AVN – Capítulo 62 – Backup.


Backup é o termo usado ao procedimento de recuperação do ser consciente. É baseado em 5 etapas, sendo a primeira e mais importante, a transcrição remota do fluxo consciente, ou simplesmente gravação.

Nela, pequenos dispositivos são alocados nos 4 lobos cerebrais captando o fluxo elétrico, enquanto outros dois, na caixa craniana, servem para interpretar as mudanças químicas. O chamado anel de Skhïller-Aguillar1 é posto simetricamente pela espinha dorsal, intensificando a comunicação do sistema nervoso periférico com a medula espinhal.

Na segunda etapa as informações são transferidas criptograficamente para um banco de dados privado, num servidor fechado a satélite.

Essas duas etapas se repetem infinitamente até o chamado estado invalido, onde a gravação é abruptamente interrompida, iniciando-se assim a terceira etapa: reconstrução sináptica.

Um homem adulto tem um construto complexo de sinapses e informações biologicamente criptografadas. Não atoa a reconstrução ocorre junto da quarta etapa que é a reconstrução nervosa do sistema límbico2 e conexões imediatas as construções sinápticas. Nesse processo, as informações input3 de longo prazo são armazenadas no hipocampo após a reconstrução do septo e feixes das fibras que chegam do prosencéfalo basal, para a criação de um sonho afetivo experimental, que continuamente testará a entrada das novas informações e conectividade neural. Alguns campos normalmente não são reconstruídos pela expansão de outros que naturalmente seriam menores. Os campos não reconstruídos são substituídos por um novo sistema baseado em chips que se conectam diretamente a área septal. A terceira etapa acaba na conclusão de 70% da reconstrução cerebral, sendo o restante chamado área neutra, em que mais significados, memórias, ou estímulos são intensificados.

Há um mito em que Franker Médzsci separou um slot especial qual chamou de espaço vazio. No entanto, há muita pouca informação e os raros textos são bem obscuros, pois não se entenderia, por exemplo, do por quê, biologicamente falando, o ser humano precisasse de espaço vazio no circuito consciente.

Voltando ao backup, a quinta etapa se inicia na conclusão da quarta, onde o ser consciente num fluxo desacordado de suas próprias memórias, tem o sistema nervoso restaurado e reconectado a medula espinhal. A quinta etapa, apelidada de ressaca, é quando todas as conexões nervosas são testadas e abruptamente ligadas junto de todo o fator biológico. Dizem que o indivíduo entra num estado de confusão, e que muito do aparelho biológico se torna incapaz de reagir. Como se acordado de um coma, ele sente dificuldades de se lembrar de coisas simples, seu sistema digestivo, respiratório e hormonal se veem descontrolados. Também são comuns crises epiléticas, depressão profunda e nos piores casos, morte cerebral completa.


1Joheran Skïller e Mateus Aguillar foram dois dos mais importantes cientistas antes da grande queda. Fundamentais nas novas alternativas nervosas e regeneração sináptica.

2Sinceramente, todo o texto foi elaborado da https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_l%C3%Admbico. Pra quem quiser saber mais, está aí.

3Memórias que chegam.



Fontes
Cores