Social Post - ALDI - Novel Mania

ALdI –  Capítulo 37 – Uma nova etapa no treinamento



— Você conseguiu se conectar a magia em quatro dias!?

Xia e os outros estavam chocados enquanto olhavam para a pequena chama queimando na palma da mão do Kishito.

Aquela pequena chama não era quente, nem muito chamativa, mas, ela mostrava que ele estava conectado a magia e podia controlá-la. Apesar de ainda ser fraca, era um começo melhor do que muitos que, normalmente, apenas sentiam a mana circular sobre seus corpos.

— Que sentimento você usou? — Alicia olhou para Kishito curiosa.

— Vocês nunca me disseram quais são o de vocês. Porque eu deveria dizer qual é o meu?

Kishito estava infeliz com essa pergunta. No momento em que ele estava tentando achar o sentimento para se conectar a magia, tinha perguntado para eles sobre quais eram os sentimentos que usavam, porém, sempre evitavam a pergunta.

Existia mais um motivo para ele não querer responder, que era por ele não usar um sentimento, e sim, uma ação para se conectar a magia. Os três não tinham lhe contado sobre usar uma ação para se conectar, assim, Kishito não sabia como iriam reagir a isso.

No entanto, se insistissem em saber qual era seu sentimento, Kishito tinha pensando nisso durante a noite e, se fosse forçado, diria que seu sentimento era o de proteger. Apesar de não ser toda a verdade, a ação que está usando foi baseada com o princípio de proteger.

— Você está certo em não respondê-la, Kishito. — Yago concordou com Kishito e continuou. — O sentimento que você usa é pessoal e não deve ser dito para ninguém. É esse sentimento que dita se sua magia vai se tornar forte ou fraca. Quanto mais comprometido você for com o mesmo, mais forte você será. Por outro lado, se o negligenciar, sua magia irá enfraquecer.

— O que acontece se outros souberem? — Kishito não tinha esse conhecimento ainda e perguntou com curiosidade.

— Se um inimigo souber qual sentimento você usa, ele pode atacá-lo para enfraquecer sua magia e assim, te derrotar mais facilmente. — Alicia respondeu num tom alegre.

— Se você sabia disso, por que me perguntou?

Alicia não respondeu ao Kishito e apenas virou o rosto. Isso o deixou nervoso enquanto olhava para ela.

— Tudo bem, parem com isso. — Yago apaziguou os dois para poder continuar o treinamento. — Kishito, já que você conseguiu concentrar uma chama na mão, eu não preciso lhe ensinar a circular a mana e concentrá-la em um lugar, certo?

— Depois que me conectei a mana, fiquei durante a noite circulando-a e concentrando-a em partes do meu corpo. A não ser que tenha um meio específico de fazer isso, eu acho que não tenho problemas.

Os olhos do grupo se concentraram novamente em Kishito. Ele, no mesmo dia que se conectou a magia, também aprendeu a circular a mana no corpo. Apesar dele achar que foi difícil se conectar a mana, a parte mais difícil seria a de poder controlá-la e concentrá-la em lugares específicos do corpo.

Controlar a circulação de mana e concentrá-la em um local demorava meses para uma pessoa normal aprender. Era esse um dos motivos que um guerreiro começava a treinar muito cedo.

Mas, o garoto que estava na frente deles tinha aprendido a fazer isso em um dia. Agora, eles entendiam por que Laila tinha tanta confiança neste treinamento de um mês. Essa pessoa que ela tinha trazido poderia muito bem ser chamado de gênio.

— Bom, vamos para o próximo passo. Você  consegue circular a mana pelo corpo, porém, ainda não consegue fazer isso de um modo que possa ser usado para técnicas. Por isso, seu treinamento agora será melhorar a circulação dela em seu corpo. Você irá subir aquela montanha como próximo treino. — Yago terminou de falar apontando para a montanha.

Kishito olhou para a montanha a qual estava familiar nesses últimos dias. Uma nevasca a rodeava e ventos fortes espalhavam neve, a cobrindo completamente de branco.

Ele estava dentro da Formação de Distorção Espacial. Além dessa montanha, existia o mar agitado e a floresta. Kishito inicialmente achou que primeiro iria para a floresta, no entanto, parecia que estava errado e a montanha, que parecia bastante hostil, seria o ponto de partida.

Yago percebeu o olhar complicado do Kishito enquanto avistava a montanha, porém, não disse nada e apenas continuou com a explicação:

— Essa montanha tem um clima frio que aumenta a intensidade a cada metro que você sobe, até o momento que se torna insuportável para uma pessoa comum resistir. Durante a subida, você terá que circular a mana em seu corpo para se proteger do frio. Mas, tenha cuidado ao fazer isso, porque se você gastar muita mana, irá ficar sem e seu corpo não suportará o clima da montanha.

— Eu não posso apenas usar minhas chamas para aquecer meu corpo?

— Apesar de usar suas chamas ser mais conveniente nesse caso, ela pode não ser em outros. Aprender a circular a mana no corpo e controlar a intensidade é uma habilidade básica para se proteger não apenas do clima, mas, dos inimigos também. Existem milhares de tipos de ataques e entre eles, vários se baseiam em se infiltrar em seu corpo. Circular a mana para bloqueá-los ou expulsá-los é o meio mais rápido para impedir que seu corpo seja danificado.

Com a explicação do Yago, Kishito entendeu a importância da circulação de mana. A mana agia como o sangue para os guerreiros, porém, com a diferença que ela podia ser esgotada que a pessoa não morreria.

Assim como o sangue, a mana tinha várias funções. Além de ser usada para habilidades, ela agia como os glóbulos brancos para impedir doenças, venenos ou outra coisa prejudicial ao corpo. Tendo esse tipo de uso, deixou claro para Kishito que usar mana não seria apenas em casos específicos. Seu uso teria que ser intuitivo e ser tornar tão comum como respirar.

— Parece que você entendeu bem o que eu falei. — Yago parecia feliz ao ver Kishito pensando sobre o que falou. — Seu treinamento será subir essa montanha usando apenas a circulação de mana para proteger seu corpo.

Yago repetiu o objetivo do treinamento para Kishito com um sorriso. Ele estava animado depois de ver o progresso que ele fez em apenas quatro dias e estava curioso sobre qual seria o seu limite.

— Eu vou ter que subir essa montanha sozinho? — Kishito estava preocupado em não conseguir manter a circulação de mana e cair enquanto sobe a montanha. Deve se lembrar que essa era a primeira vez dele fazendo isso.

— Até que consiga subir e descer a montanha uma vez, a Alicia vai acompanhá-lo. No seu grupo, ela é boa em circular a mana por causa de suas habilidades.

— Eu? Você não vai com ele para ensiná-lo? — Alicia estava surpresa tanto quanto Kishito sobre ir com ele.

— Eu já falei que vocês estão aqui para me ajudar. Laila pediu para ele ser treinado em um mês, no entanto, eu não posso ficar todo esse tempo ao lado dele. Cada um de vocês tem uma especialidade que pode ajudá-lo em seu treinamento, assim, um de vocês pode acompanhá-lo e dar dicas enquanto eu não estiver por perto.

— Droga! — Alicia murmurou.

“Então não é apenas um castigo.” Xia pensou depois de ouvir Yago.

Isso fazia sentido para Xia depois de pensar um pouco. Yago era um dos principais guerreiros da Makuredan e ter ele fora das missões por um mês significaria ter uma diminuição de missões de alto nível sendo realizadas.

A Makuredan estava passando por vários problemas e realizar menos missões diminuiria sua credibilidade e importância, assim, diminuindo sua força para permanecer lutando por um espaço no Japão.

— Isso não deve ser muito difícil. — Kishito falou baixinho quando seu olhar se virou em direção a montanha.

— Tudo bem. Vamos, galera! — Alicia falou enquanto chamava a todos para subir a montanha.

Sob a liderança da Alicia, Kishito e os outros começaram a segui-la. No entanto, Yago deu alguns passos e ficou na frente deles.

— Para onde acham que estão indo? — Yago olhou para Xia e Donavan. — Vocês dois ainda vão para o mar.

— Nós ainda vamos fazer isso? — Xia estava descontente. — Não é melhor ajudarmos ao Kishito em subir a montanha?

— Apenas Alicia é o suficiente para isso. Vocês dois vão continuar no mar — Yago deu um sorriso — e eu acho melhor vocês se apressarem, porque, com menos um, deve demorar mais.

Xia e Donavan olharam um para o outro. A boca de Xia se mexeu como se fosse retrucar, no entanto, ela não disse nada. Ela deu um sorriso torcido e correu em direção ao mar seguida por Donavan.

— Vamos!

Kishito estava olhando Xia indo para o mar quando ouviu a voz da Alicia, que já estava andando em direção a montanha. Ele suspirou e a seguiu. Estava na hora de começar seu novo treinamento.


Autor: Kanino   |   Revisor: Eduardo Jesus



Fontes
Cores