Social Post - ALDI - Novel Mania

ALdI – Capítulo 52 – Teste de força


Era tarde da noite e Kishito ainda não havia conseguido dormir. Ele havia lido o livro enviado pela Laila depois de jantar, desde então esteve na cama assimilando o conteúdo. 

Na primeira vez que leu o livro ele não encontrou nada estranho, mas quando pensou nele, descobriu que tinha vários pontos que pareciam estranhos.

Kishito leu mais uma vez. E depois outra, e outra, e outra. Sem perceber ele já tinha lido o livro onze vezes.

A cada vez que lia o livro, um novo ponto era revelado e uma nova informação vinha a mente de Kishito. Após tantas leituras, ele descobriu muitas coisas sobre sua habilidade. 

Entre uma leitura e outra, Kishito testava o novo conhecimento que adquiriu e seu controle sobre a magia melhorava a passos largos. Entender sobre si mesmo também é um jeito melhorar a magia, não era apenas entender superficialmente mas era entender até os mínimos detalhes.

As Crônicas do Renascimento da Fênix Modificado era um livro que o ajudava a perceber detalhes que até então, ele não imaginava que poderia existir.

Porém, depois de tantas leituras ele percebeu que não conseguia mais entender essas revelações que o livro trazia. Quando encontrava um novo ponto, ele era complicado, se entrelaçava com outros e acabava não trazendo nenhum esclarecimento.

Kishito não demorou a entender o que estava acontecendo, essa sensação era conhecido como gargalo. Ele havia chegado no limite do que podia aprender atualmente. Não era o livro que não tinha mais a ensinar, era ele que não conseguia mais absorver a informação dele.

Desde que chegou no gargalo Kishito ficou deitado na cama. Sem muito o que fazer, ele ficou assimilando todas aquelas revelações que teve. E assim, a noite passou rápido. 

Quando percebeu a hora, os primeiros raios de sol passavam pela janela. Estava perto da hora do despertador tocar, então ele preferiu esperar até a hora de levantar. 

Trimrimrimrimrim.

Não tendo muito a se fazer Kishito levanta da cama e começa a se arrumar para ir pra escola. Ele desceu para tomar café com seus tios e sua irmã.

Durante o café da manhã Yukiko o chamou a atenção pelo horário que ele chegou no dia anterior. Ela diz estar preocupada por causa dos sequestros e atentados que vem acontecendo ultimamente na cidade a tornando perigosa, principalmente a noite. 

Apesar desses avisos não fazerem mais tanta diferença para Kishito, que agora tinha poder para escapar de uma situação complicada, ele a ouviu e prometeu chegar mais cedo nas próximas vezes. Como não podia falar para sua família sobre isso, ele achou que essa seria a melhor opção.

Se despedindo dos seus tios, Kishito e Rika vão para escola. No caminho ele ouve as histórias que Rika contava da viagem enquanto se perguntava para quantos lugares ela foi para ter tantas histórias para contar. Mas ele gostava desse pequeno tempo que ele tinha com sua irmã, ele passou muito tempo longe dela e desde que ela voltou ele só tinha esse tempo do caminho para escola para ficar com ela desse jeito. Nesses meses que ela esteve fora ele sentiu saudades dessas conversas.

Seguindo um caminho separado da sua irmã, Kishito foi para sua sala e iniciou seu dia de estudos.

O tempo que ele passou na escola foi bem tranquilo. Ele teve suas aulas do dia com os professores e nos intervalos ou tempos livres esteve conversando com Xia, Alicia e Donavan.

A conversa que ele tinha com eles era comum quando estavam em público, assim ninguém descobriria sobre eles. No entanto, às vezes a conversa citava sobre magia, organizações ou coisas do tipo, mas eles tentavam o possível para não falarem sobre isso.

Após as aulas terminarem, Kishito foi para a Makuredan junto com os outros para continuar o treinamento.

— Hoje você vai iniciar o treinamento de percepção. — Yago anunciou o inicio do treinamento com a chegada do Kishito e os outros. — A partir de hoje, todo dia vocês vão treinar no mar coletando cem esferas e depois irão para a floresta caçar algumas bestas.

— Vocês? — O grupo estranhou Yago disser isso.

— Dessa vez o treinamento será em grupo, eu não poderei continuar treinando vocês, por isso vocês agirão em grupo e treinarão juntos.

O grupo achou estranho essa decisão, mas aceitaram sem reclamar. Para Xia, Alicia e Donavan isso era melhor do que ficar caçando as esferas todos os dias. Procurar cem esferas e caçar bestas seria uma tarefa bem mais fácil do que a que estavam fazendo.

— Então eu não tenho mais nada a aprender? — Kishito perguntou alegre ao saber que o treinamento poderia estar chegando ao fim.

— Você aprende bem rápido, o que eu ensinei foi o básico e é esse conhecimento que você tem. Para melhorar você vai precisar aprender novas habilidades e ganhar experiência em combate. Por isso você vai agir junto da Xia e os outros, se precisar de alguma dica pode perguntar para eles, se eles não souberem pode vir até mim para te ensinar. Compreendeu?

— Sim.

— Ótimo, mas antes de iniciar o treinamento eu quero testar sua força.

O grupo se separou, Yago encarava Kishito a dez metros de distância dele. Para testar a força dele, Yago pediu para Kishito lhe atacar com seu melhor ataque. Deste modo ele teria uma boa base para saber se precisaria ainda dar algumas dicas para ele antes de ir. 

Yago não tinha tantas esperanças que Kishito poderia lhe acertar um ataque poderoso, o treinamento na selva tinha começado a poucos dias. No começo ele só conseguia usar o Punho de Fogo que era um ataque bem básico, depois ele aprendeu a usar técnicas de movimento junto com o punho de fogo.

Nos últimos dias Yago não pode participar do treinamento dele e deixou para Xia supervisioná-lo, então ele usou essa chance para saber o quanto ele progrediu. Yago ficou chocado com a taxa de aprendizado dele mas dessa vez não era apenas controlar magia, o preparo do corpo iria fazer grande diferença.

— Não precisa ter pressa, demore o tempo que quiser para se concentrar. Faça o seu melhor tudo bem?

— Ok! Vou começar. — Kishito respondeu.

Sob o olhar de todos Kishito fechou seus olhos, era hora dele mostrar o que aprendeu depois de ler o livro das Crônicas do Renascimento da Fênix Modificado. Apesar de não ter usado nenhuma grande habilidade, o conhecimento que ele trazia foi o suficiente para que melhorasse bastante no uso de magia.

Pelo que Yago falou, ele teria tempo para se concentrar e preparar um habilidade, isso o ajudaria muito pois seria a primeira vez usando essa habilidade depois de tanto teorizar em sua mente.

“Vamos lá Kishito, é só seguir o passo-a-passo que tudo vai ficar bem.” — Com esse pensamento ele começou a se concentrar.

Xia estava observando Kishito se concentrar e achou isso estranho, durante os últimos dias era ela que estava treinando com ele na floresta então ela tinha uma idéia do que ele podia fazer. Além do Punho de Fogo e do Chute Flamejante, a outra habilidade que ele aprendeu foi Pisando nas Chamas, no entanto essa habilidade ainda era considerada básica e ele já a usava bem para não precisar mais se concentrar para usá-la.

Enquanto pensava sobre isso ela sentiu a temperatura do ambiente aumentar, mas o que a surpreendeu mais foi quando tudo num raio de três metros de Kishito começou a pegar fogo. O ar em volta dele estava se distorcendo pela temperatura e num instante toda grama por perto virou cinzas.

O tempo passou e o fogo expandiu de três para cinco metros. Xia inconscientemente deu um passo para trás, o calor estava se tornando insuportável. Ela olhou para o lado e percebeu que Donavan e Alicia não estavam melhores do que ela, seus olhares estavam completamente concentrado em Kishito que já passava de um minuto se concentrando.

Em seguida ela olhou para Yago, seus olhos brilhavam quando observava Kishito se concentrando, mas sempre mantendo a calma mesmo diante o calor a sua volta. 

Durante esse tempo Yago percebeu que Xia a observava e se virou pra ela. Quando seus olhos se encontraram ele lhe deu um sorriso, no momento seguinte ela virou seu rosto voltando a olhar para Kishito com o rosto corado.

Mais alguns segundos se passaram e Xia finalmente percebeu que a temperatura começou a se estabilizar.

“Ele está acabando.” — Ela pensou quando toda sua atenção voltou para analisar o que acontecia com Kishito.

Kishito lentamente abriu seus olhos, tudo ao seu redor estava pegando fogo, no entanto, ele não sentiu nenhum calor. Na verdade, ele não sentia nem seu próprio corpo.

“Então é esse o sentimento que estava escrito!” Kishito pensou ao se lembrar do que dizia o livro.

Esse sentimento não era ruim, ele gostou dela, parecia como uma divindade que olhava para baixo o mundo que reinava. Com um pensamento seu corpo se movimentou, as chamas se concentraram e entraram nele.

Estava na hora.

— Prepare-se Yago, eu estou indo com tudo. — Kishito correu em direção a Yago.

— Pode vir, vamos ver o que você aprendeu nesses últimos dias.


Autor: Kanino   |   Revisor: Yunjie



Fontes
Cores