Hu Ping fica surpreso e fala alto.

Depois que essa sobrepujação passa, algo como mãos transparentes saem e ficam acima das mãos de Mythro e Mits.

“Mythro e menina Mits, façam como eu digo e ignorem o panaca ali.”

— Crianças escutem, foquem-se nas mãos que saíram de vocês e as condensem com sua energia cósmica, rápido!

Os dois pequenos ignoram o que o homem fala e esperam o que Gornn irá lhes dizer.

“A mão cósmica é uma extensão da monarquia espiritual, ela pode ser desdobrada em até cinco níveis diferentes, e isso depende de quantos canais ocultos vocês vão conseguir manter alimentados no momento de seu acordar. Pensem nos canais ocultos como artérias, assim como as artérias enérgicas que transferem energia cósmica para seu corpo, possibilitando assim o uso de magia e de maior força física. Desta maneira são as mãos cósmicas, elas são uma extensão interna de seu corpo e alma, para poder influenciar através dos dois e criar resultados externos, estes são diversos, e podem ser aplicados de maneiras infinitas se usado com imaginação.”

Hu Ping olha as mãos dos dois , que continuam transparentes sem alteração alguma, e começa a ficar nervoso.

— Vocês não estão me ouvindo!? Eu disse para condensar as mãos! — Ele começa a gritar, mas ainda assim é ignorado pelos dois.

“Então o que vocês devem achar são os cinco canais ocultos, busquem uma conexão que há entre os dantians de vocês e suas mãos, devido a pedra sintonizante ela deve estar mais aparente.”

Mythro e Mits se concentram então em seus dantians e nas mãos, buscam a tal conexão. Mits começa a ter alguns problema e treme, seu cabelo começa a cair.

Hu Ping fica alarmado, e começa a jogar mais do líquido amarelo em cima deles dois, temendo que possa ser falta disso.

“Ora, até que você pensou bem, mas o cabelo do menino Mythro não vai cair, só o da menina Mits, porque ela deveria ter cabelos arco-íris”

Depois que todo o cabelo cai, novos fios começam a nascer da cabeça de Mits, e estes fios são azuis escuros.

— Já estão crescendo de novo? — Hu Ping nunca tinha visto nada igual.

Mais alguns minutos se passam e Mythro é o primeiro a ter uma reação, suas mãos cósmicas começam a mudar.

A primeira mudança é que, a mão que era apenas uma silhueta transparente, começa a ficar com diversos pontos brilhantes ao seu redor.

“Mãos sem estrelas, primeiro nível, mão estrelada, segundo nível.”

Esses pontos brilhantes vão se juntando onde seria o pulso da mão, e se aglomeram até fazer pequenas esferas, no total seis se formam. Depois disso, em vez de transparência, as mãos começam a ficar com sua área interior completamente negra.

“Terceiro nível, mãos orbitadas, quarto nível, mãos de energia escura…e  por fim…

Dentro da energia escura das mãos cósmicas de Mythro, um farol se acende, é brilhante o suficiente para brilhar como uma lâmpada. Este farol gira e possui um belo anel se convergindo no meio, por onde emana a luz.

…Mãos da linhagem, isso é…. arfoziano, o blazar.” Gornn observa atento às mudanças, mas ele percebe que mais algo começa a se formar.

Ao redor de onde seria o anel do blazar, duas outra esferas nascem, uma é azul e a outra é dourada.

“Estrelas anãs, os dois sangues vão se materializar, isso é improcedente!?” — Ele fica surpreso, e com razão, nunca houve algo assim antes!

Mits neste momento também começa a aumentar os níveis de sua mão cósmica, ela vai de mão sem estrelas para mão estreladas, depois suas mãos orbitadas criam uma esfera cada mão e energia escura as preenche.

“Uma esfera, ela terá um bom futuro para o Dao da alquimia.”

— Uma esfera? Isso é decepcionante em comparação ao menino. Mas ambos tem essas excelentes mãos cósmicas, eu não sei o que são, mas o norte ganhou muito desta vez! — Hu Ping sente sua pele formigando com os dois que formam as mãos cósmicas.

“Se eu pudesse matar esse inseto, já teria feito” — Gornn pensa consigo mesmo.

Depois que a energia escura preenche a mão de MIts, uma outra energia arco-íris nasce no centro da mão, e faz espiral subindo do centro até cada um dos cinco dedos.

Hu Ping vê a beleza do que acontece e fica eufórico!


Autor: Mateus Lopes Jardim Revisor: Bczeulli  CQ: Gabriel Lucas



Web Analytics
Fontes
Cores